Jornal 12h, edição 16 de Julho de 2024

Tópicos:

População do Samba festeja com passeata e exoneração do Job Castelo Capapinha do cargo do governador provincial do Cuanza Sul;

Na província do Huambo também é visível satisfação de alguns sectores da população pela exoneração de Lotti Nolika;

Álvaro Sobrinho, antigo presidente do Banco Espírito Santo Angola começa a ser julgado amanhã, em Portugal;

Antigo bastonário da Ordem dos Advogados de Angola, defende o novo modelo de designação dos juízes, presidentes dos tribunais de comarca e da relação;

Paul Kagame vence eleições presidências no Ruanda, com mais de 99 por cento dos votos.

 

Notícias ao meio dia de terça-feira, 16 de Julho de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson Machado, Paulo Miranda e Edmundo Simões, edição e apresentação de Manuel Vieira.

Data de Emissão: 16-07-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição 15 de Julho de 2024

Tópicos:

Trabalhadores da empresa Precioso Angola, em cabinda, há mais de um mês em greve. Em causa, a falta de actualização salarial em melhores condições de trabalho;

Mais de trezentas cirurgias de maxilo-facial serão realizadas, em sete províncias do país, durante a campanha denominada “facilita a minha vida”, que começou hoje;

Hospital provincial do Zaire atende diariamente a mais de 20 casos de tuberculose. A unidade sanitária recebe paciente de outros pontos do país, bem como da República Democrática do Congo.

Descobertos numa lixeira do Quénia dezenas de corpos mutilados. As vítimas são na sua maioria de mulheres.

 

Notícias ao meio dia de segunda-feira, 15 de Julho de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson Machado e Edmundo Simões, edição e apresentação de Zacarias Congo.

Data de Emissão: 15-07-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição 12 de Julho de 2024

Tópicos:

Mais três pessoas morreram carbonizadas em consequência de queimadas anárquicas no país. É o terceiro caso em apenas duas semanas, elevando para dez o número de mortos;

Adalberto costa júnior denuncia impedimento de entrega, ao palácio, de documento por parte da guarda presidencial;

Duas fábricas, que mantinham trabalhadores em cárcere privado, encerradas no município de Cacuaco;

Três candidatos concorrem ao cadeirão máximo da associação provincial de andebol em Luanda, no próximo dia 20 de Julho;

Presidente do Quénia demite grande parte do seu governo, na sequência das manifestações que provocaram pelo menos 39 vítimas mortais.

 

Notícias ao meio dia de sexta-feira, 12 de Julho de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson Machado, Paulo Miranda Filho e Edmundo Simões, edição e apresentação de Zacarias Congo.

Data de Emissão: 12-07-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição 11 de Julho de 2024

Tópicos:

Dois consórcios internacionais ganham propostas para a exploração do novo aeroporto internacional de Luanda;

Presidente da República na fase final da visita de trabalho ao Bié;

Antigo presidente da Unita, Isaías Samakuva, manifesta desacordo com a constituição da Frente Patriótica unida;  

Governo gasta seis milhões de dólares na compra de equipamento para cirurgia robótica nos hospitais de Luanda e cabinda;

Nato envia a Ucrânia mais de 80 aviões de combate.

 

Jornal ao meio dia de 11 de Julho de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Paulo Miranda Filho e Edmundo Simões.

Data de Emissão: 11-07-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição 10 de Julho de 2024

Tópicos:

Presente da Unita crítica a actual realidade socioeconómica das populações em Angola;

Presidente da República no Bié para constatar níveis de produção agrícola na região;

Bispos católicos de Angola e São Tomé preparam próxima plenária anual, em conselho permanente, em Luanda;

Taxistas serão integrados no sistema nacional de bilhética nos próximos dias;

Tribunal Supremo confirma condenações no caso “500 milhões”, que envolve Zenu dos Santos.

 

Notícias ao meio dia, quarta-feira, 10 de Julho de 2024. Coordenação e Alves Fernandes, técnica de Edson Machado, Edmundo Simões e Paulo Miranda Filho, edição e apresentação de Zacarias Congo.

Data de Emissão: 10-07-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição 09 de Julho de 2024

Tópicos:

Presidente aprova 12 milhões de dólares para serviços de manutenção, de ar-condicionado, da nova sede da Agência Nacional de Petróleo, Gás e Biocombustíveis.

Invasão de quintas no Kikuxi em Viana. Populares denunciam acções protagonizdas por homens armados;

Policia Nacional e rede terras condenam invasão de quintas e terrenos em Viana;

Neutralizada operação de roubo de centenas de cabeças de gado no Cunene, quando analista alerta para aumento de pressão sobre fazendeiros no Sul do país;

Filda em contagem regressiva. Organização ultima preparativos, mas adia cerimónia de lançamento da maior feira comercial de Angola.

 

Jornal ao meio dia de 09 de Julho. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edmundo Simões e Paulo Miranda filho.

Data de Emissão: 09-07-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição 08 de Julho de 2024

Tópicos:

Queimadas voltam a matar no país. Desta vez as vítimas são membros da mesma família, que morreram carbonizados na província de Malanje;

Angola tem apenas dois médicos por cada 10 mil habitantes, número muito abaixo do recomendado pela Organização Mundial de Saúde;

Detido supervisor do centro de acolhimento do Kilamba Kiaxi, por abusar sexualmente de duas crianças internadas no local;

Presidente da república de Timor leste em Luanda, para reforço da cooperação bilateral com Angola;

Antigo presidente da república, José Eduardo dos santos, faleceu há dois anos, num dia como hoje.

 

Notícias ao meio dia, segunda-feira, 8 de Julho de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica Edson Machado, Edmundo Simões e Paulo Miranda Filho, edição e apresentação de Zacarias Congo.

Data de Emissão: 08-07-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição 05 de Julho de 2024

Tópicos:

Ministério da Saúde desmente existência caso de varíola do macaco na província da Lunda Norte;

Trabalhadores do Ministério das Pescas e Recursos Marinhos preparam nova greve, depois da absolvição dos membros da Comissão Sindical;

Dois candidatos concorrem neste fim-de-semana ao cadeirão máximo do Sinprof em Luanda;

Duelos de gigantes animam hoje os quartos-de-final do euro 204;

Partido trabalhista vence eleições no Reino Unido. Keir Starmer é o novo primeiro-ministro.

 

Notícias ao meio-dia, sexta-feira, 5 de Julho de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica Edson Machado, Edmundo Simões e Paulo Miranda Filho, edição e apresentação de Zacarias Congo.

Data de Emissão: 05-07-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição 04 de Julho de 2024

Tópicos:

Bastonário da Ordem dos médicos veterinários de Angola apela uma acção integrada para conter varíola do macaco;

Florestamento e reflorestamento em cimeira dos chefes do estado da África Central. Presidente Lourenço aguardado em Brazavile;

Economia angolana cresça ligeiramente no primeiro trimestre deste ano analista diz que é o maior crescimento desde 2015,

Polícia Nacional detém cidadãos por roubos de carris e vandalização do Caminho de Ferro de Luanda;

Presidente queniano suspende aumento de salários em plena crise de protestos.

 

Jornal ao meio-dia de quinta-feira da MFM, 04 de Julho de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson Machado, Edmundo Simões e Paulo Miranda Filho, edição e apresentação de Manuel Vieira.

Data de Emissão: 04-07-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição 03 de Julho de 2024

Tópicos:

Absolvidos membros da Comissão Sindical do Ministério das Pescas e Recursos Marinhos, após julgamento sumário em Luanda;

Censo Geral da população e habitação adiado para Setembro, por razões logísticas e operacionais;

Operação “trabalho digno” tem início hoje para apurar e responsabilizar as empresas que violam a lei geral do trabalho;

Isaías Samakuva esclarece que relação pessoal com o presidente da república não afecta as suas convicções políticas, não o aproxima do MPLA, nem o afasta da Unita;

Palancas Negras procuram assumir hoje a liderança do grupo c da taça Cosafa, em duelo diante do Lesoto;

Unicef classifica república centro-africana como o país mais propenso a crises humanitárias e a catástrofes no mundo.

 

Jornal ao meio-dia de quarta-feira da MFM, 3 de Julho de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson Machado, Edmundo Simões e Paulo Miranda Filho, edição e apresentação de Zacarias Congo.

Data de Emissão: 03-07-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição 02 de Julho de 2024

Tópicos:

Apenas 48 por cento da população de Luanda tem acesso à água potável, revela ministro de tutela;

Presidente da República autoriza mais crédito adicional suplementar, desta vez ao secretariado do conselho de ministros;

Governo reafirma privatização da ENSA e Bodiva para este ano;

Feira do agronegócio da barra do kwanza arrecada 90 milhões de kwanzas em leilão de gado;

Lixo e mau cheiro invadem interior do Cazenga.

 

Jornal ao meio dia da MFM, 02 de Julho de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edmundo Simões e Paulo Miranda Filho.

Data de Emissão: 02-07-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal das 12 horas, edição de 01 de Julho de 2024

Tópicos:

Aumento da propina em 30 por cento, nos colégios privados a partir do próximo ano lectivo, preocupa movimento dos estudantes angolanos;

Segunda fase da campanha de vacinação contra pólio marcada por assaltos, agressões e tentativa de sequestro aos vacinadores. A denúncia é da coordenadora provincial do programa alargado de vacinação;

Capturados cinco cidadãos envolvidos na morte de um agente da Polícia Nacional em Luanda;

Lançamento oficial do Plano Estratégico do Fórum Parlamentar da SADC marca reunião dos deputados dos estados-membros da organização regional;

Nova composição do governo da África do Sul, oposição fica com 12 ministérios, na sequência dos resultados das eleições legislativas.

 

Notícias ao meio dia de segunda-feira, dia 1.º de Julho de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson Machado e Edmundo Simões, edição e apresentação de Zacarias Congo.

Data de Emissão: 01-07-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 27 de Junho de 2024

Tópicos

CREDITOS ADICIONAIS AUTORIZADOS PELO PRESIDENTE DA REPUBLICA PARA CASA MILITAR, ASSEMBLEIA NACIONAL E SECRETARIA GERAL DA PRESIDENCIA PODEM NÃO ESTAR EM CONFORMIDADE COM A LEI. O ALERTA É DO ANTIGO MINISTRO DA ECONOMIA E PLANEMANTO, MANUEL NETO DA COSTA; 

PRESIDENTE DA REPUBLICA PROSSEGUE VISTA DE ESTADO A COSTA DO MARFIM, SENDO OUTORGADO  COM AS CHAVES DA CIDADE DE ABDJIAN. OS DOIS PAISES ASSINAM DOZE ACORDOS DE COOPERAÇÃO; 

TAAG CONTINUA FORA DO RAKING DAS MELHORES COMPANHIAS AERAS AFRICANAS.  NO TOP DEZ ESTÃO AS LINHAS AEREAS DA ETIOPIA, MARROCOS, KENIA, AFRICA DO SUL E EGIPTO;   

PRESIDENTE DO QUENIA RECUA DE POLEMICA LEI SOBRE AUMENTO DOS IMPOSTOS, DEPOIS DAS VIOLENTAS MANIFESTAÇÕES QUE PROVOCORAM  23 MORTOS BALEADOS PELA POLICIA;

JINGLE MIX SPOT

Jornal ao meio dia de 27 de Junho de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edmundo Simões, Paulo Miranda Filho…

JINGLE MVIEIRA

Presidente angolano, João Lourenço, realiza entre quinta-feira e sexta-feira, uma visita oficial à Costa do Marfim, a convite do seu homólogo Alassane Ouattara, perspetivando-se a assinatura de 12 instrumentos jurídicos de cooperação, segundo um comunicado de imprensa.

Presidente angolano em visita à Costa do Marfim com 12 acordos em vista

Do programa constam encontros entre os dois chefes de Estado e visitas a zonas de expansão industrial em Abidjan, a cidade que vai acolher, também, um fórum económico com participação de empresários dos dois países.

João Lourenço vai receber a chave da cidade da capital costa-marfinense Abidjan, da qual se tornará cidadão honorário, e vai encontrar-se com a comunidade angolana residente naquele país, regressando a Luanda na sexta-feira….

Os Decretos Presidenciais que autorizam créditos adicionais para despesas correntes na Casa Militar,  Secretaria Geral da Presidência e Assembleia Nacional não estão em conformidade com a Lei do Orçamento Geral do Estado, que emana da Constituição da República.

O alerta foi lançado esta manhã pelo antigo Ministro da Economia e Planeamento, Manuel Neto da Costa, que foi o convidado de hoje do programa A ÚLTIMA PALAVRA.

 

NETO COSTA – 01’ 45”

De igual modo, o antigo governante considera que a abertura do procedimento de contratação emergencial para a reabilitação do troço ferroviário da Estação do Bungo ao Aeroporto Internacional Dr António Agostinho Neto também colide com a Lei dos Contratos Públicos, tendo em conta que não há qualquer situação de emergência.

NETO COSTA – 02’ 22”

Considerações do economista Neto Costa, antigo Ministro da Economia e Planeamento, alertando para supostos incumprimentos da lei, tanto na autorização de créditos adicionais para a Casa Militar do Presidente da República, Secretaria Geral da Presidência da República e Assembleia, como na abertura do procedimento de Contrataçao Simplificada para a reabilitação do troço ferroviário Estação do Bundo-Aeroporto Internacional Dr António Agostinho Neto.

O ouvinte poderá voltar a entrevista do antigo ministro da economia e planeamento    no programa a ULTIMA PALAVRA  em reposição,.

Serviço de Investigação Criminal no Bengo procedeu, em Caxito, a destruição por incineração de Dois Mil e Quatrocentos e quarenta e oito Kilogramas e 520 gramas de estupefacientes vulgo liamba, e 5,1 gramas de cocaína, apreendidos em várias micro-operações na província.

O acto decorreu no âmbito das comemorações do dia mundial de combate às drogas e foi presidido pelo Procurador da República Junto do SIC no Bengo, Hirondino da Conceição Pinheiro Muxiri.

Durante o acto, o porta voz do SIC no Bengo Subinspector disse que as referidas drogas apreendidas foram resultados das actividades desenvolvidas pelo SIC através do seu Departamento de Combate ao Narcotráfico, durante o 2° trimestre de 2024.

O Subcomissário de investigação Criminal Alberto  Coelho Director do SIC no Bengo, recebeu na manhã desta quarta feira 26.06.24, o Embaixador da Guine Conacry Karamba Sako acreditado em Angola que veio ao Bengo para agradecer o trabalho realizado pelo SIC.

 O Subcomissário de investigação Criminal Alberto Coelho disse que,   é dever do SIC prevenir, combater e esclarecer de forma célere os crimes que ocorrem no seio da sociedade e levar os presumiveis autores a justiça.

Já o Embaixador da Guine Conacry Karamba Sako, que se fez acompanhar por membros da sua embaixada, agradeceu e louvou o trabalho realizado pelo SIC no Bengo que de forma célere esclareceu o crime de homicídio qualificado em razão dos meios em que foi vítima um menor de 9 anos.

E por sua vez, o Director adjunto do Serviço de Investigação Criminal Mateus da Costa Chingui disse que a data deve servir de reflexão profunda, sobre o mal que as drogas trazem para o país e para as famílias apelou, aos consumidores e produtores, a evitarem estas práticas, sob pena de serem responsabilizados criminalmente.

PONTO ECONOMIA

A TAAG continua fora da lista das 10 melhores companhias aéreas de África do ranking da auditora britânica ‘Skytrax’, depois de constar da restrita lista em 2017, 2018 e 2019, e sair em 2021.

O ranking de 2024 consagra a Ethiopian Airlines como a melhor companhia do continente, seguindo-se a Royal Air Maroc e a South African Airways

A Kenya Airways, RwandAir e a Air Mauritius tomam as posições seguintes do ranking das melhores companhias do continente onde constam ainda a Egyptair, Airlink.

O Conselho de Ministros aprovou o decreto presidencial que fixa o salário mínimo angolano em 70 mil kwanzas, o mesmo valor definido para os montantes mínimos das pensões.

O valor mínimo de 70 mil kwanzas  será atualizado num prazo de 12 meses para os 100 mil kwanzas exceto no caso das microempresas e ‘start-ups’, cujo salário mínimo foi fixado em 50 mil kwanzas depois de o executivo chegar a acordo com os sindicatos no final de maio.

Foi também aprovado o decreto presidencial que fixa as pensões do Instituto Nacional de Segurança Social, nos seus limites mínimo e máximo, e o alargamento da obrigatoriedade da declaração eletrónica das informações legais necessárias para requisição das prestações, tendo como base o indicador de sustentabilidade da segurança social. A ministra do Trabalho, Teresa Dias falou sobre o assunto;

TERESA DIAS  07H

Assim, os montante mínimos de pensões de reforma por velhice, sobrevivência, invalidez e abono de velhice são fixados em 70.000 kwanzas, enquanto as de valor superior ao montante mínimo e inferior ao máximo previsto terão um aumento de 25%.

Por outro lado, o  Conselho de Ministros de Angola aprovou a Agenda de Transição Digital da Administração Pública 2027, com o objetivo de melhorar a eficiência, transparência e acessibilidade dos serviços públicos, disse fonte oficial.

O ministro de Estado e Chefe da Casa Civil do Presidente da República, Adão de Almeida, disse que este será um processo faseado, estando selecionados 214 projetos prioritários de diferentes setores.

A Agenda “pretende, em alinhamento com o roteiro da reforma do Estado, introduzir, de forma estruturada, os processos de transição digital na administração pública, caminhando no sentido da desmaterialização e digitalização de serviços públicos”, destacou Adão de Almeida.

ADÃO DE ALMEIDA 08H

O Conselho de Ministros aprovou hoje também um programa de Melhoria da Mobilidade Urbana de Luanda, documento que estabelece as ações a serem desenvolvidas no ano em curso e em 2025, com vista a garantir a segurança, reduzir as perdas por vandalismo e contribuir para a mitigação dos graves problemas de mobilidade no território.

Foi igualmente apreciada, para envio à Assembleia Nacional, a proposta de alteração da lei da designação e execução de atos jurídicos internacionais, para melhorar a implementação de sanções financeiras e demais medidas restritivas a pessoas, grupos e entidades suspeitas de atos de terrorismo e financiamento de terrorismo, subversão da manutenção da paz e segurança ou incumprimento de resoluções do Conselho de Segurança das Nações Unidas.

PONTO  

Os preços do petróleo subiram, esta quarta-feira, para perto do seu nível mais alto em quase dois meses, impulsionados pelas previsões de uma eventual redução das existências durante o terceiro trimestre, época de pico da procura de Verão, e pelos riscos geopolíticos do conflito no Médio Oriente.

O Instituto Norte-Americano do Petróleo (API) informou, na terça-feira. que os ‘stocks’ norte-americanos de crude subiram em 914.000 barris, disseram fontes do mercado. Ainda assim, os analistas esperam que estes diminuam em quase 3 milhões de barris nos dados oficiais de inventários previstos para quarta-feira.

INTERNACIONAL

Subiu para 23 o número de mortos no Quénia na sequência dos protestos.

Há mais de uma  centena feridos. Os manifestantes saíram à rua em todo o país, mas sobretudo na capital Nairobi, para a terceira manifestação em oito dias contra a proposta de orçamento e novos aumentos de impostos.

O Presidente do Quénia, William Ruto, rejeitou hoje a assinatura de um controverso projeto de lei que gerou protestos sem precedentes em todo o país, devolvendo-o ao Parlamento para emendas.

O líder queniano também referiu que vai exigir medidas de austeridade imediatas para reduzir as despesas estatais, “começando pelo gabinete presidencial”.

O número de mortos nos protestos anti-governamentais subiu hoje para 22, segundo organizações locais. Militares patrulham as ruas, um dia depois de manifestantes invadirem o Parlamento por causa do projeto de lei.

Data de Emissão: 27-06-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 26 de Junho de 2024

Tópicos

Detidos primeiro secretário e porta-voz da Comissão Sindical dos Trabalhadores das Pescas e Recursos Marinhos;

Luanda pode contar com teleférico para transporte de passageiros. O projecto foi apresentado no GPL;

Angola e Costa do Marfim assinam nos próximos dias doze documentos para incentivo a cooperação bilateral;

Luanda pretende vacinar um milhão e quinhentas mil crianças. Campanha contra a Polio decorre no fim-de-semana;

Aumenta numero de manifestantes mortos no Quénia por tentativa de invasão ao parlamento;

Rússia proíbe oitenta e um órgãos de comunicação social estrangeiros de emitir no seu território.

 

Jornal ao meio dia de quarta-feira, 26 de Junho de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson Macedo, Paulo Miranda Filho e Edmundo Simões.

Data de Emissão: 26-06-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 25 de Junho de 2024

Tópicos

Governo promete levar à consulta pública a proposta de divisão de Luanda em duas províncias, nos próximos dias;

Movimento dos Estudantes Angolanos continua a aguardar por uma resposta do Presidente da República, sete dias depois de ter endereçado uma carta a solicitar a redução do preço nos autocarros públicos;

Direcção da sociedade mineira do Lunhinga garante que tudo será feito para que os trabalhadores não percam o seu emprego, face às dificuldades financeiras que a empresa enfrenta;

Angola volta a vencer no campeonato do mundo de andebol júnior feminino;

Antigo presidente da Zâmbia suspeito em caso de corrupção.

 

Jornal ao meio dia de terça-feira, 25 de Junho de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson Machado, Edmundo Simões e Paulo Miranda Filho, edição e apresentação de Zacarias Congo.

Data de Emissão: 25-06-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 24 de Junho de 2024

Tópicos

PCA do Banco BIS denuncia a existência de práticas discriminatórias por parte do BNA no processo de venda de divisas aos bancos comerciais;

Despedimentos em massa na sociedade mineira do Lunhinga provocam onda de protestos na região mineira da Lunda Norte;

Adalberto Costa Júnior desafia jogo Lourenço a ir ao encontro do povo, para a concretização de uma efectiva governação de proximidade;

Segundas jornadas parlamentares do MPLA iniciam hoje na província do Bié, com foco na implementação das autarquias e nova divisão político-administrativa;

Dez partidos assinaram um acordo para formar um governo de unidade nacional na África do Sul.

 

Jornal ao meio dia de segunda-feira, 24 de Junho de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson Machado e Edmundo Simões, edição e apresentação de Zacarias Congo.

Data de Emissão: 24-06-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 21 de Junho de 2024

Tópicos

Presidente da república aprova créditos adicionais à Casa Militar, Secretaria Geral da Presidência e à Assembleia Nacional. Analistas questionam o procedimento;

Sindicato Nacional dos Médicos Angolanos considera que o sector da saúde vive uma crise significativa, devido à alegada falta de verbas e má gestão;

Angola vai contar com novo regime jurídico aplicável à regulação de preços. O documento foi apreciado durante a última reunião do Conselho de Ministros;

Continua o braço de ferro entre a ANCAF e a FAF, sobre a definição do estádio que será o palco da final da taça de Angola;

Pelo menos 65 civis foram mortos num ataque de uma milícia a uma aldeia no centro-norte da República Democrática do Congo.

 

Jornal ao meio dia de sexta-feira, 21 de Junho de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Paulo Miranda Filho e Edmundo Simões, edição e apresentação de Zacarias Congo.

Data de Emissão: 21-06-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 20 de Junho de 2024

Tópicos

Polícia esclarece homicídios cometidos por suposto agente do SIC, que vitimaram três cidadãos, dois dos quais são membros da mesma família;

Detidos cinco cidadãos por tentativa de introdução no mercado de notas de dólares e kwanzas falsos;

Presidente da República do Congo, Dinis Sassou Nguesso, está em Luanda para contactos com o seu homologo, João Lourenço;

PRS e FNLA dissolvem grupo parlamentar misto, para que cada partido tenha o seu representante na CNE;

Pelo menos sete mortos em consequência de bombardeamentos israelitas a um o campo de refugiados na faixa de Gaza.

 

Jornal ao meio dia de quinta-feira, 20 de Junho de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Paulo Miranda Filho e Edmundo Simões, edição e apresentação de Zacarias Congo.

Data de Emissão: 20-06-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 19 de Junho de 2024

Tópicos

Assembleia Nacional avalia proposta de Lei de Alteração do Passaporte Angolano e o regime de entrada e saída de cidadãos nacionais;

Angola trabalha para melhorar deficiências identificadas pela avaliação mútua do Grupo de Acção Financeira Internacional;

Governo sugere uniformização do preço nas universidades privadas no país. Professor universitário discorda e aponta que qualidade devia ser o principal factor;

Ramaphosa toma posse como presidente da África do Sul;

Meias finais da taça de Angola em futebol: Petro de Luanda e 1º de Agosto medem forças esta tarde.

 

Jornal ao meio dia de 19 de Junho de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson Machado e Edmundo Simões.

Data de Emissão: 19-06-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 18 de Junho de 2024

Tópicos

Serviço de Migração e Estrangeiros esclarece que Lei da alteração ao passaporte não visa condicionar a saída e entrada ao país de angolanos;

Movimento de Estudantes angolanos entrega carta a Presidência da República para solicitar duração da corricados autocarros públicos;

Itália desembolsa 320 milhões de dólares para investir na construção de infra-estruturas ferroviárias no Corredor do Lobito;

Chefes de estado e de governo em Pretoria para a cerimónia de posse do presidente eleito da África do Sul.

 

Jornal ao meio dia de terça-feira da rádio MFM, 18 de Junho de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edmundo Simões, Paulo Miranda Filho.

Data de Emissão: 18-06-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 17 de Junho de 2024

Tópicos

Movimento dos Estudantes Angolanos endereça hoje carta ao Presidente da República, a solicitar a redução do preço nos autocarros;

Embarcação que desapareceu há mais de um mês nos mares de Angola com quatro pescadores abordo encontrada na Guiné Equatorial, mas apenas com três sobreviventes;

Parlamento vota esta semana a proposta que altera a lei do passaporte angolano e o regime de saída e entrada dos cidadãos nacionais;

Província do Huambo ganha hoje primeira estação sísmica do INAMET;

Presidente do Quénia defende revisão do sistema global de empréstimos, para aumentar o apoio aos países em desenvolvimento endividados.

 

Jornal ao meio dia de segunda-feira, 17 de Junho de 2024, Dia Mundial de Combate à Desertificação e à Seca. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edmundo Simões, Paulo Miranda Filho e Edson Machado, edição e apresentação de Zacarias Congo. 

Data de Emissão: 17-06-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 14 de Junho de 2024

Tópicos

Instituto Nacional de Sangue garante que não há qualquer rotura no estoque de sangue da instituição;

Movimento de estudantes angolanos vai endereçar na próxima segunda-feira uma carta ao Presidente da República, a solicitar a redução do preço nos autocarros;

João Lourenço está em Gaborone, Botsuana, para inteirar-se do funcionamento da sede da SADC, na sua primeira visita, na qualidade de presidente em exercício do órgão;

Detidos cidadãos mauritanianos por agressão sexual a duas jovens angolanas e tentativa de suborno aos agentes do SIC;

Cyril Ramaphosa pode ser reeleito hoje como presidente da república da África do Sul.

 

Jornal ao meio dia de sexta-feira, 14 de Junho de 2024, Dia Mundial do Dador de Sangue. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edmundo Simões, Paulo Miranda Filho e Edson Machado, edição e apresentação de Zacarias Congo. 

Data de Emissão: 14-06-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 13 de Junho de 2024

Tópicos

Apenas 11 milhões de pessoas em Angola têm acesso à internet. Chefe de estado garante mais investimentos no sector das tecnologias;

Deputado da Unita reafirma urgência na revisão constitucional e implementação das autarquias;

Recolhidas mais de duas mil assinaturas em dois dias para pressionar a redução do preço dos transportes públicos;

Inflação em Luanda em máximos de 20 anos. Analista MFM diz que a situação pode piorar com o aumento do preço dos combustíveis;

Parlamento sul africano elege amanha novo presidente tribunal sul africano rejeita pedidos para anulação.

 

Jornal ao meio dia de quinta-feira. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edmundo Simões, Paulo Miranda Filho e Edson Machado.

Data de Emissão: 13-06-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 12 de Junho de 2024

Tópicos

Conselho Nacional de concertação social aprovou por unanimidade a proposta do salário mínimo nacional;

Mais de duas mil crianças foram expostas ao trabalho infantil, de Janeiro a Maio deste ano, segundo o Instituto Nacional de Criança;

Cerca de mil assinaturas recolhidas pelo movimento dos estudantes angolanos, só no primeiro dia da campanha contra a subida do preço dos autocarros;

Angola é o país lusófono em África melhor colocado no índice global da paz. Os dados são do instituto para economia e paz;

Morreu o antigo primeiro-ministro de Angola, Fernando de França Van-Dúnem.

 

Jornal ao meio dia de quarta-feira, 12 de Junho de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edmundo Simões, Paulo Miranda Filho e Edson Machado, edição e apresentação de Zacarias Congo.

Data de Emissão: 12-06-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 11 de Junho de 2024

Tópicos

A Vice-presidente da República apelou hoje em Dushanbe para maior apoio da comunidade internacional aos países em desenvolvimento no sentido de se conseguir realizar os programas energéticos diversificados;

O Movimento dos Estudantes Angolanos conta recolher pelo menos 1500 assinaturas, durante a campanha que inicia esta manhã, contra a subida do preço dos transportes públicos;

Está detido em Luanda um senhor de 46 anos por ter abusado sexualmente uma menor de 11 anos, no município de Cacuaco;

Angola quer um combate urgente às desigualdades laborais, para garantir um trabalho digno a nível mundial;

O engenheiro civil, António Venâncio, voltou a manifestar a intenção de concorrer à presidência do MPLA no próximo Congresso, marcado para o ano de 2026;

Vêm aí as eleições para a presidência da Caixa de Previdência de Justiça, cuja votação está marcada para o próximo dia 21 de Junho.

 

Jornal ao meio dia de terça-feira, 11 de Junho. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edmundo Simões e Edson Machado e Paulo Miranda Filho, edição e apresentação de Zacarias Congo.

Data de Emissão: 11-06-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 10 de Junho de 2024

Tópicos

Mais de 100 mil alunos do ensino geral participam a partir de hoje dos exames nacionais em Angola;

Autocarros da TCUL importados em 2022 custaram 520 mil dólares, sem incluir custos de manutenção nem peças sobressalentes. Por esta razão, aumentam as suspeitas em torno da importação de 600 autocarros, ao preço unitário de 540 mil euros, uma despesa total de 323 milhões e 500 euros;

Adiada greve na refinaria de Luanda. Entidade patronal garante que não faltará gás de cozinha e combustível, caso os trabalhadores paralisarem os serviços nos próximos dias;

Emmanuel Macron convoca eleições legislativas antecipadas em França, após vitória da extrema-direita nas eleições europeias.

 

Jornal ao meio dia de segunda-feira, 10 de Junho. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edmundo Simões e Edson Machado e Paulo Miranda Filho, edição e apresentação de Zacarias Congo.

Data de Emissão: 10-06-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 07 de Junho de 2024

Tópicos

Quatro pessoas mortas no Uíge por acidente de viação;

Unita exige explicações do governo sobre compra de mais de centenas autocarros;

Cidadã atira-se de janelas na Maternidade Lucrécia Paim;  

Liberdade de imprensa em risco no Senegal, alertam repórteres sem fronteiras.

 

Jornal ao meio dia são 07 de Junho de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edmundo Simões e Edson Machado.

Data de Emissão: 07-06-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 06 de Junho de 2024

Tópicos

Gabinete Provincial da Saúde garante que há estoque de vacinas contra raiva para humanos em Luanda;

Tremor de terra que abalou quatro províncias do país provocou mais de 40 vítimas. Desmaios lideram a lista de ocorrências;

Presidente da República autoriza celebração do contrato de empreitada para o troço Bungo-Novo Aeroporto Internacional de Luanda, com carácter de emergência;

Assembleia nacional suspende debate sobre autarquias para concertação à volta das propostas do executivo e da Unita;

Lima vai a congresso em Setembro próximo, para eleger a nova presidente do braço feminino da Unita;

Unicef alerta que, mas de uma em cada quatro crianças no mundo vive em pobreza alimentar grave.

 

Jornal ao meio dia de 6 de Junho de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson Machado, Edmundo Simões e Paulo Miranda Filho, edição e apresentação de Zacarias Congo.

Data de Emissão: 06-06-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 05 de Junho de 2024

Tópicos

Tremor de terra nas províncias de Benguela, Huíla e Huambo. Populares foram obrigados a abandonar edifícios;

Hoje é o dia mundial do ambiente. Especialistas defendem conjugação de esforços para combater efeitos das alterações climáticas;

ANIESA alerta que mercado informal de metais e pedras preciosas em Angola apresenta alta vulnerabilidade ao branqueamento de capitais;

Investimentos no sector das pescas e o seu impacto no desenvolvimento económico e social do país estarão em conversa hoje, em mais uma edição do Café CIPRA;

Proposta de lei de antidopagem no desporto vai à votação final global na próxima sexta-feira, na assembleia nacional.

 

Jornal ao meio dia de 5 de Junho de 2024, Dia Mundial do Ambiente. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson Machado, Edmundo Simões e Paulo Miranda Filho, edição e apresentação de Zacarias Congo.

Data de Emissão: 05-06-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 04 de Junho de 2024

Tópicos:

ALERTA EM CACUCO: RAIVA MATA SEIS PESSOAS. CÃES RAIVOSOS A SOLTA;     

APROVADA ESTRATEGIA NACIONAL DE LUTA CONTRA A CORRUPÇÃO;      

ASSOCIAÇÃO DE TAXISTAS NA RUA PARA CONTER ESPECULAÇÃO DE PREÇOS NA CORRIDA; 

GREVE GERAL NA NIGERIA DEVIDO AO AUMENTO DO PREÇO DOS COMBUSTÍVEIS;     

PONTO MIX

Jornal ao meio dia de quatro de Junho de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edmundo Simões e  Edson Machado; 

JINGLE MVIEIRA

Seis pessoas morreram 10 dias, vitimas de raiva em  Cacuaco. A confirmação é da directora do Hospital Municipal local, Anizeth Kutatela.

A directora deplorou o facto de as vítimas terem sido levadas por familiares à unidade hospitalar, praticamente em fase terminal, quando os profissionais de Saúde “pouco ou nada” podiam fazer.

Anizeth Kutatela aconselhou as pessoas mordidas a dirigir-se imediatamente à Direcção Municipal da Saúde, para fazer a vacina contra a doença da raiva, que é 100% letal.

Por outro lado, manifestou-se também preocupada com os casos de doentes com outras patologias que chegam ao hospital local em estado crítico e que, muitas vezes, morrem à chegada ao Banco de Urgência.

A título exemplificativo, disse não terem registado óbito intra-hospitalar,  no último fim- de-semana, mas apenas casos extra-hospitalares , em número não avançado, isto é, de pessoas que ou chegam cadáveres ou morrem logo à chegada ao hospital.

A Direcção do Hospital Municipal de Cacuaco lamenta, igualmente, o comportamento de algumas pessoas que, na ânsia de verem as suas inquietações resolvidas de forma imediata, partem para agressões e vandalização de equipamentos.

Em declarações, a MFM,  a diretora daquela unidade hospitalar, Anizeth Kutatela, confirmou as o corrido e  deplorou o facto de as vítimas terem sido levadas por familiares à unidade hospitalar, praticamente em fase terminal, quando os profissionais de Saúde “pouco ou nada” podiam fazer.

RD;: ANIZETH KURATELA

E sobre este assunto, a bastonária da ordem dos Médicos Veterinários de Angola, disse ser importante que se continue a veicular  informações que só a vacina salva vidas.

Entretanto, Carla Fernandes, alerta para a qualidade das vacinas e da competência do profissional que administra a vacina.

RD: CARLA FERANANDES 1

Para Carla Fernandes,  a Raiva mata, mas é se pode prevenir;  

RD: CARLA FERNANDES 2

Ouvimos a Carla Fernandes, Bastonária da Ordem dos Veterinários de Angola.

PONTO

O Conselho de Ministros aprovou a Estratégia Nacional de Prevenção e Repressão da Corrupção, em sede da sua 5.ª Sessão Ordinária, orientada Presidente da República, João Lourenço.

Com a medida, o Executivo pretende melhorar os mecanismos que asseguram uma Boa Governação, o reforço da confiança dos cidadãos nas instituições públicas e a adopção de boas práticas no sector público e privado, tal como garante o ministro de Estado e Chefe da Casa Civil do Presidente da República, Adão de Almeida.

ADÃO DE ALMEIDA – 01′ 34” 12H 04 06 2024

Adão de Almeida, ministro de Estado e Chefe da Casa Civil do Presidente da República, no final da 5.ª Sessão Ordinária do Conselho de Ministros, orientada Presidente da República, João Lourenço.

A reunião aprovou a Estratégia Nacional de Prevenção e Repressão da Corrupção, no âmbito das medidas de combate a esta prática e da promoção de uma cultura de ética em todos os sectores.

A equipa responsável pela gestão administrativa e financeira da construção do Terminal Oceânico da Barra do Dande esclarece tomou conhecimento do descontentamento do grupo de mais de 300 trabalhadores da OEC, antiga ODEBRECHT, que integra a área de electromecânica do projecto, em virtude do não recebimento do prémio mensal de produtividade.

Em comunicado, a empresa considera que as reclamações que originaram a contestação e a paralisação não foram entregues em concordância com o estipulado na lei, mas garante que continua disponível para ultrapassar a situação, mediante negociação com os trabalhadores.

Por seu turno, os soldadores industriais, que cumprem hoje o sétimo dia de paralisação, em reivindicação contra alegados maus tratos, falta de actualização e descontos salariais, manifestam-se abertos para o diálogo com a entidade patronal.

A confirmação foi feita à MFM pelo porta-voz do grupo de trabalhadores, Simone Simões.

SIMONE SIMÕES 12H

Simone Simões, porta-voz do grupo de trabalhadores da OEC, antiga ODEBRECHT, que paralisaram os serviços no passado dia 29 de Maio, devido a alegados maus tratos, falta de actualização e descontos salariais.

PONTO

Foi desmantelada uma associação criminosa envolvida no garimpo de água no município de Talatona.

Durante a operação, foi detido um cidadão de nacionalidade cubano, mas a Polícia já trabalha para a localização dos outros integrantes do grupo, tal como esclarece o porta-voz da Direção Nacional de Investigação de Ilícitos Penais, Intendente Quintino Ferreira.

QUINTINO FERREIRA 01’ 49’’ 12H 04 06 2024

Intendente Quintino Ferreira, porta-voz da Direção Nacional de Investigação de Ilícitos Penais.

Foi apreendido um navio de bandeira ganesa nos mares de Luanda, por violação das regras internacionais de navegação.

De acordo com o porta-voz do Comando Geral da Polícia Nacional, Subcomissário  Mateus Rodrigues, foram detidos dois indivíduos de nacionalidade angolana, por supostamente tentarem retirar os marinheiros da embarcação estrangeira.

MATEUS RODRIGUES – 01’ 15’’ 12H 04 06 2024

Subcomissário Mateus Rodrigues, porta-voz do Comando Geral da Polícia Nacional.

PONTO

Já passam mais de 50 dias desde que 4 pescadores a bordo de uma embarcação artesanal desapareceram, nos mares de Luanda.

Segundo o proprietário da embarcação, Sebastião Jose, afirma que ate o momento, não há qualquer informação do paradeiro da embarcação e dos seus trabalhadores.

Em conversa esta manha, no programa 10 para o meio dia, conduzindo pelo Jornalista Paulo Miranda, Jose Sebastiao afirmou estar a ser alvo de burla por pessoas de má fé.

RD: SEBASTIAO JOSE 12H

Jose Sebastiao, proprietário da embarcação a mais de 50 dias cm 4 pescadores a bordo. Ate o memento sem registo do seu paradeiro….

O Ministério dos Transportes realiza nos dias 6 e 7 de Junho, na cidade do Lobito, província de Benguela, o seu décimo quinto Conselho Consultivo sob o lema: “Consolidar as reformas do sector e potenciar Angola para um “hub” regional de transportes e logística”.

O evento vai abordar temas como Os projectos estruturantes do sector dos Transportes e A importância das infraestruturas logísticas no crescimento da economia.

O planeamento urbano no contexto da mobilidade e dos transportes e A intermodalidade urbana e os benefícios para a mobilidade urbana, serão outros aspectos que merecerão a análise dos participantes.

O  porta voz Lourenço Pina, descreveu esta manha o que se pretende com este encontro;

LOURENÇO PINA 7H  ( 01.07”)

Associações de taxistas em Luanda continuam a desenvolver campanhas de sensibilização junto dos seus filiados, para combater a especulação de preços e o encurtamento das rotas, que se verificam depois do aumento do preço da corrida para 200 kwanzas.

As campanhas contam com a participação de representantes do Governo Provincial, da Polícia Nacional e do SIC, tal como adiantou à MFM o presidente da ANATA, Francisco Paciente.

FRANCISCO PACIENTE 01 – 01′ 48” 12H 04 06 2024

Francisco Paciente apela aos taxistas para maior responsabilidade no cumprimento das rotas definidas.

FRANCISCO PACIENTE 02 – 53” 12H 04 06 2024

Francisco Paciente, presidente da ANATA, Associação Nova Aliança dos Taxistas.

PONTO

O Governo dos Estados Unidos da América (EUA) anunciou que vai lançar um programa regional, que inclui Angola, de cerca de 10 milhões de dólares, para promover sistemas pluri-partidários representativos.

Em comunicado, a Embaixada dos EUA em Angola e São Tomé e Príncipe afirma que o Programa de Apoio aos Partidos Políticos para uma Democracia Resiliente e Inclusiva financiado pela Agência para o Desenvolvimento Internacional (USAID), será lançado quarta-feira, em Luanda, e, em Angola, será implementado em parceria com o Governo e com os partidos políticos com assento parlamentar.

O programa, de cariz regional, será aplicado com a organização Democracy Works Foundation (DWF) e tem como objetivo “apoiar o desenvolvimento de partidos políticos democráticos que respondam às necessidades dos cidadãos e sejam capazes de elaborar políticas eficazes em Angola, Botsuana, Essuatini, Lesoto, Maláui, Namíbia e África do Sul”. 

O lançamento será realizado pela ministra conselheira da Embaixada dos EUA em Angola e São Tomé e Príncipe, Mea Arnold, dirigentes do executivo angolano e representantes de partidos políticos angolanos.

INTERNACIONAL

Uma greve por tempo indeterminado que começou hoje na Nigéria, após um apelo dos sindicatos na sequência do fracasso das negociações com o Governo para um novo salário mínimo, fechou escolas, cancelou voos e provocou cortes na electricidade, noticia o site Notícias ao Minuto.

Os principais sindicatos, o Nigerian Labour Congress e o Trades Union Congress,  apelaram aos trabalhadores para não irem trabalhar depois de o Governo ter recusado aumentar o salário mínimo para mais de 60.000 nairas por mês, segundo os meios de comunicação social locais.

Desde que chegou ao poder há um ano, o Presidente Bola Ahmed Tinubu acabou com os subsídios aos combustíveis e com o controlo cambial, o que levou a uma triplicação dos preços da gasolina e a um aumento do custo de vida, uma vez que a naira caiu em relação ao dólar.

O analista Carlos Rosado de Carvalho  diz que a situação na Nigéria é explosiva;

CARLOS ROSADO NIGERIA   12H

Tinubu apelou à paciência para permitir que as suas reformas deem frutos, afirmando que estas ajudariam a atrair o investimento estrangeiro.

Na capital, Abuja, as repartições públicas, as estações de serviço e os tribunais estavam hoje encerrados de manhã, enquanto longas filas se formavam do lado de fora dos portões fechados do aeroporto da cidade, segundo a agência AFP.

vada por Moscovo.

Data de Emissão: 04-06-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 03 de Junho de 2024

Tópicos:

TRABALHADORES DA REFINARIA DE LUANDA INICIAM PARALISAÇÃO, POR TEMPO INDETERMINADO, A PARTIR DA PRÓXIMA SEGUNDA-FEIRA;

– PARLAMENTO GARANTE QUE VAI CONTINUAR A FISCALIZAR O TRABALHO DO MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES, PARA AFERIR OS DADOS APRESENTADOS RECENTEMENTE PELO TITULAR DA PASTA;

– 9 MORTOS E 29 FERIDOS, EM CONSEQUÊNCIA DE ACIDENTES DE VIAÇÃO DE VIAÇÃO, NO ÚLTIMO FIM DE SEMANA, EM LUANDA;

– PETRO DE LUANDA SERÁ O REPRESENTANTE DE ÁFRICA NA PRÓXIMA COPA INTERCONTINENTAL DA FIBA, A REALIZAR-SE EM SETEMBRO PRÓXIMO;

CHINA NEGA PRESSÃO SOBRE PAÍSES PARA EVITAREM PARTICIPAR NA CIMEIRA DE PAZ NA UCRÂNCIA.

JINGLE 

Jornal ao meio dia de segunda-feira, 3 de Junho de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson Machado, Edmundo Simões e Paulo Miranda Filho, edição e apresentação de Zacarias Congo.

JINGLE 

 Os trabalhadores da Refinaria de Luanda em regime de contrato temporário vão iniciar uma paralisação total, por tempo indeterminado, a partir do dia 10 de Junho próximo, em reivindicação contra a falta de enquadramento do pessoal.

A medida foi decidida em assembleia, no último sábado, e só não será concretizada, caso a entidade patronal se pronuncie favoravelmente nos próximos sete dias, tal como adianta o porta-voz do grupo de trabalhadores, Adilson Serra.

ADILSON SERRA 01 – 01′ 59” 12H 03 06 2024

Segundo o porta-voz do colectivo de trabalhadores, a paralisação poderá causar a escassez do gás de cozinha e de combustível, em Luanda.

ADILSON SERRA 02 – 02′ 10” 12H 03 06 2024

Adilson Serra, porta-voz do colectivo de trabalhadores da Refinaria de Luanda, em regime de contrato temporário, anunciando o início de uma paralisação total, por tempo indeterminado, a partir do dia 10 de Junho próximo, em reivindicação contra a falta de enquadramento do pessoal.

O tribunal da comarca de Belas, aqui em Luanda mandou penhorar as contas da Escola Portuguesa de Luanda para pagar uma dívida associada à sentença que, no ano passado, deu razão aos professores que mantêm um conflito laboral com a escola portuguesa.

 Segundo a decisão judicial, datada de 15 de março, foram indicadas como “bens à penhora” as contas bancárias tituladas pela EPL e a Cooperativa Portuguesa de Ensino em Angola, entidade que geria a Escola antes da tutela passar a ser assumida pelo Ministério da Educação.

A decisão foi executada na passada quinta-feira, segundo uma fonte ligada ao processo.

Em causa estão valores relativos a acertos salariais desde setembro de 2022 até abril deste ano, já que a EPL, depois de condenada a proceder à “assunção dos direitos e obrigações” dos contratos de trabalho iniciais, não cumpriu a sentença.

O valor ronda atualmente cerca de 200 milhões de kwanzas  que, segundo a mesma fonte vai acrescendo todos os meses caso a escola não pague nos termos da sentença.

No despacho o Tribunal de Belas determina que as instituições bancárias procedam à penhora das contas e informem a instância judicial sobre o montante penhorado num prazo de dez dias.

A Escola portuguesa tem um prazo de cinco dias para se opor à execução judicial.

PONTO

O analista MFM para os assuntos económicos, Carlos Rosado de Carvalho, disse que a audição parlamentar ao ministro dos Transportes, seria valiosa de fosse aberta à imprensa, com direito à transmissão em directo. 

O analista comentava assim a ida à Assembleia Nacional de Ricardo de Abreu, para as explicações exigidas pelos deputados, no âmbito da compra de mais de seiscentos autocarros para melhorar a mobilidade no país.

CARLOS ROSADO DE CARVALHO 12H ( 02.30”)

Carlos Rosado de Carvalho, analista MFM para as questões económicas, sobre a audição ao ministro dos Transportes, Ricardo de Abreu, na Assembleia Nacional.

PONTO CORRIDO

Sobre este assunto, a 5ª Comissão de Economia e Finanças da Assembleia Nacional garante que vai continuar a fiscalizar o trabalho realizado pelo Ministério dos Transportes, para aferir se os dados apresentados durante a audição realizada recentemente, em Luanda, correspondem, verdadeiramente, à sua aplicação, tal como fez saber o deputado João Mpilamosi Domingos.

Nas vestes de vice-presidente da 5ª Comissão, João Mpilamosi disse que os deputados ficaram satisfeitos com as explicações prestadas pelo ministro dos Transportes durante a audição, e que recomendaram que num prazo de seis meses, na altura da apresentação do Orçamento Geral do Estado, apresentem um plano de viabilidade técnica económica que evidencie a rentabilidade dos aeroportos que estão a ser aproveitados para realizar voos internacionais e alavancar o turismo.

Os deputados defenderam, igualmente, um melhor esclarecimento público das cláusulas do contrato de aquisição de 600 novos autocarros e sobre a construção da fábrica para a montagem dos mesmos e aquisição de peças.

“Devem esclarecer melhor sobre o processo e nós deputados vamos continuar a fiscalizar para que de facto se tenha a certeza que esses valores serviram para as cláusulas descritas”, ressaltou.

João Mpilamosi disse que recomendaram ao ministro dos Transportes para que haja também maior comunicação sobre a subida dos preços dos transportes públicos, e se possível que isso se faça de forma progressiva para não afectar o bolso do cidadão.

A TAAG, Linhas Áreas de Angola vai receber até final deste ano, cinco novos aviões para reforçar a frota existente da companhia de bandeira Nacional.

Segundo o ministro dos Transportes, Ricardo d’Abreu, trata-se de aviões de pequeno e grande porte.

O titular da pasta dos Transportes fez saber ainda que serão introduzias novas embarcações para a travessia no Mussulo, em Luanda, e para o Sul do país, bem como do surgimento de um plano para combater o lixo nos Caminhos de Ferro.

PONTO MPLA

O MPLA descarta qualquer intenção sobre um suposto terceiro mandato do Presidente da República, assunto tem sido tema de conversa em vários círculos de opinião.

Durante um encontro com jornalistas de diversos órgãos de comunicação social e fazedores de opinião, o secretário para a informação do MPLA Esteves Hilário, considerou que “isto é um não-assunto” e disse que perguntas sobre um terceiro mandato de João Lourenço “são apenas especulações e que não fazem parte da agenda política do partido para 2024”.

ESTEVES HILÁRIO – MPLA – 02′ 30” 12H 03 06 2024 

Esteves Hilário, secretário para a informação do MPLA, afirmando que não há qualquer intenção do partido em desrespeitar a Constituição, reforçando assim que o candidato do MPLA às eleições de 2027 será definido no Congresso de 2026. 

PONTO

Continuam as reações à volta do Decreto Presidencial que aprova o regulamento da Lei sobre a Organização, Exercício e Funcionamento das Actividades de Comércio Ambulante nas ruas de Luanda e não só.

Entre os produtos proibidos à venda na via pública, estão os animais vivos, carnes verdes, fumadas e miudezas comestíveis.

A este respeito, o médico veterinário, Sílvio Alvarenga, esclarece que cerca de 65% das doenças dos animais são transmitidas aos homens. Mais dados com a jornalista Maria Humba;

PEÇA MARIA HUMBA 12H

Trabalho da jornalista Maria Humba.

PONTO

18 mortos e 65 feridos estão entre as 150 ocorrências registadas pelo Serviço Nacional de Protecção Civil e Bombeiros, nas últimas 72h em todo o país.

Os afogamentos, acidentes de viação, queimaduras em incêndio e desabamento de residência, são as principais causas das mortes, tal como esclarece o porta-voz nacional, Superintendente Bombeiro Wilson Baptista.

WILSON BAPTISTA – BOMBEIROS – 01′ 06” 12H 03 06 2024

Superintendente Bombeiro Wilson Baptista, porta-voz do Serviço Nacional de Protecção Civil e Bombeiros, e as mortes registadas no último fim de semana, devido a afogamentos, acidentes de viação, incêndios e desabamento de residência.

De mortes não é tudo…

9 pessoas perderam a vida e 29 outras ficaram feridas, em consequência de 23 acidentes de viação de viação, registados durante o fim de semana, em Luanda.

Os dados foram apresentados pelo porta-voz da Polícia Nacional em Luanda, Superintendente-chefe Nestor Goubel.

NESTOR GOUBEL 01 – 40” 12H 03 06 2024 

No mesmo período, foram detidas 312 pessoas, por suposto envolvimento em crimes diversos, apreendidos vários meios, com destaque para 11 viaturas, 3 armas de fogo e 2 Terminais de Pagamento Automáticos, vulgo TPA’s.

NESTOR GOUBEL 02 – 01′ 17” 12H 03 06 2024 PONTO DESPORTO

Superintendente-chefe Nestor Goubel, porta-voz da Polícia Nacional em Luanda, e o resumo das operações realizadas nas últimas 72h.

PONTO DESPORTO

O Petro de Luanda será o representante do continente africano na próxima Copa Intercontinental da FIBA, a realizar-se em setembro próximo, em Singapura, fruto da conquista da Liga africana de basquetebol onde derrotou no último sábado o Al Ahly Ly por 107-94 na final do torneio realizado em Kigali. 

As selecções nacionais de juvenis e séniores de Artes Marcias Mistas vão competir nos mundiais de Agosto e Setembro com estatuto de campeões africanos, feito conseguido em Windhoek,  capital namibiana. 

O presidente da Federação Angolana de Artes Marcias Armando Diogo disse que não foi fácil conquistar o campeonato africano, mas que foi possível graças ao esforço da equipa técnica, que conseguiu manter os atletas em forma.  

ARMANDO DIOGO – DESPORTO – 01′ 32” 12H 03 06 2024 

A selecção nacional de Angola brilhou e conquistou a 7ª edição do Campeonato Africano de MMA, que decorreu na República da Namíbia, Windhoek, com um total de 53 medalhas : 21 de ouro, 20 de prata e 12 de bronze.

PONTO INTERNACIONAL

O Presidente da África do Sul, Cyril Ramaphosa, considerou que as eleições demonstraram que o país tem uma democracia “robusta”, afirmando que os sul-africanos votaram por um “país melhor” nas eleições mais contestadas desde o fim do ‘apartheid’.

Ramaphosa, que é também presidente do partido Congresso Nacional Africano que perdeu a maioria absoluta e 71 mandatos nesta votação para o Parlamento, adiantou que “o povo falou, quer se goste ou não”.

O Presidente da República sul-africano referiu também que “o resultado destas eleições significa que os eleitores que votaram esperam que todas as organizações políticas encontrem terreno comum para resolver as suas diferenças e trabalhar em prol do bem de todos”.

A China negou hoje ter pressionado certos países para que não participassem na Cimeira de Paz na Ucrânia, contrariando comentários do Presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, no fim-de-semana.

Falando à margem de um fórum de segurança em Singapura no domingo, o Presidente Zelensky acusou a China de trabalhar para impedir países de participarem na Cimeira de Paz na Ucrânia, marcada para Junho na Suíça.

Segundo a Lusa, dois dias antes, Pequim tinha dito que seria difícil participar nesta cimeira se a Rússia não fosse convidada, declaração aprovada por Moscovo.

Data de Emissão: 03-06-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 31 de Maio de 2024

Tópicos:

Trabalhadores da antiga Odebrecht paralisam serviços devido ao alegado maus tratos e falta de actualização salarial;

Mais de 200 pessoas em julgamento na Lunda Sul, por desacatos depois de detidas em Outubro do ano passado;

Presidente da República reconhece que Angola tem de melhorar em matéria de distribuição de água potável e fornecimento de energia eléctrica;

Ministros dos transportes considera como precipitadas as interpretações a volta do dinheiro para compra de novos autocarros;

Angola celebra hoje 33 anos desde a assinatura dos acordos de Bicesse;

Contrabando de ouro em África atinge mais de 30 mil milhões de dólares.

 

Jornal ao meio dia de sexta-feira, 31 de Maio de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson Machado, Edmundo Simões e Paulo Miranda Filho, edição e apresentação de Zacarias Congo.

Data de Emissão: 31-05-2024 às 12:30
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 30 de Maio de 2024

Tópicos:

Guarda escolar espancado até a morte em Caxito;

Presidente João Lourenço inaugura Barragem da Matala, na Huíla;

Jornalista MFM acredita que o Conselho Nacional de Conservação Social deve dirimir futuro conflito entre o Governo e os Sindicatos Angolanos;

Principais desafios e condições no país em discussão em Luanda;

Começam ser conhecidos resultados das eleições sul-africanas. Jornalista destaca carácter renhido e democrático desta ida às urnas no país do arco-íris.

 

Jornal ao meio dia de quinta-feira, 30 de Maio de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson Machado, Edmundo Simões e Paulo Miranda Filho, edição e apresentação de Manuel Vieira.

Data de Emissão: 30-05-2024 às 12:30
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 29 de Maio de 2024

Tópicos:

Está suspensa a terceira fase da greve geral, após acordo entre o Governo e as Centrais Sindicais, durante mais de oito horas de negociação;

Trabalhadores do Ministério das Pescas a Caminho de nova paralisação, devido à falta de resposta da entidade patronal às duas reivindicações;

Caminho de ferro de Luanda cancela comboios em várias rotas, para intervenção preventiva na linha férrea do município do Icolo e Bengo;

Mais de 600 pessoas morreram nas estradas do país, só no primeiro trimestre deste ano, em consequência de acidentes de viação;

Campeão do Girabola pode ser conhecido esta tarde, a uma jornada do fim da competição;

Sul-africanos escolhem hoje os seus representantes. Sondagens indicam que o partido no poder, ANC, pode perder a maioria absoluta.

 

Jornal ao meio dia de quarta-feira, 29 de Maio de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson Machado, Edmundo Simões e Paulo Miranda Filho, edição e apresentação de Zacarias Congo.

Data de Emissão: 29-05-2024 às 12:30
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 28 de Maio de 2024

Tópicos:

Governo e Centrais Sindicais voltam a sentar à mesma mesa na tarde de hoje, para nova ronda de negociações sobre o caderno reivindicativo;

Nova greve no sector petrolífero. Trabalhadores da Precioso Angola, na província de Cabinda, em greve, por falta de actualização salarial;

Detidos em Luanda assassinos de tenente coronel das Forças Armadas Angolanas e de um pastor da igreja do Nosso Senhor Jesus Cristo no Mundo;

Quando no Bengo, polícia garante diligências para esclarecer crime de homicídio em que foi vítima um oficial do exército;

Milhares de eleitores sul-africanos escolhem amanhã o próximo presidente do ANC, num pleito complicado para o congresso nacional africano “ANC”.

 

Jornal ao meio dia de terça-feira, 28 de Maio de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson Machado, Edmundo Simões e Paulo Miranda Filho, edição e apresentação de Zacarias Congo.

Data de Emissão: 28-05-2024 às 12:30
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 27 de Maio de 2024

Tópicos:

Trabalhadores da refinaria de Luanda ameaçam paralisar todos os serviços nos próximos dias, em protesto contra a falta de enquadramento do pessoal;

Nova greve à vista no ministério das pescas e recursos marinhos, mas desta vez por tempo indeterminado;

Continua desaparecida embarcação artesanal com quatro pescadores a bordo;

Criança de 10 anos morre asfixiada depois de ter sido abusada sexualmente por um jovem de 21 anos. O implicado já está a contas com a justiça.

 

Jornal ao meio dia de segunda-feira, 27 de Maio de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson Machado, Edmundo Simões e Paulo Miranda Filho, edição e apresentação de Zacarias Congo.

Data de Emissão: 27-05-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 23 de Maio de 2024

Tópicos:

Embarcação artesanal com quatro pescadores a bordo desaparecida há um mês, na orla marítima da província do Zaire;

Mais de quatrocentos milhões de kwanzas é o valor da dívida dos clientes para com a empresa pública de águas e saneamento do Bengo, incluindo instituições públicas;

Proposta de lei sobre a institucionalização das autarquias locais em debate no parlamento angolano;

Presidente da Unita denuncia surgimento de um modelo de crimes políticos encomendados, em Angola;

Selecção nacional de futebol amputado pode garantir hoje o apuramento as meias-finais do campeonato africano, no jogo diante da Argélia;

Primeiro-ministro britânico convoca eleições gerais para 4 de Julho próximo.

 

Jornal ao meio dia de quinta-feira, 23 de Maio de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson Machado e Edmundo Simões, edição e apresentação de Zacarias Congo.

Data de Emissão: 23-05-2024 às 12:30
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 22 de Maio de 2024

Tópicos:

MEA exige atribuição do passe social a todos os estudantes, para fazer face à subida do preço dos transportes;

Ministério dos transportes esclarece que dinheiro disponibilizado para a compra de 600 novos autocarros vai permitir também a construção de uma fábrica de montagem de automóveis;

20 barragens em estado de degradação no país. Governo garante reabilitar infra-estruturas nos próximos dias;

Detido em flagrante cidadão de 38 anos em posse de mais de dois mil dólares falsos;

Polícia no Bengo desmente ocorrência de ataques tribais que teriam causado seis mortos, na comuna do Úcua;

Palancas Negras iniciam trabalhos de preparação para os de apuramento ao mundial de 2026, com o grupo reduzido de atletas.

 

Jornal ao meio dia de quarta-feira, 22 de Maio de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson Machado, Edmundo Simões e Paulo Miranda Filho, edição e apresentação de Zacarias Congo.

Data de Emissão: 22-05-2024 às 12:30
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 21 de Maio de 2024

Tópicos:

Proibida a venda ambulante de electrodomésticos, mobiliário, peças de viaturas, animais de estimação e outros produtos de uso corrente; 

Movimento de estudantes angolanos alerta que subida do preço dos transportes públicos pode aumentar índices de abandono escolar;

Rixas em Viana e samba terminam com vinte cidadãos detidos em fragrante;

Ratazanas invadem zona residencial na cidade de Caxito;

SADC lança apelo aos doadores para a mobilização de cinco mil milhões de dólares para acudir as vítimas das calamidades naturais na região;   

 

Jornal ao meio dia da MFM, 21 de Maio de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson Machado e Edmundo Simões.

Data de Emissão: 21-05-2024 às 12:30
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 16 de Maio de 2024

Tópicos:

Acidente de viação mata cinco pessoas e causa 15 feridos graves na Avenida Fidel castro, em Luanda;

É oficial. Preço de táxi sobe para 200 kwanzas em Luanda. Transportes públicos devem cobrar 150 kwanzas pela corrida;

Sinistrados da última época chuvosa no Bengo denunciam desvio de bens doados, para acudir às populações;

Governo de Luanda vai disponibilizar em breve terrenos infraestruturados aos cidadãos, no quadro do programa de autoconstrução dirigida;

Zelensky cancela viagens a Portugal e a Espanha, devido a uma nova ofensiva russa em território ucraniano.

 

Notícias no jornal ao meio dia de quinta-feira, 16 de Maio de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edmundo Simões e Paulo Miranda Filho, edição e apresentação de Zacarias Congo. 

Data de Emissão: 16-05-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 15 de Maio de 2024

Tópicos:

Caos, drama e esperança. Assim está a vida das famílias desalojados pelas águas do rio Bengo;

Termina hoje a subvenção do estado aos combustíveis em Angola;

Parlamento aprova nova composição da CNE remete discussão sobre autarquias para os próximos dias. Especialistas em eleições diz que este ano é decisivo;

Rebeldes voltam a acção no leste da RDC matando mais dez pessoas;

Tricolores e militares travam duelo no seu clássico 87. Túmulo é logo mais no estádio 11 de Novembro.

 

Jornal ao meio-dia de 15 de Maio de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edmundo Simões e Paulo Miranda Filho.

Data de Emissão: 15-05-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 14 de Maio de 2024

Tópicos:

Presidente Lula da Silva congela visita ao estrangeiro para prestar mais atenção às vítimas das cheias no rio grande do Sul;

Presidente João Lourenço envia mensagem ao seu homologo brasileiro, Lula da Silva, manifestando solidariedade para com as vítimas das cheias no estado do rio grande do Sul;

Continua o drama de milhares de famílias no Bengo atingidas por inundações causadas pelas últimas chuvas que provocaram o transbordo do rio Bengo. Com a chegada da época de Cacimbo, receia-se um aumento considerável de doenças respiratórias;

Deputado da Unita sai ileso de uma tentativa de assassinato em Malanje. É o segundo atentado a parlamentares da Unita em menos de um mês;

Inflação em Angola volta a disparar em Abril, revela instituto nacional de estatística;

Angola tem quase 3 mil processos de excesso de prisão preventiva e 6.000 sem certidões para liquidação da pena.

 

Jornal ao meio dia de terça feira. Hoje são 14 de Maio de 2024. Coordenação e Alves Fernandes, técnica de Edmundo Simões, edição de Manuel Vieira, apresentação de Zacarias Congo.

Data de Emissão: 14-05-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 13 de Maio de 2024

Tópicos:

Mais de 500 hectares de cultivo agrícola destruídos pelo transbordo do rio Bengo, na localidade do Panguila;

Segunda fase das obras de infra-estruturas integradas de Caxito vai evitar cheias na próxima época chuvosa. Garante governo;

Chefes de estado e de governo da SADC apreciam nos próximos dias a situação humanitária na região, afectada pelo fenómeno da seca;

Acidentes de viação mataram 9 pessoas em Luanda, no último fim de semana;

FMI conclui avaliação pós-financiamento a Angola, para saber da capacidade do país e m reembolsar a dívida.

 

Jornal ao meio dia de segunda-feira, 13 de Maio de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Paulo Miranda Filho e Edmundo Simões, edição e apresentação de Zacarias Congo.

Data de Emissão: 13-05-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 10 de Maio de 2024

Tópicos:

Terminou hoje a primeira fase da greve dos trabalhadores do Ministério das Pescas;

Em celebração do dia Internacional do Enfermeiro, Ordem Nacional da profissão desenvolve jornadas para saudar a data;

Moradores do Bairro Jardim do Éden preocupados com a organização do projecto;

Governo Provincial trabalha para prevenir as consequências da próxima época chuvosa.

 

Jornal ao meio dia da MFM, sexta-feira, 10 de Maio de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Paulo Miranda Filho e Edmundo Simões, edição e apresentação de Manuel Vieira.

Data de Emissão: 10-05-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 09 de Maio de 2024

Tópicos:

Famílias afectadas pelo transbordo do rio Bengo, na localidade do Panguila, começam a ser realojadas nas próximas horas;

Derrube de poste de média tensão deixa às escuras mais de 5 mil famílias nos municípios de Cazenga e de Luanda;

Primeira fase da greve no ministério das pescas e recursos marinhos termina amanhã;

Mulher tenta subornar comandante de esquadra policial para libertar o marido e acaba detida em Luanda;

Mais de 100 pontes metálicas serão construídas nos próximos dias em Angola, com financiamento norte-americano;

Prosseguem negociações entre Israel e Hamas para trégua na faixa de Gaza.

 

Jornal ao meio dia de quinta-feira, 09 de Maio de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Paulo Miranda Filho e Edmundo Simões, edição e apresentação de Zacarias Congo.

Data de Emissão: 09-05-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 08 de Maio de 2024

Tópicos:

Angola deve ao fundo monetário internacional   mais de três mil milhões de dólares;  

Trabalhadores do Ministério das Pescas somam três dias de greve;

Aumentam custo de transporte de mercadorias para a RDC;

Presidente João Lourenço apela a investidores a apostarem mais em África;

Presidente do Togo assina decreto em que pode ficar por tempo ilimitado no poder.

 

Jornal ao meio dia de 08 de Maio de 2024. Este jornal conta com a coordenação de Alves Fernandes, técnica de Paulo Miranda Filho e Edmundo Simões.

Data de Emissão: 08-05-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 06 de Maio de 2024

Tópicos:

 Corrida de táxi passa a custar 200 kwanzas nos próximos dias;

Confiscados em cabinda oito autocarros disponibilizados para o transporte público, mas que exerciam serviços de táxi;

Trabalhadores do Ministério das Pescas e Recursos Marinhos em greve. Em causa, falta de salários condignos e melhoria das condições laborais;

Governo de Luanda vai receber 17 mil milhões de kwanzas para gestão do saneamento;

Presidente da república participa na 16.ª cimeira empresarial Estados Unidos – África, que começa hoje no Texas.

 

Jornal ao meio dia de segunda-feira, 06 de Maio de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Paulo Miranda Filho e Edmundo Simões, edição e apresentação de Zacarias Congo.

Data de Emissão: 03-05-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 03 de Maio de 2024

Tópicos:

Trabalhadores do Ministério das Pescas e Recursos Marinhos iniciam nova greve na próxima segunda-feira;

Hoje é o dia mundial da liberdade de imprensa. Acesso às fontes de informação continua a ser um dos grandes problemas por que se debatem os profissionais da comunicação social;

Angola produziu mais de 100 milhões de barris de petróleo, nos primeiros três meses deste ano;

Petro de Luanda defronta amanhã o Interclube, na corrida ao título da presente edição do Girabola;

Subiu para 210 o número de mortos em consequência das inundações que afectam o Quénia.

 

Jornal ao meio dia de sexta-feira, 03 de Maio de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson Machado e Edmundo Simões, edição e apresentação de Zacarias Congo.

Data de Emissão: 03-05-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 02 de Maio de 2024

Tópicos:

Aumenta o número de colégios ilegais em Luanda. Só em Viana há mais 800 instituições que funcionam a margem da lei;

Presidente da ANEP, António Pacavira, defende eleição e não nomeação dos directores das escolas e dos responsáveis províncias e municipais da educação;

Conselho consultivo do Ministério da Educação decorre na cidade do Kuito com o facto na formação de professores;  

Vencedores do premio de liberdade de imprensa, instituído pelo sindicato dos jornalistas angolanos, serão conhecidos amanha;

Reino Unido despacha para o Ruanda dezenas de imigrantes ilegais de origem africana.

 

Jornal ao meio dia da MFM, 02 de Maio de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edmundo Simões e Edson machado.

Data de Emissão: 02-05-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 01 de Maio de 2024

Tópicos:

Trabalhadores em silêncio em pleno dia primeiro de Maio, como forma de protesto pelo custo de vida em Angola;

Governo prepara aprovação do salário mínimo nacional para os próximos dias;

33 cidadãos congoleses detidos no Bengo, por entrada ilegal ao território nacional;

Petro de Luanda e Recreativo do Libolo jogam hoje no 11 de Novembro, na 23.ª jornada do Girabola;

União europeia anuncia financiamento ao exército da Côte D’Ivoire, para combater grupos armados na região da África ocidental.

 

Jornal ao meio dia de quarta-feira, 1.º de Maio 2024, Dia Internacional do Trabalhador. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edmundo Simões e Paulo Miranda Filho, edição e apresentação de Zacarias Congo.

Data de Emissão: 01-05-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 17 de Abril de 2024

Tópicos:

Sindicalistas anunciam segunda fase da greve geral para a próxima semana;

Organizações não governamentais condenam ataque contra comitiva de deputados da Unita;

Policia desmantela grupo armado que roubava e matava na Rangel. Doze jovens estão detidos;

Descargas eléctricas matam quatro pessoas em Benguela;

Restos mortais do basquetebolista Ângelo Vitoriano já repousam no cemitério da Santa Ana.

 

Jornal ao meio-dia de 17 de Abril de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson Machado e Edmundo Simões.

Data de Emissão: 17-04-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 16 de Abril de 2024

Tópicos:

GPL encerra estrada da samba das 22 de hoje as quatro da manhã de Quarta-feira para obras de reabilitação; 

Bengo em alerta laranja devido à previsão de fortes chuvas;

Luanda acolhe novo registo de refugiados vindo da República Democrática do Congo;

Reino Unido escolhe Angola e Cabo-Verde para repatriar imigrantes ilegais, garante Londres;

Alexandre Santos garante que está de “pedra e cal” no comando do Petro de Luanda.

 

Jornal ao meio-dia de Terça-feira, 16 de Abril de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edmundo Simões e Edson Machado.

Data de Emissão: 16-04-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 15 de Abril de 2024

Tópicos:

Especialistas defendem novas políticas para aumentar a competitividade em Angola;

Abel Chivukuvuku promete novo recurso para legalização do seu projecto político, que será chamado agora de “Pra-já força Angola”;

20 mortos em consequência de ataque de crocodilo, desabamento de residências, afogamentos e acidentes de viação, nas últimas 72h;

Detidos dois indivíduos por crimes de homicídio em Luanda e na Huíla;

Tensão no médio Oriente, países do g7 advertem de que tomarão novas medidas se irão continuar ataques a Israel.

 

Jornal ao meio-dia de Segunda-feira, 15 de Abril de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson Machado e Edmundo Simões, edição e apresentação de Zacarias Congo.

Data de Emissão: 15-04-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 12 de Abril de 2024

Tópicos:

Presidente da república inaugura Hospital Geral de Viana, com capacidade para mais de 300 camas;

Hospital Américo Boavida em Luanda encerra amanhã para obras de reabilitação;

Professores e enfermeiros prontos para a segunda fase da greve geral, apesar de ameaças e descontos salariais;

Presidente da CAF em Luanda para inteirar-se do funcionamento da federação angolana de futebol;

Alta tensão entre Israel e irão. Em causa ataque a consulado iraniano na síria.

 

Jornal ao meio-dia de Sexta-feira, 12 de Abril de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson Machado e Edmundo Simões, edição e apresentação de Zacarias Congo.

Data de Emissão: 12-04-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 11 de Abril de 2024

Tópicos:

Governo corta salários dos professores e outros profissionais que aderiram a primeira fase da greve dos funcionários públicos angolanos;

Contagem regressiva para a segunda fase da greve geral em Angola. Sindicalistas reafirmam a paralisação;     

Executivo reafirma que vai retirar subsidio aos combustíveis. Aumento do preço não é para já;

Preço do barril de petróleo ultrapassa barreira dos 90 dólares.

 

Jornal ao meio-dia de 11 de Abril de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson machado e Edmundo Simões.

Data de Emissão: 11-04-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 10 de Abril de 2024

JORNAL 12H/ZC

MANCHETES

– GOVERNO GARANTE MEDIDAS PARA MINIMIZAR DANOS PROVOCADOS PELO TRANSBORDO DO RIO LONGA, NO KWANZA SUL, E PARA ALIVIAR A ENCHENTE DA BARRAGEM DA QUIMINHA, EM LUANDA;

– FNLA DESMENTE EXISTÊNCIA DE CONFLITOS NO SEIO DA DIREÇÃO DO PARTIDO;

– CENTRAIS SINDICAIS ACTUALIZAM PONTO DE SITUAÇÃO SOBRE NEGOCIAÇÕES COM O GOVERNO, TENDO EM VISTA A SEGUNDA FASE DA GREVE GERAL;

– ESTABELECIMENTO PENITENCIÁRIO DO CABOXA, NO BENGO, CONTROLA 907 RECLUSOS, DOS QUAIS 729 CONDENADOS E 178 EM PRISÃO PREVENTIVA;

– JUSTIÇA SUL-AFRICANA AUTORIZA EX-PRESIDENTE JACOB ZUMA A CONCORRER ÀS PRÓXIMAS ELEIÇÕES.

JINGLE MIX

Jornal ao meio dia de quarta-feira, 10 de Abril de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson machado e Edmundo Simões, edição e apresentação de Zacarias Congo.

JINGLE

O Governo vai, nos próximos dias, deslocar uma equipa multidisciplinar, para constatar as consequências e procurar soluções do transbordo do rio Longa, bem como definir medidas para aliviar a enchente da barragem da Quiminha.

A decisão saiu da reunião da Comissão Multissectorial de Protecção Civil, decorrida esta terça-feira, em Luanda, sob orientação do ministro de Estado e chefe da Casa Militar do Presidente da República, Francisco Pereira Furtado.

Os trabalhos servirão para definir medidas para uma melhor intervenção nas localidades afectadas, tal como adiantou à imprensa, o coordenador do Secretariado Executivo da Comissão Nacional de Protecção Civil, Manuel Lutango.

MANUEL LUTANGO 01 – 01’ 07’’ 12H 10 04 2024

Manuel Lutango garante que já existem planos para para se dar respostas emergenciais para situações pontuais, No caso do rio Longa, cujo ponto de estrangulamento é a localidade de Hogiwa, município do Porto Amboim, província do Kwanza-Sul.

MANUEL LUTANGO 02 – 45’’ 12H 10 04 2024

Manuel Lutango, coordenador do Secretariado Executivo da Comissão Nacional de Protecção Civil, garantindo que o governo vai deslocar, nos próximos dias, uma equipa multidisciplinar, para constatar as consequências e procurar soluções do transbordo do rio Longa, bem como definir medidas para aliviar a enchente da barragem da Quiminha.

E na província do Bengo, a situação das inundações em vários bairros da cidade de Caxito continua a tirar o sono das autoridades.

A governadora, Maria Antónia Nelumba, lamentou que o cenário possa manter-se enquanto decorrer a época chuvosa, mas garantiu que o governo continuará a apoiar as mais de 14 mil famílias afectadas.

MARIA ANTÓNIA NELUMBA 01 – CHUVAS – 45” 12H 10 04 2024

Maria Antónia Nelumba, governadora do Bengo, considerando como preocupante o cenário de inundação registado na cidade capital provincial, Caxito.

A ministra da Saúde defende a continuidade do financiamento do Banco Mundial para o reforço dos sistemas de saúde dos Estados da África Central, o qual incluiu 60 milhões de dólares para Angola.

Sílvia Lutucuta, que discursava em Luanda, na abertura dos trabalhos dos subcomités técnicos regionais da 4.ª Fase do Projeto de Reforço do Sistema de Vigilância das Doenças na África Central, pediu união de esforços para combater os desafios que possam comprometer uma resposta eficaz a doenças emergentes.

SÍLVIA LUTUCUTA – 01’ 00’’ 12H 10 04 2024

Ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta, durante a abertura dos trabalhos dos subcomités técnicos regionais da 4.ª Fase do Projeto de Reforço do Sistema de Vigilância das Doenças na África Central.

PONTO

As centrais sindicais continuam a preparar a segunda fase da greve geral que deve decorrer de 22 a 30 deste mês.

A este respeito, os sindicatos actualizam amanhã em conferência de imprensa sobre o processo de negociação com o governo, tal como confirma à MFM o porta-voz das centrais, Teixeira Cândido.

TEIXEIRA CÂNDIDO – 01’ 41’’ 12H 10 04 2024

Teixeira Cândido, porta-voz das centrais sindicais, confirmando para amanhã a realização de uma conferência de imprensa, sobre o processo de negociação com o governo, tendo em conta a segunda fase da greve geral, prevista para este mês.

PONTO FNLA

A FNLA garante que não há qualquer clima de conflito no seio do partido.

O manifesto, apresentado em conferência de imprensa pelo porta-voz do partido dos irmãos, Vita Fernandes, surge na sequência de informações postas a circular nas redes sociais, que davam conta da existência de tumulto na direcção da FNLA.

VITA FERNANDES 01 – 51’’ 12H 10 04 2023

Por outro lado, o porta-voz da FNLA apela para responsabilização dos fomentadores de notícias falsas a respeito do partido e defende a continuidade do diálogo entre os militantes.

VITA FERNANDES 02 – 01’ 30’’ 12H 10 04 2023

Vita Fernandes, porta-voz da FNLA, desmentindo qualquer clima de conflito no seio da direção do partido.

PONTO CORRIDO

O Governo angolano determinou que as Entidades Públicas Contratantes devem remeter relatórios trimestrais sobre as aquisições de bens produzidos no país ao Serviço Nacional da Contratação Pública, como mecanismo de incentivo à produção nacional.

A medida, que vem expressa em circular conjunta dos ministérios das Finanças e Indústria e Comércio, visa estimular a produção e consumo de bens e serviços de origem local, para reduzir a dependência excessiva de produtos importados, bem como a sustentabilidade da economia nacional.

De acordo com as entidades ministeriais, no domínio da contratação pública, os requisitos em todos os contratos públicos têm como objetivo potenciar a capacidade da produção nacional, mas também a diversificação da economia.

O Banco Mundial prevê que as economias da África subsaariana recuperem para 3,4 % este ano e 3,8 por cento em 2025, impulsionadas pelo consumo privado, num contexto de falta de liquidez e recuperação “muito frágil” da região.

No relatório ontem divulgado em Washington, com o título ‘Combater a desigualdade para revitalizar o crescimento e reduzir a pobreza em África, o gabinete do economista-chefe para África no Banco Mundial mostra-se ainda preocupado com os níveis de elevada dívida pública nos países da região, que dificulta o investimento em sectores essenciais para relançar o desenvolvimento económico.

Sobre o assunto, o analista MFM para as questões económicas, Carlos Rosado de Carvalho, fez o mapa das economias africanas e regionais;

CARLOS ROSADO DE CARVALHO 12H

Carlos Rosado de Carvalho, analista MFM para os assuntos económicos, e a previsão do Banco Mundial, que estima que as economias da África subsaariana recuperem para 3,4 % este ano e 3,8 por cento em 2025.

Vem aí o Simpósio Nacional de Engenharia e Construção Civil.

O evento vai decorrer em Luanda e contará com a participação de engenheiros, arquitectos, juristas e outros intervenientes, segundo o engenheiro Hugo Caetano, da organização.

HUGO CAETANO – SIMPÓSIO – 40” 12H 10 04 2024

Hugo Caetano, engenheiro. “Inserção de novos engenheiros no mercado de trabalho” será um dos temas em debate durante o Simpósio Nacional de Engenharia e Construção Civil, que acontece em Luanda, no próximo dia 19 de Abril.

PONTO

O Estabelecimento Penitenciário do Caboxa, na província do Bengo, controla actualmente 907 reclusos, dos quais 729 condenados e 178 em prisão preventiva.

Os dados foram avançados pelas autoridades daquela província, durante a visita efectuada pela governadora Maria Antónia Nelumba.

Na ocasião, a governante, que esteve igualmente em outras instituições afectas ao Ministério do Interior, garantiu a continuidade do apoio para o melhoramento das infraestruturas.

MARIA ANTÓNIA NELUMBA 02 – CABOXA – 01′ 32” 12H 10 04 2024

Maria Antónia Nelumba considera como calma a situação da criminalidade na província.

MARIA ANTÓNIA NELUMBA 03 – CRIMINALIDADE – 46” 12H 10 04 2024

Maria Antónia Nelumba, governadora do Bengo, garantindo que a situação da criminalidade na província do Bengo é estável.

Um resgate de cadáver, no município de Belas, está entre as 10 ocorrências registadas nas últimas 24 horas, pelo Serviço de Proteção Civil e Bombeiros em Luanda.

Os dados são apresentados pela porta voz provincial, Maina Panzo.

MAINA PANZO 12H

Maina Panzo, porta-voz do Serviço de Proteção Civil e Bombeiros em Luanda, e os dados das ocorrências registadas nas últimas 24 horas.

PONTO DESPORTO

 

PONTO INTERNACIONAL

O Tribunal Eleitoral da África do Sul decidiu, esta terça-feira, que o ex-presidente Jacob Zuma pode concorrer ao cargo de legislador nas próximas eleições, anulando uma decisão anterior que o impedia de concorrer às urnas.

A medida abre caminho para Zuma concorrer à presidência em nome do seu Partido, uma nova organização política à qual se juntou no ano passado depois de denunciar o partido no poder, o Congresso Nacional Africano, que outrora liderou, segundo a Africanews.

 

Data de Emissão: 10-04-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 09 de Abril de 2024

Tópicos:

Greve à vista no Ministério das Pescas. Falta de subsídios e cartão de saúde entre as causas;

Circulação Luanda, centro e sul do país continua limitada. Fortes chuvas provocam danos no Cuanza Sul, segundo governador;

Unita acusa governos de seis províncias de não receberem missões de deputados em trabalho no interior;

PRS reafirma inexistência de crise interna. Secretario geral fala sobre adiamento do congresso e afastamento de quadros seniores;

Bombardeada central nuclear na Ucrânia. Partes em guerra com acusações mutuas;

 

Jornal ao meio-dia de 09 de Abril de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson machado e Edmundo Simões. 

Data de Emissão: 09-04-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 08 de Abril de 2024

Tópicos:

Deputados começam a discutir hoje na especialidade a proposta de ​lei para o combate à actividade​ mineira ilegal;

Hospital Américo Boa Vida em Luanda será encerrado no próximo sábado, devido às obras de reabilitação em curso;

12 pessoas morreram em consequência de afogamentos, durante o fim-de-semana prolongado no país;

Associação nação verde reforça colocação de “eco pontos” na província de Luanda, para ajudar na melhoria da gestão do saneamento básico.

 

Jornal ao meio-dia de Segunda-feira, 08 de Abril de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edmundo Simões e Edson Machado, edição e apresentação de Zacarias Congo.

Data de Emissão: 08-04-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 05 de Abril de 2024

Tópicos:

Tribunal considera inconstitucional acórdão que condena “Zenu” dos santos e pares no caso “500 milhões” de USD; 

Unita inicia processo de auscultação da sociedade civil sobre eleições autárquicas;

Ende interrompe venda de recargas de energia “pré-pago”, devido à actualização do sistema informático;

Presidente do Níger dissolve assembleias locais e centraliza poder administrativo.

 

Jornal ao meio dia são 05 de Abril de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edmundo Simões e Edson Machado. 

Data de Emissão: 05-04-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 04 de Abril de 2024

MANCHETES

– ANGOLANOS COMEMORAM HOJE 22 ANOS DE PAZ E RECONCILIAÇÃO NACIONAL;

– PRESIDENTE DA REPÚBLICA INAUGURA NOVAS INSTALAÇÕES DO HOSPITAL MILITAR PRINCIPAL EM LUANDA;

– GOVERNO E SINDICATOS CONTINUAM SEM ACORDO QUANTO À DEFINIÇÃO DO SALÁRIO MÍNIMO NACIONAL;

– BASTONÁRIA DA ORDEM DOS ECONOMISTAS DE ANGOLA DEFENDE MAIOR APOSTA NA AGRICULTURA COMO A MELHOR SAÍDA PARA A CRISE ECONÓMICA E SOCIAL;

– ATLETAS DA SELECÇÃO NACIONAL DE CANOAGEM VOLTAM A RECLAMAR DA FALTA DE PRÉMIOS DO CAMPEONATO AFRICANO DA NIGÉRIA.

JINGLE MIX

Jornal ao meio dia de quinta-feira, 4 de Abril de 2024, Dia da Paz e da Reconciliação Nacional. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson Machado e Edmundo Simões, edição e apresentação de Zacarias Congo.

JINGLE

Os angolanos comemoram hoje, 4 de Abril, 22 anos de Paz e Reconciliação Nacional, sob o lema “4 de Abril, Juntos pelo Crescimento Inclusivo do País”.

Por ocasião da data, o Presidente da República, João Lourenço sublinhou que o fortalecimento do Estado  Democrático tem permitido o normal funcionamento das instituições republicanas.

Os pontos centrais da mensagem do Presidente da República com o jornalista Manuel Vieira;

MANUEL VIEIRA 12H

Jornalista, Manuel Vieira, e a declaração do Presidente da República por ocasião do Dia da Paz e da Reconciliação Nacional, que se assinala hoje em todo o país.

Para o Reverendo Ntoni Nzinga, antigo secretário executivo do Comité Inter-ecclesial para a Paz em Angola, a paz efectiva não se deve resumir ao calar das armas, considerando necessário um contrato social em que todos os angolanos se revejam.

NTONI NZINGA 12H

Reverendo Ntoni Nzinga, antigo secretário executivo do Comité Inter-ecclesial para a Paz em Angola.

 

Já a Comissão Episcopal de Justiça e Paz da CEAST exorta a todos os angolanos a trabalharem para a preservação da paz. Em nota lida pelo seu presidente, Padre Celestino Epalanga, a Comissão Episcopal de Justiça de Justiça e Paz da CEAST agradece o reconhecimento das autoridades quanto à contribuição dos bispos católicos no processo de reconciliação nacional.

PADRE CELESTINO EPALANGA – PAZ – 02’ 06’’ 12H 04 04 2024

Padre Celestino Epalanga, presidente da Comissão Episcopal de Justiça e Paz da CEAST.

 

E a paz é igualmente celebrada no Bengo. Durante uma palestra subordinada ao tema “Os ganhos da paz sobre o desenvolvimento socioeconómico de Angola”, a governadora do Bengo, Maria Antónia Nelumba, ressaltou que, depois do 4 de Abril de 2002 Angola, ganhou várias infraestruturas sociais.

MARIA ANTÓNIA NELUMBA – PAZ – 01’ 30’’ 12H 04 04 2024

Maria Antónia Nelumba, governadora do Bengo.

Os participantes ao evento reconheceram os efeitos da paz, sobretudo nos sectores da educação, saúde e agricultura.

PARTICIPANTES – PAZ – 02 43” 12H 04 04 2024

Jovens no Bengo e os avanços registados depois da conquista da paz.

E a UNITA lamenta o crescimento da fome e da pobreza em 22 anos de paz alcançada. Na sua declaração sobre o Dia da Paz e da Reconciliação Nacional, o maior partido na oposição em Angola, na voz do seu porta-voz, Marcial Dachala, considera que há retrocessos em matéria de consolidação do estado democrático e de direito, pelo facto da implementação das autarquias ser constantemente adiada.

MARCIAL DACHALA – PAZ – 01′ 38” 12H 04 04 2024

Marcial Dachala, porta-voz da UNITA. Angolanos comemoram hoje, 4 de Abril, 22 anos de Paz e Reconciliação Nacional.

O acto central acontece no Pavilhão Multiusos “Osvaldo de Jesus Serra Van-Dúnem”, e é pelo ministro de Estado e Chefe da Casa Militar do Presidente da República, Francisco Pereira Furtado, em representação do Chefe de Estado, João Lourenço.

O Presidente da República, João Lourenço, inaugurou hoje as novas instalações do Hospital Militar Principal – Instituto Superior, localizado no Distrito Urbano da Maianga.

A infraestrutura conta com uma capacidade para 160 camas, cinco blocos operatórios, salas de cuidados intensivos, centros de imagiologia, entre outras valências.

O ministro da Defesa Nacional, Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria, João Ernesto dos Santos “Liberdade”, adianta que as novas instalações do Hospital Militar Principal – Instituto Superior, vão melhorar as condições de assistência médica e medicamentosa aos efectivos.

JOÃO ERNESTO DOS SANTOS – 01′ 07” 12H 04 04 2024

João Ernesto dos Santos “Liberdade”, ministro da Defesa Nacional, Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria, durante o acto inaugural das novas instalações do Hospital Militar Principal – Instituto Superior.

PONTO

Não há acordo entre governo e centrais sindicais sobre o caderno reivindicativo.

Na reunião de quarta-feira, o governo não apresentou qualquer novidade, limitando-se as propostas anteriormente avançadas, tal como adianta o porta-voz das centrais sindicais, Teixeira Cândido.

TEIXEIRA CÂNDIDO – FALTA DE CONSENSO – 02′ 13” 12H 04 04 2024

Teixeira Cândido, porta-voz das centrais sindicais. Governo e sindicatos continuam sem acordo quanto às exigências apresentadas em caderno reivindicativo.

A Bastonária da Ordem dos Economistas de Angola, Maria de Lourdes Bravo, defende uma séria aposta na agricultura como a melhor saída para a crise económica e social, que afecta milhares de pessoas no país.

MARIA DE LOURDES BRAVO 12H

Maria de Lourdes Bravo, Bastonária da Ordem dos Economistas de Angola, defendendo maior aposta na agricultura como a melhor saída para a crise económica e social, que afecta milhares de pessoas no país.

PONTO ECONOMIA

O preço do barril de petróleo aumentou 10 dólares, nos primeiros três meses do ano, passando de 75 para 85 dólares,  o que na prática resulta num aumento de 13,3%.

O analista MFM para os assuntos económicos, Carlos Rosado de Carvalho, pensa que esta subida do preço do petróleo pode ser vantajosa para Angola,

CARLOS ROSADO DE CARVALHO 12H

Carlos Rosado de Carvalho, analista MFM para as questões económicas…

PONTO DESPORTO

Os atletas da selecção nacional de canoagem continuam sem receber os prémios da participação do campeonato africano realizado na Nigéria em Novembro do ano passado, onde conseguiram o apuramento para os jogos Olímpicos de Paris 2024. 

Manuel António um dos canoistas que representou o país da melhor forma no africano, disse que os atletas estão preocupados com o silêncio do ministério da Juventude e Desportos, passados cinco meses.

RD-MANUEL ANTÓNIO-PARTE 1.

Manuel António pede intervenção do novo Ministro da juventude e desportos, na resolução deste problema que está afectar a vida social dos campeões africanos. 

RD-MANUEL ANTÓNIO-PARTE 2

Os atletas dos desportos náuticos são pagos pelas conquistas de medalhadas num campeonato internacional.

PONTO INTERNACIONAL

Data de Emissão: 04-04-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 03 de Abril de 2024

Tópicos:

Dois reclusos morrem nas celas do comando da polícia do Cazenga. Há ainda relatos de desmaios por alegada superlotação;

Governo e centrais sindicais voltam às negociações, para evitar segunda fase da greve geral;

Presidente da república aprova acordo de financiamento no valor de 500 milhões de dólares para reforço da tesouraria;

Chuvas destroem campos cultivados nas províncias de Luanda, Cuanza Norte e Bengo. Agricultores lançam grito de socorro às autoridades;

Depois de tomar posse como novo presidente do Senegal, Bassirou Faye nomeou opositor Ousmane Sonko como primeiro-ministro.

 

Jornal ao meio dia de quarta-feira, 3 de Abril de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson Machado e Edmundo Simões, edição e apresentação de Zacarias Congo.

Data de Emissão: 03-04-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 02 de Abril de 2024

Tópicos:

Sindicato denuncia aumento de mortes de seguranças em escolas de Luanda. Assaltos e doenças profissionais entre as causas;

Armadores reclamam atrasos registados no abastecimento dos cartões de subvenção ao combustível;

Presidente da república defende diagnóstico no sector turismo para melhorar atracão de estrangeiros ao país;

Melhoria da comunicação por via satélite e conectividade, ao nível regional e internacional, domina encontro entre agências espaciais mundiais em Luanda;

Fortes manifestações agitam Israel pelo segundo dia consecutivo.

 

Jornal ao meio dia de 02 de Abril de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson Machado e Edmundo Simões.

Data de Emissão: 02-04-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 01 de Abril de 2024

Tópicos:

Proposta de lei sobre a institucionalização das autarquias a caminho da assembleia nacional;

Antigo deputado do PRS considera suspensão do quinto congresso ordinário do partido como vitória da democracia;

Cinco mortos e 14 feridos, em consequência de 15 acidentes de viação nas últimas 72h em Luanda;

Milhares de famílias no Bengo continuam a ser obrigadas a abandonar as residências devido às inundações provocadas pelas fortes chuvas;

Novo presidente do Senegal toma posse amanhã, após ser confirmado pelo concelho constitucional, com mais de 54% dos votos.

 

Jornal ao meio dia de segunda-feira, dia 01 de Abril de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson Machado e Edmundo Simões, edição e apresentação de Zacarias Congo.

 

Data de Emissão: 01-04-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 28 de Março de 2024

Tópicos:

BNA volta a lançar medidas para conter branqueamento de capitais;

Antigo governador da Lunda Sul condenado a cinco anos de prisão por desvio de milhões de kwanzas;

Lei orgânica sobre eleições autárquicas a caminho do parlamento. Porta-voz da UNITA diz ser resultado de pressão política;  

Israel boicota viagem de delegação aos EUA em retaliação a casa branca.

 

Jornal ao meio-dia. São 28 de Março de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson Machado e Edmundo Simões.

 

Data de Emissão: 28-03-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 27 de Março de 2024

Tópicos:

Centrais sindicais denunciam que trabalhadores que aderiram à greve geral estão a ser alvos de descontos salariais;

Governo investe 14 mil milhões de kwanzas na infra-estruturação de terrenos para a autoconstrução dirigida;

Presidente da república anuncia construção da casa do artista e do palácio da música e teatro nos próximos tempos;

Consulado do Brasil em Angola interdita por cinco anos todos os requerentes de visto, cujo pedido foi recusado, por suspeita de falsificação de documentos;

Congresso nacional africano perde acção em tribunal para ilegalizar partido do ex-presidente Jacob Zuma.

 

Jornal ao meio-dia de quarta-feira, 27 de Março de 2024, Dia Mundial do Teatro. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson Machado e Edmundo Simões, edição e apresentação de Zacarias Congo.

Data de Emissão: 27-03-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 26 de Março de 2024

Tópicos:

Três edifícios serão demolidos nos próximos dias em Luanda, devido ao risco de desabamento;

Nova lei geral do trabalho já em vigor. MAPTESS esclarece que documento veio corrigir insuficiências apresentadas pelo antigo diploma;

Ministério da educação capacita professores que vão escrever conteúdos para livros em sete línguas nacionais;

Presidente do Sudão do Sul em Luanda para analisar o processo de paz no leste da RDC; 

Eleições no Senegal, candidato da oposição prestes a tornar-se no presidente mais jovem da história do país.

 

Jornal ao meio dia de terça-feira, 26 de Março de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson Machado e Edmundo Simões, edição e apresentação de Zacarias Congo.

Data de Emissão: 26-03-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 25 de Março de 2024

Tópicos:

Acidentes de viação provocam 8 mortos e 16 feridos nas últimas 72 horas em Luanda;

Funcionários públicos de volta ao trabalho, depois de terminada a primeira fase da greve geral;

Nova lei geral do trabalho começa a vigorar a partir de amanhã;

Governo anuncia encerramento de cursos de saúde em várias universidades, depois de avaliação curricular;

Presumíveis autores do ataque que provocou quase 200 mortos na Rússia estão em prisão preventiva.

 

Jornal ao meio-dia de segunda-feira, 25 de Março de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson Machado e Edmundo Simões, edição de Zacarias Congo, apresentação de Manuel Vieira.

Data de Emissão: 25-03-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 22 de Março de 2024

Tópicos:

Termina hoje a primeira fase da greve geral iniciada na passada quarta-feira. Centrais sindicais reafirmam abertura ao diálogo com o governo;

Já foram soltos os três sindicalistas detidos no Huambo durante o primeiro dia da paralisação dos serviços;

Ministério da educação vai remarcar provas perdidas em consequência da greve geral;

Mais de mil pessoas morreram nas estradas do país em 2023, segundo o comandante geral da polícia nacional;

Presidente da república a caminho de Lusaca, capital da Zâmbia, para participar na cimeira da dupla Troika da SADC;

Chefe de estado da Nigéria suspende viagens ao exterior de membros do governo com financiamento público.

 

Jornal ao meio-dia de sexta-feira, 22 de Março de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Paulo Miranda, Edson Machado e Edmundo Simões, edição e apresentação de Zacarias Congo.

Data de Emissão: 22-03-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 21 de Março de 2024

Tópicos:

Governo corta bolsas de estudos para o exterior por alegadas razões financeiras; 

Segundo dia da greve geral marcado por denúncias de detenções e coação de trabalhadores no interior do país;

Unita apela governo a rever política salarial em Angola, quando AJPD solidariza-se com a greve geral;

Francisco Viana explica as razões da sua saída do grupo parlamentar da Unita;

Vice-presidente da África do Sul investigada por suspeita de corrupção.

 

Jornal ao meio-dia de quinta-feira, 21 de Março. Coordenação e Alves Fernandes. Técnica de Edson Machado e Edmundo Simões.

Data de Emissão: 21-03-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 20 de Março de 2024

Tópicos:

Sector da educação regista adesão a 100% no primeiro dia da primeira greve geral na história de Angola;

Centrais sindicais garantem serviços mínimos nos hospitais, durante a primeira fase da paralisação;

Situação económica e social dos taxistas nos últimos dez anos será analisada em conferência de imprensa em Luanda;

Cidadão de 30 anos detido na Huíla, quando se fazia passar por director do gabinete do presidente da república;

Secretário de estado norte-americano regressa esta semana ao médio Oriente, em busca de soluções para cessar-fogo entre Israel e o Hamas.

 

Jornal ao meio dia de quarta-feira, 20 de Março de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Paulo Miranda, Edson Machado e Edmundo Simões, edição e apresentação de Zacarias Congo.

Data de Emissão: 20-03-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 19 de Março de 2024

Tópicos:

PRIMEIRA GREVE GERAL EM ANGOLA A PARTIR DE AMANHÃ. SINDICATOS DIZEM-SE FIRMES PARA A PARALIZAÇÃO;  

INFLAÇÃO EM ANGOLA PODE ATINGIR OS  24 POR CENTO ATÉ ANTES DO FIM DO ANO;  

ESPECIALISTAS DISCUTEM ALTERAÇÕES CLIMATICAS EM ANGOLA. A INICIATIVA É A DA ACADEMIA DO CONHECIMENTO;     

PUTIN OBTEVE O MAIOR NUMERO DE VOTOS EM ELEIÇÕES NA RUSSIA, DIZ COMISSÃO DE ELEIÇÕES;   

JINGLE MIX

Jornal ao meio dia de 19 de Março de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edmundo Simões e Paulo Miranda.  

JINGLE MV  

É já amanhã que inicia  a primeira greve geral em Angola, declarada pelas centrais sindicais, que exigem o aumento do salário mínimo nacional e a redução do Imposto sobre o Rendimento de Trabalho.

A paralisação deve obedecer três fases, com um primeiro período de três dias entre 20 e 22 de Março, um segundo entre 22 e 30 de abril e um terceiro período de 03 a 14 de junho de 2024.

Teixeira Cândido é o porta-voz das centrais sindicais.

TEIXEIRA CÂNDIDO 01 – GREVE (01.15”)

O também secretário geral do sindicato dos jornalistas ainda denuncia casos de coação de trabalhadores, como são os casos de uma unidade hospital em Luanda e relatos que chegam do  interior;  

TEIXEIRA CÂNDIDO COAÇÃO 2 ( 0.54”) 

 

E o MPLA manifesta-se confiante num acordo entre o governo e os sindicatos para evitar a greve geral convocada para amanhã.

O porta-voz do partido no poder em Angola, Esteves Hilário, adiantou em conferência de imprensa que o executivo deve prosseguir as negociações com as centrais sindicais, realçando que 80% das propostas do caderno reivindicativo foram já atendidas. 

ESTEVES HILÁRIO 9H

Esteves Hilário, porta-voz do MPLA, o partido acredita que o governo e as centrais sindicais ainda podem chegar a um acordo para evitar a greve geral, com início prevista  para amanhã.

A este respeito, o Secretário Nacional para os Assuntos Jurídicos e Laborais da Federação dos Sindicatos dos Trabalhadores e Educação, Cultura, Desporto e Comunicação Social, Zacarias Jeremias, diz que os seus filiados estão solidários com esta paralisação; 

ZACARIAS JEREMIAS 07H  

Zacarias Jeremias, Secretário Nacional para os Assuntos Jurídicos e Laborais da Federação dos Sindicatos dos Trabalhadores e Educação, Cultura, Desporto e Comunicação Social.

O presidente do MEA – Movimento de estudantes angolanos, Francisco Teixeira, manifestou solidariedade aos professores e outros profissionais que iniciam esta paralisação amanha. Francisco Teixeira, ainda assim apela a dialogo entre o governo e centrais sindicais;

 FRANCISCO TEIXEIRA 12H 1 

Francisco Teixeira apela as partes a conciliação para o bem da sociedade;

FRANCISCO TEIXEIRA 12H 2  

O analista MFM Joaquim Jaime destaca que ao se chegar até a este momento, houve tentativas de aproximação entre as partes;

JOAQUIM JAIME 1 

O também jurista apela ao governo e sindicatos para voltarem a mesa de negociações com realce para o tema salários. Por outro lado, Joaquim Jaime fala da necessidade de se manter os serviços mínimos  como saúde e transportes;

JOAQUIM JAIME 2 

Recordo que a  Força Sindical, União Nacional dos Trabalhadores de Angola – Confederação Sindical (UNTA-CS) e a Central Geral de Sindicatos Independentes e Livres de Angola (CGSILA) são as três centrais sindicais que convocaram greve geral.

A greve deve decorrer em três fases, com um primeiro período de três dias entre 20 e 22 de março, um segundo entre 22 e 30 de abril e um terceiro período de 03 a 14 de junho de 2024.

As centrais sindicais começaram por exigir o aumento do salário mínimo dos atuais 32.000 kwanzas, para 245.000 kwanzas, proposta “flexibilizada”, entretanto, para 100.000 kwanzas.

PONTO ECONOMIA

A consultora Oxford Economics subiu a previsão da inflação em Angola para 24% até junho, antecipando depois um abrandamento dos preços para 20% no final do ano.

Num comentário sobre a inflação em Angola,  os analistas escrevem que esta subida terá sido um dos principais motivos para o banco central angolano não ter descido a taxa de juro de referência, na reunião de sexta-feira passada, e ter optado por aumentar a taxa de 18 para 19%. 

Sobre a inflação comentou Carlos Rosado de Carvalho;

CARLOS 12H INFLAÇAO  12H (02.10”) 

PONTO

 “Sustentabilidade Ambiental e Alterações Climáticas” é o tema de uma mesa redonda que terá lugar amanhã na Mediateca de Luanda, a partir das 15h, num evento promovido pela OFICINA DO CONHECIMENTO.

A actividade vai juntar especialistas ambientais, académicos e outras sensibilidades da sociedade civil, tal como fez saber Osvaldo Mboco, da organização;

OSVALDO MBOCO – OFICINA – 01′ 32” 12H 190324

Osvaldo Mboco, porta-voz da OFICINA DO CONHECIMENTO, e a realização amanhã de uma mesa redonda sobre “Sustentabilidade Ambiental e Alterações Climáticas”, na Mediateca de Luanda.

A Caixa de Previdência da Justiça realiza na próxima segunda-feira, no Memorial Dr. Agostinho Neto, a sua assembleia-geral extraordinária, tendo como ponto único a preparação das eleições gerais.

A assembleia vai ditar a criação de uma Comissão de Gestão que terá a responsabilidade de organizar o pleito, num horizonte de 90 dias, de acordo com Osvaldo Majimela da Caixa de Previdência da Justiça.

OSVALDO MAJIMELA 01 – CAIXA – 01′ 22” 12H 19 03 2024

Osvaldo Majimele fala igualmente sobre as principais actividades desenvolvidas pela Caixa de Previdência da Justiça.

OSVALDO MAJIMELA 02 – CAIXA – 01′ 01” 12H 19 03 2024

Osvaldo Majimela da Caixa de Previdência da Justiça, e a realização na próxima segunda-feir da sua assembleia-geral extraordinária, tendo como ponto único a preparação das eleições gerais.

As comissões especializadas da Assembleia Nacional (AN) aprovaram esta segunda-feira, em Luanda, o relatório parecer conjunto para a adesão de Angola ao Manifesto Smart Africa Alliance, que visa transformar o continente africano num mercado digital único.

O manifesto, que estabelece vantagens na implementação de programas de desenvolvimento das tecnologias de informação e comunicação na mobilização de recursos financeiros junto de parceiros e do sector privado, vai à votação na próxima reunião Plenária da AN, agendada para os dias 21 e 22 deste mês.

O Acto Central em celebração do 22º aniversário do “Dia da Paz e da Reconciliação Nacional” terá lugar este ano na província do Huambo.

O Acto Central das celebrações do 4 de Abril de 2024 será presidido pelo Ministro de Estado e Chefe da Casa Militar do Presidente da República.

O documento refere que “as actividades devem decorrer em todo o Território Nacional, bem como nas Missões Diplomáticas e Consulares de Angola”.

“O Dia da Paz e  da Reconciliação Nacional é consagrado ao Memorando de Entendimento assinado, em 2002, entre as forças beligerantes de então. 

 O feito possibilitou, ao mesmo tempo,  gizar estratégias de políticas públicas que permitiram, inicialmente, a realização de um programa de reabilitação de infraestruturas destruídas em décadas, decorrentes do longo conflito armado, cujas premissas colocam hoje o País na incontornável rota do desenvolvimento socioeconómico”, diz o documento do Ministério da Administração do Território.

PONTO

Duas mil escolas privadas, dos vários níveis de ensino, funcionam actualmente sem o devido licenciamento, informou segunda-feira a directora do Gabinete Provincial da Educação,  Philomene José Carlos. 

Conforme a directora, que reuniu com gestores e promotores do ensino privado de Cacuaco, na capital angolana foram detectadas mais de duas mil instituições sem licenciamento.

Disse que das escolas inspeccionadas, apenas 284 possuem  licença.

Segundo a responsável, Cacuaco, Viana, Talatona e Belas são os municípios com maior número de instituições privadas não licenciadas.

Philomene Carlos enfatizou não ser objectivo do Estado fechar estas instituições, mas licenciá-las para se promover uma educação de qualidade, o que será possível com o cumprimento dos instrumentos jurídicos a nível da educação.

A Polícia no Bengo deteve um indivíduo de 23 anos, por ter morto à facada um cidadão de 27 anos, em Caxito.

Segundo o porta-voz do Ministério do Interior naquela província, Superintendente Gaspar Luís Inácio, tudo aconteceu devido a uma richa resultante do furto de vestuário da vítima, por parte do implicado.   

GASPAR LUÍS INÁCIO – HOMICÍDIO – 01′ 23” 12H 190324 

Superintendente Gaspar Luís Inácio, e a detenção de um indivíduo de 23 anos, por ter morto à facada um cidadão de 27 anos, em Caxito, devido a uma richa resultante do furto de vestuário da vítima, por parte do implicado.   

PONTO

O Chefe de Estado, João Lourenço, manteve, segunda-feira, um encontro de trabalho com o Presidente dos Emirados Árabes Unidos, Sheikh Mohamed, na capital Abu Dhabi, que escalou na viagem de regresso ao país depois da visita de Estado à China.

  

Os dois líderes conversaram no Palácio Presidencial Al Bateen sobre um vasto leque de temas, que incluem economia, comércio, investimento, desenvolvimento e energias renováveis.

INTERNACIONAL 

A junta militar no poder no Níger anunciou o fim “imediato” do acordo firmado em 2012 com os Estados Unidos autorizando a presença de militares e civis do departamento de Estado americano no território do Níger.

Em declarações transmitidas em directo, Niamey disse que a presença americana no país é “ilegal” e que ela “viola todas as regras constitucionais e democráticas”. 

De acordo com a junta militar, este acordo que considera “injusto” tinha sido “imposto unilateralmente” por Washington através de “uma simples nota verbal”.

Depois de a França ter sido obrigada a retirar as duas forças do Níger no ano passado, é por conseguinte a vez de os Estados Unidos se afastarem, a sua estratégia de manter o diálogo com Niamey depois do golpe do ano passado não tendo surtido efeito.

Vladimir Putin obteve o seu quinto mandato com mais de 87% dos votos, um número recorde, nas eleições presidenciais, indicou hoje a Comissão Eleitoral Central da Rússia.

A Comissão Eleitoral Central da Rússia informou que, com quase 100% de todos os distritos eleitorais contados, Putin obteve 87,29% dos votos.

A chefe da Comissão Eleitoral Central, Ella Pamfilova, disse que quase 76 milhões de eleitores votaram em Putin, o maior número de votos de todos os tempos.

As eleições presidenciais começaram na sexta-feira e terminaram no domingo.

Com estes resultados, Putin obtém a sua maior vitória eleitoral desde que chegou ao poder em 2000, apesar da guerra na Ucrânia e das sanções económicas do Ocidente.

A eleição deverá mantê-lo no poder até 2030, ano em que completará 77 anos, com a possibilidade de um mandato adicional até 2036, devido a uma alteração constitucional feita em 2020.

Data de Emissão: 19-03-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 15 de Março de 2024

Tópicos:

O presidente afirma que foram desbloqueados os constrangimentos apresentados por Angola relativamente aos compromissos com bancos e instituições credoras chinesas;

Angola cai duas posições e ocupa agora o lugar 150 no Ranking do índice do desenvolvimento humano, produzido pelo programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento;

Os serviços de Protecção Civil e bombeiros em Luanda registam, nas últimas horas, um total de oito ocorrências, entre elas um incêndio no interior do mercado Asa Branca no município do Cazenga;

Vice-presidente, Esperança da Costa orienta esta quinta-feira em Luanda membros da comissão multissectorial para implementação do projecto de empoderamento da rapariga e a aprendizagem para todos.

 

Jornal ao meio-dia de Quinta-feira, 15 de Março de 2024, Dia Mundial do Rim. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edmundo Simões e Edson Machado, edição e apresentação de Manuel Vieira.

Data de Emissão: 15-03-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 18 de Março de 2024

Tópicos:

MPLA acredita que governo e centrais sindicais podem chegar a acordo para travar greve geral com início previsto para esta quarta-feira;

Deputado Francisco Viana confirma pretensão de abandonar grupo parlamentar da UNITA;

Associações de taxistas e moto taxistas reunidas em Luanda, para analisar retirada da subvenção à gasolina;

Presidente da república autoriza despesa de mais de 20 mil milhões de kwanzas para a compra de medicamentos e outros meios, para o tratamento do HIV-SIDA em Angola;

Vladimir Putin a caminho do quinto mandato, após vencer eleições presidenciais com quase 90% dos votos.

 

Jornal ao meio-dia de 18 de Março 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Paulo Miranda e Edmundo Simões, edição e apresentação de Zacarias Congo.

Data de Emissão: 15-03-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 14 de Março de 2024

Tópicos:

Governo poderá decretar um novo aumento do preço dos combustíveis nos próximos dias. A informação ainda não é oficial, mas já foi adiantada por duas revistas publicadas em Luanda, que citam fontes do ministério das finanças;

Não há acordo entre governo e sindicatos sobre o salário mínimo nacional. A greve geral será uma realidade a partir do dia 20 deste mês;

Detidos indivíduos por roubo de dois milhões de kwanzas e quinze mil dólares norte-americanos, numa residência de médicos vietnamitas, em Caxito;

Hoje é dia mundial do rim. Maus hábitos alimentares, alcoolismo, tabagismo e sedentarismo, entre as principais causas de insuficiência renal;

Vladimir Putin volta a advertir os países no nato com perigo de uma guerra nuclear.

 

Jornal ao meio-dia de Quinta-feira, 14 de Março de 2024, Dia Mundial do Rim. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edmundo Simões e Edson Machado, edição e apresentação de Zacarias Congo.

Data de Emissão: 14-03-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 13 Março de 2024

Tópicos:

Ministério e centrais sindicais frente-a-frente, em causa está a convocada greve geral em Angola;

Custo de vida aumentou em Março, em Luanda, maior máximo de quase 8 anos, revela estudo do instituto nacional de estatística;

No dia da sua fundação, vice-presidente da UNITA reafirma aposta na melhoria da vida social dos angolanos como um dos objectivos do partido;

Ministério da Saúde reafirma inexistência de surto de cólera no país;

Cidadãos questionam qualidade do combustível em abastecimento em Luanda.

 

Jornal ao meio-dia de Quarta-feira, 13 de Março de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edmundo Simões e Edson Machado.

Data de Emissão: 13-03-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 12 Março de 2024

Tópicos:

Mais de duzentas cirurgias de catarata serão realizadas no Namibe, no âmbito da semana mundial do glaucoma;

Começa a vigorar hoje o decreto que proíbe a produção, importação e comercialização de bebidas espirituosas em saquetas de plástico;

Sindicato das indústrias de bebidas e similares de Angola alerta para o risco de mais de quatro mil pessoas perderem o emprego, em consequência da medida;

Presidente da república a caminho da China para visita de três dias ao gigante asiático;

Economia angolana deve crescer 2,6% este ano, segundo o fundo monetário internacional;

19 candidatos disputam eleições presidenciais no Senegal, marcadas para o dia 24 deste mês.

 

Jornal ao meio-dia de Segunda-feira, 12 de Março de 2024, Dia Mundial do Glaucoma. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson Machado e Edmundo Simões, edição de Zacarias Congo.

Data de Emissão: 12-03-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 11 Março de 2024

Tópicos:

Acidentes e afogamentos fazem 22 mortes em todo o país;

Aumentam casos de conjuntivite em Angola. Só em Fevereiro foram registados mais de 800 casos;

Greve geral em Angola a partir do dia 20 de Março. A decisão é de sindicatos e trabalhadores;

Policia detém cidadão por ameaça a outro com granada. Aconteceu em Luanda;

Israel volta a bombardear faixa de Gaza.

 

Jornal ao meio-dia de Segunda-feira, 11 de Março de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson Machado e Edmundo Simões.

Data de Emissão: 11-03-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 08 Março de 2024

Tópicos:

Centrais sindicais anunciam deliberação sobre greve geral já neste Sábado;

Magistrados do ministério público suspendem paralisação iniciada há uma semana;

Governo deixa de subsidiar gasolina a taxistas a partir do dia 30 de Abril;

Modernização dos órgãos de comunicação social em discussão, a partir de hoje, na província do Huambo;

No dia internacional da mulher, organização das nações unidas reitera apoio total para igualdade do género.

 

Jornal ao meio-dia de Sexta-feira, 8 de Março de 2024, Dia Internacional da Mulher. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson Machado e Edmundo Simões, edição e apresentação de Zacarias Congo.

 

Data de Emissão: 08-03-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 07 Março de 2024

Tópicos:

Mais de 50% dos medicamentos comercializados no país são falsificados, denuncia ordem dos farmacêuticos angolanos;

País precisa de mais três centros regionais para reabilitação de toxicodependentes, adianta associação nacional de luta contra as drogas.

Apesar do governo ter garantido para dentro de 45 dias a discussão sobre o salário mínimo nacional, centrais sindicais anunciam deliberação sobre a greve geral já neste Sábado;

Presidente da estónia chega esta tarde a Luanda para o reforçar da cooperação com Angola.

 

Jornal ao meio-dia de Quinta-feira, 7 de Março de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson Machado e Edmundo Simões, edição e apresentação de Zacarias Congo.

 

Data de Emissão: 07-03-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 06 Março de 2024

Tópicos:

Governo e sindicatos reunidos em Luanda, em sede do conselho nacional de concertação social;

Magistrados do ministério público anunciam que paralisação, iniciada Sexta-feira última, poderá estender-se por mais alguns dias, caso não haja resposta das autoridades;

Pensionistas do ministério do interior têm até o dia 29 deste mês para fazerem a prova de vida, sob pena de perderem as pensões;

Incêndio mata quatro crianças da mesma família, na província do Bengo.

 

Jornal ao meio-dia de Quarta-feira, 06 de Março de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson Machado e Edmundo Simões, edição e apresentação de Zacarias Congo.

Data de Emissão: 06-03-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 05 Março de 2024

Tópicos:

Bispos da CEAST apelam à intervenção das autoridades para acabar com trabalho escravo a que estão submetidos milhares de angolanos;

Candidatos à presidência do PRS, impedidos de concorrer, por supostas manobras da actual direcção, recorrem ao tribunal constitucional;

Três cidadãos vietnamitas detidos em Luanda, por retenção de moeda e falsificação de documentos;

Funcionária do instituto superior politécnico independente da Huíla detida, depois de ter estado foragida por cerca de dez meses, por desviar mais de 80 milhões de kwanzas dos cofres da instituição;

Ataques israelitas na faixa de Gaza já mataram mais de 30 mil pessoas, na sua maioria mulheres e crianças.

 

Jornal ao meio-dia de Terça-feira, 05 de Março de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson Machado, Lourenço Kalunga e Edmundo Simões, edição e apresentação de Zacarias Congo.

Data de Emissão: 05-03-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 04 Março de 2024

Tópicos:

Magistrados do ministério público observam hoje o segundo dia de paralisação dos serviços;

Conselho de ministros da SADC analisa esta semana em Luanda os caminhos para a industrialização sustentável da região;

Dois indivíduos detidos no município do Cazenga, por roubarem dez milhões de kwanzas a um cidadão chinês;

Movimento islamista Hamas afirma que trégua na faixa de Gaza só será possível se Israel aceitar as suas exigências.

 

Jornal ao meio-dia de Segunda-feira, 4 de Março de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson Machado e Edmundo Simões, edição e apresentação de Zacarias Congo.

Data de Emissão: 04-03-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 01 Março de 2024

Tópicos:

Presidente da república garante que governo continua apostado na melhoria das condições nos tribunais;

Estatuto remuneratório do sector da justiça será reajustado em breve, anuncia presidente do conselho superior da magistratura judicial;

Magistrados do ministério público iniciam paralisação de serviços que vai decorrer durante oito dias;

Três indivíduos detidos em flagrante por venda ilegal de medicamentos, no mercado do Kicolo, em Cacuaco;

Chove intensamente em várias regiões do país, dados do serviço de protecção civil e bombeiros apontam para quatro mortos, em consequência de afogamentos.

 

Jornal ao meio dia de sexta-feira, dia 1 de Março de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson Machado e Edmundo Simões, edição e apresentação de Zacarias Congo.

Data de Emissão: 01-03-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 29 Fevereiro de 2024

Tópicos:

Magistrados do ministério publico paralisam serviços amanha, quando governo reafirma que condições de trabalho no sector de justiça vão melhorar;

Fábrica de plástico desactivada em Luanda por alegado trabalho escravo. Proprietário chinês na cadeia e trabalhadores angolanos libertados;

Instituto nacional de sangue assegura que não há risco dos hospitais de Luanda ficarem sem sangue;

Organização internacional denuncia queda mundial das liberdades civis e direitos políticos.

 

Jornal ao meio-dia com coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edmundo Simões.

Data de Emissão: 29-02-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 28 Fevereiro de 2024

Tópicos:

Presidente da república prepara visita oficial à China. Analistas acreditam que a viagem tenha por objectivo a renegociação da dívida que ultrapassa os 18 mil milhões de dólares;

Magistrados do ministério público anunciam paralisação dos serviços a partir de Sexta-feira, dia da abertura do novo ano judicial;

Proposta da nova divisão político-administrativa do país em discussão no parlamento;

Polícia nacional celebra hoje 48 anos de existência, com foco na modernização e formação dos efectivos.

Bispos católicos reunidos em Malanje na primeira plenária da conferência episcopal de Angola e São Tomé.

 

Jornal ao meio-dia de Quarta-feira, 28 de Fevereiro de 2024, Dia da Polícia Nacional. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson Machado e Edmundo Simões, edição e apresentação de Zacarias Congo.

Data de Emissão: 28-02-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 27 Fevereiro de 2024

Tópicos:

Magistrados do Ministério Público podem entrar em greve;

Ano judicial aberto nesta Sexta-feira. Analista questiona gastos da cerimónia, quando operadores do sector clamam por ajuda;

Cidadãos angolanos matam e roubam 70 mil dólares a chinês em Luanda;

Estudo aponta que apenas um em cada três angolanos tem acesso à internet;

Presidente de Senegal propõe amnistia geral a oponentes;

Velejadores angolanos da classe 470 estreiam-se hoje no campeonato do mundo em Espanha.

 

Jornal ao meio-dia com coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson Machado e Edmundo Simões.

Data de Emissão: 27-02-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 26 Fevereiro de 2024

MANCHETES

– 32 MORTOS, 6 DOS QUAIS EM CONSEQUÊNCIA DAS ÚLTIMAS CHUVAS, REGISTADOS NO ÚLTIMO FIM DE SEMANA PELOS BOMBEIROS EM ANGOLA;

– RESPONSÁVEL DA ASSOCIAÇÃO JUCARENTE NO KILAMBA KIAXI DETIDO POR SUPOSTO DESVIO DE PRODUTOS DA CESTA BÁSICA DESTINADOS A POPULAÇÕES CARENCIADAS;

 

– FUNCIONÁRIO DO HOSPITAL MUNICIPAL DO ICOLO E BENGO ACUSADO DO FURTO DE MEDICAMENTOS;

 

– CEDEAO ANUNCIA LEVANTAMENDO DAS SANÇÕES CONTRA A GUINÉ E O MALI.

 

JINGLE

Jornal ao meio dia de segunda-feira, 26 de Fevereiro de 2024. Coordenação de Alves Fernandes. Garantia técnica de Edson Machado e Edmundo Simões, edição e apresentação de Zacarias Congo. 

JINGLE

32 mortos, entre os quais 6 em consequência das últimas chuvas que se abateram um pouco por todo o país, estão entre os registos do Serviço Nacional de Protecção Civil e Bombeiros, nas últimas 72h.

Os dados são apresentados pelo porta-voz dos bombeiros em Angola, Superintendente Bombeiro Félix Domingos.

FÉLIX DOMINGOS 12H

Superintendente Bombeiro Félix Domingos, Serviço Nacional de Protecção Civil e Bombeiros, e o registo de 32 mortes no último fim de semana, 6 das quais, em consequência das últimas chuvas, em Benguela.

 

De mortes não é tudo…

7 pessoas morreram e 25 outras ficaram feridas, em consequência de 17 acidentes de viação, registados nas últimas 72h, em Luanda. Os dados foram apresentados pelo porta-voz da Polícia Nacional na capital do país, Superintendente Nestor Goubel.

NESTOR GOUBEL 01 – ACIDENTES – 47” 12H 260224

Superintendente Nestor Goubel, porta-voz da Polícia Nacioal em Luanda, confirmando a morte de 7 pessoas, em consequência de 17 acidentes de viação, registados nas últimas 72h, em Luanda.

Está detido o responsável da associação filantrópica JUCARENTE no Kilamba Kiaxi, por suposto desvio de produtos da cesta básica destinados às populações carenciadas do referido município.

A detenção ocorreu em flagrante, depois de denúncias dos populares, tal como esclarece o porta-voz da DIIP, Direção de Investigação de Ilícitos Penais, Intendente Quintino Ferreira.

QUINTINO FERREIRA 01 – JUCARENTE – 01′ 27” 12H 260224

A polícia confirma igualmente a detenção de um funcionário do Hospital Municipal de Icolo e Bengo, acusado do furto de fármacos.

QUINTINO FERREIRA 02 – FÁRMACOS – 01′ 16” 12H 260224

Intendente Quinto Ferreira, porta-voz da DIIP, Direção de Investigação de Ilícitos Penais, e a detenção de um funcionário do Hospital Municipal de Icolo e Bengo, acusado do furto de fármacos.

A criminalidade soma e segue…

Mais uma morte em consequência de richas foi registada em Luanda. Desta vez, no município do Cazenga, e teve como vítima um jovem de 18 anos.

Os implicados já foram detidos, segundo o porta-voz do Serviço de Investigação Criminal em Luanda, Superintendente-chefe Fernando de Carvalho.

FERNANDO DE CARVALHO 12H

Superintendente-chefe Fernando de Carvalho, porta-voz do SIC, Serviço de Investigação Criminal. Richas entre gangues voltam a causar mortes em Luanda.

PONTO

Os mototaxistas em Luanda voltam a reclamar da falta de abastecimento dos cartões de subvenção ao combustível, particularmente os do BFA, Banco de Fomento Angolano.

O presidente da UMA ANGOLA, União dos Mototaxistas Angolanos, diz que a situação está a criar vários constrangimentos aos mototaxistas.

AUGUSTO MATEUS – UMA ANGOLA – 01′ 48” 12H 260224

Augusto Mateus, presidente da UMA ANGOLA, União dos Mototaxistas Angolanos, e os constrangimentos causados pela da falta de abastecimento dos cartões de subvenção ao combustível.

Já foi restabelecido o fornecimento de energia eléctrica em vários bairros de Luanda, depois de cortes constantes observados desde a última quinta-feira.

O diretor do Gabinete de Comunicação, Marketing e Relações Públicas da ENDE, Lauro Fortunato, fala sobre as zonas afectadas e esclarece as razões que estiveram na base do corte.

LAURO FORTUNATO – ENERGIA – 01′ 42” 12H 260224

Lauro Fortunato, porta-voz da ENDE, confirmando a reposição de energia eléctrica em vários bairros de Luanda, depois de cortes constantes ocorridos na última semana.

PONTO ECONOMIA

A subida do preço do pão em Angola continua na ordem do dia, depois do Presidente da Associação das Indústrias de Panificação e Pastelaria de Angola ter dito que a situação é motivada pelo controlo da importação, transformação e distribuição da farinha de trigo, por parte de cidadãos estrangeiros, originários de Médio Oriente, supostamente protegidos por altas figuras do Estado.

A denúncia de Gilberto Simão foi feita em exclusivo à MFM.

GILBERTO SIMÃO – PÃO – 02′ 32” 12H 260224

Gilberto Simão, Presidente da Associação das Indústrias de Panificação e Pastelaria de Angola, afirmando que a subida do preço do pão é motivada pelo controlo do circuito de importação, transformação e distribuição da farinha de trigo, por parte de um grupo constituído por cidadãos estrangeiros, originários de Médio Oriente.

A propósito, o analista MFM, Carlos Cabaça, disse que o cenário preocupante e apelou para a intervenção urgente de quem de direito.

CARLOS CABAÇA – PÃO – 01′ 43” 12H 260224

Já Alberto Quixinacho falou em inúmeras consequências para os consumidores do produto.

ALBERTO QUIXINACHO – PÃO – 02′ 09” 12H 260224

Albero Quixinacho, jurista e analista MFM, lamentando a subida do preço do pão no país, situação que continua a criar inúmeros constrangimentos aos cidadãos, sobretudo os de baixa renda.

O Decreto Executivo que estabelece a proibição a partir de Março de produção, importação e comercialização de bebidas espirituosos acondicionadas em saquetas de plástico esteve em análise durante a última edição do debate MFM “O ESTADO DA NAÇÃO”. O resumo na voz do jornalista Manuel Vieira.

PEÇA MV – DEBATE – 04′ 44” 12H 260224

Trabalho do jornalista Manuel Vieira, sobre a análise à volta do Decreto Executivo que estabelece a proibição a partir de Março de produção, importação e comercialização de bebidas espirituosos acondicionadas em saquetas de plástico.

Os bancos encerraram o exercício económico de 2023 com resultados em alta.

Os resultados foram em grande parte influenciados pelo lucro do BAI que disparou 99% para perto de 200 mil milhões Kz, segundo o Jornal EXPANSÃO. 

Na base do aumento dos lucros da banca comercial está a desvalorização do Kwanza em quase 39% no ano passado, o que fez crescer o valor dos activos em moeda estrangeira, como títulos de dívida.

No entender do analista MFM para os assuntos económicos, Carlos Rosado de Carvalho, os bancos angolanos, apesar de demostrarem alguma robustez, buscam a maximização do lucro;

CARLOS ROSADO – BANCOS – 02′ 13” 12H 260224

Carlos Rosado de Carvalho, analista MFM para as questões económicas. Bancos encerram o exercício económico de 2023 com resultados em alta.

PONTO

O PROJECTO DEBATE NA COMUNIDADE analisa esta semana em Luanda “As Causas e Consequências das Brigas Internas dos Partidos Políticos, tendo como pano de fundo as makas no PRS, Partido de Renovação Social, marcadas com acusações de suposta interferência de Benedito Daniel, Presidente Cessante e candidato à sua sucessão, no 5º Congresso Ordinário, que acontece em Abril próximo.

A actividade contará com o político e Coordenador da Comissão Instaladora do projecto ESPERANÇA, Mfuca Muzemba, do Lindo Bernardo Tito, do deputado pela bancada parlamentar da UNITA, Agostinho Kamuango, bem como do jurista e comentarista de assuntos políticos, Manuel Cangundo, tal como confirma o porta-voz da organização, Leonardo Ngola.

LEONARDO NGOLA – PARTIDOS – 57” 12H 260224

Leonardo Ngola, porta-voz do PROJECTO DEBATE NA COMUNIDADE, e a realização na próxima sexta-feira de uma mesa redonda que vai analisar “As Causas e Consequências das Brigas Internas dos Partidos Políticos.”

PONTO DESPORTO

A família do Motocross em Luanda voltou a eleger Osvaldo Gouveia como presidente da Associação Provincial de Motocross para o quadriénio 2024-2028.

O pleito eleitoral aconteceu no final de semana no circuito internacional Jorge Varela na Vila do GAMEK, onde Osvaldo Gouveia concorreu como candidato único, reeleito com 69 votos a favor e 1 abstenção.

Este é um dos temas que será desenvolvido daqui a pouco pelo Hilário Leonardo.

PONTO INTERNACIONAL

A CEDEAO, Comunidade dos Estados da África Ocidental declarou o levantamento de sanções financeiras contra a Guiné e de restrições ao Mali, após ter anunciado o levantamento de grande parte das sanções ao Níger.

De acordo com um comunicado, a CEDEAO declara “levantar as sanções financeiras e económicas direccionadas à República da Guiné” e “levantar as restrições ao recrutamento de cidadãos à República do Mali para postos no seio das suas instituições.

Estas medidas marcam um passo da CEDEAO em direcção à retoma do diálogo com os três regimes militares, que se distanciaram de França e se aproximaram da Rússia, tendo anunciado em Janeiro a sua intenção de abandonar a organização.

 

 

Data de Emissão: 26-02-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 23 Fevereiro de 2024

Tópicos:

CENTRAIS SINDICAIS EM ASSEMBLEIA NESTE SÁBADO, PARA REFORÇAR PRETENSÃO DE GREVE GERAL NA FUNÇÃO PÚBLICA A PARTIR DE MARÇO;

– ANGOLA PRETENDE ATINGIR ATÉ 2027 9 GIGA WATT’S DE PRODUÇÃO DE ENERGIA COM A CONCLUSÃO DA BARREGM DE CACULO CABAÇA;

– PRESIDENTE DA REPÚBLICA JÁ EM WINDHOEK ONDE PARTICIPA AMANHÃ DA CERIMÓNIA FUNEBRE DO CHEFE DE ESTADO DA NAMÍBIA;

– DETIDOS EM LUANDA SUPOSTOS ASSASSINOS DE UM SOLDADO DAS FORÇAS ARMADAS ANGOLANAS;

– PETRO DE LUANDA DEFRONTA HOJE O AL HILAL DO SUDÃO, NO REGRESSO DA LIGA DOS CLUBES CAMPEÕES AFRICANOS EM FUTEBOL.

JINGLE

Jornal ao meio de sexta-feira, 23 de Fevereiro de 2023. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson Machado e Edmundo Simões, edição e apresentação de Zacarias Congo.

JINGLE

É já amanhã que inicia o ciclo de assembleias que serão realizadas em todo o país, pelas centrais sindicais, tendo em conta o anúncio da greve geral na função pública a partir de Março próximo. 

Luanda só realizará a assembleia no dia 9 de Março, altura em que deverá ser declarada a greve, tal como confirma à MFM o secretário para a área jurídica, laboral e de imprensa da CGSILA, Avelino Kalunga. 

AVELINO KALUNGA 01 – ASSEMBLEIAS – 01′ 13” 12H 230224

Entre os principais pontos apresentados em caderno reivindicativo, as centrais sindicais exigem 250 mil kwanzas como salario mínimo nacional e afirmam que não há avanços nas negociações com o governo.

AVELINO KALUNGA 02 – REIVINDICAÇÕES – 01′ 21” 12H 230224

Avelino Kalunga, secretário para a área jurídica, laboral e de imprensa da CGSILA, Central Geral dos Sindicatos Independentes e Livres de Angola, recordando os pontos constantes apresentados em caderno reivindicativo, em Setembro último. 

E a ministra da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social, Teresa Dias, disse recentemente que os trabalhadores são livres de avançarem com uma greve geral, mas assegura que o governo continua aberto ao diálogo. 

TERESA DIAS 02 – GREVE – 55” 12H 230224

Teresa Dias, ministra da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social, garantindo que o governo continua aberto ao diálogo com as centrais sindicais, que mantém a posição de realizarem uma greve geral a partir de Março.

PONTO ISENÇÃO

Cinco milhões quatrocentos e sessenta e cinco mil angolanos estiveram desempregados até Dezembro de 2023, dos quais três milhões quatro centos e cinquenta e um mil eram jovens.

Segundo o INE, Instituto Nacional de Estatística, que voltou a publicar estatísticas de desemprego ao fim de um ano de interrupção, há ainda uma série de desafios económicos para  o país. 

O analista MFM para os assuntos económicos, Carlos Rosado de Carvalho, aponta as causas do desemprego, principalmente entre a juventude;

CARLOS ROSADO DE CARVALHO – DESEMPREGO – 01′ 56” 12HRS 230224

Carlos Rosados de Carvalho, analista MFM para as questões económicas, e as causas do desemprego, sobretudo entre a juventude, numa altura em que dados do INE indicam que  cinco milhões quatrocentos e sessenta e cinco mil angolanos estiveram desempregados até Dezembro de 2023, dos quais três milhões quatro centos e cinquenta e um mil eram jovens.

PONTO

Angola pretende atingir até 2027 uma capacidade instalada de 9 giga watt de produção de energia com a conclusão do aproveitamento hidroelétrico de Caculo Cabaça. O anúncio foi feito esta manhã pelo ministro da Energia e Águas, João Baptista Borges, durante a 25ª Reunião do Comité de Direcção do Pólo Energético da África Central.

JOÃO BAPTISTA BORGES – 01′ 09” 12H 230224

João Baptista Borges, ministro da Energia e Águas, João Baptista Borges, anunciando que Angola pretende atingir até 2027 uma capacidade instalada de 9 giga watt de produção de energia com a conclusão do aproveitamento hidroelétrico de Caculo Cabaça.

E a SONANGOL pretende distribuir o combustível em todas as regiões do país. Esta pretensão foi reforçada hoje pelo Presidente do Conselho de Administração da Petrolífera, Sebastião Gaspar Martins, durante o acto de apresentação de balanço das atividades da empresa, no quadro do seu 48º aniversário.

SEBASTIÃO GASPAR MARTINS – SONANGOL – 01′ 46” 12H 230224

Sebastião Gaspar Martins, PCA da SONANGOL, durante o acto de apresentação de balanço das atividades da empresa, no quadro do seu 48º aniversário.

A Procuradoria Geral da República garante combate à exploração ilegal de madeira e ao garimpo de diamantes na região leste do país. O compromisso foi reforçado no Moxico pelo Procurador-geral da República, Hélder Pitta Groz. 

HELDER PITA GROZ – GARIMPO – 01′ 23” 12H 230224

Hélder Pitta Groz, Procurador-geral da República, garantindo combate cerrado à exploração ilegal de madeira e ao garimpo de diamantes na região leste do país. 

Três indivíduos foram detidos em Luanda, implicados no assassinato a tiro um soldado das Forças Armadas Angolanas, de 28 anos de idade, no Distrito Urbano da Maianga.

Os supostos homicidas são igualmente acusados de associação criminosa e de roubo, tal como esclarece o porta-voz do Serviço de Investigação Criminal na capital do país, Superintendente–chefe, Fernando de Carvalho.

FERNANDO DE CARVALHO – CRIMES – 01′ 42” 12H 230224

Superintendente-chefe Fernando de Carvalho, porta-voz do SIC, Serviço de Investigação Criminal em Luanda, e a detenção de três indivíduos, acusados de terem assassinado a tiro um soldado das Forças Armadas Angolanas, de 28 anos de idade, no Distrito Urbano da Maianga.

De crimes não é tudo… 

46 pessoas foram detidas nas últimas 24h em Luanda, por suspeita de cometimento de vários crimes. O resumo na voz do Inspector-chefe Heuller Matari, do Departamento de Comunicação Institucional e Imprensa da Polícia Nacional na capital angolana.

HEULLER MATARI – RESUMO – 01′ 12” 12H 230224

Inspector-chefe Heuller Matari, do Departamento de Comunicação Institucional e Imprensa da Polícia Nacional em Luanda, e o resumo das operações realizadas nas últimas 24h.

PONTO

Angola registou 11 milhões de utilizadores de Internet em 2023, 3,45 milhões dos quais acima de 18 anos de idade. Para melhorar os números, o governo anuncia a execução de programas inovadores para garantir que a digitalização beneficie todos os angolanos. A informação foi avançada, quinta-feira em Luanda, pelo ministro das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social, Mário Oliveira.

MÁRIO OLIVEIRA 01 – INTERNET – 01′ 22” 12H 230224

Mário Oliveira destaca alguns programas levados a cabo pelo governo no sentido de garantir o acesso à informação, bem como a inclusão digital. 

MÁRIO OLIVEIRA 02 – PROGRAMAS – 01′ 14” 12H 230224

Mário Oliveira, ministro das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social, quando discursava na abertura do 1º Fórum de Governança da Internet em Angola, realizado pelo Instituto Nacional de Fomento da Sociedade de Informação.

PONTO DESPORTO

As emoções da Liga dos Clubes Campeões Africanos em futebol estão de regresso esta sexta feira, envolvendo o Petro de Luanda que defronta hoje às 16h, o Al Hilal do Sudão, em jogo da 5ª jornada da fase de grupos, partida que será disputada na Líbia, devido aos conflitos no Sudão.

O treinador tricolor Alexandre Santos afastou a ideia de que terá feito poupanças nos dois últimos jogos para o campeonato, mas garantiu que o grupo está apto para o confronto com um adversário muito forte fisicamente. 

ALEXANDRE SANTOS – LIGA – 55” 12H 230224

Alexandre Santos, treinador do Petro de Luanda, que defronta hoje as 16horas o Al Hilal do Sudão.

PONTO INTERNACIONAL

O Presidente da República está na Namíbia, para participar amanhã da cerimónia fúnebre do Presidente namibiano, Hage Heingob, falecido por doença, aos 83 anos, no passado dia 4 de Fevereiro.

João Lourenço chegou a Windhoek esta manhã, saído da República Checa, onde esteve em visita oficial desde terça-feira.

De acordo com o programa tornado público, são aguardadas na Namíbia várias entidades, com destaque para a presença de 27  Chefes de Estados.

O ministro das Relações Exteriores, Téte António, disse esta quinta-feira, em Praga, que a visita oficial do Presidente João Lourenço à República Checa atingiu todos os objectivos desejados. 

Téte António disse que durante os encontros ao mais alto nível foram lançadas as bases para uma cooperação em domínios específicos.

TÉTE ANTÓNIO – COOPERAÇÃO – 01′ 44” 12H 230224

Téte António, ministro das Relações Exteriores, garantido que Angola e a República Checa têm lançadas as bases para uma cooperação em domínios específicos, depois da assinatura de um Memorando de Entendimento sobre Consultas Políticas.

Data de Emissão: 23-02-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 22 Fevereiro de 2024

Tópicos:

PESTE SUINA MATA DEZENAS DE PORCOS NO SUL DO PAÍS. AUTORIDADES ALERTAM PARA CONSUMO EM MERCADOS COMO LUANDA;

SUBIDA DO PREÇO DO PÃO EM ANGOLA PREOCUPA ASSOCIAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DE PANIFICAÇÃO E PASTELARIA QUE DENUNCIA CONTROLO DA IMPORTAÇÃO E DISTRIBUIÇÃO DA FARINHA DE TRIGO; 

ANGOLA E REPUBLICA CHECA ASSINAM AO MAIS ALTO NIVEL MEMORANDOS DE ENTENDIMENTO; 

ELEIÇÕES GERAIS NA AFRICA DO SUL MARCADAS PARA FINAIS DE MAIO;  

Jornal ao meio da de 2 de Fevereiro de 2023. Coordenação de  Alves Fernandes, técnica de Edson Machado e Edmundo Simões.

JINGLE MV

Aumenta o drama de milhares de famílias angolanas devido à subida considerável do preço do pão no país, um facto que tem criado inúmeros constrangimentos aos cidadãos, sobretudo os de baixa renda.

 A situação é motivada pelo controlo do circuito de importação, transformação e distribuição da farinha de trigo, por parte de um grupo constituído por cidadãos estrangeiros, originários de Médio Oriente, supostamente protegidos por altas figuras do Estado, tal como disse à MFM o Presidente da Associação das Indústrias de Panificação e Pastelaria de Angola, Gilberto Simão.

GILBERTO SIMÃO 01 – PÃO – 02′ 32” 12H 220224

O convidado da edição de hoje do programa “A ÚLTIMA PALAVRA” da MFM, fez saber ainda que grande parte da farinha trigo importada ou produzida em Angola é exportada para a República Democrática do Congo e as receitas resultantes dessas operações de reexportação são depositadas no estrangeiro.

GILBERTO SIMÃO 02 – TRIGO – 02′ 32” 12H 220224

Gilberto Simão, Presidente da Associação das Indústrias de Panificação e Pastelaria de Angola, afirmando que grande parte da farinha trigo importada ou produzida em Angola é exportada para a República Democrática do Congo e as receitas resultantes dessas operações de reexportação são depositadas no estrangeiro.

A repetição do programa “A ÚLTIMA PALAVRA”, para acompanhar logo mais, às 20h.

A situação alimentar em Angola. Continuam as replicas devido a um debate na internet sobre  as famílias e os seus gastos diários. 

Um dos pontos tem a com os gastos com alimentação. O assunto foi abordado esta manha por Carlos Rosado de Carvalho;

CARLOS ROSADO DE CARVALHO 12H 

1,5 mil milhões de dólares é o valor que Angola gastou com a importação de arroz de 2018 a 2022. 

O consumo anual do produto é de 500 mil toneladas, mas os níveis de produção interna estão abaixo de trinta mil toneladas. Por isso, o governo defende o reforço de medidas para a inversão do quadro, tal como avança o Director Nacional de Florestas, Domingos Veloso.

DOMINGOS VELOSO 01 – ARROZ – 01′ 00” 12H 220224

Segundo o Director Nacional de Florestas, até 2027, a produção de cerais no país poderá atingir a 5,5 milhões de toneladas, no quadro do Plano de Desenvolvimento Nacional.

DOMINGOS VELOSO 02 – TONELADAS – 01′ 07” 12H 220224

Domingos Veloso, Director Nacional de Florestas, durante a 6ª conferência da Revista Economia e Mercado, sobre agricultura, realizada com o tema “As metas e os Desafios da Produção de Cereais em Angola”. 

O município da Humpata, província da Huíla, está, novamente, a ser assolado pela peste suína africana, que já matou, em cinco dias, 562 porcos.

O pico da situação acontece até dia quinze de Fevereiro último e há a necessidade da criação de um cordão sanitária e abate de animais. 

A informação foi avançada  MFM pelo  o chefe de departamento provincial do Instituto dos Serviços de Veterinária da Huíla, José BALUNDO .

José BALUNDO fez saber que até agora afectou apenas uma propriedade que foi colocada em quarentena, onde foram, forçadamente, abatidos os animais, para evitar o alastramento do surto.

JOSÉ BALUMBO 12H

A Peste suína africana é uma doença altamente contagiosa.

A doença não acomete ao homem, sendo exclusiva de suínos domésticos e selvagens, sendo a segunda vez que afecta o município, em menos de quatro anos.

O último surto da doença, naquele município que se destaca na criação de suínos, deu-se em Abril e Maio de 2019, tendo na altura sido dizimados mais de mil e 200 animais, na sua maior parte de empreendedores que receberam financiamento para trabalhar no fomento. 

O medico especialista em   saúde publica Jeremias agostinho  diz que  a peste não é contagiosa a humanos;

JEREMIAS AGOSTINHO 12H SURTO

O especialista falou ainda sobre o surto de cólera na África austral e como os países estão a tratar do assunto;

JEREMIAS AGOSTINHO COLERA 12H 

PONTO

Agora a criminalidade…

Um jovem de 20 anos de idade foi detido em Luanda, por furto de 33 telemóveis numa Loja, localizada no Distrito Urbano do Palanca. A informação é confirmada pelo porta-voz do Serviço de Investigação Criminal, Superintendente-chefe Manuel Halaiwa.

MANUEL HALAIWA – TELEMÓVEIS – 01′ 09” 12H 220224

Superintendente-chefe Manuel Halaiwa, porta-voz do SIC, Serviço de Investigação Criminal, confirmando a detenção de um jovem de 20 anos, acusado de furto de 33 telemóveis, numa loja, localizada no Distrito Urbano do Palanca, em Luanda. 

PONTO

Decorre no memorial Dr Antônio Agostinho Neto a primeira conferencia nacional sobre mobilidade e transportes rodoviários. 

Harmonização  de preços das tarifas rodoviárias  deverá ser u dos temas em reflexão  depois da paralização de camionistas angolanas que circulavam para a RDC. Reportagem de Abílio Candido;

ABILIO CANDIDO DIRECTO SIMULADO 12H 

Angola e a República Checa assinaram um Memorando de Entendimento sobre Consultas Políticas, esta quarta-feira, na cidade de Praga.

Na ocasião, o Presidente da República, João Lourenço, fez saber que o documento vai permitir identificar novos sectores de cooperação entre os dois países.

JOAO LOURENÇO – ACORDO – 01′ 24” 12H 220224

Presidente da República, João Lourenço, garantindo que o Memorando de Entendimento sobre Consultas Políticas, assinado entre os governos de Angola e o da República Checa, vai permitir identificar novos sectores de cooperação entre os dois países.

O novo Banco de Urgência de Cirurgia do Hospital Pediátrico de Luanda “David Bernardino”, inaugurado esta quarta-feira pela Ministra da Saúde, vai realizar 100 pequenas cirurgias por dia. 

A ministra Sílvia Lutucuta disse que a nova ala de cirurgia do hospital, orçada em 500 mil dólares, num apoio das empresas que operam no ramo petrolífero e da mineração, vai dinamizar os serviços e garantir o bem estar dos pacientes e profissionais. 

SÍLVIA LUTUCUTA 01 – BANCO – 01′ 40” 12H 220224

Sílvia Lutucuta anunciou que a conclusão de outras infraestruturas, igualmente com a contribuição das empresas do sector petrolífero.

SÍLVIA LUTUCUTA 02 – PETRÓLEO – 01′ 04” 12H 220224

Sílvia Lutucuta, ministra da Saúde. Novo Banco de Urgência de Cirurgia do Hospital Pediátrico de Luanda “David Bernardino”, que vai realizar 100 pequenas cirurgias por dia. 

PONTO

Angola apoiou com três mil milhões de dólares, mais de   11  milhões de pessoas afetadas por desastres naturais, entre 2005 e 2017, que provocaram 6.501 mortos, indica-se num estudo.

O estudo de diagnóstico, sobre a Proteção Financeira Contra Desastre em Angola, elaborado pelo Banco Mundial e o Governo angolano, no âmbito do Relatório sobre o Clima e Desenvolvimento do País, foi hoje apresentado em Luanda.

Na pesquisa refere-se que as secas e inundações são os principais perigos em Angola, sendo o primeiro fenómeno considerado “o perigo mais severo”.

Já as inundações, apesar de afetarem menos pessoas são mais frequentes, seguindo a lista de perigos com as ravinas e os incêndios florestais.

No período em referência, foram registados dez eventos de seca, que afetaram 9,6 milhões de pessoas e provocaram 58 mortos, seguindo-se as inundações com 100 casos, que afetaram 1,2 milhões de pessoas e mataram 835 outras.

Sobre os deslizamentos de terras, há o registo de cinco eventos, que afetaram perto de 24 mil pessoas e 288 óbitos, enquanto cinco eventos de epidemias, não especificadas, afetaram 143.799 pessoas e provocaram a morte a 5.316 outras.

INTERNACIONAL

O Presidente sul-africano, Cyril Ramaphosa, marcou para o próximo dia 29 de Maio a realização das sétimas eleições gerais e provinciais.

Um comunicado indica que Cyril Ramaphosa marcou a data após consultar a comissão eleitoral independente e os nove governadores provinciais.

As eleições deste ano coincidem com a celebração dos trinta anos da liberdade e democracia na África do Sul.

Pelo menos 60 soldados russos morreram após dois mísseis atingirem uma zona de treino no este da Ucrânia, avançou a BBC.

Os militares encontravam-se no local, na região ocupada de Donetsk, a aguardar a chegada de um oficial de alto cargo, quando aconteceu o ataque.

Imagens de vídeo terão captado a queda dos mísseis, que aconteceu algumas horas antes de o presidente russo, Vladimir Putin, se reunir com o ministro da Defesa da Rússia, Sergei Shoigu.

Segundo a BBC, nem a Rússia, nem a Ucrânia, comentaram até agora oficialmente o incidente perto da aldeia de Trudovske.

Jornal ao meio-dia de Quinta-feira, 22 de Fevereiro de 2024. Coordenação de Alves Fernandes. Garantia de técnica de Edson Machado e Edmundo Simões, edição e apresentação de Manuel Vieira.

Data de Emissão: 22-02-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 21 Fevereiro de 2024

Tópicos:

Detidos em Luanda dois indivíduos que se dedicavam ao assalto em residências de figuras com cargos de destaque no aparelho do estado; 

Depois de terem sido chumbadas as suas candidaturas à presidência do PRS, Sapalo António e Gaspar Fernandes anunciam que vão recorrer da medida;

Sete biliões de dólares é o investimento necessário para aumentar a produção petrolífera no país, que está na ordem de 1 milhão e 100 mil barris de petróleo por dia;

União Europeia disponibiliza 30 bilhões de dólares para combater a pobreza em países de África.

 

Jornal ao meio-dia de Quarta-feira, 21 de Fevereiro de 2024. Coordenação de Alves Fernandes. Garantia de técnica de Edson Machado, Lourenço Kalunga e Edmundo Simões, edição e apresentação de Zacarias Congo.

Data de Emissão: 21-02-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 20 Fevereiro de 2024

Tópicos:

Benedito Daniel é candidato único à sua própria sucessão na presidência do PRS, depois de terem sido chumbadas as candidaturas de Sapalo António e Gaspar Fernandes;

Presidente da república a caminho da República Checa para visita oficial de dois dias;

 Jovem de 18 anos acusada de matar à catanada a própria irmã de apenas 3 anos, no município do Mussende, província do Kwanza Sul;

 Falta de apoio condiciona ida do treinador da dupla de velejadores angolanos ao campeonato do mundo, que começa Sábado em Espanha;

 Cruz vermelha internacional investiga paradeiro de 23 mil desaparecidos na guerra entre a Rússia e a Ucrânia.

 

Jornal ao meio-dia de Terça-feira, 20 de Fevereiro de 2024. Coordenação de Alves Fernandes. Garantia de técnica de Edson Machado, Lourenço Kalunga e Edmundo Simões, edição e apresentação de Zacarias Congo.

Data de Emissão: 20-02-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 19 Fevereiro de 2024

Destaques:

CONTAS DA FEDERAÇÃO ANGOLANA DE FUTEBOL NÃO BATEM CERTO. MAS O MINISTÉRIO DA JUVENTUDE E DESPORTOS, OS PATROCINADORES E OS FINANCIADORES DA FAF NÃO PRESTARAM AS INFORMAÇÕES SOLICITADAS PELOS AUDITORES;

– 23 PESSOAS MORTAS NAS ÚLTIMAS 72H EM ANGOLA, EM CONSEQUÊNCIA DE AFOGAMENTOS, DESCARGAS ATMOSFÉRICAS E ACIDENTES DE VIAÇÃO;

– ANGOLA ENTRE OS PAÍSES AFRICANOS ONDE SE ABATERAM MAIS ELEFANTES. NOS ÚLTIMOS TEMPOS FORAM DETETADAS ONZE MIL TONELADAS DE MARFIM SAÍDAS DE ANGOLA, DAS QUAIS SETE MIL FORAM PARA O VIETNAM; 

– CANDIDATOS APURADOS AO CONCURSO PÚBLICO DA SAÚDE NO PAÍS COMEÇAM A ENTREGAR OS DOCUMENTOS NESTA SEGUNDA-FEIRA;

– PRESIDENTE DA REPÚBLICA DEFENDE ESFORÇO CONTÍNUO ENTRE ESTADOS-MEMBROS DA UNIÃO AFRICANA PARA MELHORAR O ESTADO DA DEMOCRACIA NO CONTINENTE.

JINGLE

Jornal ao meio dia de segunda-feira, 19 de Fevereiro de 2024. Coordenação de Alves Fernandes. Garantia técnica de Edson Machado, Lourenço Kalunga e Edmundo Simões, edição e apresentação de Zacarias Congo.  

JINGLE MIX

Auditoria independente conclui que as contas da FAF, Federação Angolana de Futebol, não batem certo. Mas o ministério da Juventude e Desportos, os patrocinadores e financiadores, não prestaram as informações solicitadas pelos auditores, segundo o analista MFM para os assuntos económicos, Carlos Rosado de Carvalho.

CARLOS ROSADO DE CARVALHO – FAF – 03′ 08” 12H 190224

Carlos Rosado de Carvalho, analista MFM para as questões económicas, comentando sobre as contas da FAF que não batem certo. Mas o ministério da Juventude e Desportos, os patrocinadores e financiadores, não prestaram as informações solicitadas pelos auditores. 

E a polêmica das contas da FAF surge numa altura em que Angola está suspensa das competições internacionais, por inconformidade com os estatutos da WADA- Agência Mundial Antidopagem.

A este respeito, o presidente do Comité Olímpico Angolano, Gustavo da Conceição, diz que a suspensão do nosso país às competições internacionais não pode criar um pânico, pelo facto de ainda existir possibilidade de ver medida levantada após a publicação da lei Antidopagem no Desporto em Angola que já foi concluída na especialidade, estando prevista para os próximos dias aprovação final global em sessão plenária. 

GUSTAVO DA CONCEIÇÃO – SUSPENSÃO – 01′ 52” 12H 190224

Gustavo da Conceição, presidente do Comité Olímpico Angolano, Gustavo da Conceição, afirmando que a suspensão de Angola às competições internacionais não pode criar um pânico, pelo facto de ainda existir possibilidade de ver medida levantada após a publicação da lei Antidopagem no Desporto, que já foi concluída na especialidade, estando prevista para os próximos dias aprovação final global em sessão plenária. 

Mas não é só no desporto que Angola está a ser alvo de penalizações por parte de organismos internacionais. O último relatório da SAITES, a Convenção sobre o Comércio Internacional de Espécies da Fauna e da Flora Selvagem, concluiu que a autoridades não têm dado uma resposta eficaz à caça furtiva, particularmente ao abate de elefantes na região angolana da Área Transfronteiriça de Conservação Okavango-Zambeze. Nos últimos tempos foram apreendidas onze mil toneladas de marfim saídas de Angola, das quais sete mil tiveram como destino o Vietnam, como nos recorda o ambientalista Vladimiro Russo.

RD – VLADIMIRO RUSSO 01

Vladimiro Russo explicou as razões que levaram a SAITES a colocar Angola na lista dos 12 países que não cumpriram cabalmente com as recomendações do organismo internacional que regula o comércio das espécies da vida selvagem.

RD- VLADIMIRO RUSSO  02

O ambientalista adiantou que além das penalizações, a SAITES recomenda maior apoio financeiro para que Angola possa reforçar os mecanismos de combate à caça furtiva.

RD- VLADIMIRO RUSSO  03

Ambientalista Vladimiro Russo, explicando as razões das penalizações de que Angola está a ser alvo por parte da Convenção sobre o Comércio Internacional de Espécies da Fauna e da Flora Selvagem, face ao número elevado de elefantes abatidos no sudeste do país.

PONTO

23 pessoas morreram nas últimas 72h no país, em ocorrências registadas pelo Serviço Nacional de Protecção Civil e Bombeiros. Entre as causas estão 11 afogamentos, oito descargas atmosféricas, havendo igualmente o registo de dois casos de suicídio, tal como avança o porta-voz do órgão, Superintendente Bombeiro Félix Domingos.

FÉLIX DOMINGOS – OCORRÊNCIAS – 01′ 41” 12H 190224

Superintendente Bombeiro Félix Domingos, porta-voz do Serviço Nacional de Protecção Civil e Bombeiros, confirmando a morte de 23 pessoas no último fim de semana. Entre as causas estão 11 afogamentos, oito descargas atmosféricas, tendo sido registados ainda dois casos de suicídio. 

E só em Luanda, 4 pessoas morreram e 15 outras ficaram feridas, em consequência de  15 acidentes de viação, registados no último fim de semana. A informação é confirmada pelo porta-voz da Polícia Nacional na capital angolana, Superintendente Nestor Goubel.

NESTOR GOUBEL 01 – ACIDENTES – 01′ 00” 12H 190224

No mesmo período, foram detidas 149 pessoas, suspeitas de cometerem crimes diversos, e apreendidas 12 armas de fogo, segundo o Superintendente Nestor Goubel.

NESTOR GOUBEL 02 – CRIMES – 01′ 00” 12H 190224

Superintendente Nestor Goubel, porta-voz da Polícia Nacional em Luanda, e a detenção de 149 pessoas nas últimas 72h, suspeitas de cometerem crimes diversos.

De crimes não é tudo…

Três pessoas estão detidas em Luanda, por estarem supostamente envolvidas nos crimes de associação criminosa, abuso de confiança e furto de viaturas. Os casos são descritos pelo porta-voz do Serviço de Investigação Criminal na capital angolana, Superintendente-Chefe Chefe Fernando de Carvalho.

FERNANDO DE CARVALHO – DETENÇÕES – 02′ 38” 12H 190224

Superintendente-Chefe Fernando de Carvalho, porta-voz do SIC, Serviço de Investigação Criminal em Luanda, e a detenção de três pessoas por suposto envolvimento nos crimes de associação criminosa, abuso de confiança e furto de viaturas.

A onda de roubos de placas de viaturas está novamente em alta na capital do país. Os meliantes mudaram de tática e agora utilizam crianças para se introduzirem em viaturas estacionadas, sobretudo em zonas pouco ilumindadas.

Segundo o porta-voz da DIIP, Direção de Investigação de Ilícitos Penais, Indentendente Quintino Ferreira, dois dos mandantes dos crimes que envolvem menores já estão detidos.

RD: QUINTINO FERRREIRA 1

Quintino Ferreira fez saber ainda que o seu departamento procedeu outras detenções, a nivel de Luanda e em outras regiões do país.

RD. QUINTINO FERREIRA 2

Intendente Quintino Ferreira, porta-voz da DIIP, Direção de Investigação de Ilícitos Penais, apresentando o resumo das operações realizadas nos últimos dias. 

PONTO

O general Hélder Viera Dias “Kopelipa” é acusado de sete crimes, mais dois do que Leopoldino Fragoso do Nascimento “Dino” pronunciado por 5 crimes, em mais um processo que envolve figuras ligadas directamente ao ex-Presidente Eduardo dos Santos.

O início do julgamento dos generais Hélder Viera Dias “Kopelipa” e Leopoldino Fragoso do Nascimento “Dino” está condicionado à escolha do juiz que vai presidir o julgamento e a agenda do Tribunal Supremo, que tem em mãos vários processos.

Já o antigo chefe dos serviços de comunicações Leopoldino Fragoso do Nascimento “Dino”, vai responder pelos crimes de burla por defraudação, falsificação de documento, associação criminosa, tráfico de influências e branqueamento de capitais. 

A este respeito, o analista Carlos Rosado Carvalho entende que  a situação dos arguidos é delicada. 

CARLOS DE CARVALHO 12H 

Quem também comentou este assunto é o jurista Carlos Cabaça que  considera o processo como normal.

CARLOS CABAÇA – PROCESSO – 01′ 28” 12H 190224

Opinião semelhante é apresentada pelo jurista Albero Quixinacho.

ALBERTO QUIXINACHO – PROCESSO – 01′ 52” 12H 190224

Albero Quixinacho, jurista e analista MFM, sobre o processo que envolve os generais “Kopelipa” e “Dino”.

PONTO

Inicia hoje o prazo para a entrega de documentos dos candidatos admitidos ao concurso público da saúde em 2022, para o preenchimento de 1.902 vagas nas unidades sanitárias, devendo terminar no próximo dia 29 do corrente mês.

Os documentos devem ser entregues de forma presencial, na Escola de Formação dos Técnicos da Saúde, em Luanda, de acordo com o director nacional dos Recursos Humanos do Ministério da Saúde, Baptista João Monteiro.

BAPTISTA JOÃO MONTEIRO 12H

Baptista Monteiro, director nacional dos Recursos Humanos do Ministério da Saúde, confirmando o início da entrega de documentos dos candidatos admitidos ao concurso público de 2022.

PONTO

O Presidente da República instou a União Africana a continuar a trabalhar para o mais rápido restabelecimento da normalidade democrática em África.

João Lourenço, que é igualmente campeão para a paz da organização continental, falava durante a sessão plenária da Cimeira anual de Chefes de Estado e de Governo da União Africana, decorrida em Addis Abeba, na Etiópia.

JOÃO LOURENÇO – UA – 01′ 33” 12H 190224

Presidente da República, João Lourenço, ressaltando a importância de não haver tolerância com os Governos constituídos na base de mudanças inconstitucionais.

E o nosso país está cada vez mais próximo da presidência da União Africana. Esta intensão foi reforçada após Angola assumir a primeira Vice-presidência de Mesa da União Africana, bem como ser eleita como Presidente do Conselho de Paz e Segurança da organização continental, segundo o ministro das Relações Exteriores, Téte António.

TÉTE ANTÓNIO – UA – 47” 12H 190224

Téte António, ministro das Relações Exteriores, reforçando a intensão de Angola em presidir a União Africana, a partir do próximo ano.

Data de Emissão: 19-02-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 16 Fevereiro de 2024

Destaques:

EMPRESARIOS E BANCOS COMERCIAIS ADQUIREM A TOTALIDADE DOS 300 MILHÕES DISPONIBILIZDOS PELO BNA; 

LEI ANTI DOPING PASSA NA ESPECIALIDADE COM 22 VOTOS A FAVOR;  

GOVERNADOR DE LUANDA APELA A MELHORIA DAS CONDIÇÕES  DE ACOMODAÇÃO DOS MILITARES; 

CONFLITOS E GOLPES EM AFRICA DOMINAM NESTE FIM DE SEMANA CIMEIRA DE CHEFES DE ESTADO E DE GOVERNO; 

Jornal ao meio dia de 16 de Fevereiro. Coordenação de Alves Fernandes. Técnica de Edson Machado e Edmundo Simões.  

JINGLE MVIEIRA

O Banco Nacional de Angola (BNA) anunciou que foi adquirida a totalidade dos 300 milhões de dólares disponibilizados na sessão de venda de divisas,  à taxa de câmbio de 828,261 kwanzas por dólar.

As operações foram realizadas na quarta-feira, na plataforma da Bloomberg, e contaram com a participação de 19 bancos comerciais, informou o BNA num comunicado.

O banco central de Angola disponibilizou as divisas do Tesouro Nacional para tentar contornar a falta de moeda estrangeira, apesar da disponibilidade ter aumentado em janeiro, de 600 milhões de dólares para 836 milhões de dólares.

Na semana passada, o governador do BNA, admitiu que há menos divisas disponíveis, devido à redução das receitas de exportação, mas disse que os bancos têm estado a comprar, pelo que não se justifica que não disponibilizem moeda estrangeira aos seus clientes.

PONTO 

A lei anti doping está em discussão no parlamento. A secretaria de estado do ministério de estado da juventude justificou o ante projeto desta lei;

TERESA HUNGULO 12h 

Gustavo da Conceição secretaria geral do COA, falou sobre a questão do uso de droga no desporto;

GUSTAVO DA CONCEIÇAO

O deputado do MPLA Nvunda Salukombo apresentou a visão do seu partido sobre o projecto lei;

NVUNDA SALUKOMBO 12H 

 

O Presidente da República, João Lourenço, exortou nesta quinta-feira maior atenção ao desporto escolar, por ser o viveiro do desporto federado.

O Chefe de Estado intervinha na cerimónia de empossamento do novo ministro da Juventude e Desportos, Rui Falcão Pinto de Andrade, indicado na quarta-feira para substituir Palmira Barbosa.

João Lourenço aconselhou a uma melhor preparação dos atletas angolanos, antevendo bons resultados nos desafios que se advinham, como no próximo Campeonato Africano das Nações (CAN).

De igual modo, o Presidente João Lourenço recomendou uma atenção à manutenção e gestão das infra-estruturas desportivas construídas no país.

JLO 07H 

Na sua intervenção, referiu que a cultura e o desporto são importantes para a vida de qualquer nação.

Em declarações à imprensa, o ministro da Juventude e Desportos, Rui Falcão, propõe-se realizar um levantamento real da situação das infra-estruturas desportivas no país.

Nomeado quarta-feira pelo Presidente da República, João Lourenço, Rui Falcão foi Secretário para Informação do Bureau Político do MPLA e substitui no cargo Palmira Barbosa.

RUI FALÇÃO 7H

PONTO

Angola convocou para esta sexta-feira, em Addis Abeba, uma cimeira extraordinária sobre a situação na República Democrática do Congo (RDC), com vista ao relançamento do processo de paz, confirmou a missão diplomática angolana na capital etíope. 

O encontro, da iniciativa do Presidente João Lourenço, antecede a 37.ª cimeira ordinária da União Africana (UA), marcada para este fim-de-semana, em Adis Abeba.  

Uma nota distribuída à imprensa explica que a reunião vai abordar o relançamento do processo de paz no leste da RDC, na sequência do destacamento da missão da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SAMIRDC), aprovada em Agosto de 2023, em Luanda.

Vai contar com a participação de nove chefes de Estado de dez países, designadamente, Angola, África do Sul, Burundi, Guiné Equatorial, Malawi, Quénia, RDC, Rwanda, Sudão, Sudão do Sul e Tanzânia, aos quais se vão juntar como convidados o Uganda e representantes da Comissão da União Africana.

Os líderes da União Africana (UA) iniciam no sábado, em Adis Abeba, a cimeira anual da organização. 

O presidente João Loureço estará presente no encontro. 

Analistas preveem um “encontro desafiante”, numa altura em que aumenta a instabilidade em alguns cantos do continente.

Os golpes de Estado ou tentativas de golpes, instalação de regimes militares, ressurgimento de ataques terroristas, aumento da instabilidade política, governativa e económica em várias regiões de África são alguns dos grandes problemas que o continente africano enfrenta.

Nos últimos anos, aumentaram ações que põem em risco a democracia e o Estado de direito em muitos países do continente e as organizações sub-regionais parecem estar sem poder fazer nada.

Neste fim de semana, os chefes de Estado e de Governo dos 55 países membros da UA vão sentar-se à mesa para debater estes e outros problemas.

Na região da África Ocidental, a organização sub-regional Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) é fortemente contestada pelos Estados-membros, alegando que tem sido incapaz de resolver os conflitos regionais e de ser uma organização que não representa os interesses dos povos.

A lei de Anti-Dopagem no Desporto nacional foi hoje aprovada na especialidade com 22 votos a favor nenhum contra. Uma semana depois de ter sido aprovada na generalidade por unanimidade com 176 votos a favor,

A lei de Anti-Dopagem permite garantir uma abordagem mais eficaz e coerente na prevenção e combate ao uso de substâncias proibidas no âmbito desportivo.

Ao reagir aprovação na especialidade, o ministro da Juventude e Despoirtos Rui Falcão diz que o governo vai continuar a trabalhar para resolver esse assunto junto da WADA-AGENCIA MUNDIAL ANTI-DOPAGEM. 

RD-RUI FALCÃO-PARTE 1. 

O prazo concedido para a conformação da legislação está já no limite houve a necessidade de se aprovar o diploma em carácter de urgência dentro de dez dias. 

Diante deste cenário, Paulo Madeira representante do comité Olimpico Angolano, fez saber que até a promulgação da lei, Angola estará em condições de participar nas competições internacionais em que faz parte. 

RD-PAULO MADEIRA.  

Lei de Anti-Dopagem no Desporto nacional foi hoje aprovada na especialidade com 22 votos a favor nenhum contra.

…..

Decorre desde esta quinta feira em Luanda, a reunião anual de balanço das principais das atividades desenvolvidas ao longo do ano de instrução militar na província, entre 2023-2024. 

Sob o -lema  “Melhorar as condições de vida e de trabalho das tropas, para garantir a defesa da cidade capital”, foi aberto pelo governador provincial de Luanda, Manuel Homem, que durante o seu discurso, destacou ser importante a elevação dos níveis de organização das unidades, para um melhor grau de prontidão.

RD: MANUEL HOMEM 2

Manuel Homem, pediu ainda, maior intervenção, nos casos de ocupação ilegal de reservas fundiárias do estado.

RD: MANUEL HOMEM 2

Angola conta desde esta Quinta-feira, com um novo portal informativo. 

Lançada pelo Ministério das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social, a plataforma foi baptizada de ‘Angola Hoje’ e vai congregar informações acerca da actualidade do país, pretendendo “levar a todas latitudes uma informação clara e credível sobre o desenvolvimento do país”.

De acordo com o ministro, Mario Oliveira, com ‘Angola Hoje’ pretendesse levar a todas latitudes uma informação clara e credível sobre o desenvolvimento do país nos seus mais variados sectores.

RD: MARIO OLIVEIRA 12H

AINDA SOBRE TECNOLOGIA EM ANGOLA….

O ministro  das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social, Mário Oliveira, advogou, esta sexta-feira, em Luanda, o uso da inteligência artificial, para desenvolver e melhorar a tecnologia e preservar a identidade dos internautas, protocolo seguro da privacidade.

Numa intervenção feira na abertura do seminário sobre “Protecção de Dados Pessoais em Angola,  o ministro referiu que a inteligência artificial ajuda a proteger informações confidências e impedir acessos não autorizados, bem como violações, salvaguardando a privacidade das pessoas e das organizações.

 

Mais de 200 pessoas hospitalizadas por intoxicação alimentar na Huila 

Mais de 200 pessoas estão hospitalizadas por intoxicação alimentar, no município da Chibia, província da Huíla, por alegadamente terem consumido farinha de milho, segundo as autoridades sanitárias na Huila.

De acordo com a mesma, na quarta-feira deram entrada no hospital municipal os primeiros 15 casos e pela madrugada foram surgindo vários outros pacientes.

Até ao momento, foram internados 202 pacientes, entre os quais 36 crianças menores de 15 anos, sendo a maior parte dos internados apresenta um quadro de agitação psico-motora, ligeira dor abdominal, algum estado de agressividade e febre.

 Segundo o  director do Gabinete provincial da Saude, presumesse se tratar de uma inoxicação alimentar e explica o estado de saude dos pacientes.

Data de Emissão: 16-02-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 14 Fevereiro de 2024

Destaques:

BNA DISPONIBILIZA MAIS DE 300 MILHÕES DE DÓLARES PARA ALIVIO DA FALTA DE DIVISAS NO MERCADO NACIONAL;

DETIDAS EM LUANDA DUAS CIDADÃOS ACUSADAS DE DESVIO DE CEM MILHÕES DE KUANZAS; 

EDUCAÇÃO MARCA CIMEIRA DE CHEFES DE ESTADO E GOVERNO DA UNIÃO AFRICANA. CIMERIA NESTE FIM DE SEMANA EM ADDIS ABEBA; 

CONTAGEM REGRESSIVA A PRESIDENCIA DO PRS. TRÊS MILITANTES  FORMALIZAM CANDIDATURA  A LIDERANÇA DOS RENOVADORES DEMOCRATICOS;   

ÁFRICA DO SUL MANDA CERCA DE 300 SOLDADOS PARA A RDCONGO. OBJETIVO: TRAVAR AVANÇO DOS REBELDES; 

Jornal ao meio dia, edição de 14 de Fevereiro de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, com técnica de Edson Machado e Edmundo Simões.   

JINGLE MVIEIRA 

O SIC deteve duas cidadãs nacionais, funcionarias bancarias por desvios dinheiro das contas de clientes. 

Uma delas terá desviado mais de cem milhões de Kwanzas. 

A informação foi avançada pelo  porta voz sic geral, superintendente chefe, Manuel Halawa, durante apresentação do balanço das actividades desenvolvidas pelo órgão.

Manuel Halawa, explicou  a imprensa a forma usado pela implicada e avançou que ainda hoje, serão apresentados outros cidadãos envolvidos em crimes diversos.

RD: MANUEL HALAWA 

O  SIC LUANDA teve quatro cidadãos nacionais, com idades compreendidas entre 18 e 22 anos, implicados nos crimes de associação criminosa,  roubo qualificado, e homicídio .

Os dados foram avançados pelo  porta voz do serviço de investigação criminal em luanda superintendente, Fernando de Carvalho.

RD: FERNANDO DE CARVALHO 12H

….

Quatro mortes por afogamentos foram registados nas ultimas 24 horas em Luanda, pelo serviço de proteção civil e bombeiros . 

Toda informação, é aprestada ao detalhe pela  porta voz dos bombeiros em Luanda, Maina Panzo.

RD.: MAINA PANZO 12H 

PONTO

O Banco Nacional de Angola (BNA) vai disponibilizar ao mercado 300 milhões de dólares na quarta-feira ficando o montante à disposição até que se esgote, avançou o Banco Central na sua página oficial online, que procura com esta decisão aliviar falta de divisas disponíveis tanto para particulares como para empresas,.

O mesmo documento divulgado pelo BNA avança que serão  realizadas sessões diárias de venda de divisas na Plataforma Bloomberg, no período das 09h00 às 11h00, sendo que os Bancos Comerciais poderão, igualmente, efectuar a compra de moeda estrangeira através do até às 13h00, em ambos os casos, através dos comandos disponíveis neste instrumento. ?”Assim, com o intuito de mitigar possíveis

O Banco Nacional de Angola (BNA) vai disponibilizar ao mercado 300 milhões de euros na quarta-feira, 14, ficando o montante à disposição até que se esgote, avançou o Banco Central na sua página oficial online, que procura com esta decisão aliviar falta de divisas disponíveis tanto para particulares como para empresas,.

O mesmo documento divulgado pelo BNA avança que serão realizadas sessões diárias de venda de divisas na Plataforma Bloomberg, no período das 09h00 às 11h00, sendo que os Bancos Comerciais poderão, igualmente, efectuar a compra de moeda estrangeira através do até às 13h00, em ambos os casos, através dos comandos disponíveis neste instrumento.

Segundo o governador do Banco Central, Manuel Tiago Dias, que falava na apresentação da Evolução do Mercado Cambial e suas Perspectivas, no seguimento da última Reunião do Comité de Política Monetária (CPM) do Banco Nacional de Angola (BNA), os dados preliminares de Fevereiro deste ano registam uma venda de divisas pelo Tesouro, na ordem dos 244 milhões de dólares

No entanto, o  governador do Banco Nacional de Angola disse hoje que a taxa de câmbio deve manter-se estável e a oferta de divisas permanecer em torno dos 600 milhões de dólares (556 milhões de euros) no primeiro trimestre de 2024.

Tiago Dias falava hoje num encontro com jornalistas onde foram apresentados dados sobre a evolução do mercado cambial em Angola e perspetivas de curto prazo.

A empresa ACREP Exploração Petrolífera SA vai alienar 37,47% das acções por via da Bolsa de Dívida e Valores de Angola (BODIVA), para co-financiar o programa de pesquisa do bloco 1/14, avaliado em 250 milhões de dólares.

A informação foi avançada esta terça-feira à imprensa pelo presidente da Comissão Executiva da ACREP, Edilson Bartolomeu, na cerimónia de lançamento da Oferta e apresentação do Prospecto da Oferta Pública de Subscrição (OPS) e Oferta Pública de Venda (OPV) de Acções da ACREP- Exploração Petrolífera, S.A. 

Para o comentarista de economia da MFM, Carlos Rosado de Carvalho, com este passo surge o surgimento de facto da BODIVA;

CARLOS ROSADO DE CARVALHO BODIVA 12H 

Prisão de Carlos São Vicente foi arbitrária, diz organismo da ONU

Um grupo de trabalho do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos concluiu que a detenção do empresário angolano, Carlos São Vicente, atualmente a cumprir uma pena de prisão em Luanda, foi arbitrária e uma violação do direito a um julgamento justo. 

Mais Dados Com A Jornalista Maria Humba;

MARIA HUMBA SÃO VICENTE 12H 

O Executivo angolano garante 65% do salário base para subsídio de  isolamento aos funcionários em zonas recônditas.

A revelação é do Director Nacional do Trabalho, António Estote, em declarações à imprensa neste sábado, em Luanda.

O responsável disse que os mais de 100 mil funcionários públicos e agentes administrativos colocados em zonas recônditas vão ser incentivados com a fixação de uma tabela de subsídio de isolamento, cujo acréscimo ocorre sobre 65 por cento do salário-base.

O subsídio para incidência sobre o salário base, dos quais 30 por cento para o isolamento, mais 30 por cento para renda de casa e cinco por cento para as questões complementares.

PONTO PRS 

Congresso do PRS. Benedito Daniel, presidente cessante avança para a sua recandidatura. 

A confirmação da formalização da candidatura de Benedito Daniel foi avançada a imprensa, pelo coordenador da comissão preparatória do V Congresso Donji Vieira. 

O actual presidente do Partido de Renovação Social, apresentou a sua intenção de candidatura ao mesmo cargo, apesar de vozes contrárias face aos últimos resultados eleitorais obtidos pela formação liderada por si.

A  imprensa, Benedito Daniel, apresentou as suas linhas de acção;   

RD. BENEDITO DANIEL 

O político e um dos fundadores do Partido de Renovação Social (PRS) Sapalo António, formalizou a sua candidatura junto da Comissão Preparatória do 5° Congresso Ordinário do partido que decorrerá de 2 à 4 de Abril deste ano, tornando-se assim no primeiro candidato ao cargo de presidente dos renovadores sociais.

O período de formalização das candidaturas terminou  sendo que as listas dos candidatos apurados será conhecida na próxima segunda-feira, 19 do mês corrente. 

A campanha eleitoral vai de 20 de Fevereiro à 20 de Março.

O mandatário encarregue da candidatura de Gaspar dos Santos Fernandes à presidência do Partido de Renovação Social (PRS), também fez hoje a entrega formal do processo à comissão preparatória nacional do V congresso ordinário desta formação política.

Falando à imprensa, o mandatário disse que as linhas de força do manifesto eleitoral já foram elaboradas e perspectiva-se a sua divulgação tão logo seja validado o processo de candidatura pela comissão, nos dias 16 e 19 do corrente mês.

INTERNACIONAL  

Os chefes da diplomacia dos Estados membros da União Africana reúnem-se hoje e amanhã na capital etíope. 

A 44a reunião do Conselho executivo dos Estados Membros da União Africana vai preparar os trabalhos para a 37ª cimeira de chefes de Estado da organização pan-africana que tem lugar no próximo  fim-de-semana.

O tema da União Africana para 2024 é consagrado à “Educação dos africanos adaptada à realidade do século 21, educação inclusiva e resiliente”, um tema que poderá ficar para segundo plano, tento em conta as crises político-financeira que se vivem no continente. 

O ministro angolano das relações exteriores falou sobre a cimeira;

TETE ANTONIO 12H 

Elementos do exército ruandês que apoiam a rebelião do M23 no leste da República Democrática do Congo (RDCongo) dispararam pelo menos um míssil terra-ar contra um drone de observação das Nações Unidas, segundo um documento interno da organização.

De acordo com o documento confidencial, consultado pela agência France Presse, um “presumível míssil terra-ar das Forças de Defesa do Ruanda (RDF)” visou um drone de observação da ONU na passada terça-feira, sem o atingir, e foi disparado de um veículo blindado numa zona controlada pelo M23.

Os serviços de informação militares externos franceses confirmam o acontecimento.

Nem as Nações Unidas nem as Forças Armadas da RDCongo comunicaram até agora este incidente.

A África do Sul deve enviar um contingente de 2.900 soldados para a República Democrática do Congo para ajudar nos combates contra grupos rebeldes armados no leste daquele país.

Num comunicado, citado pela a Africanews, o presidente da África do Sul, Cyril Ramaphosa, disse que a implantação deve custar 105 milhões de dólares e durará até Dezembro de 2024.

Malawi e Tanzânia também enviarão tropas para a missão, que está a substituir a força regional da África Oriental que deixou a RDC em Dezembro de 2023, depois  do governo congolês a considerar ineficaz.

As tropas fazem parte da contribuição da África do Sul para a Missão da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral no Congo Oriental, aprovada em Maio de 2023 para enfrentar o agravamento da situação de segurança na área.

Data de Emissão: 14-02-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 13 Fevereiro de 2024

Destaques:

CAMIONISTAS VOLTAM AO TRABALHO DEPOIS DE DOIS DIAS DE PARALISAÇÃO NA FRONT6EIRA ENTRE RDC E ANGOLA;

CONTINUA O NEGOCIO DE SUCATAS EM LUANDA. ANALISTA APONTA AMBIÇÃO E FALTA DE FISCALIZAÇÃO COMO OS FACTORES;

ADMINISTRADOR MUNICIPAL NO CUNENE DETIDO POR DESVIO DE VIATURAS;

FORTES CHUVAS MATAM EM CABINDA;

ISRAEL LANÇA NOVO  OFESIVA  A RAFAH;

Coordenação d Alves Fernandes, tecnica de Edson Machado e Edmundo Simoes.

JINGE MVIEIRA

O negocio de sucatas e  a vandalizacao de bens publicos, e a necessidade de uma fiscalizacao cerrada, das casas de venda de sucatas, foi o tema de conversa na edicao de hoje do economia sem macas, com Carlos Rosado de Carvalho.

Durante o programa, economista MFM, afirmou que, sao varias as razoes em volta do que consideram um negocio que rende e tende a aumentar no pais.

  1. CARLOS ROSADO DE CARVALHO 1

para carlos rosado de carvalho, o combate contra a vandalizacao de bens publicos, tem de se comecar na base, considerando ser os receptadores os maiores lucradores.

  1. CARLOS ROSADO DE CARVALHO 2

………………..

Cinco pessoas morreram esta segunda-feira e sete outras ficaram gravemente feridas, em Icolo e Bengo, província de Luanda, em consequência de uma colisão entre duas viaturas, soube-se hoje.

Abordado pela ANGOP, o comandante municipal do Icolo e Bengo, Mateus Vasco informou que o sinistro ocorreu na localidade das barracas, comuna de Cassoneca, quando uma viatura Toyota Land Cruiser, no sentido Luanda/Cuanza Norte, efectuou uma ultrapassagem irregular e, presumivelmente, em virtude do excesso de velocidade, colidiu frontalmente com um outro veículo pesado, de marca Volvo FM440 em sentido oposto.

Supõe-se que a viatura Toyota Land Cruiser, com passageiros à bordo, fazia serviço de táxi entre Luanda e Cuanza-Norte.

As vítimas foram socorridas por ambulâncias do Instituto Nacional de Emergências Médicas e do Hospital Municipal de Catete, onde os feridos beneficiaram dos primeiros socorros.

Entretanto, de acordo com a directora do Gabinete Municipal da Saúde do Icolo e Bengo, Isabel Paím, apenas uma pessoa morreu no local do acidente, enquanto que as outras quatro não resistiram aos ferimentos e faleceram ao longo do trajecto para o hospital e na própria unidade sanitária, enquanto eram assistidos.

Três pessoas morreram e uma ficou ferida após a queda de chuva, que se abateu na província de Cabinda, no domingo.

A informacao incialmente veiculada nas redes sociais, foi confirmada pelo porta voz dos  bombeiros, naquela provincia, inspector bombeiro Patrick Kapita.

em dclaracoes a imprensa, Patrick Kapita avancou que alem das mortes a chuva que tambem impediu o desfile de carnaval, da classe infantil no ultimo domingo, causou ainda inundações em varios pontos da cidade de cabinda.

  1. PATRICK KAPITA

…………………….

Três pessoas morreram e uma ficou ferida após a queda de chuva, que se abateu na província de Cabinda, no domingo.

A informacao incialmente veiculada nas redes sociais, foi confirmada pelo porta voz dos  bombeiros, naquela provincia, inspector bombeiro Patrick Kapita.

em dclaracoes a imprensa, Patrick Kapita avancou que alem das mortes a chuva que tambem impediu o desfile de carnaval, da classe infantil no ultimo domingo, causou ainda inundações em varios pontos da cidade de cabinda.

  1. PATRICK KAPITA

A Administração Municipal de Calandula interditou, domingo, a circulação de veículos pesados na ponte sobre o rio Lucala, estrada nacional 140 A, devido ao surgimento de um buraco na infra-estrutura que veio a piorar com a chuvas que se abatem na provincia de Malanje.

De acordo com o admnistrador de Calandula, Mateus Vunge, a medida visa solucionar o problema em causa dentro de poucos dias, após análise e avaliação do Instituto Nacional de Estradas de Angola e do Gabinete Provincial de Infra-estruturas e Serviços Técnicos.

  1. MATEUS VUNGE

Entretanto, o director provincial do INEA, em Malanje, Victor Tavira,  disse que numa priemira fase, serao feitos trablhos paleativos.

  1. VICTOR TAVIRA

As autoridades de Calandula vão actuar, efectivamente, na fiscalização, a fim de coibir o desrespeito a este comunicado. A Estrada Nacional 140 A, liga a cidade de Malanje aos municípios de Calandula e Massango.

PONTO

………………..

Três pessoas morreram e uma ficou ferida após a queda de chuva, que se abateu na província de Cabinda, no domingo.

A informacao incialmente veiculada nas redes sociais, foi confirmada pelo porta voz dos  bombeiros, naquela provincia, inspector bombeiro Patrick Kapita.

em dclaracoes a imprensa, Patrick Kapita avancou que alem das mortes a chuva que tambem impediu o desfile de carnaval, da classe infantil no ultimo domingo, causou ainda inundações em varios pontos da cidade de cabinda.

  1. PATRICK KAPITA

…………………….

 

A Administração Municipal de Calandula interditou, domingo, a circulação de veículos pesados na ponte sobre o rio Lucala, estrada nacional 140 A, devido ao surgimento de um buraco na infra-estrutura que veio a piorar com a chuvas que se abatem na provincia de Malanje.

De acordo com o admnistrador de Calandula, Mateus Vunge, a medida visa solucionar o problema em causa dentro de poucos dias, após análise e avaliação do Instituto Nacional de Estradas de Angola e do Gabinete Provincial de Infra-estruturas e Serviços Técnicos.

  1. MATEUS VUNGE

Entretanto, o director provincial do INEA, em Malanje, Victor Tavira,  disse que numa priemira fase, serao feitos trablhos paleativos.

  1. VICTOR TAVIRA

As autoridades de Calandula vão actuar, efectivamente, na fiscalização, a fim de coibir o desrespeito a este comunicado. A Estrada Nacional 140 A, liga a cidade de Malanje aos municípios de Calandula e Massango.

….

A Administração Municipal de Calandula interditou, domingo, a circulação de veículos pesados na ponte sobre o rio Lucala, estrada nacional 140 A, devido ao surgimento de um buraco na infra-estrutura que veio a piorar com a chuvas que se abatem na provincia de Malanje.

De acordo com o admnistrador de Calandula, Mateus Vunge, a medida visa solucionar o problema em causa dentro de poucos dias, após análise e avaliação do Instituto Nacional de Estradas de Angola e do Gabinete Provincial de Infra-estruturas e Serviços Técnicos.

  1. MATEUS VUNGE

Entretanto, o director provincial do INEA, em Malanje, Victor Tavira,  disse que numa priemira fase, serao feitos trablhos paleativos.

  1. VICTOR TAVIRA

As autoridades de Calandula vão actuar, efectivamente, na fiscalização, a fim de coibir o desrespeito a este comunicado. A Estrada Nacional 140 A, liga a cidade de Malanje aos municípios de Calandula e Massango.

Cinco pessoas morreram esta segunda-feira e sete outras ficaram gravemente feridas, em Icolo e Bengo, província de Luanda, em consequência de uma colisão entre duas viaturas, soube-se hoje.

Abordado pela ANGOP, o comandante municipal do Icolo e Bengo, Mateus Vasco informou que o sinistro ocorreu na localidade das barracas, comuna de Cassoneca, quando uma viatura Toyota Land Cruiser, no sentido Luanda/Cuanza Norte, efectuou uma ultrapassagem irregular e, presumivelmente, em virtude do excesso de velocidade, colidiu frontalmente com um outro veículo pesado, de marca Volvo FM440 em sentido oposto.

 

Supõe-se que a viatura Toyota Land Cruiser, com passageiros à bordo, fazia serviço de táxi entre Luanda e Cuanza-Norte.

As vítimas foram socorridas por ambulâncias do Instituto Nacional de Emergências Médicas e do Hospital Municipal de Catete, onde os feridos beneficiaram dos primeiros socorros.

Entretanto, de acordo com a directora do Gabinete Municipal da Saúde do Icolo e Bengo, Isabel Paím, apenas uma pessoa morreu no local do acidente, enquanto que as outras quatro não resistiram aos ferimentos e faleceram ao longo do trajecto para o hospital e na própria unidade sanitária, enquanto eram assistidos.

A médica fez saber que em virtude da gravidade dos traumatismos, todos os sete sobreviventes foram transferidos para o hospital Josina Machel, em Luanda.

Três pessoas morreram e uma ficou ferida após a queda de chuva, que se abateu na província de Cabinda, no domingo.

A informacao incialmente veiculada nas redes sociais, foi confirmada pelo porta voz dos  bombeiros, naquela provincia, inspector bombeiro Patrick Kapita.

em dclaracoes a imprensa, Patrick Kapita avancou que alem das mortes a chuva que tambem impediu o desfile de carnaval, da classe infantil no ultimo domingo, causou ainda inundações em varios pontos da cidade de cabinda.

  1. PATRICK KAPITA

…………………….

 

A Administração Municipal de Calandula interditou, domingo, a circulação de veículos pesados na ponte sobre o rio Lucala, estrada nacional 140 A, devido ao surgimento de um buraco na infra-estrutura que veio a piorar com a chuvas que se abatem na provincia de Malanje.

De acordo com o admnistrador de Calandula, Mateus Vunge, a medida visa solucionar o problema em causa dentro de poucos dias, após análise e avaliação do Instituto Nacional de Estradas de Angola e do Gabinete Provincial de Infra-estruturas e Serviços Técnicos.

  1. MATEUS VUNGE 12H

Entretanto, o director provincial do INEA, em Malanje, Victor Tavira,  disse que numa priemira fase, serao feitos trablhos paleativos.

  1. VICTOR TAVIRA

As autoridades de Calandula vão actuar, efectivamente, na fiscalização, a fim de coibir o desrespeito a este comunicado. A Estrada Nacional 140 A, liga a cidade de Malanje aos municípios de Calandula e Massango.

…Camiões carregados de mercadorias, que se encontravam paralisados durante dois dias na aldeia de Nkoko, comuna do Luvo, município de Mbanza Kongo, província do Zaire, em protesto às altas taxas aduaneiras aplicadas na República Democrática do Congo (RDC).

Os homens voltaram  a circular esta segunda-feira, depois de um encontro que os camionistas mantiveram, ontem, com o governador provincial do Zaire, Adriano Mendes de Carvalho, e o presidente do Conselho de Administração da Agência Nacional dos Transportes Terrestres (ANTT), Hénio Costa.

O presidente da TROMA, GAVIAO NETO, fez saber a imprensa as recomendacoes saidas do encontro que durou algumas horas.

  1. GAVIAO NETO

Durante o encontro, Hénio Costa garantiu que a Agência Nacional dos Transportes Terrestres  está a trabalhar com a Administração Geral Tributária, no sentido de se adoptar um regime específico de taxas alfandegárias a ser aplicado para os operadores da RDC.

  1. HENIO COSTA

………..

O trabalho diplomático realizado por Angola, nos últimos anos, permitiu reforçar a visibilidade e o engajamento do país nas questões de Defesa e Segurança em África, afirmou, segunda-feira, o embaixador de Angola na Etiópia e representante permanente junto da União Africana (UA) e da Comissão Económica das Nações Unidas para África.

Miguel Domingos Bembe, citado pela Angop, fez saber que este acontecimento possibilitou, no quadro de uma nova dinâmica da política externa africana do Executivo angolano, o reconhecimento do país junto dos demais Estados-membros da UA, para que o Presidente João Lourenço fosse designado “Campeão da União Africana para a Paz e Reconciliação em África”.

O negocio de sucatas e  a vandalizacao de bens publicos, e a necessidade de uma fiscalizacao cerrada, das casas de venda de sucatas, foi o tema de conversa na edicao de hoje do economia sem macas, com Carlos Rosado de Carvalho.

Durante o programa, economista MFM, afirmou que, sao varias as razoes em volta do que consideram um negocio que rende e tende a aumentar no pais.

  1. CARLOS ROSADO DE CARVALHO 1

para carlos rosado de carvalho, o combate contra a vandalizacao de bens publicos, tem de se comecar na base, considerando ser os receptadores os maiores lucradores.

  1. CARLOS ROSADO DE CARVALHO 2

………………..

Cinco pessoas morreram esta segunda-feira e sete outras ficaram gravemente feridas, em Icolo e Bengo, província de Luanda, em consequência de uma colisão entre duas viaturas, soube-se hoje.

 

Abordado pela ANGOP, o comandante municipal do Icolo e Bengo, Mateus Vasco informou que o sinistro ocorreu na localidade das barracas, comuna de Cassoneca, quando uma viatura Toyota Land Cruiser, no sentido Luanda/Cuanza Norte, efectuou uma ultrapassagem irregular e, presumivelmente, em virtude do excesso de velocidade, colidiu frontalmente com um outro veículo pesado, de marca Volvo FM440 em sentido oposto.

 

Supõe-se que a viatura Toyota Land Cruiser, com passageiros à bordo, fazia serviço de táxi entre Luanda e Cuanza-Norte.

 

As vítimas foram socorridas por ambulâncias do Instituto Nacional de Emergências Médicas e do Hospital Municipal de Catete, onde os feridos beneficiaram dos primeiros socorros.

 

Entretanto, de acordo com a directora do Gabinete Municipal da Saúde do Icolo e Bengo, Isabel Paím, apenas uma pessoa morreu no local do acidente, enquanto que as outras quatro não resistiram aos ferimentos e faleceram ao longo do trajecto para o hospital e na própria unidade sanitária, enquanto eram assistidos.

A médica fez saber que em virtude da gravidade dos traumatismos, todos os sete sobreviventes foram transferidos para o hospital Josina Machel, em Luanda.

Três pessoas morreram e uma ficou ferida após a queda de chuva, que se abateu na província de Cabinda, no domingo.

A informacao incialmente veiculada nas redes sociais, foi confirmada pelo porta voz dos  bombeiros, naquela provincia, inspector bombeiro Patrick Kapita.

em dclaracoes a imprensa, Patrick Kapita avancou que alem das mortes a chuva que tambem impediu o desfile de carnaval, da classe infantil no ultimo domingo, causou ainda inundações em varios pontos da cidade de cabinda.

  1. PATRICK KAPITA

…………..

O Serviço de Investigação Criminal na província do Cunene, deteve o ex-administrador do Hospital Municipal de Ombadja, Eusébio de Liquelache, sob suspeita de ter desviado duas viaturas do Estado, após a exoneração do cargo, em Janeiro último.

Trata-se de uma ambulância de marca Toyota Land Cruiser e uma viatura ligeira de marca Toyota Hilux, que se destinavam ao apoio administrativo da referida unidade sanitária.

O advogado de defesa, Raul Joaquim, falando a imprensa, confirmou a detenção, tendo sublinhado que o processo obedece ao princípio da oficiosidade.

  1. RAUL JOAQUIM

 

…………………….

 

INTERNACIONAL

Benjamin Netanyahu ordenou ao exército que preparasse uma ofensiva no sul da Faixa de Gaza, onde se encontram 1,4 milhões de palestinianos.

O primeiro-ministro israelita está determinado a entrar em Rafah.

Os Estados Unidos voltam a pedir a Israel que evite uma ofensiva sobre a cidade de Rafah sem um plano humanitário prévio para a região. Também a China apela a Telavive que suspenda a operação militar “o mais rápido possível”.

A Casa Branca garante que não vai apoiar qualquer campanha militar israelita no sul da Faixa de Gaza, sem que sejam tidos em conta os mais de um milhão de refugiados presentes na região. Recorde que, no início do conflito, o Governo de Israel aconselhou os palestinianos a deslocarem-se para sul.

O primeiro-ministro israelita continua determinado em entrar em Rafah, a qualquer custo, para derrotar o Hamas.

Benjamin Netanyahu ordenou ao exército que preparasse uma ofensiva na região, onde se encontram 1,4 milhões de palestinianos, segundo a ONU, mais de metade da população total do território.

O Egito tinha já apelado a uma unificação de esforços para evitar a deslocação de palestinianos para o país.

Ameaçou inclusive suspender o tratado de paz com Israel se as tropas israelitas forem enviadas para esta região da Faixa de Gaza.

A Vice-Presidente do MPLA, Luísa Damião, rendeu homenagem ao malogrado Presidente da Namíbia, Hage Geingob.

Luísa Damião, em representação do MPLA, sublinhou que a perda do antigo Presidente da Namíbia, também é dos angolanos e do continente africano no geral.

Data de Emissão: 13-02-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 12 Fevereiro de 2024

Destaques:

ANGOLA DE FORA DAS 400 MELHORES UNIVERSIDADES DE AFRICA.
CAMIONISTAS ANGOLANOS SUSPENDEM ENTRADA NA RDC DEVIDO A AUMENTO DAS TAXAS ADUANEIRAS;
POLICIA EM LUANDA MOBILIZA CERCA DE MIL EFECTIVOS PARA ASSEGURAMENTO DO CARNAVAL;
FUNCIONARIOS DA ONU E CAPACENTES AZUIS ATACADOS POR HOMENS ARMADOS NA RDCONGO;

Jornal ao meio dia de 12 de Fevereiro 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edmundo Simões e Edson Machado.
JINGLE MV
Ensino Universitário… Angola sem universidades no “top 400” das melhores instituições do ensno superior em África .
As universidades angolanas continuam cada vez mais longe do ranking das melhores instituições de África.
Quem o atesta são os números da Webometrics, divulgados em Janeiro de 2024. O novo ranking, desta vez, “atira” Angola para fora das 400 melhores universidades entre as mais de 2.500 do continente.
A instituição do País mais bem posicionada é a Universidade Agostinho Neto, que ocupa a posição n.º 401 da tabela. Comparativamente ao ano passado, Angola caiu 41 lugares na tabela, saindo da posição n.º 360 para a 401.
O presidente do MEA, Francisco Teixeira, afirmou em entrevista a MFM, a noticia, não trás nada de extraordinário para os estudantes, e que alertas não faltaram as autoridades, sobre a falta de investimentos na educação.
RD: FRANCISCO TEXEIRA 1
O estudo, que avalia presença, visibilidade, transparência e excelência das universidades na web, mostra que, apesar da mudança das posições, quase todas as universidades angolanas alteraram os números da classificação no último ano.
Por outro lado, Francisco Teixeira, considera inadmissível a forma como é gerida a educação como é gerida o ensino universitário em Angola.
RD: FRANCISCO TEXEIRA 2
Recordo que o estudo, que avalia presença, visibilidade, transparência e excelência das universidades na web, mostra que, apesar da mudança das posições.
Quase todas as universidades angolanas alteraram os números da classificação no último ano.
PONTO
Suspensa por tempo indeterminado a circulação de camiões angolanas de transporte de mercadorias para a República Democrática do Congo (RDC).
A decisão por tempo indeterminado é da associação angolana dos Transportadores Rodoviários de Mercadorias de Angola (ATROMA).
António Gavião, presidente da ATROMA fez saber que a paralisação é motivada pela falta de consenso com as autoridades da RDC, no sentido de uniformizar as taxas aduaneiras praticadas nos dois países.
Segundo o responsável, os transportadores congoleses pagam por cada camião que entra em território angolano uma taxa equivalente a 50 dólares ao passo que os angolanos que entram na RDC desembolsam 4 mil dólares por camião
A paralisação por tempo indeterminado vai ter um forte impacto na tesouraria dos dois países.
Em causa, segundo o presidente da ATROMA, Antônio Gaspar Neto, estão as altas taxas aduaneiras praticadas pelas autoridades da RDC.
De acordo com o responsável da ATROMA, é um problema que se arrasta ha algum tempo;
RD: ANTONIO GASPAR NETO 12H
Palavras de Antônio Gaspar neto, presidente da ATROMA, associação, dos transportes rodoviários de mercadorias, e a paralização dos transportes de mercadorias, no corredor do LUVO, NOQUI, CABINDA E RDC.
Em Angola, a província de Cabinda é a que mais vai ser afetada pela medida.
O enclave depende, em 70 por cento, dos produtos que chegam da fronteira com a RDC.
O analista Carlos Rosado de Carvalho garante que contrariamente a questão a outras regiões, os transportes em África têm muito que se lhe diga;
CARLOS ROSADO 1 TRANSPORTES

Ainda os ajustes pontuais na sua composição do Bureau Político do MPLA , com destaque Esteves Hilário novo secretário para a Informação e Propaganda, em substituição de Rui Falcão.
De acordo com o comunicado final da I Reunião Ordinária do BP, realce para mudança na liderança do grupo parlamentar do MPLA na Assembleia Nacional , onde Virgílio de Fontes Pereira, cede o lugar a Joaquim António Carlos dos Reis Júnior.
O analista Joaquim Jaime diz que a situação interna do MPLA klança duas questões;
JJOAQUIM JAIME 13H
O analista politico Agostinho SIkato acha que é normal haver rotação na liderança de um partido, mas sobre o MPLA tem a sua opinião;
AGOSTINHO SIKATO 13H
O analista Bartolomeu Milton apontou o contexto politico para justifica as mexidas no MPLA;
BARTIOLOMEU MILTON 13H
O comentarista MFM falou ainda sobre as alterações na liderança do MPLA, tanto no sector da informação, como no paramento.
CARLOS ROSADO MPLA 2
Na ultima reunião o BP aprovou ainda alterações, na composição das comissões de trabalho permanentes da AN, bem como validou a proposta de plano de realização do seminário nacional, sobre ética e integridade no serviço público.
PONTO
Mais de cento e cinquenta cidadãos foram detidos no ultimo fim de semana em Luanda, implicados em crimes diversos.
A informação consta do relatório de balanço das actividades desenvolvidas pela polícia nacional em Luanda.
O destaque recai para um crime de homicídio e 28 oito crimes de roubos.
De acordo com o porta voz do comando provincial da policia nacional em Luanda, Superintendente chefe Nestor Goubel, no mesmo período foram ainda registados quatro mortes por acidentes de viação.
RD: NESTOR GOUBEL 1
Nestor Goubel, disse ainda que ja decorre, a “OPERAÇÃO CARNAVAL”, que tem como objetivo garantir a segurança e tranquilidade aos foliões em Luanda;
RD. NESTOR GOUBEL 2

Os grupos da classe B, da 46ª edição do Carnaval de Luanda, aplicaram-se hoje, domingo, ao fundo, de modo à ascenderem a classe principal (A).
Os 13 grupos mostraram os seus dotes dançando o estilo semba, num desfile predominante pelas cores branca, azul, amarela e preta, banhado pelos brilhantes.
A classe B é composta pelos grupos União Jovens do Cassequel do Imbondeiro, União Geração Sagrada, União Mundo Real de Cacuaco, União Nova Geração do Mar, União Twabixila, União Povo do Samba e União Café de Angola.
Agrega também os grupos União 17 de Setembro, União Giza, União Twafundumuka, União 10 de Dezembro, União Etu Mudietu e União 54.
Nas suas canções, as agremiações chamavam atenção para as questões sociais, desenvolvimento do país e preservação da cultura nacional.
A Polícia garantiu a segurança das mais de dez mil pessoas que acorreram a Nova Marginal de Luanda, para o segundo dia do desfile do carnaval.
O asseguramento foi feito por mais de novecentos efectivos da polícia.
O Serviço de Protecção Civil e Bombeiro destacou mais de 20 meios, com destaque para ambulâncias, carros de extinção de incêndios e de resgate.
O desfile principal da classe A acontece na segunda-feira, dia 12.
PONTO ECONOMIA
O banco nacional de angola informou hoje que o tesouro nacional ira disponibilizar ao mercado, na próxima quarta-feira 14 de fevereiro, um total de trezentos milhões, estando o referido montante disponível ao longo da semana ate que o mesmo se esgote.
De acordo com o banco central, para ao efeito, serão realizadas sessões diárias de venda se divisas na plataforma bloomberg, num período de duas horas, entre as 9h as 11horas do mesmo dia, sendo que os bancos comerciais poderão igualmente, efectuar a compra de moeda estrangeira ate as 13 horas.

E mais de cinco mil famílias na centralidade do Luena, província do Moxico, estão privados de água potável, devido a uma avaria do centro de captação e distribuição do rio lumege, provocada pela chuva, que caiu este domingo.
O vice-governador da província do Moxico para o sector técnico e infraestruturas, Wilson Augusto, garantiu a imprensa que trabalhos ja decorrem para a resolução do problema.
RD: WILSON AUGUSTO 12H
Mais de cinco mil famílias no Luena, privadas de agua potável, devido a uma avaria no centro de captação de distribuição do precioso liquido provocada pela chuva.
PONTO
INTERNACIONAL
O pessoal e vários veículos da missão de manutenção da paz das Nações Unidas na República Democrática do Congo (MONUSCO) foram alvo de um ataque, este fim de semana em Kinshasa, denunciou a ONU.
Num comunicado emitido, a chefe da MONUSCO, Bintou Keita, condenou “a série de ataques contra o pessoal das Nações Unidas” e pediu às autoridades congolesas “uma investigação com o propósito de processar os autores”.
Vários veículos da ONU foram “saqueados e incendiados”, disse Bintou Keita, sublinhando que “as ameaças e ataques contra o pessoal das Nações Unidas e as suas famílias são inaceitáveis”.
A MONUSCO lembra que o seu pessoal está na República Democrática do Congo (RDC) para “contribuir para a consolidação da paz e a melhoria das condições de vida das populações”.
No sábado realizaram-se várias manifestações em Gombe, um dos distritos de Kinshasa onde se localizam embaixadas e escritórios de organizações internacionais, como a ONU.
De acordo com os meios de comunicação locais, jovens em fúria incendiaram veículos propriedade de embaixadas de alguns países, como Costa do Marfim, e da MONUSCO.
Os manifestantes expressavam o seu descontentamento com o que consideram ser a indiferença da comunidade internacional perante o drama humanitário e de segurança que se vive no leste do país.
Os recentes avanços do grupo rebelde Movimento 23 de Março (M23) na província de Kivu do Norte, no nordeste do país, agravaram o conflito e a crise humanitária.
O M23 é um grupo rebelde composto principalmente por tutsis congoleses.

Vários ataques aéreos israelitas causaram esta “cerca de 100 mortos” em Rafah, no sul da Faixa de Gaza, disse esta segunda-feira o Ministério da Saúde de Gaza, controlado pelo grupo islamita palestiniano Hamas.
Num novo balanço, o Ministério elevou de 52 para “cerca de 100 mortos” a estimativa dos ataques contra a cidade situada no extremo sul de Gaza, junto à fronteira com o Egito.
As Forças de Defesa de Israel afirmaram terem realizado “uma série de ataques contra alvos terroristas na área de Shabura”, uma zona de Rafah, de acordo com um comunicado.

Data de Emissão: 12-02-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 09 Fevereiro de 2024

Destaques:

MAIS CINCO CONTRABANDISTAS DE COMBUSTÍVEL DETIDOS PELO SERVIÇO DE INVESTIGAÇÃO CRIMINAL EM LUANDA;

– APREENDIDAS DUAS EMBARCAÇÕES DE PESCA INDUSTRIAL POR SUSPEITA DE PESCA ILEGAL NO RIO KWANZA;

– CABO VERDE QUER RETOMAR O MAIS BREVE POSSÍVEL A LINHA AÉREA DIRECTA COM ANGOLA.

– GIRABOLA REGRESSA HOJE, COM O DUELO ENTRE KABUSCORP DO PALANCA E O PETRO DE LUANDA, NO ESTÁDIO DOS COQUEIROS;

– CEDEAO ANALISA ADIAMENTO DAS ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS NO SENEGAL.

JINGLE MIX

Jornal ao meio dia de sexta-feira, 9 de Fevereiro de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson Machado e Edmundo Simões, edição e apresentação de Zacarias Congo.

JINGLE

As emoções do rei futebol na abertura do seu jornal…

O Girabola 2023-2024 regressa hoje, depois da paragem devido à participação da Seleção Nacional no CAN da Côte d’Ivoire.

Na retoma do “GIRA”, há duelo de gigantes entre Kabuscorp do Palanca e o Petro de Luanda, com início  às 16horas, no estádio dos Coqueiros, numa partida referente à 12ª jornada.

A formação do Palanca chega a este confronto com estatuto de líder do campeonato com 21 pontos, frente a um  Petro de Luanda que tem 17 pontos, e encontra-se na terceira posição.

Para este confronto,  o jornalista desportivo Marcial Batunina, fala em teste de fogo para o Kabuscorp, que terá de mostrar a capacidade para segurar a liderança do campeonato. 

MARCIAL BATUNINA – GIRABOLA – 01′ 16” 12H 090224

Marcial Batunina, jornalista desportivo, comentando sobre o duelo de hoje entre Kabuscorp do Palanca e o Petro de Luanda, no estádio dos Coqueiros, às 16h, jogo que marca o regresso do GIRABOLA, depois da paragem devido à participação dos Palancas Negras no CAN da Côte d’Ivoire.

Sobre este e outros assuntos desportivos, o estimado ouvinte terá mais dados logo a seguir a este serviço informativo, no Jornal Desportivo, com o Hilário Leonardo.

PONTO

Foram detidas mais cinco pessoas, pertecentes a uma rede de contrabando de combustivel, que comecou a ser desmantelada na última semana. Durante a operação, foram aprendidos 21 mil litros do produto, como confirma o porta-voz do Serviço de Investigação Criminal, Superintendente-chefe Manuel Halaiwa.

MANUEL HALAIWA 01 – CONTRABANDO – 01′ 38” 12H 090224

A olhar para a gravidade da situação, Manuel Halaiwa alerta aos agentes economicos, para maior fiscalização e segurança dos seus funcionários.

MANUEL HALAIWA 02 – FISCALIZAÇÃO – 01′ 19” 12H 090224

Superintendente-chefe Manuel Halaiwa, porta-voz do SIC, Serviço de Investigação Criminal, alertando aos agentes económicos para maior fiscalização e segurança dos funcionários, depois de serem detidos mais cinco pessoas pertecentes a uma rede de contrabando de combustivel, que comecou a ser desmantelada na última semana, tendo sido detidos inicialmente 7 contrabandistas.

 

A onda de criminalidade soma e segue…

Duas embarcações de pesca industrial foram apreendidas, por suspeitas de pesca ilegal, no rio Kwanza, durante as operações regulares de patrulhamento náutico, levadas a cabo pelos efectivos da Polícia Fiscal Aduaneira, em coordenação com o grupo operativo Multissetorial para Vigilância e Fiscalização Náutica.

Durante a operação foi possível flagrar, a bordo das embarcações, 12 cidadãos de nacionalidades chinesa e Indonésia detidos, por suspeitas de imigração ilegal, bem como três cidadãos nacionais, por auxilio à imigração ilegal, tal como esclarece o porta-voz da Polícia Nacional, Subcomissário Mateus Rodrigues.

MATEUS RODRIGUES – EMBARCAÇÕES – 01′ 43” 12H 090224

Subcomissário Mateus Rodrigues, porta-voz da Polícia Nacional, confirmando a apreensão de duas embarcações de pesca industrial, com 12 cidadãos estrangeiros de nacionalidades chinesa e indonésia, por suspeitas de pesca ilegal.

PONTO

As comissões especializadas da Assembleia Nacional aprovaram esta quinta-feira, o Relatório Parecer conjunto, na generalidade, da Proposta de Lei da Divisão Político-Administrativa (DPA).

O Relatório Parecer Conjunto do Diploma, que vai à discussão e aprovação, na generalidade, na próxima reunião Plenária, foi admitido com 48 votos a favor e 14 contra.

Sobre o assunto, o analista MFM para as questões jurídicas e políticas, Joaquim Jaime, diz que o procedimento do Parlamento foi estabelecido em conformidade com as normas internas e estão assim criadas as condições para as discussões à volta da Nova Divisão Político-Administrativa.em sede daquela instância;

JOAQUIM JAIME – 02’ 30’’ 12H 090224

Joaquim Jaime, analista MFM para as questões jurídicas e políticas.

Com a nova Divisão Político-Administrativa, Angola passará a contar com 20 províncias e 325 municípios a partir de 2025.

A nova Lei Geral do Trabalho que entra em vigor a partir de Março defende a eliminação da distinção das empresas em função da dimensão e duração do contrato de trabalho, por tempo determinado, a reconfiguração do critério de fixação das remunerações adicionais, assim como a determinação das indemnizações e compensações.

O diploma implementa ainda o modelo de assistência aos trabalhadores que, por razões alheias, ficam inválidos, em consequência de um acidente ou doença proveniente do regime laboral, salvaguardando a sua situação com remuneração, através da Protecção Social Obrigatória.

A este respeito, o jurista Alberto Quixinacho reconhece que a nova lei trará alterações consideráveis, sobretudo do ponto de vista da garantia de manutenção do trabalho.

ALBERTO QUIXINACHO – LEI – 02′ 11” 12H 090224

Já o jurista e analista MFM, Carlos Cabaça, defende maior fiscalização da Inspecção Geral do Estado para o cumprimento rigoroso da lei.

CARLOS CABAÇA – LEI – 01′ 52” 12H 090224

Carlos Cabaça, jurista e analista MFM, defendendo maior fiscalização fiscalização da Inspecção Geral do Estado para o cumprimento rigoroso da nova Lei Geral do Trabalho, que entra em vigor a partir de Março próximo.

A Lei defende que todos os cidadãos têm o direito ao trabalho livremente escolhido, com igualdade de oportunidades e sem qualquer discriminação, assim como proíbe a contratação de trabalho a menores entre 14 e 17 anos, caso não sejam autorizados pelos responsáveis, Centro de Emprego ou uma entidade idónea.

Quanto à Licença de paternidade, a nova lei estabelece que o pai tem o direito a uma licença complementar de sete dias úteis, seguidos ou interpolados, por ocasião do nascimento do filho, podendo ainda substituir a mãe do filho recém-nascido, no gozo da licença parental, em casos de incapacidade física, psíquica ou morte, obtendo os mesmos direitos da parceira, incluindo o subsídio.

PONTO

Já começaram a ser entregues os primeiros apartamentos da Centralidade “Teresa Afonso Gomes”, na província do Bengo, inaugurada em Novembro último pelo Presidente da República.

Numa primeira fase, estão disponíveis 486 habitações, distribuídas mediante sorteio e atribuições às instituições públicas, pessoas com deficiência e antigos combatentes, segundo a governadora do Bengo, Maria Antónia Nelumba.

MARIA ANTÓNIA NELUMBA 01 – CENTRALIDADE – 39” 12H 090224

32 mil kwanzas é o valor da renda resolúvel que será pago mensalmente pelos cidadãos, valores considerados justos pela governante.

MARIA ANTÓNIA NELUMBA 02 – VALORES – 48’’ 12H 09022024

Maria Antónia Nelumba, governadora do Bengo. Já começaram a ser entregues os primeiros apartamentos da Centralidade “Teresa Afonso Gomes”, inaugurada em Novembro último pelo Presidente da República.

PONTO

O ministro das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social, pediu hoje aos correspondentes estrangeiros maior divulgação sobre a realidade de Angola nos seus países, contribuindo ainda para a diplomacia económica desenvolvida pelo Presidente da República.

Mário Oliveira falava esta manhã durante um encontro que manteve com os correspondentes estrangeiros em Angola.

MÁRIO OLIVEIRA 01 – CORRESPONDENTES – 01′ 13” 12H 090224

Por outro lado, Mário Oliveira reconhece avanços em matéria de liberdade de imprensa no país e apela ao respeito pelas leis estabelecidas pelo governo angolano.

MÁRIO OLIVEIRA 02 – LIBERDADE DE IMPRENSA – 01′ 35” 12H 090224

Mário Oliveira, ministro das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social, durante o encontro que manteve hoje com os correspondentes estrangeiros em Angola.

O embaixador de Cabo Verde em Angola, Júlio Morais, manifestou esta quinta-feira, em Luanda, o interesse do seu país em retomar,  o mais breve possível, a linha aérea directa com Angola.

Júlio Morais adiantou que esta retoma terá que ser rentável, na qual os dois Governos já acordam neste sentido e as operadoras estão a trabalhar para efectuar estudos de mercado.

Segundo o embaixador, estes projectos estratégicos fazem parte dos desafios de incrementar um conteúdo económico que dê sustentabilidade às boas relações existentes entre os dois países.

PONTO ECONOMIA

Na cidade sul-africana do Cabo, duas companhias assinaram um contrato de vários anos para o uso da linha de Caminhos de Ferro do Lobito, usada para a exportação de minérios da Zâmbia.

O acordo foi assinado pelas companhias TRAFIGURA e o complexo de cobre KAMOA KAKULA para o transporte de minérios, através dessa via, por um mínimo de seis anos.

O acordo é a primeira assinatura a longo prazo dedicado ao uso dessa via de exportação que, nos próximos meses e anos vai conhecer grandes investimentos, com a ajuda de investimentos americanos de centenas de milhões de dólares.

A este respeito, o analista MFM para os assuntos económicos, Carlos Rosado de Carvalho, explicou o que está em jogo nestas concepções e nos ganhos das ferrovias, nesta parte do continente africano;

CARLOS ROSADO DE CARVALHO 12H ( 02’.11)

Carlos Rosado de Carvalho, analista MFM para as questões económicas, e a assinatura de um contrato de vários anos para o uso da linha de Caminhos de Ferro do Lobito, feito pelas companhias TRAFIGURA e o complexo de cobre KAMOA KAKULA.

PONTO INTERNACIONAL

A CEDEAO, Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental, analisa hoje, em Abuja, na Nigéria, o adiamento das eleições presidenciais no Senegal, em reunião extraordinária do seu Conselho de Mediação e Segurança.

O Chefe de Estado senegalês, Macky Sall, decretou o adiamento das eleições presidenciais, que estavam marcadas para 25 deste mês, para 15 de Dezembro, decisão que despoletou uma forte contestação da oposição e várias manifestações”.

A decisão de Macky Sall foi aprovada, por maioria, pelo Parlamento do Senegal, que deu ainda luz verde à prorrogação, por um ano, do mandato do Presidente cessante.

A CEDEAO inibiu-se de condenar o adiamento das eleições, não indo além de manifestar “a sua preocupação com as circunstâncias que levaram” às mesmas e apenas pedindo às “autoridades competentes que acelerem os diferentes processos para estabelecer uma nova data”.

 

Data de Emissão: 09-02-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 08 Fevereiro de 2024

Destaques:

AUGUSTO TOMÁS EM LIBERDADE. TRIBUNAL SUPREMO MANDA PARA A CASA ANTIGO MINISTRO DOS TRANSPORTES ANTES CONDENADO A 14 ANOS DE PRISÃO;

PARLAMENTO REJEITA DISCUTIR PROPOSTA DA UNITA SOBRE A TRATAMENTO POLITICO DESIGUAL NA IMPRENSA PUBLICA;

MINISTERIOS DAS FINANÇAS E COMERCIO UNEM-SEPARA INCENTIVAR PRODUÇÃO NACIONAL;   

ISRAEL REJEITA CESSAR FOGO DECRETADO PELO HAMAS; 

JINGLE MIX

Jornal ao meio dia de oito de Fevereiro de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson Machado e Edmundo Simões.

JINGLE MVIEIRA 

O Tribunal Supremo devolveu ao antigo Ministro dos transportes, Augusto Tomás, a liberdade definitiva e sem condições, depois deste ter sido posto em liberdade condicional em Dezembro de 2022, após ter estado sob  prisão efectiva desde 2018.

O antigo ministro dos Transportes foi condenado pelo Tribunal Supremo em Agosto de 2019 a 14 anos de prisão, no “caso do Conselho Nacional de Carregadores”, mas viu a sua pena reduzida a oito anos, após recurso da defesa.

Segundo a decisão do Tribunal Supremo, são retiradas agora todas as restrições antes impostas ao arguido, que estava obrigado a residir em Luanda e a não se ausentar do País sob pena de desobediência à justiça e retornar à prisão.

Augusto Tomás foi ainda obrigado a pagar o total da indemnização a que havia sido condenado pelo TS em 2019.

Jurista e analista MFM, Carlos Cabaça, fala sobre o novo desenvolvimento de um dos casos mais mediáticos da justiça angolana.

CARLOS CABAÇA – CASO CNC – 01′ 25” 12H 080224

Jurista e analista MFM, Carlos Cabaça. Tribunal Supremo devolveu ao antigo Ministro dos transportes, Augusto Tomás, a liberdade definitiva e sem condições.

….

E o general Hélder Vieira Dias “Kopelipa” vai a julgamento em breve, depois de o Tribunal Supremo ter rejeitado o recurso do despacho de pronúncia relativo ao processo de instrução contraditória do processo-crime em que está envolvido enquanto antigo director do Gabinete de Reconstrução Nacional.

“Kopelipa” é acusado dos crimes de crimes de peculato, burla por defraudação, falsificação de documentos, tráfico de influências, associação criminosa e abuso de poder.

No mesmo processo, vai ser julgado o general Leopoldino dos Nascimento “Dino”, e três empresas que terão desfalcado o estado angolano em milhões de dólares, de acordo com o porta-voz do Tribunal Supremo, Leandro Lopes.

LEANDRO LOPES 8H

Leandro Lopes, porta-voz do Tribunal Supremo. Generais “Kopelipa” e “Dino” vão a julgamento em breve, depois de o Tribunal ter indeferido o pedido da defesa.

Sobre este assunto, ouvimos também o jurista Joaquim Jaime;

JOAQUIM JAIME PROCESSO 12H ( 02”.12’)

PONTO

O parlamento angolano rejeitou apreciar um voto de protesto da UNITA condenando o tratamento desigual e parcial dado aos partidos políticos e apontando “numerosas práticas antidemocráticas”.

O documento foi lido pelo Primeiro Secretário de Mesa da Assembleia Nacional, Manuel Lopes Dembo;

MANUEL DEMBO 12H

A UNITA realçou, no requerimento apresentado à Assembleia Nacional, que a Constituição da República estabelece que os partidos políticos têm direito a igualdade de tratamento por parte das entidades que exercem o poder público, o que não aconteceu no passado sábado em que foi dado tratamento desigual às atividades partidárias realizada pelo MPLA, pela UNITA e pelo Bloco Democrático.

Os líderes dos três partidos discursaram em três cidades diferentes para mobilizar os seus militantes e apoiantes para o arranque do ano político, mas só o comício do MPLA foi transmitido em direto pela Televisão Publica de Angola

E o deputado do MPLA, António Paulo, considera que a sugestão da UNITA tem bases para a divisão da classe jornalística angolana, facto que levou o MPLA a votar contra a introdução da discussão e votação do protesto na reunião plenária extraordinária desta quarta-feira;

ANTÓNIO PAULO 12H

No requerimento, a UNITA aponta numerosas práticas antidemocráticas nos últimos tempos e considera que uma das práticas mais escandalosas de abuso de poder, segundo a vice-presidente da Bancada Parlamentar, Mihaela Webba;

MIHAELA WEBBA – PROTESTO – 12H

O requerimento da UNITA foi chumbado com 78 votos contra, 63 a favor e duas abstenções.

PONTO ECONOMIA 

Um acordo para transportar minerais foi assinado esta quarta-feira, na África do Sul, entre as empresas Trafigura e Kamoa-Kakula, com a LAR – Atlantic Lobito Corridor, a empresa que gere a operação do Corredor do Lobito.

De acordo com uma nota de imprensa, enviada à ANGOP, o acordo marca os primeiros compromissos comerciais de longo prazo com o Corredor do Lobito, uma nova rota comercial de importação e exportação entre o Cinturão de Cobre Africano e a costa atlântica de Angola.

O presidente Executivo da Trafigura, Jeremy Weir, espera que outros clientes se juntem à Ivanhoe Mines e à Trafigura nos próximos meses.

A Associação de Pesca Artesanal, Semi-Industrial e Industrial de Luanda, APASIL, considera que o preço do pescado poderá conhecer uma redução significativa, caso haja uma uniformização do preço do combustível.

Actualmente, o preço do litro de gasóleo para a pesca artesanal e semi-industrial é de 135 kwanzas, enquanto para a pesca industrial o valor é de 900 kwanzas.

O convidado da MFM desta manha foi Antônio Gama, armador de pesca a 35 anos, que falou sobre os factores da carestia do pescado no mercado angolano;

ANTONIO GAMA JR 12H

Outro fator estrangulador da atividade é o combustível no entender d Antônio Gama;

ANTONIO GAMA COMBUSTIVEIS 12H

Está em vigor  uma circular dos ministérios das finanças e indústria e comercio que  activa mecanismos no sentido de  privilegiar produção nacional nas compras públicas. 

Este documento visa incentivar o consumo de produtos alimentares em angola. O entender de do analista Carlos Rosado de Carvalho estes documentos então em alguma contradição;

CARLOS ROSADO DE CARVALHO 12H

A policia em Luanda  desmente a informação posta a circular nas redes sociais, dando conta de uma invasão na esquadra policial do Rocha Pinto, acção supostamente praticada, por militantes, que teriam como objectivo, libertar alguns presos .

O porta voz do comando provincial da policia nacional em Luanda, Superintendente Nestor Goubel,  disse a MFM, que tudo não passou de especulação das redes sociais; 

 NESTOR GOUBEL 12H

Superintendente Nestor Goubel, porta voz do comando provincial da policia nacional em Luanda, a dar conta de que, não houve invasão na esquadra policial do Rocha Pinto, tal como circulam nas redes sociais.

Mais de quinhentos meios foram entregues esta manhã à ELISAL, Empresa de Limpeza e Saneamento de Luanda, pelo governo provincial, para o reforço do processo de limpeza na capital angolana.

Na ocasião, o governador de Luanda, Manuel Homem, garantiu que o governo continua comprometido com o melhoramento do saneamento básico.

 

MANUEL HOMEM 12H

Já o PCA da ELISAL, Gonçalves Imperial, diz que com os novos meios o saneamento básico em Luanda poderá conhecer outra realidade.

GONÇALVES IMPERIAL – MEIOS – 53” 12H 080224

Gonçalves Imperial, PCA da ELISAL, Empresa de Limpeza e Saneamento de Luanda, afirmando que os novos equipamentos entregues pelo governo provincial vão servir para reforçar as acções de saneamento na capital angolana.

Luanda voltou a registar mais uma morte por afogamento nas últimas 24h, desta vez no município de Belas. Segundo a porta-voz do Serviço de Protecção Civil e Bombeiros, Maina Panzo, no mesmo período, foram igualmente registados cinco incêndios.

MAINA PANZO 12H

Maina Panzo, porta-voz do Serviço de Protecção Civil e Bombeiros em Luanda, apresentando o resumo das 18 ocorrências registadas nas últimas 24h.

JINGLE DESPORTO

Os atletas da selecção nacional de Canoagem estão a preparar os jogos Olímpicos de Paris 2024, treinando sem as condições possíveis nos seus clubes e com o acompanhamento da federação angolana dos desportos náuticos.

O canoísta Benilson Sanda diz estar a treinar desmotivado pelo facto de não ter recebido até agora os prémios da qualificação aos jogos e também por estar a treinar sem o apoio do COA.

RD-BENILSON SANDA-PARTE 1.

 

 

 

INTERNACIONAL

O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, rejeitou esta quarta-feira os termos “delirantes” do Hamas para um cessar-fogo e um acordo de libertação de reféns.

Netanyahu prometeu prosseguir com a guerra de Israel contra o Hamas, agora no seu quinto mês, até alcançar a “vitória absoluta”, em declarações feitas após o seu encontro com o secretário de Estado norte-americano, Antony Blinken, que está de viagem no Médio Oriente.

“Render-se às exigências delirantes do Hamas que ouvimos agora não só não levará à libertação dos reféns, mas apenas convidará a outro massacre”, disse Netanyahu numa conferência de imprensa.

O chefe do Governo israelita voltou a descartar qualquer acordo que deixe o Hamas com o controlo total ou parcial de Gaza e assegurou que o seu país é a “única potência” capaz de garantir a segurança na região a longo prazo.

Blinken reconheceu que ainda há “muito trabalho” para ultrapassar as divergências entre Israel e o Hamas nos termos de qualquer acordo, mas mostrou-se confiante numa nova libertação de reféns.

Mais de 20 pessoas morreram e outras 40 ficaram feridas, em três explosões ocorridas no Paquistão, um dia antes das eleições gerais, junto a sedes eleitorais de candidatos, segundo as autoridades.

No ataque mais recente, 10 pessoas morreram e outras 12 ficaram feridas, segundo a agência espanhola EFE.

Data de Emissão: 08-02-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Noticias 12 horas, edição de 06 de Fevereiro de 2024

MARCADA PARA AMANHA A LEITURA DOS QUESITOS DO PROCESSO QUE ENVOLVE ERNESTO KITEKULO, ANTIGO VICE GOVERNADOR DO KUANDO KUBANGO. 

MARGINAIS ASSALTAM LOJA DE TELEMOVEIS E ROUBAM 900 MIL KUANZAS EM DINHEIRO . ACONTECEU NO KILAMBA KIAXI  EM LUANDA;  

PRESIDENTE DA REPUBLICA VISITA OBRA DO HOSPITAL DOS CAJUEIROS E DO FUTURO INSTITUTO DE MEDICINA LEGAL;  

ADIAMENTO DAS ELEIÇÕES LEVA A CRISE POLITCA NO SENEGAL;  

Jornal ao meio dia, neste dia seis de Fevereiro de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, suporte técnico de Edson Machado e … 

JINGLE MV 

É já  amanha que acontece a  leitura dos quesistos do processo em que é arguido Ernesto Kitekulo, antigo vice  governador provincial do kuando Cubango .  

Ernesto Kiteculo está a ser acusado pelo Ministério Público da prática dos crimes de peculato e abuso de poder, no exercício das funções, no período entre Setembro de 2017 e Setembro de 2018, na altura em que exercia as funções de vice-governador do Cuando Cubango para o Sector Económico e Produtivo.

Já o processo que envolve os generais “Kopelipa” e “Dino”, vai a julgamento  apenas em Março. 

Os dois oficiais generais, mas cinco indivíduos e três empresas são acusados de crimes de tráfico de influências e branqueamento de capitais, entre outros, no âmbito do processo que envolve a filial angolana da China International Fund.

Segundo o despacho de pronúncia da 4.ª secção da câmara Criminal do Tribunal Supremo de Angola, datada de 20 de dezembro, o ex-responsável pelos serviços secretos Manuel Helder Vieira Dias “Kopelipa” é acusado de crimes de peculato, burla por defraudação, falsificação de documento, associação criminosa, tráfico de influência, abuso de poder e branqueamento de capitais, num total de sete crimes.

Já o antigo chefe dos serviços de comunicações Leopoldino Fragoso do Nascimento “Dino”, bem como o advogado Fernando Gomes dos Santos e You Hai Ming, da China Internacional Fund, vão responder pelos crimes de burla por defraudação, falsificação de documento, associação criminosa, tráfico de influência e branqueamento de capitais.

O processo envolve também as empresas China International Fund Angola, Plansmart International Limited e que estavam acusadas de tráfico de influência, branqueamento de capitais, burla por defraudação e falsificação de documento, mas que vão responder apenas pelos dois primeiros crimes.

As empresas foram alegadamente usadas pelos arguidos para montarem um esquema que lesou o Estado angolano em milhões de dólares, envolvendo um acordo de financiamento entre Angola e China para apoiar a reconstrução nacional, após a guerra civil.

Em 2020, os dois antigos dirigentes tiveram de entregar ao Estado várias empresas e edifícios detidos pelas suas empresas China International Fund Angola – CIF e Cochan, S.A., incluindo fábricas de cimento e cerveja, uma rede de supermercados e edifícios de habitação.

PONTO 

Luanda ainda vive as consequências de varias horas de chuva da noite de ontem a esta manha. Ainda não há qualquer balanço das autoridades.  

 

No entanto, a Cidade de Caxito, capital da província do Bengo, registou chuvas intensas nas primeiras horas desta terça-feira, mas as autoridades garantem que não há o registo de danos consideráveis até ao momento. 

Contacto directo com o jornalista Zacarias Congo, em Caxito;

ZACARIAS CONGO 12H SIMULADO  

PONTO

 As chuvas não impediram que o presidente saísse em visita de campo…  

O Presidente da República, João Lourenço, efectuou esta terça-feira, em Luanda, uma visita ao Hospital Geral dos Cajueiros, no município do Cazenga, para constatar o estado actual da instituição sanitária que neste momento recebe obras de beneficiação.

Numa visita guiada ao hospital, o Chefe de Estado inteirou-se do funcionamento de vários serviços, com destaque para o banco de urgência, as áreas de internamento, maternidade, pediatria, laboratório de análises clínicas e depósito de medicamentos.

João Lourenço realiza na manhã desta terça-feira uma jornada de campo que o vai levar ainda a visitar as obras do futuro Instituto de Medicina Legal. 

A qualquer momento teremos  o diretor geral do hospital dos cajueiros sobre o andamento das obras de resta

O diretor do Hospital dos Cajueiros, Daniel Café resume o actual estado das obras do hospital dos cajueiros. DANIEL CAFÉ DIRECTO SIMULADO 

O Tribunal Constitucional tenciona aproximar a Constituição da República a todo o estrato social, com a partilha da Lei Magna em vários formatos, quer em banda desenhada, para o alcance das crianças, quer em línguas nacionais, visando uma maior inclusão social.

A informação foi avançada na cidade do Cuito, província do Bié, no quadro da visita de três dias a esta região da presidente desta Corte Superior, Laurinda Prazeres Monteiro Cardoso. A juíza diz que a constituição está conforme  a historia de angola;

LAURINDA CARDOSO 8 H

PONTO .

Um total de nove milhões de kuanzas foram roubados nos últimos dias de uma loja de venda de telemóveis na zona da sapu em Luanda.

O crime foi protagonizado por nove elementos que  já estão detidos pela policia nacional. Segundo a corporação os elementos atuavam com maior vigor na zona do Kilamba Kiaxi e Nova vida, segundo Fernando Carvalho porta voz do SIC Luanda;

FERNANDO CARVALHO SIC 12H 

 

Foi desmantelada uma rede de  imigrantes ilegais que trazia para Angola dezenas de cidadãos da RD do Congo. 

Segundo a  policia nacional depois da entrada estas pessoas ficavam alojadas no bairro Hojy ya Henda. A revelação é de Quintino Ferreira da policia nacional; 

QUINTINO FERREIRA IMIGRAÇÃO ILEGAL  08H

 A policia nacional reportou também roubos d cabos elétricos em Luanda;

QUINTINO FERREIRA CABOS ELEITRICOS   

 O serviço nacional de proteção civil e bombeiros tomou conhecimento nas ultimas 24 horas de 11 casos diversos. A porta voz Maina Panzo aponta ainda alguma falta de prudência como causas;

MAINA PANZO BOMBEIROS 12H 

PONTO ECONOMIA 

Angola apresenta  esta terça-feira, novas intenções de investimento na Conferência Internacional sobre Mineração em África, Mining Indaba, que decorre em Cape Town (África do Sul), num dia reservado ao país que se faz representar com 14 empresas do subsector diamantífero e não diamantífero.

Depois de apresentar soluções para os “Minerais Críticos para Transição Energética”, tema abordado na edição passada, nesse 30º evento, o país elegeu dois temas: Potencial Mineiro Angolano e Potencial do Diamante Angolano, cuja cerimónia será orientada pelo ministro dos Recursos Minerais, Petróleo e Gás, Diamantino de Azevedo.

Trata-se de uma soberana oportunidade para mostrar aos potenciais investidores as riquezas minerais angolanas constantes no Plano Nacional de Geologia (PLANAGEO) e atrair financiamento para o sector mineiro.

O dia de Angola constitui igualmente momento impar para o país transmitir a experiência, captar investimentos para alavancar projectos, identificar e estabelecer parcerias no domínio da prestação de serviços, bem como promover o potencial e a aposta do sector mineiro nacional na sustentabilidade e na inclusão feminina.

PONTO DESPORTO

Uma das grandes lições a serem retiradas da participação de angola no CAN é  a necessidade de mais organização para que de futuro as participações de angola em competições do gênero resultem em melhores resultados. 

O entendimento é de Carlos Rosado de Carvalho que apresentou as grandes lições a tirar da maior competição de futebol no continente berço. 

CARLOS ROSADO DE CARVALHO 12H  LIÇÕES CAN 

INTERNACIONAL 

O Parlamento senegalês decidiu adiar para 15 de dezembro as eleições presidenciais de 25 de fevereiro. 

O Presidente Macky Sall segue no poder, mas a oposição alerta para “situação catastrófica”.

Os deputados senegaleses decidiram, na segunda-feira adiar as eleições presidenciais deste mês para dezembro, uma medida sem precedentes que suscitou preocupação internacional num país normalmente visto como um farol de estabilidade na África Ocidental.

O projeto de lei foi aprovado quase por unanimidade, com 105 votos a favor e um contra, depois de os deputados da oposição terem sido retirados à força do hemiciclo.

O enviado especial da ONU para a Região dos Grandes Lagos, Huang Xia, manifestou, esta segunda-feira, em Luanda, o seu engajamento em trabalhar com as autoridades angolanas e de toda a região para o alcance da paz.

O enviado, que falava à imprensa no final de uma audiência concedida pelo Presidente da República, João Lourenço, informou que o encontro serviu para escutar a opinião do Chefe de Estado angolano sobre o andamento da situação na região

Sobre os acontecimentos na parte Leste da República Democrática do Congo (RDC), referiu que as Nações Unidas são da mesma opinião que o PR angolano, de que se deve privilegiar a via do diálogo, da diplomacia, da política e de soluções globais que podem, de facto, levar à uma paz duradoura e não enveredar por caminhos de beligerância que podem criar mais danos.

O ministro das relações exteriores, Tete Antônio falou sobre esta visita;

TETE ANTONIO 07H  

 

O secretário-geral da ONU, António Guterres, anunciou esta segunda-feira a nomeação de um grupo de revisão independente para avaliar a “neutralidade” da Agência das Nações Unidas para os Refugiados Palestinianos que será liderado pela ex-ministra francesa Catherine Colonna.

Segundo um comunicado divulgado pelo gabinete de Guterres, este grupo foi criado em consulta com o comissário-geral da Agência das Nações Unidas de Apoio aos Refugiados da Palestina no Médio Oriente e terá como missão avaliar se a estrutura “está a fazer tudo ao seu alcance para garantir a neutralidade e responder às alegações de violações graves quando estas são cometidas”.

O grupo foi criado na sequência das acusações de envolvimento de alguns funcionários da UNRWA no ataque sem precedentes do grupo islamita palestiniano Hamas contra Israel, a 7 de outubro.

FIM/FIM 

Data de Emissão: 06-02-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 05 Fevereiro de 2024

Destaques:

FRACA PARTICIPAÇÃO NOS TORNEIOS INTERNACIONAIS TEM DIFICULTADO XADREZISTAS ANGOLANOS ATINGIR O TÍTULO DE GRANDE MESTRE.

FEDERAÇÃO ANGOLANA DE FUTEBOL QUER SEGURAR PEDRO GONÇALVES NEGOCIAÇÕES COM O SELECIONADOR COMEÇAM ESTA SEMANA.

LÁ FORA: TREINADOR ALEMÃO HANSI FLICK PODE SER O ESCOLHIDO JUAN LA PORTA PARA ASSUMIR O COMANDO TÉNICO DO BARCELONA.

Assim será o jornal desportivo de segunda feira 05 de fevereiro de 2024, garantia tecnica de Edmundo Simões, edita e apresenta o Hilário Leonardo.

…………………………………

XADREZ NACIONAL.

Os xadrezistas angolanos David Silva, Jemima Paulo, Esperança Caxita e Ednásia Júnior estão muito de se tornarem grandes Mestres no xadrez internacional. O título de GRANDE MESTRE é dado ao xadrezista que atinge os 500 pontos (elos), ou mesmo com 2.250 elos.

 

 

O secretário Geral da federação angolana de Xadrez Carlos Frades fez saber que a irregularidade dos xadrezistas angolanos nas competições internacionais, tem condicionado os xadrezistas angolanos a conseguir o título de GRANDE MESTRE.

RD-CARLOS FRADES-PARTE 1.

A classificação actualizada pela federação internacional coloca MI David Silva na primeira posição no quadro masculino do ranking nacionais com (2372), fazendo parte do pódio o MF Sérgio Miguel (2241), MI Catarino Domingos (2229), MI Amorim Agnelo.

Já no quadro feminino-Jemima Paulo lidera (1910), MF Ednásia Júnior (1858), MI Esperança Caxita (1846), MF Luzia Pires (1815), CM Delfina João (1603), Renelsa António (1488).

Carlos Frades diz que a actualização do ranking elaborada pela  federação internacional de Xadrez coloca Angola na sexta posição, pelo facto de ter batido vários recordes.

RD-CARLOS FRADES-PARTE 2.

Carlos Frades secretário geral da federação angolana de Xadrez satisfeito com a posição dos xadrezistas angolanos no rating nacionais, realizado em Lausanne, Suíça, pela Federação Internacional de Xadrez (FIDE).

 

 

 

 

 

JINGLE FUTEBOL NACIONAL

A Federação angolana de Futebol e o tecnico Português Pedro Gonçalves vão reunir ainda semana para descutir o futuro do treinador que já anunciou a sua saída do comando tecnicos das Palancas apos a participação no CAN.

De acordo com o portal Batunews a FAF tenciona renovar o contrato do treinador luso que terá mostrado desponibilidade para negociar a federação.

O jornalista desportivo Marcial Batunina diz que é normal que hajam negociações entre a FAF e o treinador, pelo facto de estar em causa o bom desempenho no Can e o trabalho de continuidade.

RD-MARCIAL BATUNINA.

FAF tenciona renovar o contrato com o treinador luso Pedro Gonçalves que já terá mostrado desponibilidade para negociar a Federação.

Centenas de adeptos receberam neste domingo  em ambiente de festa e euforia selecção nacional de futebol apos a sua participação no campeonato africano onde foram eliminados nos quartos de final.

O governador provincial de Luanda, Manuel Homem, e outras figuras importantes do Executivo angolano, estiveram presentes no aeroporrto 4 de fevereiro.

Lembrar que Angola atingiu pela terceira vez  os quartos-de-final num CAN de futebol, depois das edições do Ghana`2008 e Angola`2010

As meias finais do Can jogam-se no dia 7 de fevereiro com Nigéria Vs África do Sul e Congo Vs Costa do Marfim, a final da prova está marcada para domingo 11 de fevereiroi.

RD-AFONSO GOUVEIA.

………………………………………………….

Nigéria

As Super Águias mantêm-se como a equipa mais experiente nesta fase, que em termos de números é 16ª participação em uma meia final, agora vão procurar  garantir uma vaga na final. Apesar de entrar no torneio como favorita.

Os homens de José Peseiro são a única equipa a chegar à meia-final sem jogar prolongamento.

RD Congo

A República Democrática do Congo garantiu sua primeira vitória na Copa Africana de Nações vencendo a Guiné por 3-1 nas quartas de final, uma vitória que marca a quinta vez na história da RD Congo que chega às meias-finais da Taça das Nações.

Estatística-chave: Sempre que a RD Congo venceu a CAN em 1968 e 1974, eliminou o país anfitrião na semifinal. Em 1968, venceu a Etiópia por 2 a 3 após prorrogação e, em 1974, o Egito caiu pelo mesmo placar.

 

 

 

 

Costa do Marfim

Quase eliminados após uma derrota por 4 a 0 para a Guiné Equatorial, eles se recuperaram, eliminando o atual campeão africano, o Senegal.

E numa vitória dramática contra o Mali, garantiu sua vaga nas semifinais. Em sua nona participação na semifinal, a Costa do Marfim enfrenta a RD Congo, preparando o terreno para uma revanche da semifinal de 2015, onde os Elefantes saíram vitoriosos com um placar de 3 a 1 em Bata, Guiné Equatorial.

Estatística-chave: A Costa do Marfim venceu sua primeira partida da Copa das Nações na prorrogação desde as quartas de final de 1992, que acabou vencendo.

África do Sul

24 anos depois, os Bafana Bafana estão de regresso as meias-finais da Taça das Nações. Os sul-africanos impressionaram, eliminando Marrocos, semifinalista da Copa do Mundo, e depois somando Cabo Verde, invicto. A jornada continua nas semifinais, onde enfrentam a Nigéria.

…………………………………………….

BOX NACIONAL.

O presidente da federação angolana de Box Simão Muanda disse hoje a MFM que a pré-selecção nacional de Box que vai competir nos jogos africanos do Gana, está a preparar a competição num espaço cedido por um clube.

Trata-se das instalações do clube La Fica no zango 3, por outro lado, o dirigente fez saber que  a federação está a custear as despesas da alimentação, saúde dos atletas.

RD-SIMÃO MUANDA-PARTE 1.

Simão Muanda diz mesmo que os atletas da pré-selecção têm as condições possiveis para garantirem bons resultados nos jogos africanos do Gana.

RD-SIMÃO MUANDA-PARTE 2.

Simão Muanda presidente da federação angolana de Box garantido condições criadas aos pugilistas da pré-selecção nacional que preparam os jogos africanos do Gana.

……………………………………

JINGLE FUTEBOL INTERNACIONAL.

O ex-técnico da Alemanha Hansi Flick é um dos nomes que tem sido ligado ao Barcelona antes da próxima temporada. O treinador alemão, de 58 anos, está atualmente sem equipe e gostaria de assumir o lugar de Xavi Hernández no final da temporada.

O jornal alemão Bild revela que  Deco, faolou  em nome do presidente do Barça, que entrou em contato com Flick para apontar que ele estava na lista de futuros treinadores do clube catalão.

LER AS PRINCIPAIS LIGAS EUROPEIAS.

Data de Emissão: 05-02-2024 às 12:31
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 07 Fevereiro de 2024

Destaques:

PRESIDENTE DA REPÚBLICA AUTORIZA ALOCAÇÃO DE MAIS DE DUZENTOS MIL MILHÕES DE KWANZAS, PARA REQUALIFICAÇÃO E RECONVERSÃO DE DUAS CIDADES, NA PROVÍNCIA DO BIÉ;

– HOMEM DE 46 ANOS DE IDADE DETIDO NO BENGO POR TER MORTO À FACADA UM JOVEM DE 22 ANOS, SUPOSTAMENTE POR CIÚMES;

– PROPOSTA DE LEI DE ANTIDOPAGEM NO DESPORTO, HOJE EM VOTAÇÃO NA GENERALIDADE, NA ASSEMBLEIA NACIONAL;

– FINALISTAS DO CAN DA CÔTE D’IVOIRE SERÃO CONHECIDOS ESTA NOITE.

JINGLE

Jornal ao meio dia de quarta-feira, 7 de Fevereiro de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Lourenço Kalunga e Edmundo Simões, edição e apresentação de Zacarias Congo.

JINGLE

É hoje que vão ser conhecidos os finalistas do CAN 2023, com o primeiro desafio a opor as seleções da Nigéria e da África do Sul às 18horas, em Bouaké, e às 21h, a anfitriã Côte d’Ivoire a defrontar a República Democrática do Congo.

O comentador para o futebol internacional, Afonso Gouveia, destaca a competitividade das quatro seleções que jogam hoje às meias-finais.

AFONSO GOUVEIA – CAN – 01′ 39” 12H 070224

Afonso Gouveia, comentador MFM para o futebol internacional. Serão conhecidos esta noite os finalistas do CAN da Côte d’Ivoire.

Lembramos que os Palancas Negras foram derrotados nos quartos-de-final pelas Super Águias, ou seja, pela seleção da Nigéria.

E por cá, o Plenário da Assembleia Nacional procede, neste momento, de forma extraordinária, a discussão e votação, na generalidade, da Proposta de Lei de Antidopagem no Desporto, em sessão orientada pela presidente do órgão de soberania, Carolina Cerqueira.

A Proposta de Lei em apreço, que dispõe de seis capítulos, nove secções e 74 artigos, foi remetida pelo Executivo à Assembleia Nacional em forma de processo de urgência.

Sobre este e outros assuntos, o estimado ouvinte vai acompanhar mais dados no Jornal Desportivo, logo a seguir a este serviço informativo.

PONTO

A Associação de Pesca Artesanal, Semi-Industrial e Industrial de Luanda, APASIL, considera que o preço do pescado poderá conhecer uma redução significativa, caso haja uma uniformização do preço do combustível. Actualmente, o preço do litro de gasóleo para a pesca artesanal e semi-industrial é de 135 kwanzas, enquanto para a pesca industrial o valor é de 900 kwanzas.

Neste momento, o jornalista MFM Alves Fernandes, está a acompanhar a cerimónia de tomada de posse dos novos órgãos sociais da APASIL, e entra para este jornal com mais pormenores sobre a problemática das pescas em Angola, com realce para o aumento galopante do preço do pescado no mercado nacional.

Alves, boa tarde…

– DIRECTO –

PONTO

Um senhor de 46 anos de idade é acusado de ter morto à facada um jovem de 22 anos, na localidade do Panguila, município do Dande, província do Bengo, supostamente por ciúmes.

O implicado já se encontra detido, tal como esclarece o porta-voz do Serviço de Investigação Criminal no Bengo, Subinspector de Investigação Miguel Correia.

MIGUEL CORREIA 01 – FACADA – 58” 12H 070224

O porta-voz do SIC no Bengo confirma igualmente a detenção de uma jovem de 22 anos de idade, por ter interrompido uma gravidez de seis meses, alegadamente pelo porque o parceiro recusou a paternidade.

MIGUEL CORREIA 02 – GRAVIDEZ – 51” 12H 070224

Subinspector de Investigação Miguel Correia, porta-voz do SIC, Serviço de Investigação Criminal no Bengo, confirmando a detenção de por ter interrompido uma gravidez de seis meses, alegadamente porque o parceiro recusou a paternidade.

Ainda as consequências das últimas chuvas em Luanda.

Uma morte por afogamento e um incêndio foram registados nas últimas 24h na capital angolana. Os dados são apresentados pela porta-voz do Serviço de Protecção Civil e Bombeiros, Maina Panzo.

MAINA PANZO – OCORRÊNCIAS – 01′ 09” 12H 070224

Maina Panzo, porta-voz do Serviço de Protecção Civil e Bombeiros em Luanda, apresentando o resumo das 9 ocorrências registadas nas últimas 24h.

O Presidente da República reconhece o estado deficitário por que se encontram as morgues em Luanda e garante que a situação será melhorada, nos próximos meses, com a entrada em funcionamento do Instituto de Anatomia e Medicina Forense, que terá a capacidade de mais de duzentas gavetas.

João Lourenço falava esta terça-feira em conferência de imprensa, depois da visita efectuada às obras do futuro instituto.

JOÃO LOURENÇO 01 – MORGUES – 01′ 10” 12H 070224

O Presidente da República anunciou igualmente que o Hospital Geral dos Cajueiros, no município do Cazenga, vai merecer uma reabilitação profunda, uma vez que o estado actual da unidade não é dos melhores.

JOÃO LOURENÇO 02 – CAJUEIROS – 01′ 54” 12H 070224

Presidente da República, João Lourenço, garantindo que Hospital Geral dos Cajueiros, no município do Cazenga, vai merecer uma intervenção profunda, para atender a demanda de pacientes.

No entanto, o diretor geral do Hospital dos Cajueiros, Daniel Café, explica ao detalhe o actual estado das obras da referida unidade sanitária.

DANIEL CAFÉ 01 – OBRAS – 01′ 32” 12H 070224

Segundo Daniel Café, o melhoramento da infraestrutura hospital, bem como a necessidade de mais técnicos, entre médicos e enfermeiros, são os grandes desafios da instituição.

DANIEL CAFÉ 02 – SERVIÇOS – 01′ 39” 12H 070224

Daniel Café, diretor do Hospital Geral dos Cajueiros, no município do Cazenga, que merecerá uma reabilitação mais profunda, depois da visita efectuada ontem pelo Presidente da República.

A CIVICOP, Comissão de Reconciliação em Memória das Vítimas de Conflitos Políticos, identificou, ao longo do ano passado, novos corpos de vítimas de conflitos políticos no país. Nesta altura, os corpos que foram encontrados estão em processo de análise laboratorial, de acordo com o Ministro da Justiça e dos Direitos Humanos, Marcy Lopes.

MARCY LOPES 01 – CORPOS – 01′ 22” 12H 070224

Marcy Lopes, que falava durante a 1ª Reunião de 2024 da comissão, fez saber que a CIVICOP não foi comunicada formalmente sobre a sua retirada da UNITA na Comissão. 

MARCY LOPES 02 – UNITA – 58” 12H 070224

Marcy Lopes, Ministro da Justiça e dos Direitos Humanos, afirmando que a CIVICOP, Comissão de Reconciliação em Memória das Vítimas de Conflitos Políticos, não foi notificada formalmente pela UNITA sobre a sua retirada.

Recordamos que o presidente da UNITA, Adalberto Costa Júnior, anunciou em Dezembro último a saída do partido da CIVICOP, por entender que a comissão não estava a cumprir com os objetivos da sua criação.

ADALBERTO COSTA JÚNIOR – CIVICOP – 47” 12H 070224

Adalberto Costa Júnior, Presidente da UNITA, quando anunciava a saída do partido da CIVICOP, Comissão de Reconciliação em Memória das Vítimas de Conflitos Políticos.

PONTO ISENÇÃO

O Presidente João Lourenço autorizou a alocação de mais um empréstimo, via ajuste directo, de 202,8 mil milhões de kwanzas, para trabalhos de requalificação e reconversão das cidades do Cuito e do Cunje, na província do Bié.

A empreitada faz parte de “um vasto programa de construção de infra-estruturas integradas, requalificação e reconversão urbana a nível nacional”, iniciado pelo Ministério das Obras Públicas, Urbanismo e Habitação, em coordenação com os governos provinciais.

A este respeito, o analista MFM para as questões económicas, Carlos Rosado de Carvalho, considera que o ajuste directo não é o melhor critério de contração das obras públicas;

CARLOS ROSADO DE CARVALHO (02.06)

Carlos Rosado de Carvalho, analista MFM para as questões económicas, afirmando que o ajuste directo não é o melhor critério de contratação das obras públicas.

Mais de 47 mil milhões de Kwanzas foram arrecadados pelo estado, em 2023, no âmbito do PROPRIV, Programa de Privatizações. Os dados foram avançados, esta terça-feira, pelo Secretário de Estado para Finanças e Tesouro, Ottoniel dos Santos.

OTTONIEL DOS SANTOS 01 – PROPRIV – 35” 12H 070224

Ottoniel dos Santos fez saber que para este ano serão privatizados 26 activos, com destaque para a UNITEL e o BFA, Banco de Fomento Angolano.

OTTONIEL DOS SANTOS 02 – UNITEL – 35” 12H 070224

Ottoniel dos Santos, Secretário de Estado para Finanças e Tesouro, anunciando que vão ser privatizados 26 activos, este ano, com destaque para a UNITEL e o BFA, Banco de Fomento Angolano.

PONTO INTERNACIONAL

A Organização Mundial de Saúde declarou que em Janeiro houve um aumento grave dos casos de cólera, em dez países da África Oriental e Austral e alertou para o risco de uma epidemia.

Trata-se da Zâmbia, Zimbabwe, Moçambique, Tanzânia, República Democrática do Congo, Etiópia e Nigéria, que registaram surtos activos de cólera, com um total de 26 mil casos e 700 mortes, segundo a OMS.

Face a situação, a organização anuncia que vai continuar a colaborar para o reforço das campanhas de vacinação, tendo em conta que as reservas internacionais de vacinas contra a cólera são escassas.

Data de Emissão: 05-02-2024 às 12:31
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 01 Fevereiro de 2024

Destaques:

CAN 2024: PAÍS MOBILIZA-SE PARA PRESTAR TODO O APOIO ÀS  PALANCAS NEGRAS. PRESIDENTE DO COA ACREDITA QUE ANGOLA VAI LONGE NESTA COMPETIÇÃO;   

PRESIDENTE JOAO LOURENÇO FAZ MEXIDAS NOS CONSELHOS DE ADMINISTRAÇÃO DA SONANGOL E AGENCIA NACIONAL DE PETROLEO E GAZ;

ANGOLA  MOBILIZA TREZENTOS TECNICOS DE SAUDE PARA TRAVAR POSSIVEL ENTRADA DA COLERA NO PAÍS;  

UNIÃO AFRICANA DEFENDE REGRESSO A CEDEAO DE QUATRO PAISES QUE SE RETIRARAM DO BLOCO CONTINENTAL;     

JINGLE MIX 

Jornal ao meio dia, primeiro de Fevereiro de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Joao Congo. 

JINGLE MVIEIRA 

O país mobiliza-se para prestar todo o apoio aos Palancas Negras que defrontam amanhã a sua congénere da Nigéria, em partida decisiva dos quartos de final da Taça de África das Nações em futebol, que decorre na Côte d’Ivoire. 

De todos cantos de Angola, chegam mensagens de encorajamento e promessas de apoio.

Em entrevista ao programa A ÚLTIMA PALAVRA da MFM, o presidente do Comité Olímpico Angolano, Gustavo Conceição, disse que Angola já mostrou que pode ir longe nesta competição, sublinhando que amanhã quem deverá provar o seu real valor é a seleção da Nigéria.

– GUSTAVO CONCEIÇÃO 01 –  ANGOLA/ NIGERIA 

Conceição apelou a todas as entidades que estão a prometer prémios à seleção nacional de sentido de honrarem com os seus compromissos.

– GUSTAVO CONCEIÇÃO 02 – PROMESSA 

Quando ao seu futuro no dirigismo desportivo, o Presidente do COA garantiu que não se vai recandidatar, mas deixou em aberto a possibilidade concorrer à presidência do clube desportivo Primeiro de Agosto, do qual é co-fundador.

– GUSTAVO COMCEIÇÃO – 03 PRESIDÊNCIA DAGOSTO 

Gustavo Conceição, Presidente do Comité Olímpico Angolano, que não confirma nem desmente a possibilidade de ser candidato à liderança do Primeiro de Agosto. 

Os ouvintes poderão acompanhar a entrevista completa logo mais, às 20H00.

PONTO

Mais de 300 técnicos de saúde, entre médicos e enfermeiros, foram mobilizados para manter as acções de prevenção e vigilância epidemiológica do surto de cólera, na província do Cuando Cubango, limítrofe com a República da Zâmbia, que já tem o registo de vários casos da doença. 

O surto de cólera que afecta igualmente a República Democrática do Congo, Zimbabwe, Moçambique, Malawi, Tanzânia e a África do Sul, levou as autoridades angolanas a solicitarem uma reunião do Conselho de Ministros da SADC, na busca de uma estratégia comum para travar a propagação da doença, em sessão orientada a partir de Luanda pelo ministro das Relações Exteriores, Téte António, na qualidade de presidente em exercício do Conselho de Ministros da organização sub-regional.

….

O Presidente da República,  João Lourenço, deu por findo, esta quarta-feira, o mandato de Joaquim António de Sousa Fernandes,  do cargo de administrador executivo do Conselho de Administração da SONANGOL-EP.

Também por conveniência de serviço, deu por findo igualmente o mandato de Belarmino Emílio Chitangueleca, do cargo de administrador do Conselho de Administração da Agência Nacional de Petróleo, Gás e Biocombustíveis.

Entretanto, de acordo com um decreto presidencial, foi nomeado  Belarmino Emílio Chitangueleca para o cargo de administrador executivo do Conselho de Administração da SONANGOL-EP.

A Sociedade Nacional de Combustíveis de Angola (SONANGOL) é uma empresa pública do ramo petrolífero, responsável pela administração e exploração do petróleo e gás natural em Angola.

Angola continua apostada no desenvolvimento de iniciativas que impulsionem o sector petrolífero, no sentido de diversificar a economia e tornar a área produtiva mais dinâmica. 

A garantia foi dada esta quinta-feira, pelo ministro de Estado para a Coordenação Económica, José de Lima Massano, durante um workshop sobre acções e projectos de reponsabilidade social, no sector dos Recursos Mineiras, Petróleo e Gás.

JOSÉ DE LIMA MASSANO 01 – ACÇÕES – 01′ 58” 12H 010224

José de Lima Massano apela às empresas ligadas ao sector petrolífero a apoiarem mais as iniciativas de capital produtivo.

JOSÉ DE LIMA MASSANO 02 – APOIO – 02′ 04” 12H 010224

José de Lima Massano, ministro de Estado para Coordenação Económica. 

Já o ministro dos Recursos Mineirais, Petróleo e Gás, Diamantino Azevedo, fez saber que os investimentos realizados pelas empresas do sector têm beneficiado áreas como saúde, educação, empregabilidade e desporto.

DIAMANTINO AZEVEDO – APOIO – 01′ 57” 12H 010224

Diamantino Azevedo, ministro dos Recursos Mineirais, Petróleo e Gás, falando durante um workshop sobre acções e projectos de reponsabilidade social no sector que dirige.

O Instituto Regulador dos Derivados de Petróleo vai reforçar a fiscalização dos lubrificantes comercializados no mercado angolano, para combater a falsificação do produto. 

A garantia é do diretor geral da referida instituição, Luís Fernandes.

LUÍS FERNANDES 7H

Luís Fernandes, diretor geral do Instituto Regulador dos Derivados de Petróleo, garantindo que a instituição vai reforçar as acções de inspecção para travar a venda de lubrificantes adulterados no mercado nacional. 

E as autoridades não têm dado tréguas aos contrabandistas de produtos petrolíferos. 

Esta quarta-feira, a polícia confirmou a detenção de sete integrantes de uma rede que se dedicava ao contrabando de combustível e anunciou a apreensão de mais de 19 mil litros do produto em Luanda. 

O   Superintendente-chefe Manuel Halaiwa é o porta-voz do Serviço de Investigação Criminal.

 MANUEL HALAIWA 12H

Superintendente-chefe Manuel Halaiwa, porta-voz do SIC, Serviço de Investigação Criminal, confirmando a detenção de sete indivíduos, devido ao contrabando de combustível em Luanda.

Seis mil milhões de dólares serão investidos até ao próximo ano, em Angola, pelo Banco Mundial, para financiar projectos nos sectores da saúde, educação, águas e agricultura. 

A informação foi avançada pela representante do Banco Mundial em Angola, Ana Maria de Carvalho.

ANA MARIA DE CARVALHO 9H

Ana Maria de Carvalho, representante do Banco Mundial em Angola, avançando que a instituição vai investir no país até ao próximo ano seis mil milhões de dólares para financiar projectos em vários domínios. 

O Banco Mundial (BM) apresenta-se como um parceiro que se destaca no apoio aos esforços de Angola em vários domínios da vida social, para a reduzir a pobreza e promover o crescimento económico, considerou, esta quarta-feira, o Juiz  Conselheiro Presidente do Tribunal de Contas, Sebastião Gunza.        

Falando no worksop sobre projectos financiados pelo do BM, realçou que a instituição bancária tem trabalhando em conjunto com as entidades públicas e a sociedade civil, de modo a promover o crescimento económico. 

Adiantou, por outro lado, que a necessidade de finanças públicas saudáveis, conjugada com a obrigação de enfrentar preocupações sociais, integração e justiça social, protecção social de grupos vulneráveis e reduzir assimetrias regionais, além de outras, exigem um minucioso escrutínio das entidades competentes, visando promover a boa governação das finanças  públicas.    

Angola manteve a tendência dos últimos anos no combate à corrupção, subindo para o 116.º lugar no Índice de Perceção da Corrupção, alcançando 33 pontos numa escala que vai dos zero aos 100, segundo um relatório esta terça-feira divulgado.

A tendência nos últimos cinco anos traduziu-se numa subida de 14 pontos, e considerando os últimos 10 anos, a subida foi de 11 pontos. 

A edição deste ano do Índice de Percepção da Corrupção (CPI, na sigla em inglês), elaborado pela organização não-governamental (ONG) Transparência Internacional, mostra que em termos estatísticos, Angola subiu 20 lugares no CPI de 2021 relativamente ao de 2022, fixando-se no 116.º lugar entre 180 países e territórios. O analista MFM , Carlos Rosado de Carvalho;

CARLOS ROSADO DE CARVALHO 12H 

A ONG acrescenta que o Ministério Público angolano solicitou recentemente à Interpol a emissão de um mandado de detenção contra Isabel dos Santos, filha do ex-presidente José Eduardo dos Santos, tendo o Supremo Tribunal do país ordenado a apreensão dos seus bens.

PONTO

Um regulamento sobre licenciamento e exercício da actividade das Agências de Viagens e Turismo foi aprovado hoje, quarta-feira, em Luanda, pelo Conselho de Ministros. 

Segundo o comunicado final da sessão, orientada pelo Presidente da República, João Lourenço, a aprovação do documento tem como objectivo tornar o sector mais atractivo, diminuindo a intervenção do Estado em matérias da competência exclusiva dos operadores turísticos.

Ao mesmo tempo, refere a nota, visa implementar um sistema de acompanhamento das suas actividades, de forma a permitir a materialização dos princípios estabelecidos na legislação competente em vigor.

O regulamento, ora aprovado, exclui a exigência de realização de um capital mínimo para abertura das agências de viagens e permite que outras actividades sejam desenvolvidas no mesmo estabelecimento, desde que autorizadas pela entidade responsável pelo turismo.

INTERNACIONAL

A União Africana defende diálogo entre a CEDEAO, Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental, e os países liderados pelas juntas militares do Níger, Mali e Burkina Faso, que se retiraram do bloco regional.

O Presidente da Comissão da União Africana, Moussa Faki Mahamat, lamentou a retirada dos três países na CEDEAO e instou os líderes regionais a intensificarem o diálogo, manifestando que a União Africana está aberta para ajudar no que for necessário. 

Um caça F-16 da Força Aérea dos Estados Unidos despenhou-se depois de ter sofrido uma emergência durante o voo ao largo da costa da Coreia do Sul, na quarta-feira, no terceiro acidente com um dos aviões militares norte-americanos com base na Coreia em menos de um ano.

O incidente ocorreu durante uma missão de treino sobre as águas a oeste da península coreana, de acordo com um comunicado da Base Aérea de Kunsan, a cerca de 180 quilómetros a sul da capital Seul.

Data de Emissão: 01-02-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 31 de Janeiro de 2024

Destaques:

HOJE, 31 DE JANEIRO, É O DIA NACIONAL DO AMBIENTE. GOVERNO ANUNCIA PARA BREVE UMA JORNADA DE FORMAÇÃO DE FORMADORES EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL;

– TRÊS INDIVÍDUOS DETIDOS POR SUSPEITA DE ENVOLVIMENTO NO ASSASSINATO DE UM INSPECTOR DA POLÍCIA NACIONAL EM LUANDA; 

 – DESMANTELADA REDE DE CONTRABANDO DE COMBUSTÍVEL PARA A REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DO CONGO;

– REPOSTA A CIRCULAÇÃO FERROVIÁRIA EM LUANDA, DEPOIS DA COLISÃO ENTRE UM COMBOIO E UMA VIATURA NA ZONA DA ESTALAGEM. 

 

 

JINGLE 

Jornal ao meio dia de 31 de Janeiro 2024, Dia Nacional do Ambiente. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Lourenço Calunga, Edson Machado e João Congo, edição e apresentação de Zacarias Congo. 

JINGLE 

Assinala-se hoje, 31 de Janeiro, o Dia Nacional do Ambiente, data instituída há 46 anos com o objectivo de alertar e sensibilizar toda a sociedade.

A data foi instituída no final da “Semana da Conservação da Natureza”, realizada em Luanda em 1976, na qual participaram representantes de Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique e São Tomé e Príncipe.

A Constituição da República de Angola estabelece no artigo 21º que a protecção do ambiente é “Tarefa Fundamental do Estado”. A Carta Magna determina que “Todos os cidadãos têm o direito de viver num ambiente sadio e não poluído, bem como o dever de o defender e preservar”.

Para este ano, segundo a diretora Nacional de Educação Ambiental, Karélia Costa, a data é celebrada com o foco na primeira jornada de formação de formadores em educação ambiental, que será realizada dentro de dias, em todo o país, para dar resposta aos desafios da actualidade, como as alterações climáticas, a desflorestação de vastas áreas do território nacional, a seca e desertificação.

KARÉLIA COSTA 01 – FORMAÇÃO – 02′ 00” 12H 310124 BOM

A diretora Nacional de Educação Ambiental reafirma a necessidade do reforço das acções integradas, envolvendo os diferentes departamentos ministeriais e as organizações da sociedade civil, para a preservação dos ecossistemas. 

KARÉLIA COSTA 02- REFORÇO – 01′ 18” 12H 310124

Karélia Costa, diretora Nacional de Educação Ambiental.  

A propósito da data que hoje se assinala, a ministra do Ambiente, Ana Paula de Carvalho, defende que o Centro de Ecologia Tropical e Alterações Climáticas, localizado na província do Huambo, deve prestar uma atenção especial às regiões do país mais afectadas pela seca.

ANA PAULA DE CARVALHO – CETAC – 47” 12H 310124

Ana Paula de Carvalho, ministra do Ambiente, defendendo que o CETAC, Centro de Ecologia Tropical e Alterações Climáticas, instalado na cidade do Huambo, deve desenvolver acções que resultem na mitigação dos efeitos da seca no sul de Angola, designamente nas províncias do Cunene, Huíla, Namibe e Cuando Cubango, assim como as regiões mais críticas da província de Benguela e do planalto central.

PONTO

A Polícia Nacional desmantelou uma rede de criminosos que se dedicavam ao contrabando de combustível. Durante a operação, foram detidos sete contrabandistas e apreendidos mais de 19 mil litros do produto em Luanda, tal como avança o porta-voz do Serviço de Investigação Criminal, Superintendente-chefe Manuel Halaiwa.

MANUEL HALAIWA – ESSENCIAL – 47” 12H 310124

Superintendente-chefe Manuel Halaiwa, porta-voz do SIC, Serviço de Investigação Criminal, confirmando a detenção de sete indivíduos, devido ao contrabando de combustível em Luanda.

Numa outra operação, foram detidos 14 indivíduos, implicados em crimes de homicídio qualificado e associação criminosa. 

Entre os detidos estão três indivíduos, supostamente envolvidos no assassinato de um Inspector da Policia Nacional, colocado no Comando Provincial de Luanda, segundo o porta-voz do Serviço de Investigação Criminal em Luanda, Superintendente-chefe, Fernando de Carvalho, que desenvolve todos os casos. 

FERNANDO DE CARVALHO 01- ASSASSINATO – 01′ 41” 12H 310124

Fernando de Carvalho confirma igualmente a detenção de cinco indivíduos, por roubo e furto de viaturas e motorizadas. 

FERNANDO DE CARVALHO 02 – ROUBO – 01′ 16” 12H 310124

Superitendente-chefe Fernando de Carvalho, porta-voz do Serviço de Investigação Criminal em Luanda, confirmando a detenção de 14 pessoas por estarem implicadas nos crimes de homicídio qualificado, associação criminosa, roubo e furto de viaturas motorizadas.  

Duas mortes, por acidente de viação e afogamento, bem como dois incêndios, foram registados nas últimas 24h em Luanda. Os dados são avançados pela porta-voz do Serviço de Protecção Civil e Bombeiros na capital angolana, Maina Panzo.

MAINA PANZO – OCORRÊNCIAS – 01′ 21” 12H 310124

Maina Panzo, porta-voz do Serviço de Protecção Civil e Bombeiros em Luanda, apresentando o resumo das ocorrências registadas nas últimas 24h.

Um comboio de transporte misto, passageiros e mercadorias, embateu em Luanda, contra uma veículo pesado, causando ferimentos leves ao maquinista e ao condutor da viatura.

De acordo uma nota de imprensa dos Caminhos de Ferro de Luanda (CFL), o acidente ocorreu pelas 3h00 desta madrugada, nas imediações do distrito urbano da Estalagem no município de Viana.

Esta ocorrência provocou cancelamentos e atrasos na programação horários do CFL, particularmente no período na circulação matinal dos comboios suburbanos de  transporte de passageiros.

Pelo facto, explica a nota, depois de uma perícia da equipa técnica do CFL, horas depois foi restabelecida a normal circulação dos comboios, sendo que as investigações continuam para aferir as razões do acidente tal como diz Augusto Osório, porta voz do CFL;

AUGUSTO OSORIO 12H ( 01.54) 

PONTO

O Presidente da República conferiu esta terça-feira, em Luanda, posse ao juiz conselheiro do Tribunal Constitucional, João Carlos António Paulino, nomeado sexta-feira para o cargo.

João Lourenço referiu que haverá outras nomeações ao longo do ano, naquela instância judicial, e augurou por um bom desempenho ao recém-empossado juiz conselheiro do Tribunal Constitucional.

JOÃO LOURENÇO – POSSE – 01′ 11” 12H 310124

Presidente da República, João Lourenço, pedindo empenho ao juiz conselheiro do Tribunal Constitucional, João Carlos António Paulino, que tomou posse nesta terça-feira.

O continente africano celebra hoje, 31 de Janeiro, o Dia da Paz e Reconciliação, na sequência da Declaração da 16ª Sessão Extraordinária da Assembleia de Chefes de Estado e de Governo da União Africana, sobre o Terrorismo e as Mudanças Inconstitucionais de Governo em África, realizada em Maio de 2022, Guiné Equatorial.

Em 2023, primeiro ano da celebração,  na qualidade de “Campeão da Paz e Reconciliação em África”, o Presidente João Lourenço destacou que “só é possível alcançar a paz e a reconciliação com acções voltadas à criação do espírito de confiança e de unidade na diversidade para a prevenção, gestão e resolução de conflitos”.

PONTO ECONOMIA

O ministro dos Recursos Minerais, Petróleo e Gás, Diamantino Azevedo, reafirmou, esta terça-feira, em Saurimo, província da Lunda-Sul, a necessidade da criação da Bolsa de Diamantes, para dinamizar o mercado diamantífero e apoiar a diversificação da economia nacional.

Diamantino Azevedo falava no acto de inauguração de três infra-estruturas sociais em Saurimo, nomeadamente uma escola primária, uma unidade de processamento de merenda escolar e uma lapidadora de diamantes.

DIAMANTINO DE AZEVEDO – 24” 12H 310124 

Diamantino Azevedo, ministro dos Recursos Minerais, Petróleo e Gás, durante o acto inaurgual de uma lapidadora de diamantes, em Saurimo, província da Lunda Sul.

Os bancos vão poder manter a sua actividade de mediação de seguros, após prévia comunicação ao Banco Nacional de Angola e mediante registo prévio na ARSEG, Agência de Regulação de Seguros, de acordo com a nova redacção, que irá à aprovação final no próximo dia 25. 

Para as empresas mantém-se praticamente como estava, para os particulares, apenas os seguros que sejam complementares de um bem ou de um serviço por si comercializados.

Também as instituições bancárias não podem cobrar qualquer comissão ao potencial tomador de seguro, sendo que a comissão de intermediação é paga pela seguradora com quem o banco mantém a relação contratual de mediação.

No espaço ECONOMIA SEM MAKAS, o analista Carlos Rosado de Carvalho disse que a medida é bem vinda e recordou que os deputados à Assembleia Nacional já tinham rejeitado a primeira formulação da alteração das regras de actuação das agências; 

CARLOS ROSADO DE CARVALHO 12H( 02”24’) 

Carlos Rosado de Carvalho, analista MFM.

Bancos comerciais podem continuar com as suas actividadfes de mediação de seguros, a decisão é do Banco Nacional de Angola. 

 

Data de Emissão: 31-01-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 30 de Janeiro de 2024

Destaques:

ESTUDANTES DO INSTITUTO SUPERIOR POLITECNICO DE ANGOLA “ISIA” PASSAM A PAGAR UM MILHÃO DE KUANZAS PELO FIM DE CURSO. 

AUMENTA PRESENÇA DE TECNICOS EM ZONAS AFECTADAS PELA COLERA NAS FRONTEIRAS DE ANGOLA COM O CONGO KINHSANSA E ZAMBIA;  

PRESIDENTE CRIA OBSERVATÓRIO NACIONAL DE COMBATE A IMIGRAÇÃO ILEGAL, EXPLORAÇÃO E TRÁFICO ILÍCITO DE RECURSOS MINERAIS ESTRATÉGICOS; 

NA AFRICA DO SUL ZUMA EXPULSO DO ANC; 

Jornal ao meio dia de 30 de Janeiro 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Lourenço Calunga e João Congo e Edson Machado. 

JINGLE MVIEIRA 

Estudantes do instituto superior politécnico de angola “ISIA” passam a pagar um milhão de kuanzas pelo fim de curso. Clima de agitação está instalado. Os estudantes saíram a rua em protesto. Maria Humba;

HUMBA ISIA 12H 

PONTO

O Presidente da República, João Gonçalves Lourenço, conferiu posse, na manhã desta terça feira, a João Carlos António Paulino, ao cargo de Juiz Conselheiro do Tribunal Constitucional, nomeado recentemente, por Decreto.

A nova lei geral de trabalho, aprovada recentemente na assembleia nacional, foi apresentada ontem aos jornalistas de órgãos públicos e privados. 

O encontro promovido pelo MAPTSS e o sindicato dos jornalistas angolanos, visou informar aos jornalistas, sobre o teor da nova lei e as alterações. Como nos diz Pedro Filipe – secretário de estado do maptss;  

PEDRO FILIPE – SECRETÁRIO DE ESTADO DO MAPTSS RD1 

O diploma legal que vai regular as relações juridico-laborais no país, já se encontra publicado em diário da república. Deverá entrar em vigor em março deste ano, Teixeira Cândido, secretário-geral do sindicato dos jornalistas, considera que o novo diploma vai, salvaguardar melhor os direitos trabalhadores;  

TEIXEIRA CÂNDIDO RD 2

Nova lei geral de trabalho, aprovada recentemente na assembleia nacional, apresentada ontem aos jornalistas de órgãos públicos e privados.

O Ministério da Saúde de Angola atua com a Organização Mundial de Saúde, OMS, num conjunto de medidas para prevenir e responder a um surto de cólera. 

O especialista de Emergência da OMS, Walter Firmino, apontou a colaboração de todos os intervenientes como uma razão para otimismo. As zonas de alto risco incluem limites do país com a Zâmbia e a República Democrática do Congo.

As autoridades sanitárias aumentaram a presença de técnicos nessas áreas para que implementem as medidas prioritárias para garantir que unidades de saúde possam determinar os casos.

Entre as prioridades definidas estão assegurar equipes de resposta rápida nos distritos e apoiar profissionais de saúde no tratamento da doença. Unidades de saúde das zonas fronteiriças distribuem sais de reidratação oral e fluidos intravenosos.

O novo plano prevê identificar todas as fontes de água não tratada ou poluída, alargar a distribuição do cloro, tratar fontes de água potável e sensibilizar o público sobre a prevenção da cólera. 

As autoridades destacam ainda a importância de procurar tratamento precoce, entre outras medidas preventivas.

….

Angola defende a conjugação de esforços entre os estados-membros da SADC para o combate à Cólera que afecta alguns países da região, como a República Democrática do Congo, Zâmbia, Zimbabwe, Malawi, Moçambique, Tanzânia e a África do Sul. 

Esta pretensão foi manifestada ontem pelo ministro das Relações Exteriores, Téte António, durante a reunião do Conselho de Ministros da SADC, que orientou na qualidade de presidente em exercício do organismo. 

TÉTE ANTÓNIO – PROPAGAÇÃO – 01′ 40” 12H 300123

Téte António, ministro das Relações Exteriores e presidente em exercício do Conselho de Ministros da SADC, pedindo a conjugação de esforços para conter a propagação do surto de cólera na região.  

Mais de mil mortes foram registadas em seis países da SADC, devido à doença, tendo a Zâmbia e o Malawi como territórios mais afectados, daí que foi criado um plano estratégico para conter a propagação da doença, segundo a ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta, que é igualmente presidente em exercício do Comité dos Ministros da Saúde da SADC.

SÍLVIA LUTUCUTA 01 – SADC – 01′ 00” 12H 300124

Até ao momento não foi notificado nenhum caso de cólera em Angola, mas o país tem já um plano de contingência para que tal não venha a acontecer, segundo a ministra Sílvia Lutucuta. 

SÍLVIA LUTUCUTA 02 – CÓLERA – 02′ 12” 12H 300124

Silvia Lutucuta, ministra da Saúde e presidente em exercício do Comité dos Ministros da Saúde da SADC, apelando à mobilização de vacinas contra a cólera para os países afectados e em risco.

Sobre o assunto, o médico especialista em saúde pública, Jeremias Agostinho, defende trabalho conjunto entre os profissionais da saúde dos países membros da organização, bem como a existência de uma entidade que possa supervisionar de forma efectiva as questões sanitárias ao nível da SADC. 

Sobre o assunto, o médico especialista em saúde pública, Jeremias Agostinho, defende trabalho conjunto entre os profissionais da saúde dos países membros da organização, bem como a existência de uma entidade que possa supervisionar de forma efectiva as questões sanitárias ao nível da SADC. 

JEREMIAS AGOSTINHO – SADC – 02′ 06” 12H 300124

Jeremias Agostinho, médico especialista em saúde pública, defendendo a realização permanente de reuniões ao longo do Conselho de Ministros da SADC, para travar de assuntos ligados à saúde nos estados-membros. 

As autoridades sanitárias da província de Malanje estão em alerta máximo de prevenção epidemiológica, face ao surto de cólera na vizinha República Democrática do Congo (RDC), desde o início deste mês.

Os técnicos de saúde estão em prontidão nos dois municípios (Marimba e Massango) que fazem fronteira com a RDC, assegurou hoje, o coordenador para a área de Higiene e Epidemiologia do Gabinete Provincial da Saúde, João Dala.

O responsável garantiu que estão a ser desenvolvidas acções que visam fazer face a prevenção do surto, razão pela qual, foram feitos levantamento de alguns meios técnicos e medicamentosos para estes municípios. Precisou que as autoridades sanitárias dos municípios de Marimba e Massango trabalham na sensibilização da população sobre os perigos da doença.

PONTO

Presidente da República criou o Observatório Nacional de Combate a Imigração Ilegal, Exploração e Tráfico Ilícito de Recursos Minerais Estratégicos, entidade subordinada à Comissão de Apoio ao Conselho de Segurança Nacional. 

Segundo o despacho, a criação deste observatório, visa a recolha de dados e informações estatísticas para assegurar com maior eficiência e eficácia o planeamento estratégico das questões relativas a imigração ilegal, tráfico Ilícito de Recursos Minerais Estratégicos, bem como o controlo da imigração no âmbito do trabalho da Comissão ao Conselho de Segurança Nacional. 

O analista MFM, Carlos Rosado de Carvalho diz que a medida é pertinente;

CARLOS ROSADO 1

Por outro lado, o analista MFM falou também sobre o peso econômico dos diamantes na economia angola. No entanto, o comentarista MFM rala do peso econômico dos diamantes na economia nacional; 

CARLOS ROSADO 2 

O observatório será coordenado por um oficial general designado pelo chefe de Estado maior general das Forças Armadas Angolanas, e integra representantes da Casa Militar do Presidente da República e do Ministério da Administração do Território.

PONTO ECONOMIA

Angola melhorou no combate à corrupção nos últimos anos. 

Segundo a edição deste ano do Índice de Perceção da Corrupção elaborado pela organização não-governamental Transparência Internacional, em termos estatísticos, Angola melhorou 14 pontos desde 2019, fixando-se no 121.º lugar entre 180 países e territórios e, na região da África subsaariana, no 21.º entre os 49 países considerados.

Isto pode acontecer quando se adiciona vinagre à roupa suja

O relatório destaca que Angola adotou medidas anticorrupção, que aplicou “de forma consistente” para recuperar bens roubados e responsabilizar abertamente os alegados autores através dos sistemas judiciais nacionais.

Angola finalizou uma estratégia anticorrupção para o período de 2018-2022 e estes esforços, juntamente com outras reformas judiciais, conduziram à recuperação de 3,3 mil milhões de dólares  em ativos pelo fundo soberano, acrescenta-se no documento.

A investigação e a ação penal contra altos funcionários culminou também na recuperação de cerca de 7 mil milhões de dólares (6,4 mil milhões de euros) em ativos financeiros e tangíveis.

A Deloitte considerou hoje positivas as projeções da produção petrolífera de Angola para 2024, de 1,2 milhões de barris/dia, sobretudo devido à renovação de licenças dos blocos e à saída da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP).

As projeções da produção petrolífera angolana no decurso de 2024 foram apresentadas por Frederico Martins Correia, Partner da Deloitte para o setor de Energia, Recursos e Indústria, projetando um cenário animador para o setor, sem as limitações da OPEP, que Angola abandonou.

Segundo o especialista, que falou à Lusa a propósito do estudo “Oil & Gas Industry Outlook 2024”, a renovação das licenças da maior parte dos blocos que estavam em fim de vida, ainda com reservas por explorar, devem impulsionar a indústria.

A transferência de conhecimento para os quadros angolanos, com a exploração dos referidos blocos por empresas internacionais, deve ainda alavancar os “standards” (padrões) de profissionalismo na indústria e os “standards” de ‘compliance’ (conformidade), o que é “bastante positivo”, apontou.

A Sonangol afirmou, segunda-feira, que o navio Marlin Luanda, atingido por um míssil, na região do Mar Vermelho, não é sua pertença nem estava ao serviço da petrolífera angolana.

Em comunicado, a petrolífera estatal nega as informações, que circulam nas redes sociais e sites, segundo as quais a embarcação estava ao seu serviço e a transportar combustíveis para Luanda.

A petrolífera estatal angolana lembra que o o navio Merlin Luanda não faz parte da sua frota de navios próprios ou fretados e tão pouco está sob sua responsabilidade, ao contrário do que “veiculam determinados meios”.

No mesmo comunicado, a Sonangol aproveita para esclarecer que devido ao perigo que acarreta a navegação na região do Mar Vermelho e Golfo de Aden, a Sonangol adoptou medidas preventivas para evitar quaisquer incidentes com navios da sua frota ou ao seu serviço, pelo que nenhum dos seus meios se encontra próximo da região em causa.

 Num outro comunicado, veiculado pela líder mundial no fornecimento de commodities, a Trafigura confirma que o navio  Marlin Luanda, um navio-tanque de produtos petrolíferos, faz parte da frota da sua empresa.

Pelo que tudo indica, o navio foi atingido por um míssil no Golfo de Aden, quando transitava no Mar Vermelho e transportava nafta, e neste momento prossegue, entretanto, a sua rota, tendo a Ásia como destino da carga. O incidente provocou um incêndio num tanque de carga a estibordo do navio.

A consultora BMI Research considerou hoje que política externa angolana vai aproveitar-se do renovado interesse dos Estados Unidos em África, mas sem perder as fortes ligações à China, o maior parceiro comercial de Angola.

Antevemos que o governo do Presidente [angolano] João Lourenço vá continuar a aproveitar-se do renovado interesse geopolítico em África, ao mesmo tempo que mantém os fortes laços com a China, o seu principal e tradicional parceiro económico”, escrevem os analistas desta consultora detidas pelos mesmos donos da agência de notação financeira Fitch Ratings.

Numa análise ao risco político do país, enviado aos clientes e a que a Lusa teve acesso, a BMI Research diz que o renovado interesse norte-americano neste país lusófono e na região “trouxe pelo menos dois mil milhões de dólares  em investimentos na energia, telecomunicações e infraestruturas ferroviárias” e acrescenta que vê “mais investimentos nestes setores nos próximos trimestres”.

Ao mesmo tempo, notam, “Angola procurou manter as atuais relações bilaterais com a China, assegurando a ausência de taxas aduaneiras no acesso aos mercados chineses para 98% dos produtos tributáveis, com efeitos a dezembro de 2023”.

Neste contexto, a consultora prevê que “os esforços diplomáticos de João Lourenço vão continuar a garantir benefícios económicos para Angola, de uma perspetiva de investimento e comércio”.

Na análise a outros pontos que podem alterar a perceção de risco político do país, a BMI Research considera que a liberalização interna vai “avançar lentamente” e vincam que a sua previsão aponta para que a retirada dos subsídios aos combustíveis continue, apesar da contestação popular.

PONTO

O processo-crime que envolve o antigo Vice-Presidente da República foi aberto, a revelação é da Procuradoria Geral da República (PGR).

O facto foi tornado público numa altura em que decorre a instrução preparatória para recolha de provas, a fim de formalizar o processo, segundo disse o Director Nacional de Investigação e Acção Penal da PGR, Pedro de Carvalho.

Manuel Vicente poderá responder nos crimes de corrupção activa, branqueamento de capitais e falsificação de documento, no âmbito da Operação Fizz.

Lembrar que, a Operação Fizz assenta na acusação de que Manuel Vicente corrompeu o ex-procurador português Orlando Figueira, com o pagamento de 760 mil euros, para que este arquivasse dois inquéritos, um dos quais, envolvendo a empresa Portmill, relacionado com a aquisição de um imóvel de luxo no Estoril, em 2008. O analista Joaquim Jaime, falou sobre os contornos do processo;

JOAQUIM JAME PROCESSO MANUEL VICENTE  

A empresária Isabel dos Santos foi notificada para ser ouvida mas preferiu não responder às questões das autoridades angolanas, disse fonte oficial, adiantando que o caso que envolve a sua gestão na Sonangol pode começar a ser julgado em março.

O Procurador-Geral Adjunto da República Pedro Mendes de Carvalho falava à margem de um ‘workshop’ sobre investigações financeira e branqueamento de capitais que decorre esta semana em Luanda

“De acordo com os prazos legais, o processo poderá entrar em julgamento daqui a dois ou três meses, mas depois tem todo o formalismo que tem de se obedecer”, caso seja solicitada a instrução contraditória, uma fase do processo em que tanto a defesa como a acusação podem intervir e em que os arguidos podem apresentar argumentos e provas.

Só depois disso o processo será remetido para juízo com despacho de pronúncia, o que significa que irá para a fase de julgamento, ou despacho de arquivamento.

Isabel dos Santos, filha do ex-Presidente José Eduardo dos Santos e que vive fora de Angola há vários anos, foi notificada para ser ouvida, mas recusou-se a prestar declarações.

“Foi notificada para o efeito, teve oportunidade de se defender, tem esta diligência no processo”, afirmou aos jornalistas Pedro Mendes de Carvalho, sublinhando que o arguido é livre de apresentar ou não [a sua versão], podendo responder ou não às questões.

A empresária angolana é acusada de 12 crimes num processo que envolve a sua gestão à frente da petrolífera estatal Sonangol entre 2016 e 2017.

PONTO

A falta de verbas está a condicionar a construção da Comissão Provincial Eleitoral de Benguela e a atrasar a conclusão das obras da sede da CNE na província da Huíla. 

A informação foi avançada em Malanje pelo porta-voz da instituição, Lucas Quilundo;  

LUCAS QUILUNDO 01 – VERBAS – 29” 12H 300124

Por outro lado, Lucas Quilundo fez saber que 182 viaturas e vários meios informáticos foram cedidos pela Comissão Nacional Eleitoral ao INE, Instituto Nacional de Estatísticas, para o apoio ao CENSO-Geral da População e Habitação, que inicia em Julho deste ano; 

LUCAS QUILUNDO 02 – CENSO – 53” 12H 300124

Lucas Quilundo, porta-voz da CNE, Comissão Nacional Eleitoral, confirmando que foram cedidas 182 viaturas e vários meios informáticos ao Instituto Nacional de Estatísticas, para o apoio ao CENSO-Geral da População e Habitação, que inicia em Julho deste ano.   

PONTO

A associação provincial do carnaval de Luanda “APROCAL, prepara  as condições para a comemoração da maior festa de manifestação cultural. 

O carnaval 2024 vai decorrer nos dias 10, 11, e 12 de fevereiro. O presidente da APROCAL, Victor Nataniel narciso, esteve esta manhã no programa 10 para o meio dia.

VICTOR NATANIEL NARCISO RD 1

O desfile do carnaval 2024 decorre nos dias 10, 11, e 12 de fevereiro sob o lema: da tradição à modernidade.

INTERNACIONAL

O antigo presidente da África do Sul, Jacob Zuma, foi suspenso pelo Congresso Nacional Africano (ANC), partido que em tempos liderou, após ter rejeitado votar a favor da estrutura nas eleições gerais de 2024.

Zuma, que foi destituído em 2018 por suspeitas de corrupção, e que enfrenta ainda problemas com a justiça, fundou, de seguida, um novo partido: o uMkhonto we Sizwe (MK), que significa “lança da nação”, segundo a BBC.

“Zuma e outros cuja conduta esteja em conflito com os nossos valores e princípios, encontrar-se-ão fora do CNA”, disse o secretário-geral do partido, Fikile Mbalula.

Cyril Ramaphosa substituiu Zuma em 2018 na presidência do governo, prometendo uma luta contra a corrupção. Lidera, neste momento, o ANC, num clima de alta tensão antevendo as eleições gerais deste ano.

O Hamas quer negociar um “cessar-fogo completo” com Israel na Faixa de Gaza, antes de qualquer acordo, adiantou esta segunda-feira um alto funcionário do movimento islamita palestiniano à agência France-Presse .

Assim que os combates cessarem, “o resto dos detalhes poderão ser discutidos”, incluindo a libertação dos cem reféns israelitas ainda detidos em Gaza. 

Um plano para o fim dos combates na Faixa de Gaza e a libertação dos reféns vai ser proposto ao movimento islamita palestiniano Hamas, anunciou esta segunda-feira o primeiro-ministro do Qatar, após reuniões com responsáveis norte-americanos, israelitas e egípcios.

FIM/FIM 

Data de Emissão: 30-01-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Noticias 12 horas, edição de 26 de Janeiro de 2024

MAIS ASSASSINATO EM LUANDA EM PLENA LUZ DO DIA. DESTA VEZ, A VÍTIMA É UM OFICIAL DAS FORÇAS ARMADAS ANGOLANAS LICENCIADO À POLÍCIA NACIONAL. 

– QUATRO PESSOAS MORRERAM NAS ÚLTIMAS 24H EM LUANDA, VÍTIMAS DE SEIS ACIDENTES DE VIAÇÃO;

– CENTRAIS SINDICAIS REUNIDAS EM LUANDA PARA DECIDIREM CONVOCAÇÃO DE GREVE GERAL NOS PRÓXIMOS DIAS;

– NOVA DIVISÃO POLÍTICO-ADMINISTRATIVA NÃO IMPEDIR A REALIZAÇÃO DE ELEIÇÕES AUTÁRQUICAS EM ANGOLA, GARANTE MINISTRO DA ADMINISTRAÇÃO DO TERRITÓRIO;

– PALANCAS NEGRAS ENTRAM EM CAMPO AMANHÃ, DIANTE DA NAMÍBIA, COM OLHOS POSTOS NOS QUARTOS-DE-FINAL DO CAN DA CÔTE D’IVOIRE.

JUNGLE MIX

Jornal ao meio dia de sexta-feira, 26 de Janeiro de 2024, Dia Nacional do Médico Angolano. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson Machado e Mauro Fernandes, edição e apresentação de Zacarias Congo. 

JINGLE 

Um ex-oficial superior das Forças Armadas Angolanas, licenciado à Polícia Nacional, de 54 anos de idade, foi morto a tiro por marginais, em plena via pública, no município do Cazenga. Um dos implicados já foi detido, segundo o Serviço de Investigação Criminal. Reportagem com a jornalista Maria Humba;

PEÇA MARIA HUMBA 12H

Trabalho da jornalista Maria Humba, sobre o assassinato de um oficial superior das Forças Armadas Angolanas, no município do Cazenga.

De mortes não é tudo…

Quatro pessoas morreram e cinco outras ficaram feridas, em consequência de seis acidentes de viação, ocorridos na capital angolana. Segundo Heuler Matari, do Departamento de Comunicação, Institucional e Impressa do Comando Provincial da Polícia Nacional. 

POLÍCIA 02 – ACIDENTES – 57” 12H 260124

Heuler Matari, do Departamento de Comunicação, Institucional e Impressa do Comando Provincial da Polícia Nacional, falando sobre a morte de quatro pessoas, nas últimas 24h, em Luanda, em consequência de seis acidentes de viação. 

E no mesmo período, 57 pessoas foram detidas nas últimas em Luanda, suspeitas de cometerem crimes diversos. Na sequência, foram apreendidas três armas de fogo. 

POLÍCIA 01 – CRIMES – 46” 12H 260124

Heuler Matari, do Departamento de Comunicação, Institucional e Impressa do Comando Provincial da Polícia Nacional, confirmando a detenção de 57 pessoas foram detidas nas últimas em Luanda, suspeitas de cometerem crimes diversos.

E acontece neste momento a 1ª Sessão Ordinária do Conselho Nacional da Viação e Ordenamento do Transito, sob orientação da vice-Presidente da República, Esperança da Costa.

E quem também está reunido é o Plenário do Tribunal Supremo que aborda os preparativos da abertura do Ano Judicial 2024, bem como a emissão de pareceres dos diplomas legais do poder judicial, tal como fez saber o porta-voz do Tribunal Supremo, Leandro Lopes.

LEANDRO LOPES – REUNIÃO – 37” 12H 260124

Leandro Lopes, porta-voz do Tribunal Supremo, falando sobre a agenda da reunião do Plenário daquela instância, que vai abordar a abertura do Ano Judicial 2024.

PONTO

As centrais sindicais podem decidir a convocação de uma greve geral nos próximos dias. Reunidas em Luanda, as centrais debatem à volta das negociações em curso, sobre o caderno reivindicativo apresentado em Setembro último. Entre os pontos constantes, está o aumento salarial na função pública na ordem dos 250 mil kwanzas, tal como fez saber na última semana o secretário-geral do SINPROF, Amar Jinguma.

ADMAR JINGUMA 01 – SINPROF – 01′ 14” 12H 180124

Admar Jinguma, secretário-geral do SINPROF.

As centrais sindicais estão reunidas neste momento para decidirem a convocação ou não de uma greve geral, nos próximos dias.

E a Política Salarial, tendo em vista o Impacto do Aumento dos Salários da Função Pública em 5%, as Exigências do Movimento Sindical e a Estrutura dos Salários no Sector Privado, estarão em debate amanhã, no programa o “ESTADO DA NAÇÃO” da MFM, com a presença dos líderes das centrais sindicais angolanas, dos analistas MFM e outros convidados.

O presidente do Sindicato dos Médicos Angolanos lamenta que profissionais da classe continuem a debater-se com inúmeros problemas, desde à falta de condições nos hospitais, péssimos salários e falta de capacitação técnica. Adriano Manuel falava à MFM por ocasião do Dia Nacional do Médico Angolano, assinalado, hoje, 26 de Janeiro.

ADRIANO MANUEL – MÉDICO – 02′ 03” 12H 260124

Adriano Manuel, presidente do Sindicato dos Médicos Angolanos, lamentando a condição actual dos profissionais da classe, numa altura em que é assinalado o Dia Nacional do Médico Angolano. 

E a ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta, saúda profissionais da Saúde por ocasião do Dia Nacional dos Médicos que se celebra hoje.

Em mensagem divulgada pelo seu gabinete, Sílvia Lutucuta louva o espírito de abnegação e resiliência com que, todos cumprem a missão a que foram obrigados pelo Juramento de Hipócrates.

Segundo a responsável, nos últimos cinco anos, o número de profissionais do Serviço Nacional de Saúde cresceu a todos os níveis de prestação de serviços, permitindo o incremento de 40,5% do total da força de trabalho do Sector, 80% dos quais estão colocados nos Municípios, no sentido de fortalecer o primeiro nível de atendimento em saúde, constituído pelos Cuidados Primários de Saúde.

PONTO ISENÇÃO

A nova Divisão Político-Administrativa não vai impedir a realização das eleições autárquicas em Angola. A garantia foi dada pelo ministro da Administração do Território, Dionísio da Fonseca, durante a décima segunda edição do Café CIPRA.

DIONÍSIO DA FONSECA – DPA – 02′ 18” 12H 260124

Dionísio da Fonseca, ministro da Administração do Território, esclarecendo que a nova Político-Administrativa não vai impedir a realização das eleições autárquicas em Angola. 

E o governador do Cuando Cubango, José Martins, assegurou que as populações locais reagiram positivamente à proposta, que prevê a divisão da província em duas.

JOSÉ MARTINS 01 – PROPOSTA – 01′ 55” 12H 260124

José Martins, governador do Cuando Cubango, sublinhando que as populações da sua província aprovaram a proposta da nova Divisão Político-Administrativa do país.

No mesmo sentido, o governador do Moxico, Ernesto Muangala, considera que a nova Divisão Político-administrativa vai ajudar a acelerar o crescimento da província, criando novas oportunidades de emprego, sobretudo aos jovens.

ERNESTO MUANGALA – CRESCIMENTO – 02′ 52” 12H 260124

Ernesto Muangala, governador do Moxico, afirmando que a nova Divisão Político-administrativa vai criar novas oportunidades de emprego aos jovens da província.

Com a proposta, que já se encontra na Assembleia Nacional depois de apreciada pelos Conselhos de Ministros e da República, o nosso país passará a ter 20 províncias e 325 municípios, a partir de 2025.

PONTO ECONOMIA

Angola e os Estados Unidos da América assumiram o compromisso de continuarem a fortalecer os laços de cooperação política, diplomática, económica e empresarial, com vista ao bem-estar de ambos os Estados e povos.

O ministro das Relações Exteriores, Téte António, que falava durante a conferência de imprensa conjunta com o secretário de Estado americano, Antony Blinken, assinalou o bom ambiente que se vive nas relações entre os dois países, com 15 acordos já assinados.

TETE ANTONIO- DIPLOMACIA – 01′ 24” 12H 260124

Téte António, ministro das Relações Exteriores, confirmando o bom momento da cooperação entre Angola e os Estados Unidos da América.

Por seu turno, o secretário de Estado Norte-americano, Antony Blinken, manifestou a disposição do seu Governo em continuar a apoiar a estabilidade política, segurança, boa governação e a salvaguarda dos direitos humanos no continente africano, particularmente em Angola.

ANTONY BLINKN – COOPERAÇÃO – 01′ 04” 12H 260124

Antony Blinken, Secretário de Estado Norte-americano, afirmando que Angola continua a ser um actor importante na manutenção da paz e da estabilidade em África.

A visita de Antony Blinken a Angola enquadra-se num périplo que efectua a alguns países africanos, designadamente Cote d’Ivoire, Nigéria e Cabo Verde.

E o analista MFM para os assuntos económicos, Carlos Rosado de Carvalho, diz haver confusão entre os conceitos “investimento” e “empréstimo”. Na visita do Secretário de Estado Norte-americano, Antony Blinken, estas duas situações foram novamente verificadas. 

O analista MFM disse que as duas situações poderiam ser melhor compreendidas, para se perceber melhor o que se está a  fazer com  o dinheiro americano em Angola, mendiante o recurso a linhas de credito; 

CARLOS ROSADO DE CARVALHO – INVESTIMENTO – 01’ 54’’ 12H 260124

Carlos Rosado de Carvalho, analista MFM para as questões económicas, considerando que deve se perceber melhor o que se está a  fazer com  o dinheiro americano em Angola, mendiante o recurso a linhas de crédito; 

PONTO DESPORTO

A luta por uma vaga aos quartos de final do campeonato africano de futebol começa amanhã com Angola a defrontar a Vizinha Namíbia as 18horas no estádio da Paz na cidade de Bouke. 

Apesar do favoritismo que recai para a selecção nacional, os Palancas Negras voltam hoje a trabalhar na melhoriar de alguns aspectos que apresentaram fragidalidades nos últimos tres jogos para evitar supresas. 

O jornalista desportivo Marcial Batunina diz que Angola deve traduzir em campo o favoritismo diante da Namíbia um adversário que no seu entender não vai facilitar. 

 RD-MARCIAL BATUNINA. 

A Namíbia é um adversário de boa memória para Angola que não perde nos últimos cinco jogos, foram três vitórias e dois empates, em jogos amigaveís. 

E o antigo craque dos Palancas Negras Pedro Mantorras diz que Angola já é vencedor só pelo facto de atingir os oitavos de final num campeonato onde competem selecções poderosas. 

RD-MANTORRAS. 

Para o confronto deste sábado, o selecionador Pedro Gonçalves não poder contar com o defesa esquerdo Núrio Fortuna deixou hoje a seleção angolana de futebol, por lesão, e regressou à Bélgica, onde vai dar continuidade aos tratamentos, divulgou o jogador.

A presença nos oitavos de final permitiu Angola arrecadar 800 mil dólares e em caso de apuramento aos quartos vai receber 1,3 milhões de dólares. 

PONTO INTERNACIONAL

E em Moçambique, as autoridades sanitárias registam todos os dias mais de 50 novos casos de cólera no norte do país, num surto que em menos de quatro meses provocou 25 mortos e 12.250 infectados.

De acordo com a mais recente actualização sobre a progressão da doença, são contabilizados no país mais de 10 mil casos de cólera, desde Outubro último.

Data de Emissão: 26-01-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Noticias 12 horas, edição de 25 de Janeiro de 2024

NOS 448 ANOS DE EXISTÊNCIA DA CAPITAL ANGOLANA… ANCIÃO DE 89 ANOS CONSIDERA QUE A SOLUÇÃO PARA LUANDA PASSA POR MAIS INVESTIMENTOS NO INTERIOR DO PAÍS, PARA ATRAIR OS MILHARES DE JOVENS QUE DEAMBULAM PELA CIDADE CAPITAL.

– GOVERNADOR PROVINCIAL PROMETE MELHORIAS NO SANEAMENTO BÁSICO, COM A CONSTRUÇÃO DE INFRAESTRUTURAS PARA MACRODRENAGEM;

– REFORÇO DA COOPERAÇÃO ENTRE ANGOLA E ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA MARCA ENCONTRO ENTRE PRESIDENTE DA REPÚBLICA E SECRETÁRIO DE ESTADO NORTE-AMERICANO;

– ANGOLA DEFRONTA A NAMÍBIA, NO PRÓXIMO SÁBADO, COMO FOCO NO APURAMENTO AOS QUARTOS-DE-FINAL DO CAN DA CÔTE D’IVOIRE.

JUNGLE MIX

Jornal ao meio dia de quinta-feira, 25 de Janeiro de 2024, Dia em que são assinalados os 448 anos de existência da província de Luanda. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson Machado e Mauro Fernandes, edição e apresentação de Zacarias Congo. 

JINGLE 

O saneamento básico, a segurança pública e as vias de acesso, estão entre as questões que os citadinos de Luanda esperam ver melhoradas nos próximos dias. Falando à MFM por ocasião dos 448 anos de existência da capital angolana, assinalados hoje, os cidadãos destacaram os principais desafios de Luanda. 

VOX POP LUANDA – 02′ 36” 12H 250124

Citadinos falando sobre os principais desafios da capital angolana. 

O mais antigo despachante oficial em efectividade de funções em Angola defende um aumento considerável dos investimentos públicos no interior do país para descongestionar a província de Luanda. Falando esta manhã ao programa A ÚLTIMA PALAVRA, Eurico Pires, de 89 anos, considera que a capital do país não terá solução se não houver alternativas para os milhões de jovens que deambulam pela cidade por falta de condições nas suas zonas de origem.

EURICO PIRES 01 – LUANDA – 01′ 55” 12H 250124 BOM

Quanto às responsabilidades em torno da degradação de Luanda e de outras cidades e vilas do país, Eurico Pires aponta o dedo ao seu próprio partido, o MPLA, por considerar que não tem sido suficientemente rigoroso na escolha de militantes e quadros que são nomeados para diferentes cargos na governação do país.

EURICO PIRES 02 – MPLA – 01′ 15” 12H 250124 BOM

Eurico Pires, despachante oficial de 89 anos de idade e militante do MPLA há 50 anos, lamentando aquilo que considera ser falta de rigor na escolha dos quadros nomeados para a governação do país. Os ouvintes poderão acompanhar a entrevista completa na repetição do programa A ÚLTIMA PALAVRA, logo mais às 20 horas.

No entanto, o governador de Luanda, Manuel Homem, garante melhorias ao nível do saneamento básico, com a construção de infraestruturas para macrodrenagem. 

MANUEL HOMEM 01 – SANEAMENTO – 21” 12H 250124

Em relação à segurança pública na capital angolana, Manuel Homem assegura que a situação é estável.

MANUEL HOMEM 02 – SEGURANÇA – 40” 12H 250124

Por outro lado, o governador provincial anuncia para ainda este ano alteração dos nomes de algumas regiões de Luanda, depois de ser concluído o processo de auscultação a diversas sensibilidades. 

MANUEL HOMEM 03 – TOPONÍMIA – 29” 12H 250124

Manuel Homem, governador de Luanda, anunciando, para ainda este ano, a alteração dos nomes de algumas regiões de Luanda, com a distinção de várias figuras. 

“Fiscalização de Empreitadas de Obras Públicas” é o título do livro do engenheiro angolano, Antonio do Venâncio, que foi lancado   hoje, na Escola Nacional de Admnistracao e Políticas Públicas.

Em declarações à MFM, António Venâncio fez saber que a obra foi escrita com o propósito de ajudar os cidadaos a entederem melhor sobre como devem ser feitas as obras públicas, com destaque para a sua fiscalização.

ANTONIO VENANCIO – LIVRO – 02′ 41” 12H 250124

Engenheiro António Venâncio, falando sobre o seu livro intitulado “Fiscalização de Empreitadas de Obras Públicas”, lancado hoje, na Escola Nacional de Admnistracao e Políticas Públicas.

PONTO

O Presidente da República, João Lourenço, recebeu em audiência, na manhã desta quinta-feira, no Palácio Presidencial, o secretário de Estado norte-americano, Antony Blinken, no quadro do reforço da cooperação entre os dois países.

Ainda hoje, Antony Blinken manterá um encontro em privado com o ministro das Relações Exteriores, Téte Antonio, antes de as duas entidades co-presidirem às conversações entre as delegações dos dois países, seguidas de uma conferência de imprensa.

E mais cedo, o Secretário de Estado Norte-americano esteve no Centro de Ciências de Luanda, tendo deixado garantias de mais investimentos do seu país no sector científico e tecnológico de Angola. Segundo a ministra do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação, Maria do Rosário Bragança, estão criadas todas as condições para o reforço da cooperação com os Estados Unidos. 

MARIA SAMBO 01 – COOPERAÇÃO – 01′ 03” 12H 250124

A ministra do Ensino Superior confirma que estão avançados vários projectos no domínio espacial com o apoio do governo norte-americano. 

MARIA SAMBO 02 – TECNOLOGIA – 01′ 03” 12H 250124

Maria do Rosário Bragança, ministra do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação, a quando da visita do Secretário de Estado Norte-americano, Antony Blinken, ao Centro de Ciências de Luanda. 

E o diretor-geral do Centro de Ciências de Luanda, Domingos Neto, fala sobre o funcionamento da instituição, inaugurada em Dezembro pelo Presidente da República.

DOMINGOS NETO – CENTRO – 02′ 09” 12H 250124

Domingos Neto, diretor-geral do Centro de Ciências de Luanda, assegurando que a instituição, inaugurada em Dezembro pelo Presidente da República, já funciona. 

A criação do Ministério do Planeamento teve como objetivo reduzir a sobreposição de tarefas entre os departamentos ministeriais e garantir mais eficiência na prestação de serviço público. O esclarecimento foi feito pelo Secretário do Presidente da República para a Reforma de Estado, Pedro Fiete. 

PEDRO FIETE 01 – PLANEAMENTO – 01’ 06’’ 12H 250124

Pedro Fiete explica que o Ministério da Indústria e Comércio vai assumir as acções relativas ao empresariado nacional, ao passo que o Ministério das Finanças deixará de exercer a gestão de carteira de investimento público. 

PEDRO FIETE 02 – INDÚSTRIA – 46” 12H 250124

Pedro Fiete, Secretário do Presidente da República para a Reforma de Estado, esclarecendo que a criação do Ministério do Planeamento teve como objetivo reduzir a sobreposição de tarefas e conferir mais eficiência na prestação de serviço público.

PONTO ECONOMIA

Existem muitas empresas em Angola que têm registado no balanço, os seus imóveis, os seus activos e esses activos estão registados ao custo de aquisição. 

A empresa está subavaliada, estes activos valem mais do que efectivamente está registados nas contas das empresas.

É uma prorrogativa que vem na lei do Orçamento Geral do Estado para 2024, segundo Carlos Rosado de Carvalho;

CARLOS ROSADO 12H 

PONTO DESPORTO

Está definido o quadro dos oitavos de final do CAN da Côte d’Ivoire. Nesta fase do mata-mata, Angola vai defrontar a Namíbia já este sábado, às 18horas no estádio da Paz, localizado na cidade de Bouké.

Quem vencer este jogo vai defrontar o vencedor do confronto de pesos pesados africanos, entre Nígeria e Camarões, que também jogam no sábado, mas às 21horas. 

A vizinha Namíbia vem do grupo E como um dos melhores terceiros classificados com 4 pontos, enquanto Angola chega a esta fase com estatuto de lider do grupo D com 7 pontos.

O comentador para o futebol nacional, João Morais, diz que para o confronto com a Namíbia Angola tem de apresentar-se melhor, sobretudo na posse de bola e no aspecto ofensivo. 

JOÃO MORAIS – DESPORTO – 01′ 54” 12H 250124 

Nos últimos cinco jogos entre as duas selecções, a Namíbia não conseguiu vencer Angola, são três vitórias a favor dos Palancas Negras, e dois empates a zero, em quatro jogos amigaveís e apenas um numa competição na Taça Cosafa em 2004.

PONTO INTERNACIONAL

O Departamento Principal de Inteligência do Ministério da Defesa da Ucrânia disse nesta 4ª feira que o Kremlin não solicitou a segurança do espaço aéreo de Belgrod, no sul da Rússia, onde caiu um avião que transportava 65 prisioneiros ucraniano e 74 pessoas morreram. Moscovo acusa Kiev de atacar a aeronave. 

As informações são do canal oficial do serviço ucraniano. Segundo o comunicado, o país liderado por Volodymyr Zelensky disse não ter informações sobre quem estava a bordo da aeronave, e que a Rússia deveria garantir a segurança dos prisioneiros ucranianos.

Por outro lado, a Ucrânia alega ter cumprido todos os requisitos do acordo que envolvia troca de prisioneiros de guerra entre os países. Kiev também afirma que militares russos que estavam mantidos presos foram entregues em segurança ao país de origem. 

A Ucrânia ainda afirmou que as acusações russas de ataque a aeronave são “ações planejadas da Federação Russa visando desestabilizar a situação na Ucrânia e enfraquecer o apoio internacional a Kiev”. 

Data de Emissão: 25-01-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Noticias 12 horas, edição de 24 de Janeiro de 2024

OPOSIÇÃO PEDE A SECRETARIO DE ESTADO AMERICANO PRESSÃO A LUANDA PARA A REALIZAÇÃO DE ELEIÇÕES AUTARQUICAS;   

PRESIDENTE LOURENÇO APELA  A NOVO INSPECTOR GERAL DO ESTADO A TRABALHO CONJUNTO;  

ANGOLA EM  ALERTA DEVIDO AO ALASTRAR DA COLERA  NA ZAMBIA E RDC;    

ANGOLA ENTRE OS PAISES MAIS SOBRENDIVIDADOS EM AFRICA, ALERTA  ONU;  

EX-PRESIDENTE TRUMP VENCE NU PRIMEIRO ESTADO NAS PRIMARIAS PARA O SEU REGRESSO A CASA BRANCA;  

JUNGLE MIX

Jornal ao meio dia com a coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson Machado e João Congo;

JINGLE MVIEIRA 

PONTO DESPORTO. 

Os Palancas Negras cumpriram o primeiro objectivo no campeonato africano de futebol ao vencer o Burkina Faso por 2-0 à conta de um bom golpe de cabeça de Mabululu e de uma recarga certeira de Zini, já nos descontos e garantindo  presença aos oitavos de final e com números inéditos: 

São sete pontos, duas vitórias um empate, seis golos marcados  e apenas  três golos sofridos, terminando na liderança do Grupo D. confirmando a terceira passagem de Angola em nove participações na fase de grupos da CAN.

Nas reações, os adeptos do futebol nacional ouvidos esta manhã voltaram a depositar confiança na Selecção nacional para os próximos jogos. 

RD-ADEPTOS. 

Nos oitavos-de-final, os Palancas Negras vão defrontar o terceiro melhor classificado do grupo B, E ou F (entram em cena esta quarta-feira).

PONTO 

A oposição angolana endereçou hoje uma carta ao secretário de Estado norte-americano, que inicia uma visita Luanda na quinta-feira, a pedir que pressione o Presidente, João Lourenço, a realizar eleições autárquicas antes de 2027.

A carta hoje entregue ao embaixador norte-americano,  é subscrita por protagonistas da oposição angolana, entre os quais os líderes da Frente Patriótica Unida, Adalberto da Costa Júnior (presidente da UNITA), Abel Chivukuvuku (líder do projeto político PRA JA), Filomeno Vieira Lopes (Bloco Democrático), a ativista cívica Laura Macedo e os deputados da UNITA, Francisco Viana e Olívio Nkilumbu.

O chefe da diplomacia dos Estados Unidos, Anthony Blinken, deverá chegar a Angola na quinta-feira, no final de um périplo por vários países africanos, entre eles Cabo Verde.

Os signatários da carta pedem a Blinken que apoie um estado democrático e de direito em Angola e pressione o Presidente angolano a realizar as primeiras eleições autárquicas no país, “o único grande país da região sem líderes eleitos a nível local”, a desmantelar as instituições partidarizadas e a permitir acesso de todos os atores políticos aos meios de comunicação social públicos.

PONTO 

O Presidente da República, João Lourenço, recomendou ao novo inspector geral da Administração do Estado (IGAE), João Manuel Francisco, a cooperar com os outros órgãos, principalmente com a Procuradoria Geral da República, sem nunca substituí-los.

Ao conferir posse a João Francisco, esta terça-feira, no Palácio Presidencial, em Luanda, o Presidente da República alertou que cada um tem o seu momento e espaço de actuação; 

JOAO LOURENÇO TOMADA DE POSSE 

Por seu turno, João Francisco reconheceu que a nova função obriga colaboração com outras entidades vocacionadas, sobretudo em casos de irregularidades administrativas que ponham em causa os princípios da boa governação;  

JOÃO PINTO  07H

Ainda ontem , tomaram posse o ministro do Planeamento, Victor Hugo Guilherme, e os secretários de Estado para o Comércio e Serviços, Augusta de Carvalho Gando Frederico Fortes, para o Planeamento, Luís Kondjimbi Kaíca Epalanga, para o Investimento Público, Ivan Emanuel Marques dos Santos, e para o Orçamento, Juciene Clara Daniel Cristiano de Sousa.

João Lourenço igualmente conferiu posse ao secretário do Presidente da República para os Assuntos Económicos, Milton dos Santos Reis, e ao presidente do Conselho de Administração da Agência de Investimento Privado e Promoção das Exportações (AIPEX), Arlindo das Chagas Rangel.

Na mesma cerimónia tomaram posse Adriano Pereira de Carvalho Júnior, como presidente do Conselho de Administração do Entreposto Aduaneiro de Angola, Francisco Manuel Massango, administrador executivo, e Tuneka Lukau, como administrador executivo.

Um incêndio de  grandes proporções destruiu parcialmente a loja de registo de Cacuaco nesta quarta feira. 

A informação é do serviço provincial de bombeiros, que atribuiu o sinistro a um curto circuito. Sobre danos nada foi avançado. Maira Panzo é a porta voz do serviço provincial de bombeiros em Luanda;

MAYRA PANZO 12H  

Um homem de 20 anos de idade foi detido por homicídio por asfixia de uma cidadã no Hojy ya Henda, em Luanda, depois de ter sido violada. 

O policia de investigação criminal anunciou que a cidadã em causa foi violada e morte por dois cidadãos. A denuncia é do superintendente chefe Fernando Carvalho, por voz do SIC LUANDA;

FERNANDO CARVALHO SIC LUANDA 12H ( 01.31”)

PONTO 

O sistema de vendas de recargas de energia pré-pago, da Empresa Nacional de Distribuição de Electricidade (ENDE), nos canais não presenciais(virtuais), interrompido há 48 horas, foi restabelecido.

De acordo com uma nota de imprensa, os clientes já podem efectuar a compra de recargas a partir dos ATM ( vulgo multicaixa), Internet banking, multicaixa express e pelas demais plataformas virtuais.

A ENDE refere que a interrupção deveu-se a uma falha na rede de comunicação nacional, a partir do circuito interno, tal como refere Osvaldo Quilo, porta voz da ENDE;

OSVALDO QUILO 12H  

A Empresa Nacional de Distribuição de Electricidade tem como missão distribuir e comercializar energia eléctrica a nível nacional, no âmbito do Sistema Eléctrico Público  em alta, média e baixa tensão, em regime de serviços públicos nos termos da Lei Geral de Electricidade e seus Regulamentos.

PONTO

Angola está no nível dois de alerta máxima de vigilância da cólera, devido ao surgimento de casos nas zonas fronteiriças, informou esta terça-feira, em Luanda, a directora nacional de Saúde Pública, Helga Freitas .

Helga Freitas fez esse esclarecimento durante um encontro interministerial sobre o plano de contingência de combate à colera, orientado pela ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta.

A directora explicou que o nível dois significa que Angola ainda não regista casos de cólera, mas que deve estar em alerta e criar estratégias de preparação e prevenção em caso de surgimento da doença.

Segundo a directora, o nível três resulta da confirmação efectiva de casos de cólera, como é o caso da Zâmbia e da República Democrática do Congo (RDC), países que fazem fronteira com Angola.

Como acção do programa de contingência, avançou que estão a reforçar o nível de vigilância em todas as províncias que fazem fronteira com esses dois países, assim como uma maior preparação e formação dos técnicos.

De acordo com a responsável, a situação é preocupante a nível da região da SADC. Dos países membros da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral, apenas Angola, Namíbia, Lesoto, Seychelles, Comores  e Madagascar não notificaram casos de cólera .

O surto na Zâmbia decorre desde 2023 e intensificou-se no mês de Janeiro do ano corrente, com o registo de cerca de sete mil casos e aproximadamente quatrocentos óbitos.

A média de casos na Zâmbia é de cerca de quatrocentos casos diários. A RDC, também com um surto desde 2023, tem um acumulado de 42 mil casos.

Com o objetivo de promover a base comunitária e o resgate  da saúde das famílias o governo de Luanda e parceiros   abriram a primeira casa de vacinação de sabe comunitária no bairro Paraíso em Luanda. 

O objetivo é ter uma atenção redobrada na prevenção epidemiológica. 

A iniciativa conta  com o apoio do UNICEF, tal como esclarece a  coordenadora provincial do programada alargado de vacinação,  Felismina  Neto;

FELISMINA NETO 12H   

Directora provincial de saúde, Felismina Neto.

PONTO

Luanda vai acolher no próximo fim de semana o primeiro Festival das Bandas musicais de Angola.

A iniciativa pretende congregar alguns dos mais conceituados agrupamentos musicais do país, como os Kiezos, os Jovens do Prenda, a Banda Maravilha, Banda FM e outros conjuntos que se tornaram verdadeiros obreiros do semba e de outros rirmos típicos de Angola.

Neste momento, os promotores do primeiro Festival das Bandas realizam uma conferência de imprensa num dos espaços culturais de Luanda, onde se encontra o jornalista MFM Alves Fernandes. 

Boa tarde, Alves, como estão os preparativos para o desfile daz principais bandas e conjuntos musicais do nosso país?

ALVES FERNANDES 12H  DIRECTO  

INTERNACIONAL

O Presidente da República, João Lourenço, reiterou, esta terça-feira, em Luanda, que o trabalho em relação ao corredor do Lobito vão continuar para o desenvolvimento da África central e austral.

 Joao Lourenço fala ontem a diplomatas acreditados em Luanda;

JLO 1 LOBITO  

O presidente angolano manifestou, por outro lado, a sua preocupação com as frequentes mudanças inconstitucionais de Governo, em África, e com a impunidade dos seus autores.

Segundo o chefe de Estado angolano, tais ocorrências representam uma “flagrante violação” aos princípios defendidos pela União Africana (UA) e pelas Nações Unidas (ONU). 

Ao falar na cerimónia de cumprimentos de Ano Novo do Corpo Diplomático, João Lourenço atribuiu essa “atitude passiva e contemplativa” aos próprios africanos e aos parceiros internacionais, perante factos, “que encorajam e estimulam a repetição e proliferação deste fenómeno, a todos  os títulos condenável”.

JLO PAZ E SEGURANÇA 2 

Para o estadista, tais fenómenos constituem um grande perigo de retrocesso nas conquistas já alcançadas em termos de estabilidade política e social necessária à boa governação e ao desenvolvimento socioeconómico de África.

Lembrou que Angola, ao assumir a presidência temporária da organização dos estados de África, caraíbas e pacifico, da SADC e dos grandes lagos, se tem engajado seriamente para realizar, com sucesso, as tarefas que se inscrevem no quadro das competências das mesmas.

18 países africanos estão sob endividados , segundo a organização das nações unidades. Em causa está o fraco crescimento econômico. 

O economista Carlos Rosado de Carvalho fala do fraco desempenho de algumas economias;

CARLOS ROSADO DE CARVALHO (02’.09”) 

JINGLE DESPORTO 

A Selecção Nacional terminou na primeira posição e invicta no grupo D, do CAN`2023, que decorre na Côte d`Ivoire, mercê da vitória diante do Burkina Faso, por 2-0, em desafio da 3ª e última jornada desta fase inicial.

Com golo de Mabululu, aos 36 minutos, em jogo decorrido esta terça-feira, no Charles Konan Banny Stadium, em Yamoussoukro, Angola soma sete pontos, contra quatro do Burkina Faso, em segundo, ambos já qualificados para os oitavos-de-final.

O segundo tento de Angola surgiu de uma jogada do estreante Jeremie Bela, que em rotação rematou para a defesa incompleta do guarda-redes adversário e recarga completa de Zine Salvador, aos 90+3`.

Foi a confirmação da segunda vitória do combinado nacional na prova, após empate na estreia com a Argélia (1-1).

Assim, os Palancas Negras voltam à cidade de Bouaké e ao estádio da Paz, onde evoluíram nas duas primeiras partidas do evento continental, para às 17 horas de sábado defrontarem o melhor terceiro classificado do grupo E ou F, nos oitavos-de-final.

INTERNACIONAL 

O  antigo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, venceu as primárias de New Hampshire num confronto direto com a sua única adversária, a ex-governadora da Carolina do Sul Nikki Haley. 

Esta vitória fortalece a probabilidade de Trump enfrentrar o atual presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, nas presidenciais de novembro.

Apesar da derrota, Haley não desistiu a favor de Trump, como aconteceu na semana passada com Ron DeSantis, o governador da Florida, que suspendeu a campanha e declarou apoio a Trump após a derrota no Iowa.

Com 90% dos votos contados, segundo a CNN, Trump conseguiu 54,6% e Haley 43,2%. Com as vitórias em New Hampshire e Iowa, Trump liderou os dois primeiros atos do ciclo eleitoral de 2024. 

No discurso de vitória, o antigo presidente subiu ao palco para criticar Haley e a decisão da ex-governadora de continuar na campanha. 

 

Pelo menos 70 postos de combustível na África do Sul estão a ser investigados pelo Governo por venderem gasóleo diluído com parafina, anunciou o ministério que tutela a venda de combustíveis no país africano.

Por seu lado, o porta-voz do ministério, Ernest Mulibana, adiantou que a investigação governamental encontrou postos de abastecimento com diesel “falso” a operar em todas as nove províncias do país.

Segundo o porta-voz sul-africano, as regiões que registaram o maior número de incidentes são as províncias de Limpopo, com 15 postos, e de KwaZulu-Natal, com 13 postos de abastecimento de combustível contaminado. Estas duas províncias fazem fronteira com Moçambique.

FIM/FIM  

Data de Emissão: 24-01-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 23 de Janeiro de 2024

Destaques:

deputado do MPLA, João pinto é o novo inspetor geral do estado.

Analista MFM volta a questionar partidarização do estado com a nomeação do antigo parlamentar para liderar a inspeção geral do estado. Inclusive 50 000 000 do quanto a estimativa dos prejuízos com o garimpo de água aos cofres da Apple. Ministra da saúdo garanta entrada em circulação de mais de 100 ambulâncias em todo o país para apoio ao sistema de saúde palancas negras. Confiantes na Vitória contra o boquinha passou com a os oitavos do final garantidos. ISRAEL recusa assustar fogo com OA mas

Data de Emissão: 23-01-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 22 de Janeiro de 2024

Destaques:

ACIDENTES DE VIAÇÃO MATARAM 12 PESSOAS SÓ NO ÚLTIMO FIM DE SEMANA, EM LUANDA;

 

– MAIS DE CEM INDIVÍDUOS DETIDOS, POR ESTAREM ENVOLVIDOS EM VÁRIOS CRIMES, NA CAPITAL ANGOLANA;

 

– INTERROMPIDA VENDA DE RECARGA DE ENERGIA NOS CANAIS NÃO PRESENCIAIS, EM TODO O PAÍS, DEVIDO A UMA ANOMALIA NO SISTEMA;

 

– 21 MIL MILHÕES DE KWANZAS DISPONIBILIZADOS PELO GOVERNO, PARA A OPERACIONALIZAÇÃO DO FUNDO NACIONAL DE EMPREGO;

 

– PALANCAS NEGRAS DEFRONTAM BURKINA FASO NESTA TERÇA-FEIRA, COM FOCO NO APURAMENTO AOS OITAVOS-DE-FINAL DO CAN DA CÔTE D’IVOIRE.

 

JINGLE MIX

Jornal ao meio dia de segunda-feira, 22 de Janeiro de 2024, Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson Machado, Lourenço Kalunga e João Congo, edição apresentação de Zacarias Congo.

JINGLE

12 pessoas morreram e 16 outras ficaram feridas, em consequência de 28 acidentes de viação, registados em Luanda, só no último fim de semana. Números bastante preocupantes, de acordo com o porta-voz da Polícia Nacional na capital angolana, Superintendente Nestor Goubel, que apela para maior reflexão entorno da situação.

NESTOR GOUBEL – ACIDENTES – 01′ 13” 12H 220124

Superintendente Nestor Goubel, porta-voz da Polícia Nacional, confirmando a morte de 12 pessoas e o ferimento de outras 16, em consequência de 28 acidentes de viação, registados nas últimas 72h.

E 14 mortos constam das ocorrências registadas pelos bombeiros no último fim de semana, em todo o país. As principais causas são afogamento, acidente de viação e suicídio, segundo o porta-voz do Serviço Nacional de Protecção Civil e Bombeiros, Superintendente Bombeiro Félix Domingos.

FÉLIX DOMINGOS – BALANÇO – 01′ 56” 12H 220124

Superintendente Bombeiro Félix Domingos, porta-voz do Serviço Nacional de Protecção Civil e Bombeiros, apresentando o balanço das ocorrências registadas no último fim de semana, em Angola.

Mais de cem cidadãos foram detidos no último fim de semana, suspeitos de cometerem vários crimes. O resumo das operações levadas a cabo pela Polícia Nacional e pelo Serviço de Investigação Criminal, na voz da jornalista Maria Humba;

PEÇA MARIA HUMBA – 12H

Trabalho da jornalista Maria Humba, sobre as operações da Polícia Nacional e do Serviço de Investigação Criminal, com destaque para a detenção de mais de cem pessoas.

O Chefe do Estado Maior das Forças Armadas Angolanas garante que a Força Aérea Nacional continuará a ser reforçada com equipamentos necessários, para a manutenção da soberania e integridade territorial do país.  A aposta na formação técnica dos quadros é outra prioridade, de acordo com o General da Aviação Altino dos Santos.

ALTINO DOS SANTOS – FAN – 59” 12H 220124

General da Aviação Altino dos Santos reiterando a aposta na formação técnica dos efectivos da Força Área Nacional. O Chefe do Estado Maior das Forças Armadas Angolanas falava durante o acto central alusivo aos 48 de existência da Força Área Nacional, assinalados neste domingo, 21 de Janeiro.

O secretário de Estado norte-americano, Antony Blinken, visita Angola esta semana, num périplo inicia em Cabo Verde e passará ainda pela Côte d’Ivoire e Nigéria.

Na sua quarta viagem a África, o chefe da diplomacia norte-americana deve reafirmar o compromisso de Washignton com parceiros costeiros da África Ocidental, através da Estratégia para Prevenir Conflitos e Promover a Estabilidade, bem como a parceria do seu país com a CEDEAO, Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental, para enfrentar os desafios regionais.

As relações entre os Estados Unidos e Angola ganharam novo impulso em Novembro do ano passado, quando o Presidente João Lourenço, foi recebido, na Casa Branca, pelo seu homólogo norte-americano, Joe Biden, que prometeu visitar Angola proximamente.

PONTO

Está interrompida a venda de recarga de energia nos canais não presenciais, em todo o país, devido a uma anomalia no processo de comunicação com a EMIS, Empresa Interbancária de Serviços. Os técnicos da Empresa Nacional de Distribuição de Eletricidade já trabalham para a resolução do problema, tal como assegurou à MFM Osvaldo Kilo, do Gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa da ENDE.

OSVALDO KILO – ENDE – 01′ 12” 12H 220124

Osvaldo Kilo, do Gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa da ENDE. Empresa Nacional de Distribuição de Eletricidade já trabalha para a resolução do problema para repor a venda de recarga de energia nos canais não presenciais, em todo o país.

PONTO

 

Já está disponível um pacote financeiro avaliado em 21 mil milhões de Kwanzas, para a operacionalização do Fundo Nacional de Emprego. Assim, os projectos relacionados à empregabilidade começarão a ser implementados nos próximos dias, tal como garantiu a Ministra da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social, Teresa Dias.

TERESA DIAS – FUNDO – 25” 12H 220124

Teresa Dias, Ministra da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social, assegurando que já há dinheiro para a operacionalização do Fundo Nacional de Emprego.

PONTO ECONOMIA

Esperam-se para breve alterações sobre a organização e funcionamento dos órgãos auxiliares do Presidente da República, principalmente no sector económico.

De acordo com um documento, é extinto o Ministério da Economia e Planeamento, bem como o fim da Secretaria de Estado do Orçamento e para o Investimento Público.

O documento espelha a aprovação e criação do Ministério do Planeamento e as suas Secretarias de Estado, nomeadamente o Planeamento e para o Investimento Público, Ministério da Indústria e Comércio, Secretaria de Estado para o Comércio e Serviços.

Quanto ao Ministério das Finanças, permanece a Secretaria de Estado do Orçamento.

A este respeito, o analista MFM para os assuntos económicos, Carlos Rosado de Carvalho, acredita que o desejo do governo é levar mais dinâmica entre os vários departamentos ministeriais, que se dedicam à economia;

CARLOS ROSADO DE CARVALHO 01 – PLANO – 02′ 14” 12H 220124

Por outro lado, o analista MFM falou sobre a necessidade de articulação entre os vários departamentos ministeriais;

CARLOS ROSADO DE CARVALHO 02 – ARTICULAÇÃO – 01′ 36” 12H 220124

Carlos Rosado de Carvalho, analista MFM para as questões económicas, falando sobre a necessidade de melhor articulação entre os vários departamentos ministeriais.

Ainda as reações à volta do anúncio feito pelo governo na última semana, de que os salários da função pública vão contar com o aumento de 5% já neste mês de Janeiro, tal como o estabelecido no OGE 2024, o analista MFM Carlos Cabaça considera que a medida não devia ser tomada desta maneira, e defende melhores políticas salariais no país.

CARLOS CABAÇA – SALÁRIOS – 01′ 44” 12H 220124

Já o analista Alberto Quixinacho pensa que os gestores públicos devem ser bem pagos, para que se reflicta na vida de todos os cidadãos.

ALBERTO QUIXINACHO – SALÁRIOS – 01′ 21” 12H 220124

Analistas MFM, defendendo melhores políticas salarias em Angola.

PONTO DESPORTO

O sonho de atingir os oitavos de final do CAN da Côte d’Ivoire continua vivo nos Palancas Negras, que voltam a jogar amanhã às 18horas, em Yamousocro, diante do Burkina Faso, no fecho da fase de grupos.

Angola lidera o grupo D com 4 pontos, sendo uma vitória e um empate, e  segue confiante para o confronto com o Burkina, que vem de um empate a dois golos frente  à selecção da Argélia.

O lateral esquerdo da selecção nacional, Edi Afonso, disse que será mais um jogo onde Angola vai entrar em campo para conseguir a vitória e garantir à qualificação como líder do grupo.

EDI AFONSO – DESPORTO- 38” 12H 220124

Edi Afonso, lateral esquerdo da selecção nacional, confiante numa vitória no confronto frente ao Burkina Faso.

A terceira jornada do campeonato abre hoje com a anfitriã Côte d’Ivoire, a defrontar a Guiné Equatorial, às 18horas em confronto do Grupo A.

Sobre este e outros assuntos desportivos, o amigo ouvinte terá mais dados, logo a seguir a este serviço de notícias, com o Hilário Leonardo.

PONTO INTERNACIONAL

O conflito entre Israel e o movimento palestiniano Hamas já provocou mais de 26 mil mortes e cerca de 75.400 feridos, segundo autoridades locais.

No entanto, os EUA, o Egito e o Qatar estão a pressionar Israel e o Hamas para fecharem um acordo diplomático, para a liberação dos reféns mantidos na Faixa de Gaza.

Conversas nesse sentido devem acontecer no Cairo, capital egípcia, nos próximos dias, de acordo com informações do Wall Street Journal.

A proposta visa a libertação de todos os reféns, a retirada dos militares israelenses de Gaza e, eventualmente, o fim do conflito.

 

 

Data de Emissão: 22-01-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 19 de Janeiro de 2024

Destaques:

DESMANTELADA REDE DE CRIMINOSOS QUE RAPTAVAM COMERCIANTES OESTE AFRICANOS, PARA EXTORQUIR AVULTADAS SOMAS DE DINHEIRO;

– MOTOTAXISTA ASSASSINADO E LANÇADO NO RIO DANDE POR DOIS INDIVÍDUOS QUE LHE ROUBARAM A MOTORIZADA. UM DOS HOMICIDAS JÁ ESTÁ A CONTAS COM A JUSTIÇA NA PROVÍNCIA DO BENGO;

– PRESIDENTE JOÃO LOURENÇO SEGUE AMANHÃ PARA KINSHASA PARA TOMADA DE POSSE DE FÉLIX TSHISEKEDI;

– SECRETÁRIO DE ESTADO NORTE-AMERICANO VISITA ANGOLA NA PRÓXIMA SEMANA, NA SEQUÊNCIA DE MAIS UM PERIPLO NO CONTINENTE AFRICANO;

– ANGOLANOS ESPERANÇOSOS NUMA VITÓRIA DOS PALANCAS NEGRAS, FRENTE À MAURITÂNIA, NO SEU SEGUNDO JOGO NO CAN DA CÔTE D’IVOIRE .

– RELATORA ESPECIAL DAS NAÇÕES UNIDAS ACUSA ISRAEL DE VÁRIOS CRIMES PRATICADOS NA FAIXA DE GAZA.

 

JINGLE MIX

Jornal ao meio dia de sexta-feira, 19 de Janeiro de 2024, Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson Machado, Lourenço Kalunga e Mauro Fernandes, edição apresentação de Zacarias Congo.

JINGLE

Foi desmantelada em Luanda uma rede de criminosos que se dedicavam ao sequestro de cidadãos oeste africanos.

As vítimas eram obrigadas a pagar avultadas somas de dinheiro para, supostamente, não serem submetidas a um hipotético repatriamento coercivo, tal como fez saber o porta-voz do Serviço de Investigação Criminal, Superintendente-chefe Manuel Halaiwa.

MANUEL HALAIWA 12H – ESSENCIAL

Superintendente-chefe Manuel Halaiwa, porta-voz do Serviço de Investigação Criminal, sobre o desmantelamento da rede de criminosos que se dedicavam ao sequestro de cidadãos oeste africanos.

 …

Um mototaxista de 31 anos de idade foi morto e lançado no Rio Dande, no município do Dande, província do Bengo, por dois indivíduos que roubaram a sua motorizada.

Um dos dois supostos assassinos já foi detido, quando tentava vender o motociclo roubado por 350 mil kwanzas. O seu comparsa encontra-se foragido, mas poderá ser capturado nos próximos dias, segundo o porta-voz do Serviço de Investigação Criminal no Bengo, Sub-inspector de Investigação Miguel Correia.

MIGUEL CORREIA – 01′ 49” 12H 190124

Subinspector de Investigação Miguel Correia, porta-voz do SIC, Serviço de Investigação Criminal no Bengo, confirmando a detenção de um dos dois indivíduos envolvidos no assassinato de um mototaxista.

O autor confesso do homicídio, de nome João Adão João, mostra-se arrependido.

JOÃO ADÃO JOÃO – 01’ 46’’ 12H 190124

João Adão João, cidadão detido por ter participado na morte de um mototaxista de 31 anos, no município do Dande, província do Bengo, tendo roubado a motorizada para vender por 350 mil Kwanzas.

A onda de criminalidade que se tem registado nos últimos tempos será o tema da edição de amanhã do programa “O ESTADO DA NAÇÃO”, que contará com a participação de especialistas em sociologia, psicologia e criminalística, bem como responsáveis da Polícia Nacional e do Serviço de Investigação Criminal.

PONTO DESPORTO

Os Palancas Negras voltam a preparar hoje o duelo com a Mauritânia que acontece já amanhã, no estádio da Paz, na cidade de Bouké, em partida referente à segunda jornada do CAN da Côte d’Ivoire.

O grupo às ordens do treinador luso, Pedro Gonçalves, tem vindo a trabalhar os aspectos que apresentaram muitas fragilidades no confronto com a Argélia. 

O comentador para o futebol nacional, João Morais, diz esperar uma selecção com poucas debilidades e sugere que o treinador seja mais acertivo nas substituições.

RD-JOÃO MORAIS.

E os adeptos estão esperançosos numa vitória.

RD-ADEPTOS

A ideia é chegar ao mais alto nível para o duelo com os Mauritanianos, um adversário conhecido e de boa memória, a quem os Palancas querem voltar a vencer para manter vivo o sonho de garantir o apuramento aos oitavos de final.

PONTO

O Presidente da República é aguardado amanhã, em Kinshasa, capital da República Democrática do Congo, para participar do acto de tomada de posse do Presidente Félix Tshisekedi, proclamado vencedor das eleições presidenciais de 20 de Dezembro, com 73,47% dos votos, para um segundo mandato de cinco anos.

Para além do Presidente João Lourenço,são esperados, os Presidentes da África do Sul, Cyril Ramaphosa, do Zimbabwe, Emerson Mnangagwa, da Zâmbia, Hakainde Hichilema, do Botswana, Mokgweetsi Masisi e do Malawi, Lazarus Chakwera.

E o embaixador de Angola na Repúblcia Democrática do Congo, Miguel Costa, destaca os principais desafios da cooperação entre os dois países, particularmente nos domínios da migração e da segurança ao longo da fronteira comum.  

MIGUEL COSTA – 01′ 32” 12H 190124

Miguel Costa, embaixador de Angola na República Democrática do Congo, falando sobre os principais desafios da cooperação entre Angola e a RDC.

Já o analista para os assuntos internacionais, Osvaldo Nboko, considera que o maior desafio de Félix Tshisekedi será garantir a estabilidade no leste da República Democrática do Congo e melhorar o ambiente político do país.

OSVALDO NBOKO 01 – 02′ 21” 12H 190124

Por outro lado, o analista MFM aponta para a necessidade da manutenção das boas relações entre Angola e República Democrática do Congo, com realce para o ramo económico;

OSVALDO NBOKO 02 – 02′ 51” 12H 190124

Analista para os assuntos internacionais, Osvaldo Nboko, destacando os desafios da cooperação entre Angola e a República Democrática do Congo.

O secretário de Estado norte-americano, Antony Blinken, visita Angola na próxima semana, num périplo que o levará também a Cabo Verde, Costa do Marfim, Nigéria, de 21 a 26 de Janeiro.

Na sua quarta viagem a África desde que assumiu o cargo, o chefe da diplomacia norte-americana deve reafirmar o compromisso de Washignton com parceiros costeiros da África Ocidental, através da Estratégia para Prevenir Conflitos e Promover a Estabilidade, bem como a parceria do seu país com a CEDEAO, Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental, para enfrentar os desafios regionais.

As relações entre os Estados Unidos e Angola ganharam novo impulso em Novembro do ano passado, quando o Presidente João Lourenço, foi recebido, na Casa Branca, pelo seu homólogo norte-americano, Joe Biden, que prometeu visitar Angola proximamente.

E o analista MFM, Lutina Santos, espera que esta visita do Secretário de Estado norte-americano venha a configurar mais um passo no estreitar das relações entre os dois países, reafirmado o prometido na recente visita do Presidente João Lourenço a Washigton;

LUTINA SANTOS 12H

Analista MFM, Lutina Santos, perspectivando a visita do Secretário de Estado norte-americano a Angola, na próxima semana.

PONTO ECONOMIA

A EMIS, Empresa Interbancária de Serviços sugere a actualização dos limites diários para minimizar as constantes dificuldades no acesso ao dinheiro. Sistemas operados pela EMIS chegam a movimentar 4 biliões Kz por mês, mas levantamentos valem apenas 8% do total.

A enorme desvalorização do Kwanza e a elevada inflação dos últimos anos tem pesado directamente no funcionamento da rede Multicaixa, sobretudo devido ao aumento da procura por moedas e notas.

Fontes ligadas à Empresa Interbancária de Serviços (EMIS) garantem ainda que outros factores, como o baixo valor facial das notas em circulação, estão na base das elevadas filas de espera e das constantes dificuldades em executar operações na rede de caixas automáticas.

Mesmo assim, foram dados os primeiros passos para colocar em circulação, nos próximos meses, a nota de 10 mil Kz, que vai ser produzida na Alemanha.

O analista MFM, Carlos Rosado de Carvalho fala da vantagem em ter notas de maior facial;

CARLOS ROSADO DE CARVALHO 12H (02,21)

A SONANGOL procedeu a 17 de Janeiro, ao lançamento de um concurso internacional, simplificado por critério material, segundo o disposto da Lei do Concurso Limitado Por Convite, para a importação de combustíveis, durante o período de 1 de Abril de 2024 a 31 de Março de 2025.

Para o efeito, foram convidadas 14 empresas, dentre as quais serão selecionadas as empresas para a celebração dos contratos de fornecimento de gasolina e gasóleo, respectivamente.

Os vencedores actuarão em substituição das actuais empresas fornecedoras, cujos contratos terminam a 31 de Março de 2024.

Angola gasta em média cerca de dois mil milhões de dólares por ano com a importação de combustíveis.

PONTO INTERNACIONAL

Aumenta a onda de acusações contra o estado de Israel, devido aos intensos bombardeamentos na Faixa de Gaza.

A relatora especial das Nações Unidas para os Territórios Palestinianos acusa Israel de ter violado o direito internacional.

Franchessca Albanese, uma jurista italiana ao serviço da ONU, considera que Israel cometeu uma série de actos que são completamente ilegais, completamente ilícitas, ao bombardear o território palestiniano, controlado pelo Hamas, de forma indiscriminada durante mais de 100 dias, tendo provocado mais de 24 mil mortos entre a população civil, incluindo mulheres, crianças e doentes internados em hospitais que também não foram poupados.

Na mesma perspectiva, foram apresentadas na Suíça várias queixas criminais contra o Presidente de Israel, Isaac Herzog, que esteve no Fórum Económico Mundial em Davos, na Suiça.

As últimas queixas, cujo conteúdo não foi especificado, foram formalizadas por uma plataforma de organizações não governamentais, auto-denominada “Acção Legal contra Crimes contra a Humanidade”, que apela à abertura de uma investigação criminal, paralelamente às acusações de genocídio contra o povo palestianiano, apresentadas pela África do Sul.

Entretanto, Israel rejeita as acusações, advogando o direito à sua defesa, na sequência do ataque desencadeado a 7 de Outurbo de 2022, pelo movimento islamita palestiniano Hamas, que provocou cerca de 1.400 mortos

Em represália, Israel prometeu aniquilar o Hamas, e lançou uma ofensiva contra a Faixa de Gaza que já causou mais de 24 mil mortos.

 

 

Data de Emissão: 19-01-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 18 de Janeiro de 2024

Destaques:

SINDICATOS REJEITAM AUMENTO SALARIAL DE CINCO POR CENTO, SEM QUE HAJA UMA CONTRAPROPOSTA DO GOVERNO ÀS REIVINDICAÇÕES DAS CENTRAIS SINDICAIS, QUE EXIGEM UM SALÁRIO MÍNIMO DE 250 MIL KWANZAS.

– MÉDICO VETERINÁRIO NA PROVÍNCIA DO HUAMBO ALERTA PARA AS GRAVES CONSEQUÊNCIAS DO CONSUMO DE CARNE E OUTROS PRODUTOS DE ORIGEM ANIMAL, SEM QUALQUER INSPECÇÃO SANITÁRIA. O INSTITUTO DE INVESTIGAÇÃO VETERINÁRIA ESTÁ SEM DIRECTOR GERAL HÁ CINCO ANOS.

– DOIS CIDADÃOS VIETNAMITAS E UM ANGOLANO DETIDOS EM FLAGRANTE POR PESCA ILEGAL NO MUNICÍPIO DE CACUACO;

– SUBIU PARA NOVE O NÚMERO DE MORTOS NO IRÃO, EM CONSEQUÊNCIA DE ATAQUES PAQUISTANESES. 

JINGLE MIX 

Jornal ao meio dia de quinta-feira, 18 de Janeiro de 2024, Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson Machado, Lourenço Kalunga e Edmundo Simões, edição e apresentação de Zacarias Congo.

JINGLE

Os salários da função pública referentes a este mês de Janeiro vão contar já com o aumento de 5 por cento, tal como o estabelecido no Orçamento Geral do Estado 2024. A informação foi avançada pela ministra Administração Pública, Trabalho e Segurança Social, Teresa Dias, no final de uma reunião do Conselho de Ministros. 

TERESA DIAS 01 – 01′ 11” 12H 180124

Entretanto, as centrais sindicais não concordam com a medida anunciada pelo governo. Em face da situação, o secretário-geral do SINPROF, Admar Jinguma, confirma o início da mobilização para uma greve geral nos próximos dias. 

ADMAR JINGUMA 01 – 01′ 41” 12H 180124

Admar Jinguma, secretário-geral do SINPROF, Sindicato Nacional dos Professores, avançando que as centrais sindicais não voltarão a sentar com o governo, enquanto não for apresentada uma proposta próxima ao que é exigido em caderno reivindicativo. 

Recordamos que esta terça-feira, o secretário-geral da UNTA-Confederação Sindical, José Laurindo, disse que as centrais sindicais não avançariam com uma greve geral, por agora, priorizando as negociações com o governo.

JOSÉ LAURINDO – 01’ 08’’ 12H 180124

José Laurindo, Secretário-geral da UNTA, União dos Trabalhadores Angolanos – Confederação Sindical, descartando uma greve geral na função pública, enquanto decorrem as negociações com o governo.

Em sentido oposto, o Secretário Nacional para os Assuntos Jurídicos e Laborais, da Federação dos Sindicatos da Educação, Cultura, Desporto e Comunicação Social, Zacarias Jeremias, diz que a sua organização, filiada à UNTA não recebeu qualquer informação sobre demarcação da greve. 

ZACARIAS JERMIAS – 02′ 00” 12H 180124

Zacarias Jeremias, Secretário Nacional para os Assuntos Jurídicos e Laborais da Federação dos Sindicatos da Educação, Cultura, Desporto e Comunicação Social, contrariando as declarações do secretário-geral da UNTA-Confederação Sindical, José Laurindo, segundo as quais as centrais sindicais não avançariam com uma greve geral, priorizando as negociações com o governo.

PONTO

Dois cidadãos vietnamitas e um angolano foram detidos em flagrante delito, a praticarem pesca ilegal, na Praia dos Pescadores, no município de Cacuaco. Segundo o porta-voz do Serviço de Investigação Criminal, Superintendente-chefe Manuel Halaiwa…. 

MANUEL HALAIWA – 22’’ 12H 180124

Superintendente-chefe Manuel Halaiwa, porta-voz do SIC, Serviço de Investigação Criminal, confirmando detenção de dois cidadãos vietnamitas e um angolano, por pesca ilegal de arrasto. 

O Instituto de Investigação Veterinária está sem diretor há cinco anos, facto que tem condicionado o trabalho de inspecção sanitária, nos locais de criação e abate de animais. O alerta é do médico veterinário Mouras Cordeiro, convidado da edição de hoje do programa “A ÚLTIMA PALAVRA” da MFM. 

MOURAS CORDEIRO 01 – 02′ 36” 12H 180124

O médico veterinário adverte que a ANIESA, Autoridade Nacional de Inspecção Económica e Segurança Alimentar, deve integrar especialistas em medicina veterinária, durante a atividade de inspecção aos locais de abate de animais. 

MOURAS CORDEIRO 02 – 02’ 08’’ 12H 180124

Mouras Cordeiro, médico veterinário, defendendo melhores políticas salariais ao sector da agricultura, para impulsionar a permanência de quadros formados na área. 

A reposição do programa “A ÚLTIMA PALAVRA”, o amigo ouvinte acompanha logo mais, às 20h, nesta mesma sintonia. 

PONTO ECONOMIA

Os deputados à Assembleia Nacional não querem que os bancos comerciais no país exerçam actividade de seguros. Os parlamentares que debatem na especialidade a proposta de Lei sobre Mediação de seguros de iniciativa do governo, justificam que a presença de bancos comerciais no negócio de seguros retira a igualdade de oportunidades e colocam em causa a gestão de risco e conflitos de interesses. 

A este respeito, o analista MFM para os assuntos económicos, Carlos Rosado de Carvalho, considera que, tendo em conta o fraco desenvolvimento dos seguros em Angola, os bancos continuam a ser os maiores promotores da venda de seguros. 

CARLOS ROSADO DE CARVALHO – 02′ 33” 12H 180124

Carlos Rosado de Carvalho, analista MFM para as questões económicas, apelando para uma melhor regulamentação no mercado de seguros, no sentido de se conter o conflitos de interesses. 

PONTO DESPORTO

Os atletas da Selecção de Canoagem querem mais atenção e apoio do Ministério da Juventude e Desportos e do Comité Olímpico Angolano.  

O descontentamento surge numa altura em que os atletas continuam sem receber os prémios da participação no campeonato africano da Nigéria, que são merecidos por lei. 

O canoísta Manuel António disse hoje à MFM que se a situação continuar vai decidir abandonar a modalidade.

MANUEL ANTÓNIO – 01′ 23” 12H 180124

E o Nanoísta Benilson Sanda, outro atleta que também competiu no campeonato africano, onde a seleção conseguiu a qualificação aos jogos de Paris 2024, espera receber os prémios o mais depressa possível, revelando que os valores vão ajudar nos seus estudos e assim como na sua alimentação. 

BENILSON SANDA – 01′ 46” 12H 180124

Atletas angolanos de canoagem pedem igualdade no tratamento das modalidades, numa altura em que ainda não receberam os prémios da participação no campeonato africano. 

Sobre estes e outros assuntos, o amigo ouvinte acompanha logo a seguir a este serviço informativo com o Hilário Leonardo. 

PONTO INTERNACIONAL 

O número de mortos, no sudeste do Irão, em consequência de ataques com mísseis efectuados pelo Paquistão subiu para nove, noticiaram os meios de comunicação oficiais iranianos.

“Dois homens também foram mortos no ataque com mísseis numa das aldeias fronteiriças, elevando o número de mortos para nove”, disse a agência de notícias oficial iraniana Irna, citando o vice-governador da província de Sistão-Baluchistão, Alireza Marhamati.

O balanço anterior dava conta de sete mortos.

Data de Emissão: 18-01-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 17 de Janeiro de 2024

Destaques:

INDÍVIDUOS QUE COMPRARAM TELEMÓVEL DAS MÃOS DOS ASSASSINOS DO SOCIÓLOGO LAURINDO VIEIRA, FORAM SOLTOS PELAS AUTORIDADES;

 

– ISABEL DOS SANTOS AFIRMA QUE PROCESSO MOVIDO CONTRA SI FAZ PARTE DE UM CALENDÁRIO POLÍTICO DO PRESIDENTE DA REPÚBLICA;

 

– UNTA DESCARTA GREVE GERAL NOS PRÓXIMOS DIAS;

 

– PRESIDENTE DAS ILHAS COMORES ELEITO PARA UM TERCEIRO MANDATO, NUM PLEITO MARCADO POR DENÚNCIAS DE FRAUDE.

JINGLE MIX

Jornal ao meio dia de quarta-feira, 17 de Janeiro de 2024, Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson Machado, Lourenço Kalunga e Edmundo Simões, edição e apresentação de Zacarias Congo.

JINGLE

Os dois cidadãos que compraram o telemóvel do sociólogo Laurindo Vieira, vendido pelos seus assassinos horas depois de terem praticado o crime, foram postos em liberdade, porque o Juiz de Garantias concluiu que não tiveram envolvimento directo na morte do Reitor da Universidade Gregório Semedo.   

Jelson Mananças, que adquiriu o telemóvel diretamente das mãos dos meliantes, e Juliana Cambolo, a quem revendeu o aparelho, deverão apresentar-se aos órgãos de justiça de quinze em quinze dias, e terão de pagar uma caução de um milhão e duzentos mil kwanzas, respectivamente, tal como esclarece o porta-voz do Serviço de Investigação Criminal, Manuel Halaiwa.

MANUEL HALAIWA 01 – 01′ 15” 12H 170124

Os outros três indivíduos, que segundo o SIC estão diretamente envolvidos na morte do sociólogo Laurindo Vieira, continuam detidos.

MANUEL HALAIWA 02 – 01′ 30” 12H 170124

Superintendente-chefe Manuel Halaiwa, porta-voz do SIC, Serviço de Investigação Criminal, confirmando que continuam detidos os três indivíduos que alegadamente estão diretamente envolvidos no assassinato do sociólogo Laurindo Vieira, ao passo que já foram soltos os dois cidadãos que compraram um dos telemóveis da vítima, das mãos dos marginais.

Lembramos que esta terça-feira foi a enterrar o corpo do Reitor da Universidade Gregório Semedo, Laurindo Vieira, no Cemitério da Santa Ana, em Luanda. O professor foi morto a tiro no passado dia 11 de Janeiro, quando saía de uma dependência bancária no bairro Patriota, em Luanda.

O processo que envolve a gestão da empresária Isabel dos Santos na SONANGOL já foi concluído e deverá remetido a tribunal nos próximos dias. Segundo o Procurador-geral da República, Hélder Pitta Grós, os advogados de Isabel dos Santos já foram notificados, esperando-se apenas a sua reação nos prazos estabelecidos por lei.

HÉLDER PITTA GRÓS 01 – 01′ 25” 12H 170124

Hélder Pitta Grós confirma o envolvimento no processo de outros integrantes da equipa de Isabel dos Santos.

HÉLDER PITTA GRÓS 02 – 52” 12H 170124

Hélder Pitta Grós, Procurador-geral da República, confirmando que o processo que envolve a gestão da empresária Isabel dos Santos na SONANGOL já foi concluído e poderá ser remetido em tribunal nos próximos dias.

No entanto, a engenheira Isabel dos Santos confirma que recebeu a notificação do estado angolano sobre a acusação, e assegura que tudo será feito para que a resposta seja remetida dentro do prazo legal. 

ISABEL DOS SANTOS 01 – 01′ 34” 12H 170124

Em entrevista à Rádio Essencial, a empresária associou o processo movido contra si a um suposto calendário político do Presidente da República, João Lourenço, que tem como finalidade uma mudança constitucional, tendo em vista as próximas eleições gerais.

ISABEL DOS SANTOS 02 – 01′ 42” 12H 170124

Isabel dos Santos, afirmando que o processo sobre a sua gestão na SONANGOL, movido contra si pelo estado angolano, não passa de uma perseguição política do executivo.

A empresária é acusada de onze crimes, como peculato, burla qualificada, abuso de poder, abuso de confiança, falsificação de documento, associação criminosa, participação económica em negócio, tráfico de influências, branqueamento de capitais, fraude fiscal e fraude fiscal qualificada.

PONTO ISENÇÃO

O Presidente da República afirmou que os investimentos nas Forças Armadas Angolanas vão continuar com a restruturação e construção de novas infraestruturas. João Lourenço, que falava aos jornalistas depois de ter inaugurado a primeira fase do Centro Nacional de Coordenação e Vigilância Marítima, no distrito Urbano dos Ramiros em Luanda, anunciou que nos próximos meses, a Marinha de guerra Angolana vai ganhar três aviões de reconhecimento e vigilância marítima.

JOÃO LOURENÇO 01 – 01′ 14” 12H 170124

O Presidente João Lourenço garante que os trabalhos no centro ora inaugurado vão continuar e assegura que outros centros regionais serão concluídos ainda este ano.

JOÃO LOURENÇO 02 – 01′ 15” 12H 170124

Presidente da República, João Lourenço, garantindo serão concluídos ainda este ano os centros regionais de Coordenação e Vigilância Marítima do Lobito, em Benguela, e do Namibe.

PONTO

Está descartada por agora uma greve geral em Angola, enquanto decorrerem as negociações entre o governo e as centrais sindicais. A informação foi avançada no Bengo pelo secretário-geral da UNTA, José Laurindo. Outros dados com a jornalista Maria Humba;

PEÇA MARIA HUMBA 12H – 04’ 47’’ 12H 17012024

Trabalho da jornalista Maria Humba. UNTA descarta greve geral em Angola, enquanto decorrerem as negociações entre o governo e as centrais sindicais.

PONTO ECONOMIA

As bebidas embaladas em saquetas de plástico deixam de ser comercializadas nos próximos dias, de acordo com um decreto do governo datado de 12 de Janeiro.

A medida é justificada pela necessidade de se evitar a poluição ambiental por meio de plásticos, bem como reduzir o consumo excessivo de álcool, sobretudo pela asecibilidade do produto embalado em saqueta.

A este respeito, o analista MFM para os assuntos económicos, Carlos Rosado de Carvalho, considera que, as razões avançadas são compreensíveis, mas alerta para várias consequências às indústrias que operam no sector.

CARLOS ROSADO DE CARVALHO – 02′ 30” 12H 170124

Analista MFM para as questões económicas, Carlos Rosado de Carvalho, alertando para as consequências que a proibição da venda de bebidas embaladas em saquetas de plástico, poderão causar às indústriais que operam no sector.

PONTO DESPORTO

PONTO INTERNACIONAL

O presidente de Comores, Azali Assoumani, de 65 anos, foi declarado, esta terça-feira, o vencedor das eleições após o primeiro turno, realizado no domingo.

Assoumani, que chegou ao poder pela primeira vez, em 1999, através de um golpe de Estado, obteve 62,97% dos votos, segundo a Comissão Eleitoral, e garantiu um terceiro mandato consecutivo, que termina em 2029.

A taxa de participação foi de apenas 16,30% dos 340.000 eleitores convocados às urnas.

Os observadores da União Africana disseram que a votação ocorreu “em paz e tranquilidade”. A oposição, por sua vez, denunciou no domingo que houve “fraude eleitoral” e “introdução de cédulas pré-preenchidas nas urnas.”

 

Data de Emissão: 17-01-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 12 de Janeiro de 2024

Destaques:

PRESIDENTE DA REPÚBLICA INAUGURA HOJE VÁRIAS INFRAESTRTURAS SOCIAIS NA PROVÍNCIA DO HUAMBO;

– POLÍCIA GARANTE DILIGÊNCIAS PARA LOCALIZAÇÃO E RESPONSABILIZAÇÃO DOS AUTORES DA MORTE DO REITOR DA UNIVERSIDADE GREGÓRIO SEMEDO EM LUANDA;

– ADIADA A CONVOCAÇÃO DA GREVE NO MINISTÉRIO DAS PESCAS E RECURSOS HMARINHOS, POR SUPOSTAS AMEAÇAS AOS TRABALHADORES;

– ANGOLA DESPEDE-SE HOJE DE RUI MINGAS, UM DOS AUTORES DO HINO NACIONAL;

– CAMPEONATO AFRICANO DE FUTEBOL INICIA AMANHÃ NA COT D’IVOIRE. PALANCAS NEGRAS ESTREIAM-SE NA PRÓXIMA SEGUNDA-FEIRA DIANTE DA ARGÉLIA.

JINGLE MIX
Jornal ao meio dia de sexta-feira, 12 de Janeiro de 2024, Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Lourenço Kalunga e Edmundo Simões, edição e apresentação de Zacarias Congo.
JINGLE
A polícia garante que diligências estão em curso para a localização e responsabilização criminal dos autores dos disparos que vitimaram mortalmente, esta quinta-feira, o Reitor da Universidade Gregório Semedo, Laurindo Vieira. Mais dados com a repórter Maria Humba;
PEÇA MARIA HUMBA 12H
Trabalho da repórter Maria Humba;
SPOT PROMO MFM HUAMBO
O Presidente da República iniciou hoje uma visita de trabalho de dois dias à província do Huambo, onde reuniu o Conselho de Governação Local e deve inaugurar várias infra-estruturas nos sectores da Saúde, Comunicação Social, Administração Pública, Trabalho e Segurança Social. Vamos ao contacto directo com a equipa MFM no Huambo. Alves Fernandes, boa tarde!
– DIRECTO –
PONTO UNITA
A UNITA promete uma campanha de mobilização em todo o país para que as eleições autárquicas voltem à agenda nacional em 2024. O anúncio foi feito, esta quinta-feira, pelo Presidente do maior partido na oposição em Angola, Adalberto Costa Júnior, durante a cerimónia de cumprimentos de ano novo.
ADALBERTO COSTA JÚNIOR – 01′ 49” 12H 120124 BOM
Adalberto Costa Júnior, presidente da UNITA, anunciando a uma campanha de mobilização em todo o país para que as eleições autárquicas voltem à agenda nacional em 2024.
PONTO
Está adiada a convocação da greve dos trabalhadores do Ministério das Pescas e Recursos Marinhos, que estava marcada para ontem, por suposta inviabilização da entidade patronal que terá ameaçado os funcionários que reunidos em Assembleia. A informação foi avançada à MFM pelo porta-voz da Comissão Sindical, Bráulio Firmino.
BRÁULIO FIRMINO 01 – 01′ 46” 12H 120124
Ainda assim, os trabalhadores do Ministério das Pescas e Recursos Marinhos vão mesmo convocar a greve nos próximos dias, em protesto contra supostas irregularidades no processo de nomeação aos cargos de direção e chefia, entre outros pontos que constam no caderno reivindicativo.
BRÁULIO FIRMINO 02 – 01′ 15” 12H 120124
Bráulio Firmino, porta-voz da Comissão Sindical dos trabalhadores do Ministério das Pescas e Recursos Marinhos, avançando que a convocação da greve dos funcionários prevista para ontem, será feita apenas nos próximos dias, depois de supostamente a entidade patronal ter inviabilizado a realização da assembleia dos trabalhadores.
PONTO
Voltamos a falar sobre criminalidade do seu jornal…

Foi desmantelada uma rede criminosa composta por quatro pessoas que se faziam passar por funcionários do Instituto Nacional de Habitação e burlaram mais de 100 cidadãos que pretendiam adquirir residências no Projecto Habitacional Maye Maye, no município de Cacuco. Os implicados recebiam valores monetários entre 350 à 500 mil kwanzas, com promessas de entrega de residências das centralidades, tal como confirma o porta-voz do Serviço de Investigação Criminal, Superintendente-chefe Manuel Halaiwa.
MANUEL HALAIWA 8H
Superintendente-chefe Manuel Halaiwa, porta-voz do SIC, Serviço de Investigação Criminal, confirmando que será apresentada esta manhã uma rede criminosa composta por quatro pessoas que se faziam passar por funcionários do Instituto Nacional de Habitação e burlaram mais de 100 cidadãos que pretendiam adquirir residências no Projecto Habitacional Maye Maye , no município de Cacuaco.

PONTO ECONOMIA
Os estabelecimentos grossistas e retalhistas que comercializam tabacos, cigarros, charutos, vinhos e bebidas espirituosas, passaram a ser obrigadas desde segunda-feira a colocarem selos fiscais nos produtos.
Na visão do analista MFM para os assuntos económicos, Carlos Rosado e Carvalho, a medida vai contribuir para o combate à fuga ao fisco, permitindo o maior controlo sobre o consumo dos referidos produtos.
CARLOS ROSADO DE CARVALHO – 02′ 52” 12H 120124
Analista MFM para as questões económicas, Carlos Rosado de Carvalho, considerando que a entrada em vigor dos selos fiscais vai ajudar a combater a fuga aos impostos nas bebidas e tabaco.
PONTO
O corpo do nacionalista, compositor, músico e diplomata, Rui Mingas, será sepultado hoje, no cemitério Alto das Cruzes, em Luanda.
Esta quinta-feira, o Presidente da República, João Lourenço, rendeu, homenagem ao nacionalista Rui Mingas, falecido no dia 4 deste mês, em Lisboa, Portugal, vítima de doença, aos 84 anos.
Um dos autores da letra do Hino Nacional, juntamente com o escritor Manuel Rui Monteiro, Rui Mingas participou activamente no processo que culminou com a Independência de Angola, a 11 de Novembro de 1975.
Angola despede-se do coautor do hino nacional.

Várias figuras angolanas homenagearam hoje o músico e compositor Rui Mingas, coautor do hino nacional de Angola, de recordar que Rui Mingas, morreu em Lisboa no dia 04 do mês em curso, tendo os restos mortais chegado a Luanda nesta Quinta-feira, conduzido assim ao local das cerimónias fúnebres que decorrido no Quartel-General do antigo exército (Ex-R20), um local onde marcaram presença altas figuras do Estado, incluindo o Presidente da República – João Lourenço.
Em que na ocasião considerou “um valoroso filho da Pátria angolana”, que “faz parte da história recente” de Angola e “uma referência para a juventude na defesa dos mais nobres valores da cidadania”.
PONTO DESPORTO
PONTO INTERNACIONAL
O Governo do Burundi anunciou, esta quinta-feira, o encerramento da fronteira com o Rwanda, país com o qual mantém, há anos, uma relação tensa, devido a alegações de apoio a grupos armados que actuam no seu território.
De acordo com o Burundi, o grupo Resistência pelo Estado de Direito no Burundi lançou um ataque, em 22 de Dezembro, perto da fronteira com a República Democrática do Congo, matando 20 pessoas, incluindo mulheres e crianças.

A União Europeia reconheceu, esta quinta-feira, em comunicado a eleição de Félix Tshisekedi, nas presidenciais de 20 de Dezembro, na República Democrática do Congo (RDC), nas quais conquistou um segundo mandato, após obter mais de 73% dos votos escrutinados.
Na nota de imprensa, o Serviço Europeu para a Acção Externa declarou que “toma nota” dos resultados definitivos proclamados pelo Tribunal Constitucional, que consagram a vitória de Félix Tshisekedi nas eleições presidenciais.

Coordenação de Alves Fernandes

Técnica de Loureço Calunga e Edmundo Simões

Apresentação de Zacarias Congo

Data de Emissão: 12-01-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 11 de Janeiro de 2024

Destaques:

Trabalhadores do Ministério das Pesca e Recursos marinhos podem entrar em greve a partir de hoje.

Concurso público de Educação no Cuanza Norte anulado por suspeita de corrupção, SINPROF anuncia irregularidade em outras províncias do país.

Processo que envolve empresária Isabel dos Santos será remetido a Tribunal nos próximos dias garante Procurador geral da república.

Selecionador de futebol adaptado assegura entrada de novos talentos para atacar o campeonato africano da modalidade.

Restos mortais do músico e nacionalista Angolano Ruy Mingas, serão sepultados amanhã em Luanda,

 

Coordenação de Alves Fernandes

Técnica de Loureço Calunga e Edmundo Simões

Apresentação de Zacarias Congo

Data de Emissão: 11-01-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 10 de Janeiro de 2024

Destaques:

JÁ ESTÃO EM VIGOR AS NOVAS CHAPAS DE MATRÍCULA. QUATRO EMPRESAS FORAM LICENCIADAS PARA O FABRICO DO MATERIAL;

 

– PRESIDENTE DO SINDICATO DOS MÉDICOS ANGOLANOS AFIRMA QUE FALTA DE CONDIÇÕES NOS HOSPITAIS VÃO CONTINUAR A CAUSAR MORTES DEVIDO À NEGLIGÊNCIA;

 

– MOVIMENTO DOS ESTUDANTES ANGOLANOS INSATISFEITO COM NÚMERO REDUZIDO DE PASSES SOCIAIS EMITIDOS PELA EMPRESA NACIONAL DE BILHÉTICA;

 

– CONFIRMADA A PRESENÇA NO CAMPEONATO AFRICANO DE FUTEBOL, ÁRBITRO ANGOLANO PROMETE TRABALHAR A RIGOR PARA REPRESENTAR ANGOLA NUM CAMPEONATO DO MUNDO;

– NÚMERO DE MORTOS EM CONSEQUÊNCIA DO SISMO NO JAPÃO VOLTOU A SUBIR. SÃO JÁ 206 VÍTIMAS.

 

JINGLE MIX

Jornal ao meio dia de terça-feira, 10 de Janeiro de 2024, Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Lourenço Kalunga e Edmundo Simões, edição e apresentação de Zacarias Congo.

JINGLE

As novas chapas de matrícula em viaturas começam a ser aplicadas hoje, 10 de Janeiro, e vão custar 50 mil kwanzas a cada utente. novo sistema de matriculação no país conta com dispositivos que vão melhorar as questões de segurança e identificação dos veículos e dos seus proprietários. A informação foi avançada há instantes pelo Comandante-Geral da Polícia Nacional, Comissário Geral Arnaldo Carlos.

ARNALDO CARLOS 01 – 01′ 21” 12H 100124

 

 

Os utentes terão dois anos para substituírem as actuais chapas de matrícula.

 

ARNALDO CARLOS 02 – 01′ 27” 12H 100124

4 empresas foram licenciadas para o fabrico da novas chapas de matrículas, ao passo que oitenta farão a distribuição em todo o território nacional, tal como fez saber em conferência de imprensa o comandante cessante da Direção Nacional de Viação e Trânsito e Segurança Rodoviária, Elias Dungo Livulo.

novo sistema de matriculação no país conta com dispositivos que vão melhorar as questões de segurança e identificação dos veículos e dos seus proprietários.

PONTO

A Barragem Hidroeléctrica do Gove tem merecido regularmente trabalhos de manutenção para manter a qualidade e eficiência dos seus equipamentos. A garantia foi dada à MFM pelo Chefe de Departamento de Manutenção do maior aproveitamento hidroeléctrico do Planalto Central, situado na comuna do Cuima, município da Caála, província do Huambo, Emídio Francisco.

EMÍDIO FRANCISCO – 01′ 57” 12H 100124

Emídio Francisco, Chefe de Departamento de Manutenção Barragem Hidroeléctrica do Gove, garantido que têm sido feitas manutenções regulares para manter a eficiência dos equipamentos.

E o aproveitamento hidroeléctrico do Gove conta com uma tecnologia diferente das demais barragens existentes no país, no que o controlo dos níveis de água diz respeito. A informação foi avançada pelo engenheiro António Lucássio.

ANTÓNIO LUCÁSSIO – 01′ 11” 12H 100124

Engenheiro António Lucássio, falando sobre a tecnologia usada na Barragem Hidroelétrica do Gove, na província do Huambo.

PONTO

A direção geral do Hospital do Prenda suspendeu, esta terça-feira, a equipa que estava em serviço no banco de urgência, por supostamente ter negado assistência médica a um paciente de 40 anos, que acabou por falecer no interior do hospital, no dia 17 de Dezembro último.

Segundo a direcção da referida unidade sanitária, a equipa não terá reportado o ocorrido durante a reunião de passagem de turno e apenas tomou conhecimento do sucedido no passado domingo, 7 de Janeiro, tendo sido instaurado um processo disciplinar a toda a equipa de serviço e criada uma comissão de inquérito que deve apresentar resultados em 15 dias.

Em reação, o presidente do Sindicato dos Médicos Angolanos, Adriano Manuel, afirma que casos de negligência não podem ser apenas associados às equipas médicas, mas, sobretudo, à falta de condições nas unidades sanitárias, que recebem diariamente um número considerável de pacientes.

ADRIANO MANUEL – 02′ 25” 12H 100124

Adriano Manuel, presidente do Sindicato dos Médicos Angolanos, quando reagia à suspensão equipa que estava em serviço no banco de urgência, por supostamente ter negado assistência médica a um paciente de 40 anos, que acabou por falecer no interior do hospital, no dia 17 de Dezembro último.

PONTO ECONOMIA

A disparidade no mercado de medicamentos continua a levantar questionamentos em Angola, com o aumento de preços acima de 20% desde Agosto de 2020.

Na visão do analista MFM, Carlos Rosado de Carvalho, tal situação acontece pelo facto de os medicamentos estarem incluídos na categoria dos preços livres, à excepção dos fármacos relacionados com o tratamento da covid-19. O economista defende, por isso, ser necessário que o Ministério das Finanças intervenha para a inversão do quadro.

CARLOS ROSADO DE CARVALHO – 02′ 32” 12H 100124

Analista MFM para os assuntos económicos, Carlos Rosado de Carvalho, apelando para a necessidade da intervenção do Ministério das Finanças para combater a disparidade no mercado de medicamentos no país.

PONTO

Apenas 554 passes sociais dos 600 mil previstos para Luanda foram entregues aos estudantes da capital, pela Empresa Nacional de Bilhética.

Segundo o jornal EXPANSÃO, a empresa que gere o Sistema Nacional de Bilhética Integrada aponta culpas para as escolas e para a falta de bilhetes de identidade por parte dos alunos, quando foram distribuídos apenas 1.150 passes sociais nas províncias de Luanda, Huíla e Benguela, um número muito baixo face às necessidades do país.

A este respeito, o presidente do Movimento dos Estudantes Angolanos, Francisco Teixeira, manifesta insatisfação pelo número reduzido de alunos que recebeu o passe social até ao momento e assegura que o MEA está aberto para trabalhar com as autoridades, no sentido de se resolver a situação.

FRANCISCO TEIXEIRA – 02′ 14” 12H 100124

Francisco Teixeira, presidente do MEA, Movimento dos Estudantes Angolanos, insatisfeito com o número reduzido de alunos que recebeu o passe social, um documento criado pelo governo para possibilitar que os estudantes que frequentam o ensino público circulem gratuitamente nos transportes públicos de passageiros, e que jovens com idades entre os 16 e os 35 anos e pessoas prioritárias, como idosos, pessoas com necessidades especiais e antigos combatente, beneficiem de um desconto de 50% sobre o preço do bilhete.

PONTO DESPORTO

O arbitro angolano, Ivanildo Lopes, disse hoje a MFM que não esperava tão cedo, ser um dos árbitros nomeados pela CAF para o Campeonato Africano das Nações que arranca a 13 de janeiro na Costa do Marfim.

O jovem o árbitro assistente diz que é uma oportunidade para mostrar o seu trabalho no continente, com a ambição de um dia representar Angola num campeonato do mundo.

IVANILDO LOPES – 52” 12H 100124

Ivanildo Lopes, jovem árbitro assitente um dos noemedos da CAF para o campeonato africano de futebol, onde Angola será representada pelos árbitros assistentes Jerson Emiliano e Ivanildo Lopes.  

PONTO INTERNACIONAL

Subiu para 206 o número de mortes resultantes do sismo que atingiu o Japão a 1 de Janeiro, revelou a agência de notícias japonesa Kyodo News, citada esta quarta-feira pela Lusa.

O balanço anterior dava conta de 202 mortos.

Segundo a mesma agência, há ainda 52 pessoas desaparecidas, numa altura em que as fortes chuvas e as condições climatéricas adversas fazem crescer a possibilidade de deslizamentos de terra nas zonas afectadas.

Entre os mortos estão oito pessoas que não foram mortas directamente pelo sismo de magnitude 7,6 na escala de Richter, mas sim por deterioração da sua saúde, em alguns casos relacionada com o stress dos esforços de evacuação.

O Presidente de França, Emmanuel Macron, anunciou, esta terça-feira, o novo Primeiro-Ministro daquele país. Trata-se de Gabriel Attal, de 34 anos, substituindo Elisabeth Borne que apresentou a sua demissão, na segunda-feira.

Gabriel Attal que até então respondia pelo Ministério da Educação, torna-se assim no mais jovem Primeiro-Ministro na história de França. 

 

Data de Emissão: 10-01-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 09 de Janeiro de 2024

– PRESIDENTE DA REPÚBLICA AGUARDADO NO HUAMBO PARA UMA VISITA DE TRABALHO DE DOIS DIAS;

– NOVAS CHAPAS DE MATRÍCULA EM VEÍCULOS COMEÇAM A SER APLICADAS A PARTIR DE AMANHÃ E VÃO CUSTAR 50 MIL KWANZAS AOS UTENTES;

– POSSÍVEL SUBIDA DO PREÇO DO COMBUSTÍVEL EM ANGOLA: ASSOCIAÇÕES DE TAXISTAS ALERTAM PARA CONSEQUÊNCIAS COMO A SUBIDA DO PREÇO DA CORRIDA DE TÁXI;

– TREINADOR DE FUTEBOL DETIDO EM LUANDA POR SUSPEITA DE ABUSO SEXUAL A UM ATLETA DE 15 ANOS, COM PROMESSA DE OFERECER UM TELEMÓVEL DE MARCA IPHONE;

– SUBIU PARA 202 O NÚMERO DE MORTOS EM CONSEQUÊNCIA DO SISMO QUE ABALOU O CENTRO DO JAPÃO.

JINGLE MIX
Jornal ao meio dia de terça-feira, 9 de Janeiro de 2024, Dia da Cultura Nacional. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Lourenço Kalunga e Edmundo Simões, edição e apresentação de Zacarias Congo.
JINGLE
O Presidente da República, João Lourenço, regressou ao país, depois de uma visita privada às Ilhas Seychelles, um arquipélago situado no oceano Índico, onde desfrutou a passagem de ano em companhia da família.
O Chefe de Estado terá já na sua agenda uma outra deslocação, desta vez em serviço no interior do país, mais concretamente na província Huambo, onde deverá chegar na próxima sexta-feira para uma visita de trabalho de dois dias.
No Huambo, está uma vasta equipa da MFM a fazer uma radiografia do planalto central. Vamos, por isso, ao encontro do Paulo Miranda Júnior.
Boa tarde, Paulo, quais são os grandes da província do Huambo e de como a cidade está a preparar-se para receber o Presidente da República na próxima sexta-feira?
– DIRECTO PAULO MIRANDA JÚNIOR –

E ainda no Planalto Central, mas propriamente na província do Bié, um milhão e cem mil mudas já foram plantadas numa área de 960 hectares, pelo Polígono Florestal da Ganga, no município do Chinguar. A informação foi avançada em exclusivo à MFM pelo gestor do polígono, engenheiro Esmeraldo Sakulukussu, que destaca o grande valor comercial das plantas.
ESMERALDO SAKULUKUSSU 01 – 01′ 13” 12H 090124
A produção agrícola é também uma realidade Polígono Florestal da Ganga, onde trabalham 176 pessoas, entre militares no activo, ex-militares e seus familiares.
ESMERALDO SAKULUKUSSU 02 – 01′ 33” 12H 090124
Engenheiro Esmeraldo Sakulukussu, responsável do Polígono Florestal da Ganga, no município do Chinguar, província do Bié, onde já foram plantadas um milhão e cem mil mudas numa área de 960 hectares.
PONTO
As novas chapas de matrícula em viaturas começam a ser aplicadas a partir de amanhã, 10 de Janeiro, e vão custar 50 mil kwanzas a cada utente. Segundo a polícia nacional, o novo sistema de matriculação no país, que será apresentado esta quarta-feira, vai melhorar as questões de segurança e identificação dos veículos. Mais dados com a repórter Maria Humba;
PEÇA MARIA HUMBA
Trabalho da repórter Maria Humba.

O litro de gasolina poderá custar 550 kwanzas, mais 250 do que o preço praticado actualmente, ao passo que o litro de gasóleo custará 360 kwanzas, ao contrário dos 135 kwanzas actuais. A informação é avançada pela Revista Economia e Mercado, que destaca que o Executivo vai implementar a medida nos próximos dias, no âmbito da retirada da subvenção aos combustíveis.
A este respeito, o analista MFM para as questões económicas, Carlos Rosado de Carvalho, aponta para falhas de comunicação do governo em matéria de divulgação da medida, descumprindo assim com as recomendações do Fundo Monetário Internacional.
CARLOS ROSADO DE CARVALHO 01 – 02′ 11” 12H 090123
Por outro lado, Carlos Rosado de Carvalho defende que o governo deve ouvir as associações de taxistas para prevenir eventuais consequências da subida do preço do combustível, como a especulação dos preços da corrida de táxi.
CARLOS ROSADO DE CARVALHO 02 – 01′ 47” 12H 090124
Analista MFM para as questões económicas, Carlos Rosado de Carvalho, defendendo que o governo deve ouvir as associações de taxistas a olhar para a possível subida do preço da gasolina e do gasóleo, no âmbito da retirada dos subsídios aos combustíveis.
Entretanto, as associações de taxistas e mototaxistas alertam que a ser implementada, a medida vai trazer inúmeras dificuldades, tendo em conta a actual realidade económica dos seus filiados.
O presidente da ATA, Associação dos Taxistas Angolanos, apela à calma aos seus filiados, mas adverte que uma possível subida do preço do combustível poderá motivar um aumento no valor cobrado pela corrida do táxi.
RAFAEL INÁCIO – 01′ 51” 12H 090124
Rafael Inácio, presidente da ATA, Associação dos Taxistas Angolanos, alertando para um possível aumento do valor da corrida de táxi, caso o preço do combustível aumente nos próximos dias.

Já o presidente da UMA Angola, União dos Mototaxistas Angolanos, recorda os constrangimentos observados para o tratamento e levantamento dos cartões de consumo de combustível.
AUGUSTO MATEUS – 01′ 19” 12H 090124
Augusto Mateus, presidente da UMA Angola, União dos Mototaxistas Angolanos, alertando para as consequências que poderão surgir, face a um possível aumento do preço do combustível no país.
PONTO
Os alunos do I Ciclo, incluindo os do primeiro e segundo anos da Educação de Jovens e Adultos, vão receber por ano 35 mil kwanzas para ajudar em despesas como o material didáctico e reduzir o índice de abandono escolar. A iniciativa enquadra-se no âmbito do PAT, Programa de Empoderamento das Raparigas e Aprendizagem para Todos, e é avaliada em cerca de 250 milhões de dólares
No entanto, a ministra da Educação, Luísa Grilo, pediu esta segunda-feira, em Luanda, maior envolvimento dos administradores municipais e delegados financeiros, para o sucesso do referido programa.
LUÍSA GRILO – 01′ 41” 12H 090124
Luísa Grilo, Ministra da Educação, quando falava à margem da reunião de concertação e coordenação sobre a 1ª fase de expansão do programa de bolsas de estudo, para a inclusão de 18 municípios de oito províncias do país.
O “PAT II” foi lançado em Fevereiro último, pelo Presidente da República, João Lourenço e é financiado pelo Banco Mundial, com a finalidade de fornecer incentivos financeiros em 68 municípios das 18 províncias do país, até 2027.
PONTO
Foi detido no Distrito Urbano do Sequele, município de Cacuaco, um homem de 37 anos de idade, treinador de uma equipa de futebol, acusado de abusar sexualmente um menor de 15 anos, por sinal, seu atleta, com promessas de oferta de um telemóvel de marca IPHONE. A informação é confirmada pelo porta-voz do Serviço de Investigação Criminal em Luanda, Superintendente-chefe Fernando de Carvalho.
FERNANDO DE CARVALHO – 01′ 18” 12H 090124
Superintendente-chefe Fernando de Carvalho, porta-voz do SIC, Serviço de Investigação Criminal em Luanda, confirmando a detenção de um homem de 37 anos de idade, treinador de uma equipa de futebol, acusado de abusar sexualmente um menor de 15 anos, por sinal, seu atleta, com promessas de oferta de um telemóvel de marca IPHONE.

O Serviço Nacional de Protecção Civil e Bombeiros alertam às famílias que vivem nas zonas ribeirinhas do Rio Kwanza a suspenderem a actividade agrícola e de pesca, tendo em conta a abertura das comportas das albufeiras das barragens de Laúca, em Malanje, e de Cambambe, no Kwanza Norte.
O porta-voz dos bombeiros em Angola, Superintendente Bombeiro Félix Domingos, assegurou à MFM que os trabalhos de assistência às populações mais afectadas continuam a decorrer.
FÉLIX DOMINGOS – 01′ 31” 12H 090124
Superintendente Bombeiro, Félix Domingos, porta-voz do Serviço Nacional de Protecção Civil e Bombeiros, apelando à prudência às populações das províncias do Bengo, Kwanza Norte, Malanje e Luanda, tendo em conta a abertura das comportas das barragens das Mabubas, Laúca e Cambambe.
PONTO DESPORTO
Os velejedores angolanos Matias Moutinho e Manuela Paulo que vão competir no mundial de Espanha na classe 470, em busca de uma vaga os jogos de Paris, apresentam poucas debilidades nas manobras.
Uma arte que exige dos velejadores uma compreensão perfeita das forças que influenciam o equilíbrio dum barco à vela. A velejadora angolana, Manuela Paulo, disse no final do treino que dominar as manobras é fundamental para ganhar uma regata numa competição.
MANUELA PAULO – 01′ 15” 12H 090124
O próximo treino está previsto o final desta semana na Ilha de Luanda, onde podem voltar a trabalhar as manobras, treinos que decorrem de maneira intensiva, tendo em conta a luta para uma vaga os Jogos Olímpicos de Paris 2024.
PONTO INTERNACIONAL
Subiu para 202 o número de morto em consequência do sismo que abalou o centro do Japão no dia 1º de Janeiro. Segundo um novo balanço provisório, 102 pessoas ainda estão desaparecidas, segundo um novo balanço provisório divulgado esta terça-feira, pelas autoridades de Ishikawa, onde ocorreu o desastre.
O último balanço oficial do sismo na península de Noto dava conta de 180 mortos, 565 feridos graves e 120 desaparecidos, sobretudo nas cidades de Wajima e Suzu.
Segundo a Lusa, as equipas de socorro continuam as operações de busca pelos desaparecidos, cujo número tem variado devido às dificuldades de contagem em zonas isoladas, com acesso dificultado pelo corte de estradas danificadas no sismo.

Data de Emissão: 09-01-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 05 de Janeiro de 2024

– ANGOLANOS CONTINUAM A LAMENTAR A MORTE DE RUI MINGAS, UM DOS AUTORES DO HINO NACIONAL;

 

– FAMILIARES DENUNCIAM DESAPARECIMENTO DE CADÁVER DE UMA JOVEM DE 20 ANOS NA MORGUE DO HOSPITAL JOSINA MACHEL EM LUANDA;

 

– MAIS DE 200 FAMÍLIAS DESALOJADAS NO BENGO DEVIDO À ABERTURA DAS COMPORTAS DA BARRAGEM DAS MABUBAS;

 

– TRÊS REDES QUE SE DEDICAVAM NO ROUBO DE TELEMÓVEIS EM LUANDA DESMANTELADAS PELO SIC;

 

 

JINGLE MIX

Jornal ao meio dia de sexta-feira, 5 de Janeiro de 2024. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson Machado e Edmundo Simões, edição e apresentação de Zacarias Congo.

JINGLE

Calou-se a voz de um dos maiores compositores da música angolana…

Os angolanos continuam a lamentar a morte músico e nacionalista, Rui Mingas, ocorrida ontem em Lisboa, Portugal, vítima de doença.

Entre as reações ao passamento físico de um dos autores do Hino Nacional “Angola Avante”, destaca-se a do Presidente da República, João Lourenço, que manifestou, esta quinta-feira, “profunda consternação” pela morte do nacionalista angolano Rui Mingas, aos 84 anos de idade.

De acordo com uma nota, o Chefe de Estado considera Rui Mingas como uma personalidade de grande prestígio, que em várias frentes e em diversas funções representou com talento, competência e dignidade o país, destacando os clássicos de Rui Mingas, com realce para música do Hino Nacional “Angola Avante”.

A nota acrescenta que, na Angola independente, Rui Mingas exerceu cargos de responsabilidade política, tanto a nível interno como externo, e cívica, tendo sido deputado à Assembleia Nacional, secretário de Estado da Educação Física e Desporto, embaixador e reitor de uma universidade privada.

Já o Presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, também reagiu com tristeza à morte de Rui Mingas.

Mesmo que não tivesse sido um dos autores do hino nacional de Angola, Rui Mingas faria parte da mitologia moderna de Angola nos últimos anos do Império e nas primeiras décadas da independência.

Como atleta do Benfica nas décadas de 1950 e 60, e depois sucessivamente como militante político, cantor e compositor, embaixador de Angola em Portugal, ministro, deputado e empresário, Mingas parece ter estado em todos os lugares onde Angola se afirmou como jovem nação, em confronto com o regime português até 1974, mas não em choque com Portugal, pois também os portugueses reconheceram nele um símbolo da nossa relação com os angolanos, que abarca as vicissitudes passadas, as memórias e afetos em comum, um futuro de parceria e respeito mútuo, lê-se na nota divulgada pela Presidência da República de Portugal.

 

E quem também se manifestou consternado pelo passamento físico de Rui Mingas é o presidente da UNAC, União Nacional dos Artistas e Compositores Angolanos. Zeca Moreno descreve Rui Mingas como um grande criador artístico.

ZECA MORENO – 01′ 21” 12H 050124

Zeca Moreno, presidente da UNAC, União Nacional dos Artistas e Compositores Angolanos, manifestando-se consternado pelo passamento físico de Rui Mingas.

Familiares de uma jovem de 20 anos que morreu no dia 31 de Dezembro no Hospital Geral de Luanda e cujo corpo foi transferido para a morgue do Hospital Josina Machel, denunciam o desaparecimento do cadáver desde quarta-feira, e exigem a intervenção urgente das autoridades, visto que o funeral estava marcado para ontem.

Toda informação com a jornalista Maria Humba.

PEÇA MARIA HUMBA 12H

Trabalho da jornalista Maria Humba.

E a MFM continuará a acompanhar este caso.

PONTO

A RNT, Rede Nacional de Transportes de Eletricidade, adiou o processo de abertura das comportas das barragens de Laúca e Cambambe, que estava previsto para ontem, até que sejam criadas as condições para o realojamento das famílias que vivem nas zonas ribeirinhas.

A abertura vai decorrer de forma gradual para minimizar os efeitos às populações, tal como fez saber o Coordenador da Comissão Técnica de Avaliação das Albufeiras das Barragens da RNT, Paulo Bernardo.

PAULO BERNARDO 01 – 01′ 02” 12H 050124

Paulo Bernando assegura que as medidas preventivas continuam a ser feitas em colaboração com os governos provinciais do Kwanza Norte, Malanje e Luanda.

PAULO BERNARDO 02 – 01’ 15’’ 12H 050124

Paulo Bernardo, Coordenador da Comissão Técnica de Avaliação das Albufeiras das Barragens, avançando que continuam a decorrer as acções preventivas, junto dos governos provinciais do Kwanza Norte, Malanje e Luanda, tendo em conta a abertura das comportas das barragens de Laúca e Cambambe, nos próximos dias.

E na província do Bengo, as mais de duzentas famílias dos bairros Bula e Caboxa, no município do Dande, que foram afectadas pelas inundações provocadas pela abertura de duas comportas das albufeiras da barragem das Mabubas, já começaram a ser realojadas para locais mais seguros.

A informação foi avançada pela governadora do Bengo, Maria Antónia Nelumba, que pede a mobilização de toda a sociedade civil para ajudar às vítimas da enchente do Rio Dande com bens alimentares e outros meios.

MARIA NELUMBA – 01′ 10” 12H 050124

Maria Antónia Nelumba, governadora da província do Bengo, lançando o grito de socorro para acudir às populações residentes nas zonas ribeirinhas do Rio Dande que foram obrigadas a abandonar as suas residências, devido à abertura das comportas da barragem das Mabubas.

 

Entretanto, o engenheiro hidráulico, Francisco Lopes, defende que as instituições públicas como a Empresa Nacional de Construção de Infraestruturas Básicas, devem ser munidas com equipamentos suficientes para fazer o desassoreamento e manutenção das barragens, por formas a que as águas alimentem os campos agrícolas.

FRANCISCO LOPES – 02′ 18” 12H 050124

Francisco Lopes, engenheiro hidráulico, defendendo que a Empresa Nacional de Construção de Infraestruturas Básicas deve ser munida com equipamentos suficientes para fazer o desassoreamento e manutenção das barragens.

PONTO

Três redes criminosas que se dedicavam em roubos de telemóveis de marca IPHONE na via pública e discotecas, dos distritos urbanos da Maianga e da Samba, em Luanda, foram desmanteladas pelo Serviço de Investigação Criminal. A informação foi avançada à MFM pelo porta-voz do SIC, Superintendente-chefe Manuel Halaiwa.

MANUEL HALAIWA – 12H 050124

Superintendente-chefe Manuel Halaiwa, porta-voz do Serviço de Investigação Criminal, confirmando o desmantelamento de três redes criminosas que se dedicavam em roubos de telemóveis de marca IPHONE na via pública e discotecas dos distritos urbanos da Maianga e da Samba, em Luanda.

PONTO ECONOMIA

Os funcionários que auferem salários de até 150 kwanzas vão pagar a partir deste ano 5.915 kz de imposto, ao contrário dos 11.915kz que pagavam até 2023. A medida é uma das alterações da tabela do IRT, Imposto sobre o Rendimento de Trabalho, que entra em vigor no âmbito do Orçamento Geral do Estado para 2024.

A este respeito, o analista MFM para as questões económicas, Carlos Rosado de Carvalho, considera que a medida vai trazer benefícios aos funcionários que ganham até este valor, uma vez que serão poupados cerca de 6 mil kwanzas.

CARLOS ROSADO DE CARVALHO – 02′ 38” 12H 050124

Carlos Rosado de Carvalho, analista MFM para os assuntos económicos, falando sobre os benefícios que os funcionários que auferem salários de até 150 mil terão, com a redução de cerca de 6 mil kz do valor pago no âmbito do Imposto sobre o Rendimento de Trabalho.

PONTO

“A Formação Profissional e o Emprego como Factor de Sustentabilidade” estará em reflexão amanhã, numa palestra promovida pelo MEA, Movimento dos Estudantos Angolanos.

O objetivo do evento, que acontece às 9h na Casa da Juventude em Viana, é contribuir para a capacitação dos jovens que enfrentam inúmeras dificuldades financeiras para o ingresso ao ensino superior, tal como avança o presidente do MEA, Francisco Teixeira.

FRANCISCO TEIXEIRA – 01′ 42” 12H 050124

Francisco Teixeira, presidente do MEA, Movimento dos Estudantes Angolanos, falando sobre a realização de uma palestra com o tema “A Formação Profissional e o Emprego como Factor de Sustentabilidade”, que terá lugar amanhã, às 9h, na Casa da Juventude, em Viana. 

PONTO DESPORTO

O presidente da associação provincial de Atletismo na Lunda Norte Alex Paulo revelou a MFM que apenas um empresário naquela cidade mostrou-se desponível apoiar apenas com Água, duas actividades que associação vai realizar.

A primeira actividade é o segundo grande prémio de atletismo que acontece já no dia 7 de janeiro no próximo domingo a segunda actividade está previsto para o dia 15.

RD-ALEX PAULO-PARTE 1.

Alex Paulo presidente da associação provincial de atletismo na Lunda Norte que continua com dificuldades para preparar duas actividades enquadrada nas festas da província da Lunda-Norte, que se realizam desde 1988.

Data de Emissão: 05-01-2024 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 15 de Dezembro de 2023

Destaques:

O MAIOR PROJECTO DE ARBORIZAÇÃO DE LUANDA SERÁ LANÇADA ESTA TARDE, PREVENDO A PLANTAÇÃO DE MAIS DE DEZ MILHÕES DE ÁRVORES;

– BASTONÁRIO DA ORDEM DOS ADVOGADOS SERÁ CONHECIDO ESTA NOITE. E AMANHÃ SERÁ A ELEIÇÃO DO BASTONÁRIO DA ORDEM DOS MÉDICOS VETERINÁRIOS DE ANGOLA;

– PRESIDENTE DA REPÚBLICA VIAJA PARA A GUINÉ EQUATORIAL NA BUSCA DE SOLUÇÕES PARA A CRISE NO GABÃO, PAÍS ABALADO POR UM GOLPE DE ESTADO MILITAR; 

– JORNALISTA MOÇAMBICANO ASSASSINADO NA SUA RESIDÊNCIA EM MAPUTO; 

JINGLE MIX 

Jornal ao meio dia, sexta-feira, 15 de Dezembro de 2023. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson Machado, Lourenço Kalunga e Edmundo Simões, edição e apresentação de Zacarias Congo.  

JINGLE

O Programa de Arborização de Luanda que prevê a plantação de um milhão de árvores até 2027 e 10 milhões até 2034 vai ser lançado esta sexta-feira. O objetivo é reverter o cenário de perda de árvores em toda a extensão da província, tal como fez saber à MFM o diretor para a Comunicação Social do governo de Luanda, Wilson dos Santos.

WILSON DOS SANTOS 01 – 02’ 21’’ 12H 151223

Wilson dos Santos, diretor para Comunicação Social do Governo de Luanda, falando sobre o lançamento do Programa de Arborização de Luanda, esta sexta-feira. A cerimónia será seguida do acto de plantação das primeiras 6.000 árvores, em toda extensão do município de Luanda, já neste sábado. 

E o engenheiro ambiental, Marcelino Francisco, defende que mais do que se plantarem árvores devem ser criadas condições para a sua preservação. O ambientalista considera o Programa de Arborização de Luanda como um projecto ambicioso que vai permitir a criação mais espaços verdes na capital. 

MARCELINO FRANCISCO – 01’ 58’’ 12H 151223

Marcelino Francisco, do Colégio de Engenheiros Ambientalistas de Angola, defendendo a criação de condições para a preservação das árvores que vão ser plantadas no âmbito do Programa de Arborização de Luanda, lançado esta tarde. 

PONTO

Mais um jornalista morto em circunstâncias estranhas, desta feita em Moçambique. O editor do Diário Ponto por Ponto, João Chamusse, foi encontrado sem vida com sinais de espancamento e marcas de sangue, na madrugada desta quinta-feira, no quintal da sua casa, em Maputo. 

Chamusse notabilizou-se ao longo dos tempos pelos comentários críticos à governação do país, que regularmente fazia na TV Sucesso.

A polícia moçambicana já tomou conta da ocorrência, mas até ao momento não fez qualquer pronunciamento, sendo desconhecidas as verdadeiras causas do assassinato do jornalista. 

Entretanto, o oficial de Comunicação e Advocacia do MISA Moçambique, Armando Nhantume, em declarações à MFM não descarta a possibilidade da morte do jornalista estar ligada à sua postura crítica enquanto jornalista, uma vez que João Chamusse foi espancado até à morte, sem motivo aparente, quando regressa à casa.

ARMANDO NHANTUME – 02’ 50’’ 12H 151223

Armando Nhantume, oficial de Comunicação e Advogacia do Misa Moçambique, falando em exclusivo à MFM, sobre a morte, em circunstâncias estranhas, do jornalista moçambicano João Chamusse. 

E quem também reagiu à triste notícia que chega de Moçambique, é o presidente do MISA Angola, Instituto para Comunicação Social da África Austral. André Mussamo lamenta o sucedido e expressa preocupação face aos constantes casos de violência contra jornalistas em Moçambique.

ANDRÉ MUSSAMO – 01’ 36’’ 12H 151223 BOM

André Mussamo, presidente do MISA Angola, Instituto para Comunicação Social da África Austral, lamentando a morte do jornalista moçambicano, João Chamusse, assassinado, na madrugada desta quinta-feira, em Maputo.

Chamusse, jornalista desde a década de 1990, escreveu, entre outros, para o jornal o Metical, tendo como editor o malogrado Carlos Cardoso, e foi co-fundador do portal Canal de Moçambique.

E tudo acontece numa altura em que para assinalar um ano desde que foi realizada a marcha dos jornalistas angolanos em repúdio contra os actos de agressão e intimidação aos profissionais da comunicação social, organizada a 17 de Dezembro de 2022, jornalistas e académicos reflectem esta tarde no CEFOJOR, sobre o tema “Por um jornalismo plural e ao serviço da democracia”, num evento promovido pelo Sindicato dos Jornalistas Angolanos, em parceria com o MISA Angola e o Fórum das Mulheres Jornalistas.

Um dos objetivos é o de analisar as críticas da sociedade face ao papel dos jornalistas e dos órgãos de comunicação social, tal como fez saber o jornalista Guilherme da Paixão, membro da organização.

GUILHERME DA PAIXÃO 01 – 01′ 41” 12H 151223

Segundo Guilherme da Paixão, depois desta mesa redonda serão produzidos documentos com recomendações aos profissionais visando à melhoria da sua ctuação. O jornalista considera, por outro lado, que Angola tem regredido em matéria de liberdade de imprensa. 

GUILHERME DA PAIXÃO 02 – 02′ 12” 12H 151223

Guilherme da Paixão, do Sindicato dos Jornalistas Angolanos, quando falava em entrevista ao programa DEZ PARA O MEIO DIA, emitido aqui na MFM, sobre a mesa redonda que junta esta tarde no CEFOJOR jornalistas e académicos, para analisarem sobre o estado actual da comunicação social no país. 

PONTO 

Angola vai ao quinto ministro da Economia e Planeamento em seis anos, na vigência do mandato do Presidente da República, Joao Lourenço. 

O Presidente angolano pediu empenho ao novo ministro da Economia e Planeamento, Victor Hugo Guilherme, para organizar e estruturar a economia permitindo a redução das importações e a criação de mais emprego para a juventude. 

JOÃO LOURENÇO – 52” 12H 151223 

Presidente da República, João Lourenço, recomendando uma melhor organização e estruturação da economia, ao novo ministro da Economia e Planeamento.

Por sua vez, o novo ministro da Economia e Planeamento, Victor Hugo Guilherme, promete cumprir com as orientações dadas pelo Presidente da República.

VICTOR HUGO GUILHERME – 35” 12H 151223

Victor Hugo Guilherme, novo ministro da Economia e Planeamento, afirmando que a organização da economia nacional será a sua grande prioridade. 

E o analista MFM, Carlos Rosado de Carvalho, disse que as constantes mexidas na equipa económica do governo angolano mostram alguma instabilidade nesta área sensível do executivo;

CARLOS ROSADO DE CARVALHO 12H 

Lembramos que o Presidente João Lourenço nomeou Victor Hugo Guilherme, como ministro da Economia e Planeamento, em substituição de Mário Caetano João, que ocupava o cargo deste 2021. 

Antes exercia, o novo ministro exerceu o cargo de secretário do Presidente da República para os Assuntos Económicos.

O Presidente João Lourenço participa hoje, na Guiné Equatorial, da Cimeira da CEEAC, Comunidade Económica dos Estados da África Central. 

A reunião de alto nível vai decorrer na cidade de Djibloho, o futuro centro político e administrativo daquele país, e vai apreciar a proposta de financiamento para apoiar a missão de facilitação da organização no Gabão, tema discutido, ontem, na 5ª sessão extraordinária do Conselho de Ministros da CEEAC. 

Os parlamentares foram apelados a pautarem por um discurso pacífico e esquecerem os ódios, esta quinta-feira, pela Presidente da assembleia Nacional, Carolina Cerqueira.

Mais dados com o repórter Caçosso Domingos

PEÇA CAÇOSSO DOMINGOS 12H 

Trabalho do repórter Caçosso Domingos. 

O deputado do MPLA, Álvaro de Boavida Neto afastou qualquer possibilidade de ser acusado por crime de apropriação ilícita de fundos públicos. 

Em entrevista exclusiva a Radio Ecclesia, o antigo governador  Boavida Neto das províncias do Namibe e do Bié, e ex secretario geral do MPLA, considerou que caso tal venha a acontecer, o país vai parar; 

ALVARIO DE BOAVIDA NETO 1 ( 1.30”)

Álvaro de Boavida Neto referia-se ao processo em que foi arrolado como  declarante,    cerca de dois anos,  por suposto desvio de fundos destinados a construção de uma escola publica para outros fins por si  considerados prioritários naquela época.  

Por esta razão, o ex-secretário geral do MPLA garante que tem a consciência tranquila;  

ALVARIO BOAVIDA NETO 2 ( 42”)

Álvaro de Boavida Neto, antigo governadores das províncias do Bié e Namibe, ex secretario geral do MPLA, actualmente deputado a assembleia nacional, em entrevista exclusiva a Radio Eclésia. 

PONTO DESPORTO

Subiu para 1.779 o número de atletas inscritos, com a maioria não federados, para a corrida tradicional São Silvestre que sai às ruas de Luanda no dia 31 de Dezembro. 

A coordenadora para as inscrições e entrega de kits da federação angolana de atletismo Luísa Nicolau fez saber que as inscrições encerram no dia 24 de dezembro. 

LUÍSA NICOLAU – 01′ 47” 12H 151223

Luísa Nicolau coordenadora das inscrições e entregas de Kites para a corrida são silvestre que sai as ruas de Luanda no dia 31 de dezembro, nesta altura cerca de 1.779  atletas estão inscritos. 

PONTO INTERNACIONAL 

O número de mortos no conflito entre Israel e o Hamas chegou a 20.041 nesta quinta-feira. Há o registro de 18.894 mortos palestinos e 1.147 israelitas, segundo informações são da Al Jazeera. 

Feridos somam 62.689. 

Desde o início do conflito, em 7 de outubro, já morreram 7.794 crianças e 5,153 mulheres na Faixa de Gaza e na Cisjordânia. As informações sobre Gaza são do Hamas e não podem ser verificadas de maneira independente….

Data de Emissão: 15-12-2023 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 14 de Dezembro de 2023

Destaques:

NOVO BASTONÁRIO DA ORDEM DOS ADVOGADOS DE ANGOLA É CONHCEDIDO ESTA SEXTA-FEIRA; 

– DOIS CANDIDATOS DISPUTAM NESTE SÁBADO CADEIRÃO MÁXIMO DA ORDEM DOS MÉDICOS VETERINÁRIOS; 

– JÁ ESTÁ EM FUNÇÕES O NOVO MINISTRO DA ECONOMIA E PLANEAMENTO, NOMEADO ONTEM PELO PRESIDENTE DA REPÚBLICA; 

– SUSPENSA A GREVE DOS ENFERMEIROS EM LUANDA DEPOIS DE NEGOCIAÇÕES COM O GOVERNO PROVINCIAL; 

– DESPORTOS NÁUTICOS PRECISAM DE AJUDA PARA GARARTIR PARTICIPAÇÃO NOS JOGOS OLÍMPICOS DE 2024; 

– PAPA FRANCISCO VOLTA A APELAR A UM CESSAR-FOGO IMEDIATO NA FAIXA DE GAZA. 

JINGLE MIX 

Jornal ao meio dia, quinta-feira, 14 de Dezembro de 2023. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson Machado, Lourenço Kalunga e Edmundo Simões, numa edição de Zacarias Congo.  

No dia em que os dois candidatos à Ordem dos Médicos Veterinários de Angola estiveram frente à frente, na MFM, apresentando as suas propostas para a liderança da instituição. 

JINGLE MV

É já amanhã que será conhecido o novo Bastonário da Ordem dos Advogados de Angola, que deverá ser escolhido entre os cinco candidatos que se envolveram naquela que foi considerada a campanha eleitoral mais disputada entre os advogados angolanos.

Durante três semanas, os advogados Correia Vicente Pongolola, Henriqueta de Sousa da Silva, José Carlos Miguel, José Luís Domingos e Sebastião Vinte e Cinco, percorreram as 18 províncias do país, participaram em debates televisivos e radiofónicos, tendo igualmente marcado presença em diferentes espaços informativos da MFM.

Hoje é dia de reflexão e amanhã, dia 15 de Dezembro, os cerca de 11 mil associados da Ordem dos Advogados de Angola vão depositar os seus votos nas urnas certificadas para a eleição do futuro Bastonário, para o triénio 2024, 2025 e 2026.

O presidente da Comissão Eleitoral Nacional, Lino Dianvuto, descreve como vai decorrer o processo de votação. 

LINO DIANVUTO – 29” 12H 141223

Lino Dianvuto, presidente da Comissão Eleitoral Nacional. É já amanhã que vai ser conhecido o substituto de Luís Paulo Monteiro no cargo de Bastonário da Ordem dos Advogados de Angola, para um mandato de três anos. 

Entretanto, quem também vai à voto neste fim de semana é a Ordem dos Médicos Veterinários de Angola, cujos candidatos Sílvio Alvarenga e Carla Fernandes estiveram hoje, frente à frente, no programa “A ÚLTIMA PALAVRA” da MFM.

Carla Fernandes, médica veterinária, diz que o papel da Ordem dos Veterinários é pouco divulgado, 20 anos depois do seu surgimento;

CARLA FERANDES 12H 

Já Sílvio Alvarenga, também candidato e médico veterinário, fala das suas propostas para a liderança da Ordem. Uma das questões tem a ver com a aposta no desenvolvimento da economia rural;

SILVIO ALVARENGA 12H 

Eleições na ordem dos veterinários de Angola em contagem regressiva. Neste fim de semana, dois médicos disputam a liderança para a ordem. Trata-se de Carla Fernandes e Sílvio Alvarenga. 

Está suspensa a greve dos enfermeiros em Luanda iniciada na passada segunda-feira. A suspensão da greve foi decidida ontem em assembleia, depois de um acordo entre Sindicato e entidade patronal para a resolução dos pontos constantes do caderno reivindicativo, como a falta de material gastável e de segurança nos hospitais, condições de trabalho e revisão da carga horária.

Assim, os profissionais retomaram ao trabalho esta quinta-feira, tal como confirmou à MFM o secretário provincial do Sindicato dos Enfermeiros em Luanda, Afonso Quileba. 

AFONSO QUILEBA 01 – 01′ 44” 12H 141223

O sindicalista adverte que caso os problemas apresentados pela classe não comecem a ser resolvidos a partir de Janeiro, os enfermeiros poderão voltar à greve.

AFONSO QUILEBA 02 – 01′ 36” 12H 141223 

Afonso Quileba, secretário provincial do Sindicato dos Enfermeiros em Luanda, confirmando a suspensão da greve da classe, após acordo com o governo provincial para a resolução dos problemas apresentados em caderno reivindicativo. 

Jornalistas reflectem amanhã no CEFOJOR, aqui em Luanda, sobre a relação entre um jornalismo plural e a democracia, em resposta às críticas da sociedade face ao papel dos jornalistas e dos órgãos de comunicação social, bem como sobre recuos em matéria de liberdade de imprensa no país. 

O evento é realizado no dia em que se vai assinalar um ano desde que foi organizada a primeira marcha em protesto contra assaltos às residências dos jornalistas e à sede do Sindicato dos Jornalistas Angolanos, tal como confirma o secretário geral da referida organização sindical, Teixeira Cândido.

TEIXEIRA CANDIDO – 02′ 19” 12H 141223

Teixeira Cândido, secretário-geral do Sindicato dos Jornalistas Angolanos, convidando os profissionais da comunicação social e pessoas interessadas a participarem amanhã de um evento, em reflexão sobre o estado actual do jornalismo angolano, que vai decorrer às 14h no CEFOJOR, aqui em Luanda. 

PONTO

O Presidente da República, João Lourenço, conferiu posse, esta manhã, ao novo ministro da Economia e Planeamento, Victor Hugo Guilherme, e ao secretário de Estado para o Ambiente, Yuri Walter Sousa.

Víctor Hugo Guilherme, que até então exerceu as funções de Secretário do Presidente da República para os Assuntos Económicos, foi nomeado ontem para o cargo de Ministro da Economia e Planeamento em substituição de Mário Caetano João. 

Por outro lado, o Presidente da República exonerou o Presidente do Conselho de Administração do Fundo Soberano de Angola, Carlos Alberto Lopes, tendo o substituído por Armando Manuel, que foi o primeiro presidente do Fundo Soberano de Angola, sendo assim o seu regresso. 

Sobre as alterações na equipa económica do governo, o analista MFM, Joaquim Jaime, considera que as mexidas resultam de uma nova visão apresentada pelo ministro de Estado para a Coordenação Económica, José de Lima Massano.

JOAQUIM JAIME 01 – 01′ 19” 12H 141223

Joaquim Jaime afirma que as aletrações na equipa económica do Presidente da República poderão continuar, por entender que o sector económico é o que tem apresentado o pior desempenho do executivo. 

JOAQUIM JAIME 02 – 01′ 49” 12H 141223

Analista MFM, Joaquim Jaime, comentando sobre as recentes alterações feitas na equipa económica do Presidente João Lourenço, que exonerou o ministro da Economia e Planeamento, Mário Caetano João, substituindo-o por Víctor Hugo Guilherme. 

A Guiné Equatorial acolhe amanha a 5ª Sessão Extraordinária da Cimeira da CEEAC, Comunidade Económica dos Estados da África Central, com o foco virado na situação do Gabão, com a presença do presidente João Lourenço.

O evento é antecedido hoje pela reunião Conselho de Ministros, no quadro do Conselho de Paz e Segurança da África Central sobre a transição política no Gabão. 

A agenda de trabalho da reunião dos ministros reserva, entre os vários pontos, a análise das informações dos Enviados Especiais sobre os desenvolvimentos da facilitação da CEEAC no Gabão e do Presidente da Comissão da CEEAC sobre a implementação da decisão relativa à deslocalização temporária da sede da Comunidade para Malabo (Guiné Equatorial), tal como avança o ministro das Relações Exteriores, Téte António.

TÉTE ANTÓNIO – 01’ 06’’ 12H 141223

Ministro das Relações Exteriores, Téte António.

O Gabão foi suspenso e afastado da liderança do órgão, em Setembro deste ano, na sequência do golpe de Estado que afastou o Presidente Ali Bongo Ondimba do pode por um grupo de militares.

“A Participação dos Políticos na Preservação da História de Angola, Após o Calar das Armas” estará hoje em debate, no Auditório das Irmãs Paulinas, em Luanda, numa mesa redonda promovida pelo “PROJECTO DEBATE NA COMUNIDADE”.

O evento vai reunir o político e comunicólogo Celso Malavoloneke, o deputado da UNITA, Adriano Sapinãla, o presidente da CASA-CE, Manuel Fernandes, Maria Buleva, membro da Associação da Mulher Angola (organização feminina da FNLA), bem como o político e fundador do PRS, Sapalo António, tal como fez saber o porta-voz da organização Leonardo Ngola. 

LEONARDO NGOLA – 01′ 05” 12H 141223

Leonardo Ngola, porta-voz do PROJECTO DEBATE NA COMUNIDADE, que junta esta tarde, no Auditório das Irmãs Paulinas, em Luanda, políticos e académicos, para discutirem sobre “A Participação dos Políticos na Preservação da História de Angola, Após o Calar das Armas”.

PONTO ECONOMIA

A Inflação em Angola voltou a acelerar em Novembro. Segundo os últimos dados a inflação em Angola está fixada em 18,2 por cento nesta altura, mas a tendência é aumentar ligeiramente até a fim do ano. 

O analista MFM, Carlos Rosado de Carvalho aponta que esta é a tendência até ao inicio do próximo ano devido à dinâmica própria da época festiva. O comentarista lamenta os atrasos na publicação dos relatórios.

CARLOS ROSADO DE CARVALHO – 01′ 56” 12H 141223

Analista MFM, Carlos Rosado de Carvalho, lamentando os atrasos na publicação dos relatórios sobre a inflação por parte do INE, Instituto Nacional de Estatística. 

O Presidente da Associação dos Catadores de Lixo de Angola aconselha à população em Luanda a depositar os resíduos sólidos em lugares apropriados, para a manutenção de uma cidade limpa, sobretudo durante a quadra festiva que se avizinha. Repórter Caçosso Domingos.

PEÇA CAÇOSSO DOMINGOS 12H

Trabalho do repórter Caçosso Domingos. 

PONTO DESPORTO 

O desporto náutico angolano já conseguiu apurar três das suas modalidades aos Jogos Olímpicos de Paris 2024. Trata-se da Vela na classe Ilca 7, Remo e a Canoagem. 

O vice-presidente da Federação Angolana dos Desportos Náuticos, Nuno Gomes, diz que esta é a quarta presença em Jogos Olímpicos e sempre com pouco dinheiro e com muitos esforços dos clubes e dos atletas, que no seu entender merecem um forte apoio nacional. 

NUNO GOMES – 01′ 06” 12H 141223

Nuno Gomes, vice-presidente da Federação Angolana dos Desportos Náuticos, apelando ao apoio institucional para ganartir uma boa participação das modalidades náuticas que mais uma vez garantiram um lugar aos Jogos Olímpicos.   

PONTO INTERNACIONAL 

O Papa Francisco voltou a apelar, hoje, por um cessar-fogo humanitário imediato em Gaza e instou todas as partes envolvidas a retomarem as negociações e a fazerem chegar ajuda humanitária à população do enclave palestiniano.

O Papa apelou ainda à libertação imediata de “todos os reféns que viram esperança nas tréguas de há poucos dias” e ao “fim deste grande sofrimento para israelitas e palestinianos”.

Os últimos dados avançados pelo Ministério da Saúde de Gaza indicam que o número de mortos em Gaza desde o início da guerra entre Israel e o grupo islâmico Hamas aumentou para 17.487.

Data de Emissão: 14-12-2023 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 13 de Dezembro de 2023

Destaques:

ORÇAMENTO GERAL DO ESTADO PARA O PRÓXIMO ANO APROVADO COM 119 VOTOS A FAVOR, 83 CONTRA E UMA ABSTENÇÃO; 

– ENFERMEIROS DECIDEM NESTE MOMENTO SUSPENSÃO OU CONTINUIDADE DA GREVE INICIADA SEGUNDA-FEIRA EM LUANDA;

– GOVERNO ANUNCIA SUBVENÇÃO DOS MEDICAMENTOS PARA TRATAMENTO DE DOENÇAS CRÓNICAS NÃO TRANSMISSÍVEIS NO PAÍS; 

– TAXISTAS E COBRADORES DETIDOS DEVIDO À ESPECULAÇÃO DE PREÇOS DA CORRIDA DE TÁXI EM LUANDA;

– OITAVA JORNADA DO GIRABOLA ABRE HOJE EM LUANDA COM O DUELO ENTRE KABUSCORP DO PALANCA E DO SANTA RITA CÁSSIA DO UÍGE; 

– DEPOIS DE INTENSOS DEBATES, CIMEIRA MUNDIAL DO CLIMA APROVA ACORDO HISTÓRICO PARA TRANSIÇÃO GLOBAL DOS COMBUSTÍVEIS FÓSSEIS. 

JINGLE MIX 

Jornal ao meio dia, terça-feira, 12 de Dezembro de 2023. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson Machado, Lourenço Kalunga e Edmundo Simões, edição e apresentação de Zacarias Congo.  

JINGLE

Os enfermeiros em Luanda decidem neste momento em assembleia a suspensão ou continuidade da greve iniciada na última segunda-feira, em protesto contra a falta de material gastável e de segurança nos hospitais, condições de trabalho e revisão da carga horária.

Uma matéria que terá o seu desenvolvimento ao longo deste serviço informativo. 

PONTO

A proposta de lei que aprova o Orçamento Geral do Estado para 2024, em Angola, foi hoje aprovada pela Assembleia Nacional, com 119 votos a favor (do MPLA e do Partido Humanista de Angola), 83 votos contra (da UNITA) e uma abstenção (do Grupo Parlamentar Misto PRS e FNLA).

O OGE para o próximo ano, aprovado durante a 2.ª Reunião Plenária Extraordinária da Segunda Sessão Legislativa da V Legislatura da Assembleia Nacional, estima receitas e despesas na ordem dos 24,7 biliões de Kwanzas, e prevê, entre outros, um aumento salarial na Função Pública na ordem de 5 %. 

As projecções económicas para o próximo exercício económico foram calculadas com base num preço médio do barril de petróleo de 65 dólares e uma produção petrolífera média diária de 1 milhão e 60 mil barris.

A presidente do Partido Humanista de Angola, Bela Malaquias, afirmou que a sua formação votou a favor do orçamento porque a sua não aprovação agravaria o sofrimento vivido pelas famílias angolanas, e adverte ao governo para uma gestão mais responsável da dívida pública.

BELA MALAQUIAS – 01′ 45” 12H 131223

E o Grupo Parlamentar Misto PRS/FNLA diz que se absteve, por ter dúvidas sobre a execução das políticas económicas, visando o rendimento das famílias e dos trabalhadores, tal como avança o deputado Rui Malopa Miguel. 

RUI MALOPA MIGUEL – 01’ 24’’ 12H 131223

Já a UNITA, na declaração de voto lida pela deputada Navita Ngolo, justifica que votou contra, por entender que continua a faltar vontade por parte do Presidente da República em implementar as autarquias locais, considerando ainda que as projeções fiscais apresentadas não vão melhorar o rendimento das famílias angolanas.

NAVITA NGOLO – 01′ 48” 12H 131223

Por sua vez, o deputado Esteves Hilário, do MPLA, afirma que as razões apresentadas pela UNITA, que votou contra o orçamento, não contribuem para a melhoria da vida dos angolanos e reitera que o orçamento aprovado é o possível, a olhar para o contexto económico actual. 

ESTEVES HILÁRIO – 01′ 54” 12H 131223.

Esteves Hilário, deputado do MPLA, considerando que as razões apresentadas pela UNITA, que votou contra o OGE para 2024 nada contribuem para a melhoria da vida dos angolanos. 

E entre as recomendações do Parlamento ao governo está a realização do concurso público de ingresso e de categoria no sector da Educação, tal como avançou o deputado Joaquim Frederico de Almeida, da 1ª Comissão da Assembleia Nacional.  

JOAQUIM FREDERICO DE ALMEIDA – 01′ 27” 12H 131223

Deputado Joaquim Frederico de Almeida, da 1ª Comissão da Assembleia Nacional. 

A proposta de lei que aprova o Orçamento Geral do Estado para 2024, em Angola, foi hoje aprovada pela Assembleia Nacional, com 119 votos a favor (do MPLA e do Partido Humanista de Angola), 83 votos contra (da UNITA) e uma abstenção (do Grupo Parlamentar Misto PRS e FNLA).

PONTO ISENÇÃO

O INE, Instituto Nacional de Estatística, falhou pelo segundo mês consecutivo a publicação da inflação no dia previsto no calendário. 

Estatísticas de desemprego não são publicadas desde Fevereiro. 

O analista MFM, Carlos Rosado de Carvalho,  disse esta manhã que não percebe o grau de dificuldades em publicar, em tempo, os relatórios  do INE;

CARLOS ROSADO DE CARVALHO 12h (02.12)

Analista MFM, Carlos Rosado de Carvalho. 

PONTO

A greve dos enfermeiros em Luanda poderá ser suspensa nas próximas horas, depois do Sindicato ter recebido garantias da parte do governo sobre a resolução dos problemas apresentados em caderno reivindicativo. A suspensão da greve é decidida esta manhã em assembleia, tal como confirmou à MFM o secretário provincial do Sindicato dos Enfermeiros na capital, Afonso Quileba. 

Os medicamentos para tratamento de doenças crónicas não transmissíveis no país, como a hipertensão arterial, anemia falciforme, doenças cardiovasculares, diabetes e outras, serão subvencionados nos próximos tempos. O Ministério da Saúde está a realizar um estudo para a quantificação das doenças, a deificação do sistema de preços, bem como dos encargos financeiros para os utentes, sobretudo as famílias mais carenciada, tal como informou, esta terça-feira, o secretário de Estado para a Saúde Pública, Carlos de Sousa.

CARLOS DE SOUSA – 01’ 17’’ 12H 131223

Secretário de Estado para a Saúde Pública, Carlos de Sousa, confirmando que está em curso um trabalho visando à definição de uma melhor estratégia para a subvenção dos medicamentos para tratamento de doenças crónicas não transmissíveis no país, medida anunciada pelo governo, no final da 5ª reunião ordinária da Comissão para a Política Social do Conselho de Ministros.

Mais de um milhão de árvores serão plantadas até 2027 em Luanda, no âmbito do Programa de Arborização de Luanda, que será lançado esta sexta-feira, 15 de Dezembro. O objetivo é reverter o cenário de perda de árvores em toda a extensão da província, fomentando o surgimento de mais zonas verdes e visando a promoção da saúde ambiental, tal como fez saber à MFM o diretor para a Comunicação Social do Governo de Luanda, Wilson dos Santos. 

WILSON DOS SANTOS 01 – 02’ 21’’ 12H 131223

Wilson dos Santos, diretor para Comunicação Social do Governo de Luanda, falando sobre o lançamento do Programa de Arborização de Luanda, esta sexta-feira. A cerimónia será seguida do acto de plantação das primeiras 6.000 árvores, em toda extensão do município de Luanda.

E numa altura em que ainda se registam chuvas fortes um pouco por todo o país, o governo de Luanda assegura que o apoio às famílias mais afectadas continua, com o acolhimento em zonas mais seguras, entrega de bens da cesta básica e garantia de ajuda médica e medicamentosa a para a prevenção e combate das doenças muito frequentes neste tempo chuvoso. Isto mesmo é confirmado por Wilson dos Santos.

WILSON DOS SANTOS 02 – 01’ 16’’ 12H 131223 

Governo de Luanda continua a apoiar as famílias mais afectadas pelas últimas chuvas. Segundo os Serviços de Protecção Civil e Bombeiros, mais de seis mil casas ficaram desabadas e um total de seis mil 240 famílias foram afectadas pelas últimas chuvas aqui na capital. 

PONTO

Quatro cidadãos, dos quais dois motoristas e dois cobradores, foram detidos pelo SIC em Luanda por especularem os preços da corrida de táxi. Segundo o porta-voz do Serviço de Investigação Criminal, superintendente-chefe Manuel Halaiwa, a medida da polícia enquadra-se no plano de prevenção e combate à especulação de preços, no sentido de garantir uma quadra festiva mais segura.

MANUEL HALAIWA 01 – 01′ 21” 12H 131223

Um outro crime de especulação de preços foi registado na província do Uíge, que culminou com a detenção um farmacêutico por comercializar um medicamento a um preço superior ao que fixado na tabela de preços da farmácia. 

MANUEL HALAIWA 02 – 30’’ 12H 131223

Superintendente-chefe Manuel Halaiwa, porta-voz do Serviço de Investigação Criminal, confirmando a detenção de um farmacêutico no Uíge, por aumentar o preço dos medicamentos.

PONTO DESPORTO

Faltam dois dias para a realização da quarta edição da corrida São Silvestre de Viana que sai às ruas daquele município no dia 16 de Dezembro num percurso de 10 quilometros. 

O presidente da Associação Municipal de Atletismo em Viana, Santana João, disse hoje a MFM que nesta altura falta apenas retirar um monte de areia criada pelas chuvas na zona da ponte do quilometro 25. 

SANTANA JOÃO – 01′ 30” 12H 131223

Santana João, presidente da Associação Municipal de Atletismo em Viana, falando sobre os preparativos da corrida São Silvestre que sai às ruas daquele município no dia 16 de dezembro. 

E no futebol, a oitava jornada do Girabola abre hoje em Luanda no estádio dos Coqueiros com o duelo entre Kabuscorp do Palanca e do Santa Rita Cássia do Uige.

Sobre este e outros temas do desporto, o amigo ouvinte acompanha logo a seguir a este jornal, com o Hilário Leonardo.  

PONTO INTERNACIONAL 

A COP28, Cimeira Mundial do Clima, chegou a acordo para a transição dos combustíveis fósseis. 

Os países na COP28 aprovaram esta quarta-feira um acordo considerado histórico para transição global dos combustíveis fósseis. 

A presidência da COP propôs um novo texto, que insta os países a esforçarem-se para conseguirem uma profunda e rápida redução das emissões de gases com efeitos de estufa, com medidas como “ir até ao abandono dos combustíveis fósseis”.

O presidente da COP28, o sultão Al Jaber, mostrou-se orgulhoso da decisão unânime, que foi recebida com ovação e longos aplausos pelos representantes na cimeira.

GREVE DOS ENFERMEIROS EM LUANDA SUSPENSA, DEPOIS DE ACORDO ENTRE SINDICATO E ENTIDADE PATRONAL;

Data de Emissão: 13-12-2023 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 12 de Dezembro de 2023

Destaques:

GOVERNO DE LUANDA E SINDICATO DOS ENFERMEIROS REÚNEM-SE ESTA TARDE. EM CIMA DA MESA ESTARÃO SOLUÇÕES PARA O FIM DA GREVE INICIADA ONTEM;

– MINISTRA DO ENSINO SUPERIOR ANUNCIA CONSTRUÇÃO DE NOVAS INFRAESTRUTURAS DO SECTOR JÁ NO PRÓXIMO ANO;

– PROPOSTA DO ORÇAMENTO GERAL DO ESTADO PARA 2024 VAI À VOTAÇÃO FINAL GLOBAL AMANHÃ NA ASSEMBLEIA NACIONAL; 

– DETIDA EM LUANDA MÃE POR ASFIXIAR ATÉ À MORTE A PRÓPRIA FILHA DE APENAS DOIS ANOS, DEVIDO À CRENÇA À FEITIÇARIA;

– ATIVISTA IRANIANA APELA AO APOIO INTERNACIONAL PARA PÔR FIM AO REGIME NO IRÃO, AO RECEBER O PRÉMIO NOBEL DA PAZ.

JINGLE MIX 

Jornal ao meio dia, terça-feira, 12 de Dezembro de 2023. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson Machado e Edmundo Simões, edição e apresentação de Zacarias Congo.  

JINGLE

O governo de Luanda e o Sindicato dos Enfermeiros sentam esta tarde à mesma mesa para negociarem sobre greve dos técnicos de enfermagem iniciada ontem, em protesto contra a contra a falta de material gastável e de segurança nos hospitais, condições de trabalho e revisão da carga horária. Segundo o secretário provincial do Sindicato dos Enfermeiros em Luanda, Afonso Quileba, caso a entidade patronal não apresente uma proposta favorável, a greve vai continuar. 

AFONSO QUILEBA 01 – 57’’ 12H 121223

Numa primeira fase, a greve dos homens da seringa em Luanda decorre até sexta-feira, podendo a paralisação retomar na próxima segunda-feira em caso de não houver consenso entre as partes.  Afonso Quileba denuncia a existência de actos de intimidação aos seus filiados, uma situação que pode levar a suspensão dos serviços mínimos, garantidos priofissionais.

AFONSO QUILEBA 02 – 01′ 20” 12H 121223

Afonso Quileba, secretário provincial do Sindicato dos Enfermeiros em Luanda, denunciando actos de intimidação aos seus filiados que estão em greve deste ontem, em protesto contra a falta de material gastável e de segurança nos hospitais, condições de trabalho e revisão da carga horária. 

Sob o lema “Saúde para Todos, É Hora de Agir”, comemora-se hoje, 12 de Dezembro, o Dia Internacional da Cobertura Universal de Saúde. A data tem como o objetivo celebrar o progresso na oferta de serviços para todos e aumentar a sensibilização para a necessidade de sistemas de saúde fortes e resilientes.

Para saudar a data, decorre por altura em Luanda um evento realizado pelo Ministério da Saúde, onde são ser apresentados os desafios do país para o alcance da cobertura de saúde em Angola, tal como avança a diretora nacional para a Saúde Pública, Helga Freitas.  

HELGA FREITAS – 01’ 16’’ 12H 121223

Helga Freitas, diretora nacional para a Saúde Pública, falando sobre o evento que decorre neste momento em Luanda, para saudar o Dia Dia Internacional da Cobertura Universal de Saúde, assinalado hoje, 12 de Dezembro. 

PONTO

Uma cidadã de 25 anos de idade asfixiou até à morte a própria filha de apenas dois anos por crença à feitiçaria, tendo como fim a obtenção de riquezas. Depois de ter recebido a denúncia do desaparecimento da menor por parte do pai, o Serviço de Investigação Criminal encontrou o corpo da vítima numa lagoa no município de Cacuaco e deteve a mãe três dias depois, tal como confirmou o porta-voz do SIC em Luanda, superintendente-chefe Fernando de Carvalho. 

FERNANDO DE CARVALHO – 01’ 43’’ 12H 121223

Superintendente-chefe Fernando de Carvalho, confirmando a detenção de uma cidadã de 25 anos de idade que asfixiou até à morte a própria filha, de apenas dois anos de idade, devido à crença à feitiçaria, com o objetivo de obter riquezas. 

De crimes de homicídio não é tudo, um cidadão 27 anos de idade foi detido no Bengo, acusado de ter morto um menor de 3 anos, por sinal seu enteado. 

Tudo aconteceu no município do Ambriz quando o acusado, depois de um desentendimento com a sua esposa e mãe do menor, aproveitou a ausência da referida cidadã para desferir vários golpes com uma mangueira de irrigação, arremessando depois o menor à parede, o que provocou a morte da criança, tal como fez saber o porta-voz do Serviço de Investigação Criminal no Bengo, subinspector de investigação Miguel Correia. 

MIGUEL CORREIA – 01’ 19’’ 12H 121223

Miguel Correia, porta-voz do Serviço de Investigação Criminal no Bengo, falando sobre a detenção de um cidadão de 27 anos, por ter morto um menor de apenas 3 anos, por sinal seu enteado, na sequência de um desentendimento com a esposa esposa, mãe da vítima. O triste episódio aconteceu no município do Ambriz, província do Bengo. 

As chuvas intensas que continuam a cair um pouco por todo o país já provocaram vítimas mortais nas províncias de Luanda, Benguela e na Huíla. Os dados foram actualizados à MFM pelo porta-voz do Serviço Nacional de Protecção Civil e Bombeiros, Félix Domingos, que assegura que os trabalhos para mitigar os efeitos das chuvas continuam a ser feitos. 

FÉLIX DOMINGOS 01 – 01′ 39” 12H 121223

Numa altura em que o INAMET, Instituto Nacional de Meteorologia, prevê a continuidade de chuvas intensas em várias regiões do país, Félix Domingos alerta que o deslizamento de terra, afogamento, descargas elétricas e o mau estado das bacias de retenção e valas de drenagem, estão entre as principais causas das mortes durante este tempo chuvoso. 

FÉLIX DOMINGOS 02 – 02′ 04” 12H 121223

Félix Domingos, porta-voz do Serviço Nacional de Protecção Civil e Bombeiros, reforçando as medidas de prevenção, numa altura em que continuam a ser registadas chuvas intensas um pouco por todo o país.

E só em Luanda oito pessoas morreram vítimas das chuvas que caíram de 15 de Agosto até ao momento, segundo informação avançada pela Comissão Provincial de Protecção Civil.

Os dados foram apresentados durante a reunião de balanço para a avaliação do impacto das chuvas na presente época, decorrida no Governo Provincial.

Segundo o porta-voz da comissão, Bravo Mendes, as mortes foram por arrastão,  electrocução e afogamento.

BRAVO MENDES 01 – 01’ 03’’ 12H 121223

O município de Cacuaco, com três casos, é o que mais vítimas registou, enquanto os outros casos foram registados nos municípios de Luanda, Belas,  Cazenga, Kilamba Kiaxi e Viana.

Em relação ao número de residências inundadas, foram registadas mais de seis mil casas desabadas e um total de seis mil 240 famílias afectadas.

Bravo Mendes fez saber que as autoridades estão a avançar com medidas urgentes para a contenção dos estragos das chuvas na capital, como o realojamento das famílias. 

BRAVO MENDES 02 – 01’ 45’’ 12H 121223

Bravo Mendes, comandante provincial adjunto dos Serviços de Proteção Civil e Bombeiros, assegurando que estão a ser tomadas medidas urgentes para conter os danos provocados pelas chuvas que têm caído sobre Luanda. 

E o MEA, Movimento dos Estudantes Angolanos lamenta que muitas crianças não estejam a frequentar aulas devido ao facto de as escolas onde estudam ficarem inundadas, em consequência das fortes chuvas que se abatem um pouco por todo o país. O presidente do MEA, Francisco Teixeira, fala ainda na existência de várias crianças que continuam a estudar debaixo de árvores.

FRANCISCO TEIXEIRA 01 – 01′ 40” 12H 121223

Francisco Teixeira apela ao governo para uma intervenção urgente nas escolas públicas que se encontram inundadas e em risco de desabamento e deixa ainda uma recomendação aos pais e encarregados de educação. 

FRANCISCO TEIXEIRA 02 – 01’ 25’’ 12H 121223

Francisco Teixeira, presidente do MEA, Movimento dos Estudantes Angolanos, apelando ao governo para uma intervenção urgente nas escolas públicas que apresentam condições degradáveis.

Várias infraestruturas do ensino superior no país apresentam um estado considerável de degradação. A informação foi avançada pela ministra do Ensino Superior, Maria do Rosário Bragança Sambo, que anunciou a reabilitação e construção de novas infraestruturas das instituições de ensino superior em Angola já no próximo ano. 

MARIA SAMBO 01 – 46” 12H 121223

Ministra do Ensino Superior, Maria do Rosário Bragança Sambo, anunciando a construção de novas instituições do ensino superior no país já no próximo ano. 

PONTO

A presidente da Assembleia Nacional considera que não se deve referir das vítimas civis dos conflitos existentes no mundo como simples números, defendendo o envolvimento de todas as forças vivas na promoção dos direitos humanos.  Carolina Cerqueira discursava esta segunda-feira, no Parlamento, por ocasião da celebração dos 15 anos da adopção da Declaração Universal dos Direitos Humanos. 

CAROLINA CERQUEIRA – 01′ 03” 12H 121223

Presidente da Assembleia Nacional, Carolina Cerqueira, quando discursava esta segunda-feira no Parlamento, por ocasião por ocasião da celebração dos 15 anos da adopção da Declaração Universal dos Direitos Humanos. 

Por sua vez, a coordenadora residente das Nações Unidas em Angola, Zahira Virani, reiterou o apoio da organização para que o país continue a promover a educação em direitos humanos.

ZAHIRA VIRANI – 28’’ 12H 121223

Zahira Virani, coordenadora residente das Nações Unidas em Angolando, reforçando o apoio da ONU para que Angola continue a promover os direitos humanos.  

PONTO ECONOMIA 

A Proposta do Orçamento Geral do Estado (OGE) para o exercício económico 2024, com receitas estimadas em 24,7 biliões de Kwanzas, vai à votação final global amanhã, após ser aprovada terça-feira na especialidade.

O Relatório Parecer Conjunto da Proposta de Lei do OGE foi aprovado com 40 votos a favor, 18 contra e nenhuma abstenção.

O documento contém mais de 80 recomendações dirigidas ao Executivo, para garantir a promoção do desenvolvimento socioeconómico do país, entre as quais a melhoria do ambiente de negócios.

As transferências familiares para o estrangeiro passam a pagar imposto em 2024. Segundo dados, o valor estará cotado em  2,5% em vez dos 10% inicialmente propostos pelo Governo. 

O comentarista MFM, Carlos Rosado de Carvalho, disse que esta posição do executivo vai de encontro aos anseios das pessoas que transferem dinheiro para o estrangeiro, no sentido de ajudar os parentes em questões como saúde, educação, entre outras.

CARLOS ROSADO DE CARVALHO TRANSFERENCIAS ( 02.05”)

Analista MFM, Carlos Rosado de Carvalho, considerando que a posição do executivo em cotar o valor do imposto das transferências familiares para o estrangeiro, a partir do próximo ano, em 2,5% em vez dos 10% inicialmente propostos, vai de encontro aos anseios das pessoas que transferem dinheiro para o estrangeiro. 

PONTO DESPORTO

A vela angolana na classe Ilca 7 é a quarta modalidade a confirmar por Angola o apuramento aos Jogos Olímpicos de 2024, que vai acontecer em França. 

Os velejadores angolanos Filipe André e João Artur superaram o vento que foi a grande dificuldade na última regata que duraram 20 minutos sendo a mais curta das dez realizadas na zona do mar vermelho no Egipto. 

Confirmado o apuramento, Nuno Gomes diz que o passo a seguir é garantir as condições de trabalho para o velejador Filipe André que vai representar o país nos jogos. 

NUNO GOMES-PARTE 2 – 01′ 17” 12H 121223 

Nuno Gomes vice-presidente da federação angolana dos Desportos Naúticos que depois do Remo, Canoagem conseguiu garantir o apuramento da Vela no maior evento mult desportivo do mundo( Jogos Olímpicos) que vai acontencer em Paris França. 

PONTO INTERNACIONAL 

A ativista iraniana Narges Mohammadi, presa no Irão, apelou ao apoio internacional para pôr fim ao regime iraniano ao receber o Prémio Nobel da Paz na Câmara Municipal de Oslo através dos filhos.

“Os jovens iranianos transformaram hoje as ruas e os espaços públicos num cenário de resistência civil generalizada”, disse Mohammadi, num discurso lido pelos filhos, citado pela agência espanhola EFE.

A ativista escreveu o discurso a partir da prisão de Evin, em Teerão, que foi lido em Oslo pelos  filhos gémeos de 17 anos, que vivem no exílio em França desde 2015.

Morreu esta segunda-feira em Joanesburgo, a cantora sul-africana Zahara, aos 36 anos, vítima de doença.

De acordo com a imprensa sul-africana, que avança a informação, a cantora teve complicações hepáticas semanas depois de ter sido internada no hospital local em terapia intensiva.

Em Angola, a autora do sucesso “Loliwe” tinha um show marcado para início deste mês, em Luanda, que segundo a organização foi adiado devido ao estado de saúde.

Zahara foi contratada pela TS Records e lançou o aclamado álbum “Lolilwe”, que recebeu disco de platina duplo.

Ao longo dos anos, lançou oito projectos em seu nome, o último sendo um EP intitulado “Power Of A Woman”, lançado em 2023.

Data de Emissão: 12-12-2023 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 11 de Dezembro de 2023

Destaques:

CHUVAS INTENSAS INUNDAM UNIDADES SANITÁRIAS NO KWANZA SUL E NO BENGO. EM LUANDA, VÁRIAS VIAS CONTINUAM INTRANSITÁVEIS, POLÍCIA APELA À PRUDÊNCIA NO TRÂSITO;

 

– ENFERMEIROS EM LUANDA EM GREVE, EM PROTESTO CONTRA FALTA DE MATERIAL GASTÁVEL E DE SEGURANÇA NOS HOSPITAIS;

 

– DETIDOS NO BENGO QUATRO CIDADÃOS POR ABATE DE ELEFANTES PARA FINS COMERCIAIS;

 

– DEPOIS DE TOMAR POSSE COMO NOVO PRESIDENTE DA ARGENTINA, JAVIER MILEI REDUZ O NÚMERO DE MINISTÉRIOS NO PAÍS DE 18 PARA NOVE PASTAS.

JINGLE MIX

Jornal ao meio dia, segunda-feira, 11 de Dezembro de 2023. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson Machado e Edmundo Simões, edição e apresentação de Zacarias Congo. 

JINGLE

As fortes chuvas que se registam desde a noite de ontem causaram vários danos um pouco por todo o país.

Em Luanda, até ao momento não foram registadas vítimas humanas, de acordo com dados preliminares avançados pelos Serviços de Protecção Civil e Bombeiros. No entanto, várias vias continuam intransitáveis, sobretudo nos municípios de Viana e do Cazenga, de acordo com a porta-voz dos bombeiros na capital, Maina Panzo.

MAINA PANZO – 01′ 42” 12H 111223

Maina Panzo, porta-voz dos Serviços de Protecção Civil e Bombeiros em Luanda, apelando aos automibilistas a pautarem por uma condução prudente, numa altura em que chove em várias regiões da capital.

E os cidadãos relatam várias dificuldades enfrentadas hoje para chegarem aos locais de trabalho e questionam as intervenções que têm sido feitas nas estradas de Luanda e afirmam não sentirem os efeitos das obras.

VOX POP CHUVAS – 02’ 20’’ 12H 111223

Cidadãos em Luanda, falando sobre os constrangimentos encontrados para chegarem aos locais de trabalho.  

E o Governo de Luanda analisa neste momento os dados das fortes chuvas que se têm abatido na capital. Participam na reunião, orientada pelo governador Manuel Homem, os administradores de todos os municípios de Luanda, representantes dos Serviços de Protecção Civil e Bombeiros, bem como o PCA da ELISAL, Empresa de Limpesa e Saneamento de Luanda.

 

E no Bengo, as fortes chuvas tomaram conta de várias secções do antigo hospital provincial e provocaram o desabamento de mais de 10 residências, segundo o porta-voz dos bombeiros naquela província, Costa Ngunza.

COSTA NGUNZA – 01′ 29” 12H 111223

Costa Ngunza, porta-voz dos bombeiros no Bengo, e o registo  mais de 10 residências destruídas, em consequência das fortes chuvas que se abatem deste a noite de ontem.

Já no Kwanza Sul, as enxurradas inundaram o Hospital Pediátrico do Sumbe, tendo os doentes sido evacuados para uma outra unidade sanitária.

Oito pessoas morreram e quinze outras ficaram feridas, em consequência de 17 acidentes de viação ocorridos nos últimos três dias em Luanda. A informação é confirmada pelo porta-voz da polícia na capital, superintendente Nestor Goubel.

NESTOR GOUBEL 01 – 01′ 20” 12H 111223

Por outro lado, o superintendente Nestor Goubel confirma a detenção de 77 pessoas suspeitas de praticarem vários crimes, bem como a apreensão de seis armas de fogo.

NESTOR GOUBEL 02 – 57” 12H 111223

Superintendente Nestor Goubel, confirmando a detenção de 77 pessoas, suspeitas de cometerem vários crimes, no último fim de semana.

Quatro cidadãos abateram três elefantes no município do Pango Aluquém, província do Bengo, com o objetivo de comercializarem a carne do animal. Os referidos cidadãos já estão a contas com a justiça, tal como fez saber o porta-voz da DIIP, Direção de Investigação de Ilícitos Penais, indentende Quintino Ferreira.

QUINTINO FERREIRA – 01′ 07” 12H 111223

Intendente Quintino Ferreira, falando sobre a detenção de quatro cidadãos que se dedicavam no abate de elefantes para fins comericias, no município do Pango Aluquém, província do Bengo.

PONTO

Os enfermeiros em Luanda retomaram hoje à greve, devido à falta de resposta do governo às suas principais preocupações, como a falta de material gastável, condições de trabalho e revisão da carga horária dos profissionais. Numa primeira fase, a greve vai ter a duração de sete dias, tal como confirmou à MFM o secretário provincial do Sindicato dos Enfermeiros em Luanda. Afonso Quileba tranquiliza que os serviços mínimos estão garantidos.

AFONSO QUILEBA 01 – 02′ 24” 12H 111223

Outra preocupação apresentada pelos enfermeiros tem a ver com a falta de segurança nos hospitais, onde os profissionais vítimas de agressão física por parte de familiares de pacientes. Afonso Quileba conta que o caso mais recente aconteceu na noite deste domingo no Hospital Materno-infantil do Kilamba Kiaxi, situação que obrigou à intervenção da polícia para conter os ânimos entre utentes e equipa médica.

AFONSO QUILEBA 02 – 01′ 38” 12H 111223

Afonso Quileba, secretário provincial do Sindicato dos Enfermeiros em Luanda, manifestando preocupação face à falta de segurança nos hospitais, umas das reivindicações que levou os homens da seringa a retomarem a greve hoje.

A possível greve geral em Angola prevista para o próximo mês de Janeiro, em protesto contra a falta de resposta do governo ao caderno reivindicativo apresentado pelas centrais sindicais, CGISLA, UNTA-Confederação Sindical e a FORÇA SINDICAL ANGOLANA, foi um dos temas do espaço ECONOMIA SEM MAKAS desta segunda-feira.

O analista MFM, Carlos Rosado de Carvalho, considera como elevada a proposta das centrais sindicais para o aumento do salário mínimo nacional a 250 mil kwanzas, mas entende que é possível que o valor esteja na ordem dos 100 mil kwanzas, para repor o poder de compra dos cidadãos.

CARLOS ROSADO DE CARVALHO 01 – 02′ 20” 12H 111223

Carlos Rosado de Carvalho afirma ser importante que as autoridades respondam ao caderno reivindicativo dos trabalhadores, para evitar uma paralisação geral já no início do próximo ano.

CARLOS ROSADO DE CARVALHO 02 – 01′ 56” 12H 111223

Analista MFM, Carlos Rosado de Carvalho, considerando ser importante que o governo resposta ao caderno reivindicativo apresentado pelas centrais sindicais, para evitar uma greve geral a partir de Janeiro.

PONTO DESPORTO

PONTO INTERNACIONAL

O primeiro acto do novo presidente da ArgentinaJavier Milei, foi publicar um decreto que reduz o número de ministérios no país de 18 para nove pastas.

O decreto foi publicado em menos de quatro horas após a posse do presidente no Congresso.

No domingo, todos os ministros tomaram posse, em uma cerimônia sem transmissão pela Televisão Estadal da Argentina, por ordem de Javier Milei, decisão que surpreendeu funcionários da Casa Rosada e da emissora do governo.

Além dos oito ministros, assumiram cargos no governo a irmã de Javier Milei, Karina Milei, que ocupará a Secretaria de Presidência, cargo de extrema confiança do chefe de Estado, e o chefe de Gabinete, Nicolas Posse.

Segundo fontes da equipa do novo governo, Javier Milei pretende tomar as primeiras decisões ao alcance dele via decretos, como alterações de estrutura no Poder Executivo

Data de Emissão: 11-12-2023 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 06 de Dezembro de 2023

Destaques:

TAAG TEM NOVO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO. ANA MAJOR FOI SUBSTITUÍDA POR SANTOS DOMINGOS NO CARGO DE PCA. E O ESPANHOL EDUARDO SORIA FOI EXONERADO PARA DAR LUGAR AO NOVO PRESIDENTE DA COMISSÃO EXECUTIVA, NELSON DE OLIVEIRA; 

– PRESIDENTE DA REPÚBLICA VISITA EMPREENDIMENTOS SOCIAIS AFECTADOS PELAS ÚLTIMAS CHUVAS EM LUANDA;

 – TRÊS MORTOS E QUINZE FERIDOS EM SEIS ACIDENTES DE VIAÇÃO NAS ÚLTIMAS 24 HORAS EM LUANDA; 

– ANGOLANOS QUE TRABALHAM EM PORTUGAL E PORTUGUESES QUE TRABALHAM EM ANGOLA PODERÃO BENEFICIAR DA SEGURANÇA SOCIAL NOS RESPECTIVOS PAÍSES DE ORGEM;

– 63 JORNALISTAS MORTOS ATÉ AO MOMENTO NO CONFLITO ENTRE ISRAEL E O MOVIMENTO PALESTINIANO HAMAS, NA FAIXA DE GAZA.  

JINGLE MIX 

Jornal ao meio dia, quarta-feira, 06 de Dezembro de 2023. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson Machado e Edmundo Simões, edição de Zacarias Congo.   

JINGLE MV 

A TAAG já vai no quarto conselho de administração em apenas 6 anos. 

António dos Santos Domingos foi nomeado PCA, em substituição de Ana Major. E Nelson de Oliveira é o novo Presidente da Comissão Executiva, substituindo o espanhol Carlos Soria.

A decisão foi tomada em assembleia geral extraordinária da companhia aérea, que tem como acionistas o Instituto de Ativos e Participações do Estado (IGAPE), a Empresa Nacional de Navegação Aérea e o Fundo Social dos Funcionários e Trabalhadores do Setor dos Transportes.

Segundo um comunicado do Ministério dos Transportes, foi realizado “um extenso e criterioso processo de procura e de selecção”, para escolher os novos gestores, com vista a “responder à necessidade de um maior e mais robusto alinhamento do processo de recuperação da companhia aérea iniciado em 2021”.

Para o analista MFM, Carlos Rosado de Carvalho, as mexidas na administração da TAAG denotam uma instabilidade que vem de longe.

CARLOS ROSADO DE CARVALHO 12H ( 02.35”)

Quanto aos motivos da exoneração do anterior Conselho de Administração, alegadamente na sequência de uma investigação levada a cabo pela IGAE, Inspecção Geral da Administração do Estado, o analista MFM defende que os resultados das inspecções devem ser levados ao conhecimento dos cidadãos contribuintes.

CARLOS ROSADO DE CARVALHO 12H (

Carlos Rosado de Carvalho, analista MFM, sobre as últimas mexidas na TAAG, dois anos depois da nomeação do Conselho de Administração que acaba de ser exonerado. 

Doravante, o PCA da TAAG é António dos Santos Domingos, enquanto Nelson de Oliveira é o novo Presidente da Comissão Executiva. 

Os angolanos que trabalham em Portugal e portugueses que trabalham em Angola poderão beneficiar da segurança social nos respectivos países de origem. A medida faz parte de um acordo que visa permitir que os trabalhadores dos dois países tenham os seus direitos sociais e laborais reconhecidos no país de origem, de acordo com a ministra da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social, Teresa Dias. 

TERESA DIAS – 43” 12H 061223

Teresa Dias, ministra da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social, falando a respeito do acordo  que visa permitir que os trabalhadores angolanos em Portugal e portugueses em Angola possam receber os benefícios da segurança social nos seus países de origem. 

E a Comissão Interministerial para a Implementação do Plano Nacional de Formação de Quadros analisou aspectos relacionadas com os termos e aprovação do novo Plano de Desenvolvimento do Capital Humano de Angola 2024-2037.

O diretor do Gabinete de Quadros do Presidente da República, Edson Barreto, explicou, em declarações à imprensa, que uma das novidades do Plano de Desenvolvimento do Capital Humano de Angola 2024-2037 é fazer com que as políticas públicas de ensino, educação e formação, sejam discutidas de forma coordenada entre os sectores ligados à área formativa. 

EDSON BARRETO – 02’ 50’’ 12H 061223

Edson Barreto, diretor do Gabinete de Quadros do Presidente da República, considerando que o novo Plano de Desenvolvimento do Capital Humano de Angola 2024-2037, vai melhorar a actuação dos departamentos ministeriais no país.

PONTO

Três pessoas morreram e outras quinze ficaram feridas em consequência de seis acidentes de viação. Segundo o porta-voz da polícia em Luanda, superintendente Nestor Goubel, o excesso de velocidade e a falta de precaução estão entre as causas dos acidentes. 

NESTOR GOUBEL – 01’ 14’’ 12H 061223 

Superintendente Nestor Goubel, porta-voz da polícia em Luanda, falando sobre o registo de seis acidentes de viação que resultaram em três mortos e quinze feridos, esta terça-feira. 

O Presidente da República, João Lourenço, visita hoje os empreendimentos sociais que foram afectados pelas últimas chuvas em Luanda.

Dados do Centro de Coordenação Operacional da Comissão de Protecção Civil apontam para 2056 residências inundadas e um total de quase dez mil pessoas afectadas pelas enxurradas.

PONTO

Cidadãos em Luanda afirmam que está cada vez mais difícil comprar produtos cesta básica e temem que o cenário possa tornar-se pior com a quadra festiva que está cada vez mais próxima. Os dados com a Maria Humba.

PEÇA MARIA HUMBA – 04′ 20” 12H 061223

Trabalho da nossa colega Maria Humba. 

Está detido em Luanda um cidadão de 32 anos que se fazia passar por efectivo dos Serviços de Investigação Criminal para extorquir dinheiro aos cidadãos. A informação é confirmada pelo porta-voz do SIC, superintendente-chefe Manuel Halaiwa.

MANUEL HALAIWA – 01′ 48” 12H 061123

Superintendente-chefe Manuel Halaiwa, porta-voz dos Serviços de Investigação Criminal, confirmando a detenção de um cidadão de 32 anos que se fazia passar por agente do SIC.   

Um contributo académico no sector da justiça será apresentando no próximo dia 15 de Dezembro, com o lançamento do livro intitulado “A Nomeação Oficiosa: Uma Contrariedade ao Princípio Constitucional da Livre Escolha do Advogado ou do Defensor Oficioso”, da autoria do jurista Victorino Catumbela de Sá.

O autor explica que, entre outros pontos, a obra apresenta subsídios para o combate ao que considera como violação dos direitos dos cidadãos. 

VICTORINO CATUMBELA 01 – 01′ 51” 12H 061123

Outra preocupação que o autor manifesta no seu livro tem a ver com a independência do sector da justiça, bem como com a indicação de pessoas para os principais cargos  nas instituições judiciais. 

VICTORINO CATUMBELA 02 – 02′ 27” 12H 061123

Jurista Victorino Catumbela de Sá, autor do livro “A Nomeação Oficiosa: Uma Contrariedade ao Princípio Constitucional da Livre Escolha do Advogado ou do Defensor Oficioso”, que será lançado no próximo dia 15 de Dezembro. 

PONTO DESPORTO

Angola testa hoje a campeã mundial Noruega no grupo 2 da fase do título do campeonato do mundo que está decorrer na Europa. 

Além de ser a actual campeã mundial, as norueguesas também jogam em casa. No mais recente duelo entre as duas selecções, a Noruega venceu por 32-24 no torneio das Quatro Nações. 

Para este confronto o treinador de Andebol, João Diego Docas, diz que Angola precisa defender bem, para neutralizar o ataque da Noruega com uma equipa mais compacta.  

JOÃO DIEGO DOCAS – 01′ 12” 12H 061223

João Diego Docas, treinador de handebol, e a selecção nacional sénior feminina que defronta hoje a poderosa Noruega na segunda fase do Campeonato do Mundo de Andebol que está a decorrer na Europa. 

PONTO INTERNACIONAL 

63 jornalistas morreram desde o início da guerra entre Israel e o movimento islamita Hamas, segundo uma contagem realizada até segunda-feira pelo Comité para a Proteção dos Jornalistas.

De acordo com os dados, 56 eram jornalistas palestinianos, quatro israelitas e três libaneses, aos quais se juntaram 11 jornalistas feridos, três desaparecidos e ainda 19 detidos.

Desde que a guerra entre Israel e o movimento palestiniano Hamas começou, em 07 de outubro, 16 mil palestinianos e 1.200 israelitas já perderam a vida.

Data de Emissão: 06-12-2023 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 05 de Dezembro de 2023

Destaques:

CIDADÃO DETIDO POR REALIZAR EM CASA O PARTO DA MULHER GRÁVIDA DE GÉMEOS SEM QUAISQUER QUALIFICAÇÕES MÉDICAS. OS RECÉM-NASCIDOS ACABARAM POR MORRER HORAS DEPOIS; 

– CAMPANHA PARA A LIDERANÇA DA ORDEM DOS ADVGADOS RENHIDA. CANDIDATOS PROMETEM COMBATE AO EXERCÍCIO ILEGAL DA PROFISSÃO E MAIOR DIGNIDADE À CLASSE; 

– FALTA DE DINHEIRO FORÇA ATRASO DA SELECÇÃO NACIONAL DE XADREZ AO CAMPEONATO AFRICANO QUE COMEÇA HOJE NA MAURITÂNIA; 

– SITUAÇÃO AINDA TENSA NA GUINÉ-BISSAU, APÓS ANÚNCIO DE DISSOLUSSÃO DO PARLAMENTO. 

JINGLE MIX 

Jornal ao meio dia, terça-feira, 05 de Dezembro de 2023. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson Machado e Edmundo Simões, edição de Zacarias Congo.   

JINGLE MV 

Um cidadão de 29 anos, sem quaisquer qualificações médicas, decidiu realizar o parto da sua esposa, grávida de gémeos, em casa, sem as condições mínimas. Os dois recém-nascidos acabaram por morrer de tétano porque os instrumentos utilizados para corte do cordão umbilical não tinham sido esterilizados. A tragédia aconteceu no município do Dande, província do Bengo. E o cidadão em causa já está a contas com a justiça, tal como esclarece o porta-voz do SIC naquela província, subinspector Miguel Correia.

MIGUEL CORREIA 01 – 02’ 08’’ 12H 051223

Segundo o porta-voz do SIC no Bengo, o acusado justifica a autoria do parto improvisado em casa com facto de não ter meios para levar a esposa à unidade sanitária mais próxima, uma justificação que, na óptica das autoridades policiais, merece um melhor esclarecimento. 

MIGUEL CORREIA 02 – 01’ 34’’ 12H 051223

Subinspector Miguel Correia, porta-voz do Serviço de Investigação Criminal no Bengo, e o esclarecimento da detenção de um cidadão de 29 anos, que sem quaisquer qualificações médicas, decidiu realizar o parto da sua esposa, grávida de gémeos, em casa, sem as condições mínimas. Os dois recém-nascidos acabaram por morrer de tétano porque os instrumentos utilizados para corte do cordão umbilical não tinham sido esterilizados. A tragédia aconteceu no município do Dande, província do Bengo e o cidadão em causa já está a contas com a justiça.

A olhar para as circunstâncias em que os factos ocorreram, o médico pediatra e especialista em saúde pública, Jeremias Agostinho, considera que não houve exercício ilegal da profissão de parteiro nem qualquer negligência.

JEREMIAS AGOSTINHO – 03’ 59’’ 12H 051223

Jeremias Agostinho, médico pediatra e especialista em saúde pública, considerando que não houve qualquer negligência e imprudência no caso do cidadão de 29 anos que sem quaisquer qualificações médicas, realizou o parto da sua esposa, grávida de gémeos, em casa. Os dois recém-nascidos acabaram por morrer de tétano porque os instrumentos utilizados para corte do cordão umbilical não tinham sido esterilizados. A tragédia aconteceu no Bengo. 

PONTO 

A Rádio MFM começou esta semana a ouvir o manifesto dos concorrentes à Ordem dos Advogados de Angola. Ontem, segunda-feira, no programa “DEZ PARA O MEIO DIA”, Paulo Miranda conversou com Vicente Pongolola, candidato da lista A. 

Hoje, terça-feira, veio aos estúdios da MFM Henriqueta de Sousa da Silva, candidata da lista B. Pormenores com o jornalista Nataniel Lofa.

PEÇA NATANIEL LOFA 12H

Trabalho do jornalista Nataniel Lofa. 

A OFICINA DO CONHECIMENTO promove esta quarta-feira, em Luanda, uma mesa redonda subordinada ao tema “Juventude e Cidadania: O Contributo de Uma Geração para a Construção da Nação”. 

Osvaldo Mboco, da organização, destaca os objetivos do evento que terá como intervenientes o deputado Nelito Eukuikui, a vice-presidente da Associação de Voluntários para o Progresso de Angola Algenura Finda, o jurista Nadilson Paim, bem como o docente universitário Sebastião Gaspar.

OSVALDO MBOCO – 01’ 31’’ 12H 051223

Osvaldo Mboco, da OFICINA DO CONHECIMENTO, que promove esta quarta-feira, em Luanda, uma mesa redonda subordinada ao tema “Juventude e Cidadania: O Contributo de Uma Geração para a Construção da Nação”. 

PONTO

Estudantes universitários reclamam de morosidade no processo de entrega de certificados e diplomas por parte das instituições de ensino superior públicas e privadas no país. 

As principais preocupações vêm da Universidade Agostinho Neto, onde os estudantes dizem estar há vários meses à espera dos documentos e apontam o excesso de burocracia como uma das causas da demora na entrega dos diplomas, uma situação que tem estado a criar vários transtornos. 

VOX POP MOROSIDADE DIPLOMAS – 03′ 34” 12H 051223

Sobre este assunto, o presidente do Movimento dos Estudantes Angolanos deplora o posicionamento das instituições que demoram vários meses para entregar certificados e diplomas aos estudantes e diz que o MEA já levou o assunto para junto da Ministra do Ensino Superior, no sentido de ver a situação resolvida. 

FRANCISCO TEIXEIRA – 02′ 13” 12H 051223

Francisco Teixeira, presidente do MEA, Movimento dos Estudantes Angolanos, lamentando a falta de resposta das instituições de direito face à morosidade registada no processo de entrega de certificados e diplomas. 

PONTO ECONOMIA 

O Banco Africano de Desenvolvimento reviu em baixa as suas previsões macroeconómicas a curto e médio prazo para África, para 2023 e 2024, anunciou a entidade na segunda-feira.

Os valores ligeiramente inferiores refletem os efeitos persistentes e de longo prazo da COVID-19, as tensões e conflitos geopolíticos, os choques climáticos, o abrandamento económico mundial e o espaço orçamental limitado para os governos africanos responderem adequadamente aos choques e sustentarem os ganhos de recuperação económica pós-COVID-19.

Os dados atualizados foram publicados na sua atualização do Desempenho e Perspetivas Macroeconómicas Africanas de 2023, um seguimento das Perspetivas Económicas Africanas de 2023 do Grupo Banco, publicadas em Maio. O economista Carlos Rosado de Carvalho falou do impacto deste relatório para Angola;

CARLOS ROSADO – 01’ 51’’ 12H 051223 

Analista MFM, Carlos Rosado de Carvalho, falando sobre o impacto para Angola do relatório publicado Banco Africano de Desenvolvimento, que reviu em baixa as suas previsões macroeconómicas a curto e médio prazo para África, para 2023 e 2024.

PONTO DESPORTO

Os quatro xadrezistas angolanos que compõem a selecção nacional chegam apenas hoje à Mauritânia, palco do campeonato africano da modalidade que começa precisamente nesta terça-feira.   

O atraso deveu-se ao facto de não haver dinheiro para a compra de bilhetes de passagens dos atletas durante os preparativos.  O vice-presidente da Federação Angolana de Xadrez, António Assis, diz que apesar dos contra tempos Angola vai competir para ganhar. 

ANTÓNIO ASSIS – 01′ 54” 12H 051223

Selecção nacional de xadrez chega apenas hoje ao palco do Campeonato Africano de Júniores na Mauritânia, onde aterram duas horas depois do arranque da competição.  

E no Andebol… Confirmada a presença na fase do título do campeonato do mundo da modalidade que está decorrer na Europa, Angola defronta amanhã a Noruega no grupo 2. 

A poderosa Noruega é favorita no duelo frente às campeãs africanas, neste mundial que também joga em casa, terminou em invicta a fase de grupos três vitórias em iguais números de jogos terminando na liderança do grupo C com 6 pontos. 

Ao contrário dos números da Angola que em três jogos perdeu dois e empatou um, último diante da Islândia (26-26) golos na terceira e última jornada do grupo D resultado que permitiu o apuramento a fase do título com 1 ponto na terceira posição. 

PONTO INTERNACIONAL 

A televisão e a rádio estatais da Guiné-Bissau foram esta segunda-feira ocupadas por “militares fortemente armados” e os funcionários expulsos das instalações, disseram à Lusa fontes daqueles órgãos de comunicação social.

A situação relatada ocorreu depois do anúncio de dissolução da Assembleia Nacional Popular, feito pelo próprio Presidente da República, Umaro Sissoco Embaló, e oficializado em decreto presidencial, na sequência dos confrontos de quinta e sexta-feira entre forças de segurança, que considerou tratar-se de um golpe de Estado.

Na sequência deste acto, geraram-se confrontos armados entre a Guarda Nacional e o batalhão da Presidência, que foi resolvido com a intervenção da Polícia Militar e que resultou na detenção do comandante da Guarda Nacional, Vítor Tchongo.

O Presidente Umaro Sissoco Embaló anunciou ontem após ter dissolvido o Parlamente, ter assumido as pastas do Interior e da Defesa, atribuindo as pastas da Economia e Finanças a Geraldo Martins, que se manterá primeiro-ministro até ao chefe de Estado encontrar outro líder para o Governo guineense.

Aos jornalistas, o Presidente guineense anunciou que Geraldo Martins continua em funções até ser indicado o próximo primeiro-ministro.

E no Médio Oriente…

Os conflitos entre o Israel e o movimento islamita Hamas, na Faixa de Gaza, causaram até ao momento 16 mil mortos, 70% dos quais mulheres e crianças e mais de quarenta mil feridos.

Os bombardeamentos das forças israelitas intensificam-se agora no sul da Faixa de Gaza, com os hospitais a registarem cenários bastante violentos, vitimando vários civis, incluindo crianças. 

Data de Emissão: 05-12-2023 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 04 de Dezembro de 2023

Destaques:

ACIDENTES DE VIAÇÃO VOLTAM A CAUSAR VÍTIMAS. SETE PESSOAS MORRERAM NO ÚLTIMO FIM DE SEMANA DEVIDO À SINISTRALIDADE RODOVIÁRIA EM LUANDA;

– ANGOLA REGISTOU ATÉ AO MOMENTO CERCA DE 12 MILHÕES DE CASOS DE MALÁRIA E MAIS DE SEIS MIL MORTES DEVIDO À DOENÇA;

– ESCRIVÃO DETIDO NO ZANGO ACUSADO DE FALSIFICAR ASSINATURA DE UM JUIZ DE DIREITO; 

– ANDA RECLAMA DE INCUMPRIMENTO DA LEI DE INTEGRAÇÃO SOCIAL E PROFISSIONAL DAS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA;

PRESIDENTE DA GUINÉ-BISSAU CLASSIFICA TIROTEIOS E CONFRONTOS MILITARES REGISTADOS NA CAPITAL COMO TENTATIVA DE GOLPE DE ESTADO. 

JINGLE MIX 

Jornal ao meio dia, segunda-feira, 04 de Dezembro de 2023. Coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson Machado e Edmundo Simões, edição e apresentação de Zacarias Congo.   

JINGLE 

Sete pessoas morreram em consequência de quinze acidentes de viação, no último fim de semana, em Luanda. 

A informação foi avançada pelo porta-voz da corporação na capital, superintendente Nestor Goubel. 

NESTOR GOUBEL 01 –12H 041223

No mesmo período, foram detidas 66 pessoas e apreendidas quatro armas de fogo. 

NESTOR GOUBEL 02 –12H 041223

Superintendente Nestor Goubel, porta-voz da polícia em Luanda, quando avançada os dados das operações realizadas nos últimos três dias, em Luanda. 

Está detido em Luanda um escrivão afecto ao Julgado de Menores do Zango acusado de falsificar a assinatura de um juiz… 

O porta-voz do DIIP, Quintino Ferreira, afirmou esta manha a MFM, durante a apresetação dos dados das ultimas 24  horas, que o cidadão hora detido sera presente ao ministrio publico a qualquer momento.

QUINTINIO…

Duas pessoas morreram afogadas em Luanda no último fim de semana. A informação foi avançada pela porta-voz dos Serviços de Protecção Civil e Bombeiros na capital, Maina Panzo, que destaca ainda o registo de cinco incêndios, nas últimas 72 horas.

MAINA PANZO – 01’ 17’’ 12H 041223

Maina Panzo, porta-voz dos bombeiros em Luanda, e o balanço das ocorrências registadas no último fim de semana. 

Cerca de 12 milhões de casos de malária foram registados desde o início do ano até ao momento no país. Só este ano, a doença, que é a principal causa de morte no país, já tirou a vida de seis mil pessoas. 

A informação foi avançada no Dubai, Emirados Árabes Unidos, pela ministra da Saúde, durante a abertura do pavilhão de Angola na COP28, a Cimeira Mundial do Clima. Sílvia Lutucuta fala no aumento do número de casos da malária em Angola.  

SÍLVIA LUTUCUTA 01 – 

Segundo a ministra da Saúde, o governo trabalha com vários parceiros para a aquisição da vacina contra a malária, que terá como prioridade crianças menores de cinco anos.

SÍLVIA LUTUCUTA 02 –

Por outro lado, Sílvia Lutucuta, avançou que Angola continua a registar casos de covid-19. Só no mês de Novembro, foram registados mais de 100 casos da doença.

SÍLVIA LUTUCUTA 03 – 

Ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta, falando sobre o registo de mais de 100 casos de covid-19 só no mês de Novembro, em Angola. 

PONTO

Mais de 30 mil pessoas portadores de deficiência são controladas pela 

A ANDA, Associação Nacional dos Deficientes Angolanos, reclama do incumprimento da Lei de Integração Social e Profissional das pessoas com deficiência, que obriga entidades públicas e privadas a reservarem 4% e 2% de vagas, respectivamente para os portadores de deficiência.  

O secretário para a informação, cooperação e advocacia da ANDA, Enoque Bernardo, disse à MFM que a organização controla actualmente mais de 30 membros.

ENOQUE BERNARDO – 02′ 08” 12H 041223

E a MFM ouviu duas pessoas portadoras de deficiência que contaram na primeira pessoa as dificuldades enfrentadas no dia a dia. Manuela João aponta o preconceito como um mal que deve ser combatido. 

MANUELA JOÃO – 01′ 52” 12H 041223

Já o Jorge Manuel, cadeirante, espera que o governo e a sociedade em geral passem a olhar melhor as pessoas portadoras de deficiência.

JORGE MANUEL – 26” 12H 041223

Jorge Manuel, portador de deficiência, pedindo maior atenção das autoridades e da sociedade em geral para com pessoas que vivem com deficiência. 

– ADICIONAR JOAQUIM JAIME 

Eleições na Ordem dos Advogados de Angola. 5 candidatos concorrem a bastonário. 

A Rádio MFM começou esta semana a ouvir o manifesto dos concorrentes à Ordem dos Advogados de Angola. Esta segunda-feira, no programa DEZ PARA O MEIO DIA, esteve Vicente Pongolola, candidato da lista A, que defende criação de melhores condições de trabalho para dignificar a profissão.

PONGOLOLA 1

Vicente Pongolola afirma que caso vença vai igualmente combater de forma enérgica o exercício ilegal da profissão.

PONGOLOLA 2

Vicente Pongolola, candidato da lista A, a bastonário da Ordem dos Advogados de Angola, em entrevista à MFM. 

PONTO ECONOMIA

A medida que o executivo angolano pretende implementar que prevê cobrar 10 por cento em taxa especial em transferência para o exterior, é mesmo para avançar já a partir do próximo mês.

A Ministra das Finanças, Vera Daves de Sousa, assegura que está já em estudo a forma mais adequada para a implementação da referida taxa especial.

VERA DAVES – 

Ministra das Finanças, Vera Daves.

O analista MFM, diz que os desafios ao Ministro de Estado para a Coordenação Económica são cada vez maiores. 

Olhando para os anos de exercício de José de Lima Massano, no executivo, Carlos Rosado de Carvalho disse que trata-se de uma figura incontrnavel na economia nacional;  

CARLOS ROSADO DE CARVALHO 12H ( 02.16”) 

Recordamos que o Ministro de Estado para a Coordenação Económica coordena a actividade dos Secretários do Presidente da República para os Assuntos Económicos e para os Assuntos do Sector Produtivo.

PONTO INTERNACIONAL

O presidente da Guiné-Bissau, classificou os tiroteios e confrontos militares registados em Bissau na sexta-feira, como tentativa de golpe de estado. 

Umaro Sissoco Embalo, disse que a tentativa de golpe de estado terá consequências pesadas. Nataniel Lofa. 

NATANIEL LOFA 

E no Médio Oriente…

Os bombardeamentos do Israel na Faixa de Gaza voltaram com maior violência do que antes das tréguas.  

De sábado para domingo, os bombardeamentos fizeram 700 mortos, o maior de vítimas num só dia, desde que iniciou o conflito no passado dia 7 de Outubro.  

As Nações Unidas voltam a apelar às novas tréguas, para evitar que a situação não se transforme numa carnificina. 

Data de Emissão: 04-12-2023 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 30 de Novembro de 2023

JORNAL 12H/ZC

– PRESIDENTES JOÃO LOURENÇO E JOE BIDEN ENCONTRAM-SE FINALMENTE HOJE EM WASHINGTON;
– MAIS DE DUAS MIL E SEISCENTAS PESSOAS MORRERAM, NOS PRIMEIROS MESES DO ANO, E CERCA DE QUINZE MIL FICARAM FERIDAS EM TODO O PAÍS, VÍTIMAS DE ACIDENTES DE VIAÇÃO;

– PROFESSORES DO ENSINO GERAL ANUNCIAM NOVA GREVE PARA O INÍCIO DO PRÓXIMO ANO, CASO NÃO SEJA FEITA ACTUALIZAÇÃO DE CATEGORIAS E O PAGAMENTO DOS SUBSÍDIOS DE ISOLAMENTO;

– ANGOLA ESTREIA-SE HOJE DIANTE DA FRANÇA NO CAMPEONATO DO MUNDO DE ANDEBOL FEMININO.

JINGLE MIX
Boa tarde! A Rádio MFM celebra hoje, dia 30 de Novembro, 8 anos de existência, com foco na prevenção rodoviária e no bem estar das comunidades, razão pela qual estamos a realizar uma emissão especial a partir da sede do CISP, Centro Integrado de Segurança Pública.
O jornal ao meio dia desta quinta-feira, 30 de Novembro de 2023, conta com a coordenação de Alves Fernandes, técnica de Edson Machado e Edmundo Simões, numa edição de Zacarias Congo.
JINGLE MV
Mais de duas mil e seiscentas pessoas morreram e cerca de quinze mil ficaram feridas na sequência de doze mil acidentes registados em todo o país, só nos primeiros nove meses deste ano. Os dados da sinistralidade rodoviária foram actualizados, hoje, pelo chefe de Departamento da Direção de Trânsito e Segurança Rodoviária, superintendente-chefe Adriano do Rosário, entrevista exclusiva ao programa de grande “A ÚLTIMA PALAVRA”.
ADRIANO DO ROSÁRIO 01
Entre as principais causas dos acidentes de viação destacam-se os atropelamentos, responsáveis por mais de 30% das mortes, o mau estado das estradas e das viaturas, assim como o excesso de velocidade e a condução em estado de embriaguez.
ADRIANO DO ROSÁRIO 02
Superintendente-chefe Adriano do Rosário, da Direção de Trânsito e Segurança Rodoviária, em entrevista exclusiva ao programa de grande “A ÚLTIMA PALAVRA”, dando conta que de Janeiro até ao presente momento registou-se uma média de 50 mortes por dia nas estradas de Angola.
Mais dados sobre a sinistralidade rodoviária, o ouvinte poderá acompanhar logo mais às 20h, na repetição do programa “A ÚLTIMA MALAVRA”.

E no âmbito das medidas de prevenção da sinistralidade rodoviária e combate à criminalidade, Luanda conta apenas com pouco mais de mil câmaras de videovigilância instaladas em pontos estratégicos da capital do país.
Durante a emissão especial do programa “DEZ PARA O MEIO DIA”, o director geral adjunto do CISP, Centro Integrado de Segurança Pública, sub-comissário Adulcino Lutucuta, explicou que o número de câmaras instaladas ainda é insuficiente, mas têm tido uma grande utilidade não só para esclarecer crimes e acidentes, como também para inibir os intentos dos marginais.
ADULCINO LUTUKUTA – 02′ 02” 12H 301123
Sub-comissário Adulcino Lutucuta, director geral adjunto do CISP, Centro Integrado de Segurança Pública, quando falava hoje durante a emissão especial do programa “DEZ PARA O MEIO DIA”.

Dezanove pessoas foram detidas nas últimas 24 horas em Luanda suspeitas de cometerem vários crimes. No mesmo período foram ainda apreendidas duas armas de fogo, tal como fez saber o porta-voz da polícia em Luanda, superintendente Nestor Goubel.
NESTOR GOUBEL – 01′ 51” 12H 301123
Superintendente Nestor Goubel, porta-voz da polícia em Luanda, falando sobre a detenção de dezanove pessoas, bem como a recuperação de duas armas nas últimas 24 horas.
PONTO
O Presidente da República, João Lourenço, é hoje recebido no salão oval da Casa Branca, pelo Presidente dos Estados Unidos da América, Joe Biden, num encontro que marca a celebração dos 30 anos de relações diplomáticas entre os dois países.
Os dois líderes vão discutir, igualmente, os próximos passos para aprofundar a cooperação bilateral em matéria de comércio, investimento, clima e energia.
Os Estados Unidos da América já financiaram até ao momento parques solares fotovoltaicos nas localidades do Biópio e Baía Farta, província de Benguela, e do Caraculo, província do Namibe. Através do “EXIMBANK”, está já garantido um empréstimo no valor de 900 milhões de dólares para a construção de mais duas centrais fotovoltaicas em Catete, na província de Luanda e em Laúca, província de Malanje.
No centro das abordagens, entre Joe Biden e João Lourenço, estará também o Projecto de Parceria para Infraestruturas e Investimentos Globais no Corredor do Lobito, para incrementar as trocas comerciais entre Angola, a República Democrática do Congo e a Zâmbia.
A esse respeito, o analista MFM, Joaquim Jaime, fala sobre o impacto do encontro entre os dois estadistas no desenvolvimento das relações bilaterais.
JOAQUIM JAIME
Analista MFM, Joaquim Jaime, falando a propósito do encontro entre os Presidentes João Lourenço e Joe Biden, no salão oval da Casa Branca.

De Washington, Estados Unidos da América, o Presidente João Lourenço segue amanhã ao Dubai, Emirados Árabes Unidos, onde participa na COP 28, Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas, que começa hoje e decorre até ao próximo dia 12 de Dezembro.
A cimeira vai reunir mais de 70 mil participantes, incluindo Chefes de Estado, governantes, líderes da indústria internacional, representantes do sector privado, académicos, especialistas e jovens.
No evento, Angola vai apresentar a Estratégia Nacional das Alterações Climáticas ENAC 2022-2035, segundo a ministra do Ambiente, Ana Paulo de Carvalho.
ANA PAULA DE CARVALHO – 02′ 13” 12H 301123
Ministra do Ambiente, Ana Paula de Carvalho, falando sobre a participação de Angola na COP 28, Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas.
Lembramos que a 26ª Cimeira do Clima (COP26), decorreu em Glasgow, Escócia, em Novembro de 2021e contou com a presença do Presidente da República, João Lourenço.
Já a 27.ª Conferência das Nações Unidas sobre Alterações Climáticas COP 27 teve lugar no Egptio, de 06 e 18 de novembro de 2022, com a participação da Vice-presidente da República, Esperança da Costa.
PONTO
O governo de Luanda vai construir no próximo ano vias secundárias com os respectivos sistemas de drenagem, no âmbito do Programa de Intervenção de Luanda. O anúncio foi feito, esta quinta-feira, pelo governador provincial, Manuel Homem, durante o acto de entrega dois camiões cisternas e duas retroescavadoras à Unidade Técnica de Gestão do Saneamento de Luanda.
Manuel Homem falou ainda com preocupação dos cidadãos que insistem em construir ao longo dos canais de água.
MANUEL HOMEM – 01′ 49” 12H 301123
Governador provincial, Manuel Homem, falando sobre a construção no próximo ano de vias secundárias com os respectivos sistemas de drenagem, no âmbito do Programa de Intervenção de Luanda.
E os novos meios entregues pelo governador Manuel Homem serão direcionados às zonas mais afectadas pelas últimas chuvas, de acordo com a diretora da Unidade Técnica de Gestão do Saneamento de Luanda, Zenilda Mandinga.
ZENILDA MANDINGA – 27” 12H 301123
Zenilda Mandinga, diretora da Unidade Técnica de Gestão do Saneamento de Luanda, falando esta quinta-feira, aquando da entrega de novos meios para os trabalhos de manutenção das valas de drenagem e bacias de retenção. Tratam-se dedois camiões cisternas e duas retroescavadoras.
PONTO
Quase três meses depois do arranque do ano lectivo 2023/2024, os professores do ensino geral anunciam uma nova greve a partir de Janeiro do próximo ano, por falta de resposta do governo às suas principais reivindicações.
Os homens do giz exigem, entre outros pontos, o pagamento dos subsídios de isolamento aos professores que trabalham em zonas distantes da periferia, bem como a atualização de categorias, tal como fez saber à MFM o secretário-geral do SINPROF, Admar Jinguma.
ADMAR JINGUMA – 02’ 37’’ 12H 301123
Admar Jinguma, secretário-geral do SINPROF, Sindicato Nacional dos Professores, e o anúncio de uma nova greve no ensino geral a partir de Janeiro do próximo ano, devido à falta de resposta às principais reivindicações.
No entanto, o presidente do Movimento dos Estudantes Angolanos diz que os estudantes compreendem as reivindicações dos professores, mas alerta que o simples anúncio de uma nova greve logo no ensino do ano lectivo afecta todo o processo de ensino e aprendizagem.
FRANCISCO TEIXEIRA – 02’ 50’’ 12H 301123
Francisco Teixeira, presidente do MEA, Movimento dos Estudantes Angolanos, a propósito do anúncio de uma nova greve no ensino geral prevista para o próximo ano.
PONTO DESPORTO
A selecção nacional sénior feminina de Andebol estreia-se hoje, às 19h30, no campeonato do mundo da modalidade diante da poderosa França, vice-campeã mundial.
As campeãs africanas precisam jogar ao mais alto nível para surpreender o mundo, tal como aconteceu em 2007 em França, onde conseguiram uma única vitória sobre as francesas em sua casa por 29-27.
Mais desenvolvimento daqui a pouco com o Hilário Leonardo.
PONTO INTERNACIONAL
O Israel e o movimento islamita Hamas chegaram pela segunda vez a mais acordo para estender a pausa temporária no conflito por mais um dia, nesta quinta-feira. O acordo foi fechado poucos minutos antes do fim do último prazo concordado para o cessar-fogo.
Até ontem, o número total de reféns libertados pelo Hamas desde o início na sexta-feira passada do processo de tréguas no conflito com o Israel, na Faixa de Gaza, era de 81, incluindo 60 israelitas – todos mulheres e crianças – e 21 cidadãos estrangeiros. Já o Israel soltou 180 palestinos que estavam presos.

 

Data de Emissão: 30-11-2023 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
Jornal 12h, edição de 29 de Novembro de 2023