Jornal das 12h, edição de 12 de Janeiro de 2023

ANGOLA É O PAÍS NÃO EUROPEU PARA ONDE OS PORTUGUESES PREFEREM EMIGRAR EM BUSCA DE MELHORES CONDIÇÕES DE VIDA 

COOPERAÇÃO ANGOLA CHINA, ATINGE 40 ANOS – CHEGA HOJE A LUANDA MINISTRO DOS NEGÓCIOS ESTRANGEIROS DO GIGANTE ASIÁTICO 

ANGOLA E ZÂMBIA REFORÇARAM A COOPERAÇÃO BILATERAL, COM A ASSINATURA DE SEIS INSTRUMENTOS JURÍDICOS

LUANDA ACOLHE DE 20 A 27 DE JANEIRO A 4ª EDIÇÃO DO FESTIVAL INTERNACIONAL DE CURTAS METRAGENS 

INTERNACIONAL

OPOSIÇÃO NO BENIM REJEITA RESULTADOS PROVISÓRIOS DAS LEGISLATIVAS

PONTO MIX

Jornal da tarde na MFM 12 de janeiro de 2022, Coordenação de Alves Fernandes, suporte técnico de Edson Machado e Lourenço Calunga técnica final de Edmundo Simões, edita e apresenta as noticias o Tony Fancy

JINGLE 

Angola é o país não europeu para onde os portugueses preferem emigrar em busca de melhores condições de vida. Segundo o Relatório da Emigração-2021, divulgado esta quarta-feira em Lisboa, Angola surge em novo lugar na lista dos destinos preferenciais dos migrantes portugueses, sendo o único país não europeu que integra o Top 10 dos emigrantes lusos. 

Este facto ganha particular relevância, uma vez que, em sentido contrário, regista-se um aumento considerável do número de cidadãos angolanos, muitos dos quais jovens com formação académica e profissional, que abandonam o país em busca de novas oportunidades em Portugal.

 O Analista Joaquim Jaime, considerou que não é um fenómeno nono, visto a emigração dos cidadãos portuguese, faz parte da politica de Estado e a preferência tem sido angola. 

 JOAQUIM JAIME – 1 – J012H12012023 

Joaquim Jaime, mostrou-se preocupado com a qualidade de empregos que os angolanos encontram em Portugal.

 JOAQUIM JAIME – 2 – J012H12012023

Angola é o país não europeu para onde os portugueses preferem emigrar em busca de melhores condições de vida.

PONTO 

O Presidente João Lourenço, trocou parabéns nesta quinta-feira com o presidente chines Xi Jinping , pelo 40º aniversário das relações diplomáticas entre os dois países.

Xi Jinping, destacou em sua mensagem que desde o estabelecimento das relações diplomáticas há 40 anos, China e Angola sempre são sinceras e amigáveis uma com a outra, trabalham lado a lado, entendem-se e apoiam-se mutuamente em questões envolvendo seus respectivos interesses essenciais e principais preocupações.

Por seu lado, o Presidente João Lourenço disse que desde o estabelecimento das relações bilaterais, registam um desenvolvimento contínuo, e a cooperação de benefício mútuo em vários domínios alcançou grandes conquistas com resultados satisfatórios.

E 

O ministro dos Negócios Estrangeiros da República Popular da China, Qin Gang, é aguardado ao final da tarde de hoje, em Luanda, para uma visita de 24 horas, enquadrada nas celebrações dos 40 anos das relações diplomáticas com Angola, a assinalar-se esta quinta-feira, anunciou, esta quarta-feira, o embaixador chinês no nosso país, Gong Tao.

O embaixador chines, disse que a visita do Ministro dos Negócios Estrangeiros será aproveitada para reforçar as parceria estratégica com Angola e apontou os ganhos desta cooperação.

GONG TAU – J012H12012023

Embaixador chines em Angola Gong Tau.

POR OUTRO LADO 

A China vai desembolsar cerca de 249 milhões de dólares para financiar projectos ligados as novas tecnologias.

Esta quarta-feira, foi assinado em Luanda, o acordo que vai permitir a concessão do empréstimo para financiar o projecto da Rede Nacional de Banda Larga. Foram signatários do acordo a Ministra das Finanças, Vera Daves de Sousa e o embaixador da China em Angola, Gong Tao.

A Ministra das Fianças Vera Daves, considerou o acordo como um marco para o reforço da cooperação entre os dois países e tem a vantagem de ter um período de maturidade de 20 anos e sem colaterais associados.

VERA DAVES – J012H12012023 

Ministra das Fianças Vera Daves.

PONTO 

O Presidente da Zâmbia Hakainde Hichilema , visita hoje a província de Benguela para tomar contacto com o potencial do Corredor do Lobito.

Trata-se de uma vasta plataforma económica, que congrega o Porto Comercial com um importante Terminal Mineiro, os Caminhos de Ferro de Benguela, com mais de 1.300 quilómetros de extensão, e a aérea onde será construída a Refinaria do Lobito que irá facilitar a exportação de combustíveis do nosso país para a vizinha República da Zâmbia

E os dois países reforçaram esta quarta-feira, a cooperação bilateral, com a assinatura de seis instrumentos jurídicos, no quadro da visita de Estado de 72 horas do Presidente zambiano, Hakainde Hichilema, a Angola.

A assinatura de cinco memorandos de entendimento e um acordo foi presenciada pelo Chefe de Estado de Angola, João Lourenço, e o homólogo Hakainde Hichilema.

O Presidente da República, João Lourenço, defendeu na ocasião um maior reforço dos laços de cooperação económica com a vizinha República da Zâmbia.

JOÃO LOURENÇO – J012H12012023 

Já o Presidente da Zambia, Hakainde Hichilema, considerou históricas as relações com Angola e garantiu que o seu governo pretende melhorar a cooperação entre ambos os países.

HAKAINDE HICHILEMA – J012H12012023 

Angola e Zâmbia reforçaram a cooperação bilateral, com a assinatura de seis instrumentos jurídicos.

A assinatura de cinco memorandos de entendimento e um acordo foi presenciada pelo Chefe de Estado de Angola, João Lourenço, e o homólogo Hakainde Hichilema.

PONTO ECONOMIA 

O Governo obteve 961 mil milhões de kwanzas com a alienação de 94 activos e participações, ao abrigo do Programa de Privatizações (PROPRIV), em curso desde 2019, com um encaixe 565 mil milhões de kwanzas em todo o país. 

O executivo acaba de fazer novo balanço das privatizações, mas tarda fazer o balanço das nacionalizações no entender de Carlos Rosado de Carvalho. 

O analista MFM da nota positiva ao processo, mas espera por mais informação para redundar em mais transparência, tendo em conta a delicadeza do processo de privatizações e nacionalizações de empresas. 

CARLOS ROSADO DE CARVALHO COMUNICAÇAO 1

Por outro lado, Carlos rosado de Carvalho fala sobre alguns números inflacionados na compra e venda de algumas unidades fabris que passam a outra tutela e aponta exemplos da venda de algumas empresas nesta condição.

CARLOS NUMEROS INFLANCIONADOS 

Recordo que no âmbito deste processso foi aprovado um novo ciclo de privatizações, no período 2023-2027, onde se prevê concluir 60 processos.

O destaque vai para os processos no sector financeiro, com a privatizaç]ao da seguradora ENSA ,  nas telecomunicações (TV Cabo, Multitel e Unitel), transportes (Secil Marítima e TAAG), indústria e pescas, isto de acordo com  informações do Instituto de Gestão de Activos e Participações do Estado (IGAPE), que gere o programa  de privatizações e nacionalizações.

PONTO

No âmbito do Projeto de Implementação de um Sistema Nacional de Avaliação Externa Nacional das Aprendizagens em Angola, uma comitiva do Ministério da Educação de Portugal está em Luanda, para cumprir com uma missão de trabalho que teve o seu início no dia 9 e que termina hoje.

Portugal e Angola no domínio dos exames nacionais tem tido muito sucesso, um sucesso assente numa aprendizagem recíproca, 

O Secretário de Estado para Educação, Pacheco Francisco, diz que este protocolo permitiu que no ano passado e num tempo muito curto, o País conseguiu garantir a qualidade do processo.

RD- PACHECO FRANCISCO 

Para o embaixador de Portugal em Angola, Francisco Duante, o protocolo assinado entre as duas nações no domínio da educação, já deu mostras de resultados positivos nos exames nacionais pilotos. 

RD-FRANCISCO DUARTE 

A comitiva da educação de Portugal, visitou esta quarta-feira a Escola Primário, Ambrósio Lukoki, no Distrito do Kalawenda, município do Cazenga. 

O Administrador local, Tomás Bica, aproveitou a ocasião, dizendo que o referido estabelecimento de ensino será transformado numa unidade de referência a nível da provincial de Luanda.

RD- TOMÁS BICA

Administrador do Cazenga, Tomás Bica. 

Esta visita estreita a cooperação entre os dois países e visa também o acompanhamento das escolas de currículo português em Angola.

PONTO 

Luanda vai acolher 4ª edição do FESC-KIANDA ou seja o (Festival Internacional de Curtas Metragens da Kianda, a acontecer de 20 a 27 de Janeiro de 2023, alusivo ao aniversário da Cidade de Luanda, um festival que homenageia os cineastas da CPLP.

A informação foi avançada a MFM pelo porta voz do FESC-KIANDA, Simão Paulino.

SIMÃO PAULINO – J012H12012023 

Luanda vai acolher 4ª edição do FESC-KIANDA, ou seja, o (Festival Internacional de Curtas Metragem da Kianda, a acontecer de 20 a 27 de janeiro de 2023.

PONTO CORRIDO 

O Banco Mundial reviu esta terça-feira em baixa a previsão de crescimento de Angola para este ano, estimando agora uma expansão de 2,8%, menos 0,5 pontos abaixo do que estimava no relatório de Junho e dos valores inscritos no Orçamento Geral do Estado que vai esta sexta-feira à Assembleia Nacional.

De acordo com as Previsões Económicas Globais divulgadas em Washington, Angola deverá ter crescido 3,1% em 2022, recuperando face aos 0,7% de 2021 e acelerando depois de cinco anos de recessão, mas o seu crescimento vai abrandar este ano.

-.-

Em menos de duas semanas, a Polícia Nacional apreendeu 109 mil litros de gasolina, na província de Cabinda, nas aldeias de Vosso Fuila, Zôngolo e Tali-Sumba, que tinham como destino serem contrabandeados para a Republica Democrática do Congo.

Nesta semana, por exemplo, foram apreendidos, na via que liga as aldeias do Zôngolo e Tali-Sumba, três camiões que transportavam um total de 24 mil litros de gasolina, que também seriam comercializados no Congo.

INTERNACIONAL 

O principal partido da oposição no Benim rejeitou hoje os resultados provisórios das eleições legislativas que dão a vitória ao movimento do presidente Patrice Talon, denunciando fraude eleitoral.

De acordo com os resultados provisórios divulgados na quarta-feira, o movimento presidencial conquistou 81 dos 109 lugares do parlamento, contra 28 do principal partido da oposição, os Democratas.

O resultado final da votação, que decorreu no domingo, é esperado para sexta-feira.

Os dados mostram o regresso da oposição ao parlamento no Benim, depois de quatro anos de ausência.

Numa conferência de imprensa, o líder democrata Eric Houndete denunciou o “flagrante” preenchimento de cédulas, fraude e compra de votos pelos dois principais partidos pró-poder, mas não forneceu provas.

-.-

A ONU alertou hoje para a situação dos civis que permanecem nas cidades ucranianas de Soledar e Bakhmut, alvo de ataques pelas forças russas, frisando que, perante os intensos combates, as hipóteses de retirada ou assistência são muito reduzidas.

A organização liderada por António Guterres, que cita dados das autoridades locais, adiantou que cerca de 7.500 civis permanecem nas cidades de Soledar e Bakhmut, na região ucraniana de Donetsk, alvo de bombardeamentos por Moscovo.

Data de Emissão: 12-01-2023 às 12:00
Género(s): Noticiário
 
PARTICIPANTES
PUB RADIO PLAY

Relacionados